Aula 03 industria quimica no brasil e no mundo - 18.02.11

10.645 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Processos de Produção Químico, sobre o setor das industrias químicas no Brasil e no Mundo e as classificações oficiais do segmento.

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.645
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.592
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 industria quimica no brasil e no mundo - 18.02.11

  1. 1. Processo de Produção Química1º. Sem./2011Engenharias
  2. 2. Nesta Aula Veremos ...• Sistemas de Classificação das Ind. Químicas• Visão Geral da Segmento do Brasil e Mundo• Classificação dos Processos Químicos (operação)• Fluxogramas de Processo• Trabalho Equipe – Química Verde
  3. 3. Processo Químico ClassificaçãoProcessos Processo Operações Unitários Químico Unitárias Produto Químico Intermediário Final 3
  4. 4. Classificação Produtos inorgânicosProdutos químicos Produtos orgânicos de uso industrial Resinas e elastômeros Produtos e preparados químicos diversos 4
  5. 5. ClassificaçãoProdutos farmacêuticos Higiene pessoal, perfumaria e cosméticos Adubos e fertilizantes Produtos químicosSabões, detergentes e de uso final produtos de limpeza Defensivos agrícolas Tintas, esmaltes e vernizes 5
  6. 6. Processo Químico Classificação• Como é classificada o segmento dasIndustrias Químicas pelas entidades deregulação ? • Por Atividade  análise estatística e econômicas • Por Produto  adotadas para efeitos tributários 6
  7. 7. Processo Químico Classificação• No Brasil • Por Atividade  CNAE (IBGE) • Por Produto  NCM (Mercosul) 7
  8. 8. Processo Químico Classificação• Charles Kline - 1976• Commodities• Pseudocommodities• produtos de química fina• especialidades químicas 8
  9. 9. Processo Químico Classificação • Commodities• produzidas em larga escala• frequentemente a partir de matéria primacativa• poucos clientes (mercado concentrado)• Ex.: amônia, ácido sulfúrico, eteno, metanol egases industriais 9
  10. 10. Processo Químico Classificação • Pseudocommodities• produtos diferenciados• produzidos em larga escala• diferenciam-se das commodities por seremvendidos a partir de especificações de suacomposição química, mas por especificação dedesempenho• Ex.: Resinas termoplásticas, fibras sintéticas,elastômeros, etc 10
  11. 11. Processo Químico Classificação • Produtos de Química Fina• não são diferenciados e não são patenteados• são produzidos em pequenas escala (vendidospara um pequeno número de clientes)• menor volume  maior valor agregado• Ex.: ácidoacetilsalicílico, sacarina, aromatizantes efármacos, etc 11
  12. 12. Processo Químico Classificação • Especialidades Químicas• produtos diferenciados• fabricados em pequenas quantidades,geralmente a partir de matéria prima deterceiros• atende a finalidade especificas de clientes• atendem um número grande de clientes quecompram pequenas quantidades• Ex.: catalisadores, corantes, enzimas, aditivosem geral, etc 12
  13. 13. Produção Mundial• 70.000 produtos químicos• U$ 1,67 trilhões• EUA + Europa Oc. + Japão  68% Am. Outros % Europa Latina 5.9% Or. 5.9% 3.4% Japão EUA 13.1% 27.6% Asia Europa 17.2% Oc 26.9% • Fonte: American Chemistry Council (2000) 13
  14. 14. Nos EUA • U$ 674 bilhões (1º. ranking) - 2009 Farmaceutica % Petroquimica Prod. Limpeza 1.5% 21.0% 26.1% Plásticos 1.4% Tintas 1.5% inorgânicos2.7% 12.4% agroquímico fibras sinteticas 3.1% corantes e pegmentos 9.8% 11.8% borachas sinteticas 4.4% gases industriais 4.2% outros • Fonte: American Chemistry Council (2000) 14
  15. 15. Na Europa Ocidental• U$ 616 bilhões (A, F, I, RU e H) - 2009 Farmaceutica % Petroquimica 1.5% Prod. Limpeza 1.0% 13.6% 2.7% 28.0% Plásticos Tintas 2.2% inorgânicos2.9% agroquímico4.1% 7.0% 14.5% fibras sinteticas corantes e pegmentos 14.6% 8.0% borachas sinteticas gases industriais outros • Fonte: American Chemistry Council (2000) 15
  16. 16. 16
  17. 17. A indústria química é um dosmais importantes e dinâmicos setores da economia brasileira
  18. 18. Faturamento líquido Indústria química – 2009* Outros Total Produtos US$ 1,5 US$ 103,3 bilhões químicos deFibras uso *estimadoUS$ 1,0 industrial US$ 48,3 Tintas,esmaltes e vernizes US$ 2,8 Produtos Sabões e farmacêu-detergentes Higiene ticos US$ 6,1 pessoal, US$ 15,9 perfumaria Defensivos Adubos e e agrícolas fertilizantes cosméticos US$ 6,3 US$ 9,8 US$ 11,6 Fonte: Abiquim e associações dos segmentos.
