ADABAS C - Fundamentals Curso básico de introdução aos conceitos e capacidades do Sistema de Banco de dados Adaptável da S...
Capítulo I Introdução
Produtos Software AG <ul><li>Bancos de Dados </li></ul><ul><li>Ferramentas de desenvolvimento de aplicações </li></ul><ul>...
Arquitetura ISA da Saga Adabas, DB2, Oracle, Sybase, VSAM, IMS, e outros IBM(MVS, VSE), VAX(VMS), Windows, OS/2, UNIX  e o...
Características do ADABAS <ul><li>Eficiência </li></ul><ul><li>Desempenho </li></ul><ul><li>Tecnologia Avançada </li></ul>...
Por que um Sistema de Gerenciamento de Banco Dados? <ul><li>Redução de redundâncias </li></ul><ul><li>Aumento de flexibili...
Múltiplas Visões dos Mesmos Dados <ul><li>Maneiras diferentes de  visualizar  os mesmos dados </li></ul><ul><li>Independên...
Tipos de bancos de dados <ul><li>Modelo de dados Conceitual </li></ul>Pg I - 5
<ul><li>Hierárquico Simplicidade X Performance </li></ul><ul><li>Rede   Rapidez X Complexidade </li></ul>Tipos de bancos d...
Tipos de bancos de dados <ul><li>Relacional </li></ul><ul><li>Relacionamentos lógicos </li></ul><ul><li>Construção de pedi...
Modelo  ADABAS <ul><li>Relacionamentos físicos </li></ul><ul><li>Listas Invertidas </li></ul>Pg I - 7 Relacionamento dos D...
ADABAS - Um enfoque mais próximo Pg I - 8 Núcleo Work Data Storage <ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Combinação de listas in...
Multi-usuários online/batch Pg I - 9 Núcleo Work Data Storage <ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Area de trabalho </li></ul><...
Enfoque mais próximo do núcleo Pg I - 10 Buffer Pool Work Data Protection Area Asso Data Work
Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><u...
Revisão do Capítulo <ul><li>A estrutura </li></ul><ul><li>Relacionamentos </li></ul><ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Classi...
Capítulo II Extensão Física do Data Storage
Como os dados são armazenados <ul><li>RABNs - Blocos ou  R elative  A DABAS  B lock  N umber. </li></ul><ul><li>O ADABAS o...
Considerações sobre o Armazenamento <ul><li>O espaço livre é utilizado sempre que se inclui um novo campo. </li></ul><ul><...
Arquivos e registros <ul><li>Os Arquivos são divididos em registros. </li></ul><ul><li>Os registros são identificados por ...
Campos <ul><li>Podemos fazer as seguintes combinações: </li></ul><ul><li>26 x 26 = 676 </li></ul><ul><li>26 x 10 = 260 </l...
Tamanhos e Formatos de Campo <ul><li>A - Alfanumérico - 253 bytes </li></ul><ul><li>U - Descompactado   -  27  bytes </li>...
Tipos de Campos Campo elementar ____________________________ Grupo Campo múltiplo - 191 ocorrências Campo em um grupo peri...
<ul><li>Para quê? </li></ul><ul><li>Ganhar espaço em disco </li></ul><ul><li>Otimizar o processo de I/O </li></ul><ul><li>...
Considerações sobre a Compressão <ul><li>A  N  A  T=8  0  0  0  0  0  1  0  0  T=8  F  T=1 </li></ul><ul><li>4  A  N  A  T...
Supressão de Nulos <ul><li>Pode suprimir até 63 campos em brancos seguidos. </li></ul><ul><li>Campos com tendência a serem...
<ul><li>05  STOCK PERSON  04  STOCK PERSON   CLERK  CLERK   ASSISTANT MANAGER  MANAGER   MANAGER  DISTRICT SUPERVISOR   DI...
<ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><u...
Revisão do Capítulo <ul><li>  5000 </li></ul><ul><li>  4 bilhões </li></ul><ul><li>  926 </li></ul><ul><li>ISN </li></ul><...
Revisão do capítulo <ul><li>O arquivo fixado em 3% é menos vólatil que o fixado em 30% </li></ul><ul><li>Dá o tamanho do c...
Capítulo III Extensão Física do Associator
O Associator <ul><li>Listas Invertidas Índices criados para cada “campo chave” ou descritor. </li></ul><ul><li>Conversor d...
As Listas Invertidas <ul><li>*Existem apenas para descritores. </li></ul><ul><li>*Estão sempre organizadas. E a sua   orde...
Coversor de endereços Pg III - 3 Elementos Correspondentes ISN 1 ISN 2 ISN 3 ISN 4 ISN 5 1º Bloco do AC Rabn 11 Rabn 12 Ra...
<ul><li>Existe um Conversor de   Endereços para cada arquivo </li></ul><ul><li>O índice relaciona o ISN   a sua RABN </li>...
Tipos de Descritores <ul><li>Descritor Elementar </li></ul><ul><li>Pode ter valores repetidos . </li></ul><ul><li>Superdes...
<ul><li>Descritor Fonético </li></ul><ul><li>Não pode ser númerico. </li></ul><ul><li>Hiperdescritor </li></ul><ul><li>Não...
Tábela de Definição de Dados (FDT) Pg III - 7 Existe uma FDT para cada arquivo no Banco de Dados FNDEF=‘01,AA,8,A,DE’ FNDE...
Uso de Campos Múltiplos(MUs) como descritores <ul><li>O ISN se repete na lista invertida </li></ul><ul><li>FIND  CARGO  = ...
Uso de Grupos Periódicos(PEs) como descritores <ul><li>Leva o número de ocorrências ao valor da Lista Invertida. </li></ul...
Considerações sobre o Descritor <ul><li>Cargos em ‘branco’ estão   contidos na Lista Invertida </li></ul><ul><li>Valores n...
Buffer Pool Pg III - 11 Nucleus Adabas I/O Buffer
Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><u...
Revisão do Capítulo <ul><li>Subdescritor </li></ul><ul><li>Descritor fonético </li></ul><ul><li>Descritor elementar </li><...
<ul><li>JAMES  1  11  3  3  JAMES  25.000  3   JONES  3  3 - 6 -7  4  8  SMITH  20.000  1   ROGERS  4  4 - 5 - 9 - 10  1  ...
Revisão do Capítulo <ul><li>X  X   X </li></ul><ul><li>  X  </li></ul>a. ISN 5 NOME é alterado para “SMITH” Lista Invertid...
Revisão do Capítulo <ul><li>X   X   X   X </li></ul><ul><li>  X   X </li></ul><ul><li>X   X   X   X   X </li></ul><ul><li>...
Capítulo IV Como Acessar o ADABAS
<ul><li>Como padrão, a cada chamada   é enviado um registro ao   programa </li></ul><ul><li>Independência de   Programa/Da...
Modos de Acessar os Dados <ul><li>Comandos do ADABAS </li></ul><ul><li>Acesso Seqüencial </li></ul><ul><li>Leitura(READ) V...
Modos de Acessar os Dados <ul><li>Atualização </li></ul><ul><li>Armazenar (campos para um novo registro) </li></ul><ul><li...
<ul><li>Tipos “0”  -- o comando foi executado com sucesso. “Não-0”  -- houve um erro durante o processamento de comandos A...
<ul><li>Dois métodos 1) Seqüencial 2) Randômico </li></ul><ul><li>Acesso seqüencial  Seqüencia física  Seqüencia por ISN  ...
Métodos de acesso Seqüencial ‘Leitura’ física <ul><li>Data Storage </li></ul><ul><li>Ordem de armazenamento </li></ul><ul>...
<ul><li>5 - 2 - 4 - 3 - 10 - 1 - 8 - 9 - 11 - 6 -7  </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ física Usando as estruturas acima ......
<ul><li>Conversor de endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Ordem de ISN </li></ul><ul><li>Sim </li></ul>‘ Leitura’ po...