  19. 19. A indústria química brasileiraestá entre as 10 maiores do mundo
  20. 20. Ranking da indústria química mundial Faturamento líquido - 2009 em US$ bilhões Estados Unidos 674 China 635 Japão 286 Alemanha 213 França 135 Itália 105 Coréia 1048ª posição Brasil 103 Reino Unido 97 Índia 93 Holanda 66
  21. 21. Brasil É um grande exportador e importador de produtos químicos
  22. 22. IMPORTAÇÕES E EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS – 1991 a 2009 Produtos químicos – em US$ bilhões 35,1 23,9 26,1 15,3 17,4 14,5 9,8 10,7 10,8 11,0 8,9 9,7 10,1 10,1 10,7 11,9 10,4 8,0 5,7 8,9 3,6 3,6 4,5 5,9 7,4 3,4 3,5 3,8 3,6 3,4 4,0 3,5 3,8 4,82,1 2,3 2,5 2,891 92 93 94 95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 Exportações Importações Fonte: Sistema Aliceweb – MDIC/Secex.
  23. 23. A indústria químicaé o terceiro maior setor industrial brasileiro
  24. 24. PIB da indústria de transformação Alim entos e bebidas 16,60 Coque, refino, com bustíveis nucleares e álcool 12,40 Produtos quím icos 11,20 Veículos autom otores, reboques e carrocerias 9,30 Metalurgia básica 8,40 Máquinas e equipam entos 6,70 Produtos de m etal (exc.m áquinas e equipam .) 4,10 Celulose, papel e produtos de papel 3,60 Artigos de borracha e plástico 3,60 Produtos de m inerais não-m etálicos 3,30 Edição, im pressão e reprodução de gravações 3,00 Máquinas, aparelhos e m ateriais elétricos 2,60 Produtos químicos: Produtos têxteis 2,00 3ª maior participação no Material eletrônico e de aparelhos e equipam .com un. 1,90 PIB industrial Móveis e indústrias diversas 1,80Prep./artefatos de couro, artigos de viagem e calçados 1,70 Outras indústrias 7,90 Fonte: IBGE – PIA Empresas Unidade de investigação: Unidade local industrial (base: 2007)
  25. 25. Participação no PIBEm 2008, o setor químico respondeu por 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.
  26. 26. INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA Participação % no PIB 3,6 3,3 3,3 3,0 3,0 3,0 3,0 2,8 2,7 2,5 2,62,1 2,0 2,1 2,195 96 97 98 99 00. 01. 02. 03. 04. 05. 06. 07. 08. 09. Nota: Admitindo-se que o valor agregado, em média, seja de 40% Fonte: ABIQUIM.
  27. 27. PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL Fonte: ABIQUIM Distribuição das plantas 4 7 1 10 =2 =7 3 = 161.056 = Total de =6fábricas de 67 =4produtosquímicos de uso 68industrial 9 Nordeste = 116 2 =6 Sudeste = 751cadastradas noGuia da Indústria Sul = 167 56 602 = 75QuímicaBrasileira = 37 74
  28. 28. Projetos de investimento Produtos químicos de uso industrial (US$ bilhões) 3,50 3,70 4,50 4,70 4,10 3,00Total de investimentos de 2008 a 2014 US$ 24,9 bilhões 1,40 até 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Fonte: ABIQUIM.
  29. 29. Onde estão os produtos químicos? Alguns exemplos:
  30. 30. Processos Esquema Básico Ar, Água, Vapor Energia Emissões Catalisador gasosas Produtos Insumos ematéria primas Sub produtos Resíduos sólidos Resíduos líquidos reciclado Resíduos reutilizáveis 30
  31. 31. ProcessosClassificação dos Processos (em relação ao modooperacional):Processo Contínuo – um processo no qual a massa dealimentação e os produtos fluem continuamenteenquanto dura o processo.1. Processo Descontínuo (Batelada) - um processo noqual a massa não é adicionada nem removida doprocesso durante a sua operação2. Processo Semi-contínuo - um processo no qual háentrada de massa, mas o produto não é removidodurante o a operação 31
  32. 32. ExercícioDê 03 exemplos de processos químicos industriasque operam no regime contínuo e descontínuocada, e cite quais as principais vantagens edesvantagens de cada um: 32
  33. 33. Processos Químicos Projeto e implantação• O que é um Fluxogramas (Flow-Sheet):• Definição: É a representação gráfica simplificada por meio de figuras e letras, de estruturas e do funcionamento de instalações de processamento• Seqüência coordenada das conversões químicas e das operações unitárias, expondo os aspectos básicos do processo químico.• Indica pontos de entrada de matérias-primas e de utilidades e os pontos de retirada dos produtos e subprodutos. 33
  34. 34. Processos Químicos Projeto e implantação• Quais são os tipos de Fluxogramas (Flow-Sheet) ?a) Fluxogramas de Bloco (block flow diagrams – BFD)b) Fluxogramas de Processos (process flow diagram – PFD)c) Fluxogramas de tubulação e instrumentação (pipping and instrumentation diagram – P&ID): 34
  35. 35. Processos Químicos Fluxogramas Blocos• São úteis na conceitualização de um processo ou de um número de processos em um grande complexo. Pouca informação sobre as correntes é fornecida, mas uma clara visão geral do processo é apresentada. TRATAMENTO REAÇÃO SEPARAÇÃO PURIFICAÇÃO 35