<ul><li>1 - 2 - 3 - 4 -5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11  </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ por ISN Usando as estruturas acima .....
<ul><li>Lista invertida - Conversor de Endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Seqüência de valores </li></ul><ul><li>S...
<ul><li>1 - 2 - 11 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10  </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ lógica Usando as estruturas acima .....
<ul><li>1 - 11 - 2 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10  </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ lógica através de superdescritor/sub...
<ul><li>Lista invertida </li></ul><ul><li>Por ordem de descritor </li></ul><ul><li>Sim </li></ul>‘ HISTOGRAMA’ Questões .....
<ul><li>1 - 2 - 11 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10  </li></ul>Exercício de ‘HISTOGRAMA’ Usando as estruturas acima ... HI...
<ul><li>Pode-se usar múltiplas Listas Invertidas Conjunto específico de registros </li></ul>Métodos de Acesso Randômica Pg...
<ul><li>Lista Invertida, Work, Conversor de Endereços e Data Storage </li></ul><ul><li>Em ordem de ISN </li></ul><ul><li>N...
Especifique os critérios para pesquisa Lista de ISNs resultantes A Lista de ISNs resultante contém um ISN por registro enc...
<ul><li>3 - 7  </li></ul>Exercício ‘ENCONTRAR’ Usando as estruturas acima ... Encontre todos os veículos onde a COR = ‘RED...
<ul><li>Data Storage - Work - Conversosr de Endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Seqüência de ISN </li></ul><ul><li>...
Retorno dos Dados do ADABAS - Sumário Pg IV - 19 MÉTODO DE ACESSO ESTRUTURAS UTILIZADAS SEQÜÊNCIA RETORNADA PONTO DE PARTI...
Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><u...
Revisão do Capítulo <ul><li>Em ordem ascendente de valor do descritor </li></ul><ul><li>Fim do arquivo </li></ul><ul><li>F...
Revisão do capítulo <ul><li>Físico   Data Storage   Seqüência física </li></ul><ul><li>Lógico   LI, AC, DS   Valor do desc...
Revisão do Capítulo <ul><li>LEITURA lógica com valor inicial </li></ul><ul><li>FIND </li></ul><ul><li>LEITURA lógica </li>...
Capítulo V Alteração do Banco de Dados e Técnicas de Reinício/Recuperação
Modificação - Inclusão Pg V - 1 ISN Campo A Campo B Campo C Registro Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área...
Modificações - Alteração Pg V - 2 Registro Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de  Expansão RABN Registr...
Modificações - Exclusão Pg V - 3 ISN Campo A Campo B Campo C Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de  Exp...
<ul><li>1) ‘UPDATE’  -  atualizar valores de campo para um registro existente. - Registro em ‘HOLD’ - Campo a campo </li><...
Controle de Alterações do Banco de Dados Manuseando em nível de registro Primeiro o registro é colocado em ‘hold’ Pg V - 5...
<ul><li>Unidade de atualização definida pelo usuário. </li></ul><ul><li>A transação inicia quando o primeiro registro é co...
Tudo ou Nada Pg V - 7 Registro Registro Registro Registro Registro
Leitura Simultânea Pg V - 8 Programa 2 Programa 1
Tempo máximo de Transação Definido pelo DBA Limite padrão 300 segundos Excedendo o tempo máximo de transação O usuário é ‘...
Opções de Acesso ao Arquivo <ul><li>Padrão ACC/UPD   Primeira chamada ao arquivo - ACC   Primeira chamada com Hold - UPD <...
Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><u...
Revisão do Capítulo <ul><li>Retornar o Código de resposta 145 </li></ul><ul><li>Quando o primeiro registro é colocado em H...
Revisão do capítulo <ul><li>300 segundos definidos pelo DBA </li></ul><ul><li>ET BT Exceder o tempo máximo de transação </...
Capítulo VI Ambiente ADABAS
Work Pg VI - 1
Falha de Sistema Pg VI - 2 Usuário A UPDATE______ET  DELETE_______ET  ADD______ Transação 1 Transação 2 Transação 3 Auto B...