  36. 36. Processos Químicos Fluxogramas Blocos ÁC. NITRICO OLEUM 28% 98% CELULOSE ÁCIDO MISTURAÇÃOPURIFICADA RESIDUAL MISTURA SULFONÍTRICA NITRAÇÃO FERVIMENTO CENTRIFUGA NITROCELULOSE 36
  37. 37. Processos Químicos Fluxogramas Blocos• Os blocos ou retângulos representam uma operação unitária ou processo unitário. Os blocos são conectados por linhas retas que representam as correntes de fluxo do processo entre as unidades. Essas correntes de fluxo podem ser misturas de líquidos, gases e sólidos fluindo em dutos ou sólidos sendo transportados em correias transportadoras. 37
  38. 38. Processos Químicos Fluxogramas Blocos Esquema simplificado de uma Refinaria 38
  39. 39. Processos QuímicosFluxograma Processo • Equipamentos • Acessórios • Utilidades • Alinhamento 39
  40. 40. Processos Químicos Fluxograma Processo• Contém toda informação necessária para os balanços material e de energia do processo.• Informações adicionais: pressão das correntes, capacidade dos equipamentos e principais controles.• Um fluxograma de processo mostra as relações entre os principais componentes no sistema. Ele também tabula os valores projetados para o processo dos componentes nos diferentes modos de operação, tipicamente mínimo, normal e máximo. 40
  41. 41. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 41
  42. 42. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 42
  43. 43. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 43
  44. 44. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 44
  45. 45. Fluxograma Processo Principais Equipamentos • Colunas• Pratos • Recheio 45
  46. 46. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 46
  47. 47. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos De pratos De enchimento 47
  48. 48. Fluxograma Processo Principais Equipamentos Colunas de extração líquido-líquidoDe pratos De enchimento 48
  49. 49. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 49
  50. 50. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 50
  51. 51. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 51
  52. 52. Fluxograma ProcessoPrincipais Equipamentos 52
  53. 53. Fluxograma ProcessoEquipamentos Secundários 53
  54. 54. Fluxograma ProcessoEquipamentos Secundários 54
  55. 55. Fluxograma ProcessoEquipamentos Secundários 55
  56. 56. Fluxograma Processo Acessórios 56
  57. 57. Fluxograma Processo Acessórios 57
  58. 58. Processos Químicos Fluxograma Tub./Instr.• Contém toda informação do processo necessária para a construção da planta. Estes dados incluem tamanho dos tubos (dimensionamento da tubulação e localização de toda instrumentação para ambas as correntes de processo e de utilidades).• Este fluxogramas mostram toda a tubulação incluindo a seqüência física de ramificações, redutores, válvulas, equipamentos, instrumentação e controles intertravados.• Estes fluxogramas são usados para operar o processo de produção. 60
  59. 59. Processos QuímicosFluxograma Tub./Instr. 61
  60. 60. Processos Químicos Fluxograma Tub./Instr.Um FTI deve incluir:• Instrumentação e designações• Equipamentos mecânicos com nomes e números• Todas as válvulas e suas identificações• Processo de tubulação, tamanhos e identificação• Micelânea: ventilação, drenagem, amostragem, redutores, aumentadores• Direção dos fluxos• Referencias das interconexões• Controles de inputs, outputs e intertravamento• Sistemas de controle computadorizados• Identificação dos componentes e subsistemas entregues por outros• Seqüencia física dos equipamentos 62
  61. 61. Processos Químicos Fluxograma 63
  62. 62. Exercício 11. Elabore um fluxograma que comtemple as necessidades listas abaixo:• Reator (R1) com condição de receber por tubulação matéria primas líquidas, sólidas e condição de refluxo• Reator (R2) com condição de refluxo e destilação.• Condição de transferência R1 - R2 ou recirculação R1 - R2 passando por um filtro (F1). 66
  63. 63. Exercício 22. Elabore um fluxograma que comtemple asnecessidades listas abaixo:• Represente um processo onde temos 2 reatores batelada. No 1º. (R1) existe condição de refluxo e há como se transferir por bombeamento, o meio reacional para o reator (R2).• Elabore um fluxograma que comtemple um reator com condição de alimentação de MP líquidas e sólidas. No processo há necessidade de refluxo e destilação• Represente um processo que comtemple um reator com condições de refluxo e condições de transferência, por filtração, para um tanque de estocagem 67
  64. 64. Na Próxima Aula Veremos ... Processo Químico• Otimização de Processos Químicos• Equipamentos de ProcessosQuímicos• Apresentação - Estudos de Casos
  65. 65. Contato 69

×