Reinício Automático Pg V - 3 Usuário A UPDATE______ET  DELETE_______ET  ADD______ Transação 1 Transação 2 Transação 3 Auto...
Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><u...
Capítulo VII Ambiente ADABAS
<ul><li>O ambiente ADABAS </li></ul><ul><li>  Utilitários do   Banco de Dados </li></ul><ul><li>Programação dos usuários j...
<ul><li>MOVE  20   TO  FILE-NUMBER. </li></ul><ul><li>MOVE  ‘L3’    TO  COMMAND-CODE. </li></ul><ul><li>MOVE  ‘SQ’   TO  S...
<ul><li>Uma ferramenta utilizada para documentar, controlar e gerenciar informações de dados. </li></ul><ul><li>Dados útei...
Definição de Arquivos no ADABAS Criando um Arquivo DBA Pg VII - 4 PREDICT Definição de arquivos ADABAS Online Service Batc...
Serviços do DBA/Utilitários <ul><li>Manutenção do   Banco de Dados </li></ul><ul><li>Incluir novos campos </li></ul><ul><l...
ADABAS C  FUNDAMENTALS <ul><li>TÉRMINO   DO CURSO  </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso Adabas

7.375 visualizações

Publicada em

Um curso rápido sobre o Banco de Dados ADABAS.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
67
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
253
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • teste 1
  • Curso Adabas

    1. 1. ADABAS C - Fundamentals Curso básico de introdução aos conceitos e capacidades do Sistema de Banco de dados Adaptável da Software AG
    2. 2. Capítulo I Introdução
    3. 3. Produtos Software AG <ul><li>Bancos de Dados </li></ul><ul><li>Ferramentas de desenvolvimento de aplicações </li></ul><ul><li>Middleware </li></ul>Pg I - 1
    4. 4. Arquitetura ISA da Saga Adabas, DB2, Oracle, Sybase, VSAM, IMS, e outros IBM(MVS, VSE), VAX(VMS), Windows, OS/2, UNIX e outros Geração de Aplicações Engenharia de Aplicações Emulação de terminais Natural Engineering Workbench Predict Entire Connection Bancos de Dados Gerenciamento de Recursos de Informação Desenvolvimento de Aplicações Natural Múltiplos Sistemas de Ambiente Pg I - 2 Natural 4GL Natural for Windows
    5. 5. Características do ADABAS <ul><li>Eficiência </li></ul><ul><li>Desempenho </li></ul><ul><li>Tecnologia Avançada </li></ul><ul><li>Recuperação de textos </li></ul><ul><li>Portabilidade </li></ul><ul><li>Capacidade de rede </li></ul><ul><li>Fácil uso </li></ul>Pg I - 2
    6. 6. Por que um Sistema de Gerenciamento de Banco Dados? <ul><li>Redução de redundâncias </li></ul><ul><li>Aumento de flexibilidade </li></ul><ul><li>Melhoria de eficiência </li></ul><ul><li>Redução de manutenção </li></ul>Pg I - 3
    7. 7. Múltiplas Visões dos Mesmos Dados <ul><li>Maneiras diferentes de visualizar os mesmos dados </li></ul><ul><li>Independência de Programas/Dados Acesso Atualização </li></ul>Pg I - 4 SGBD Visões lógicas do arquivo físico
    8. 8. Tipos de bancos de dados <ul><li>Modelo de dados Conceitual </li></ul>Pg I - 5
    9. 9. <ul><li>Hierárquico Simplicidade X Performance </li></ul><ul><li>Rede Rapidez X Complexidade </li></ul>Tipos de bancos de dados Pg I - 6
    10. 10. Tipos de bancos de dados <ul><li>Relacional </li></ul><ul><li>Relacionamentos lógicos </li></ul><ul><li>Construção de pedidos um a um </li></ul>Pg I - 7 Relacionamento dos Dados
    11. 11. Modelo ADABAS <ul><li>Relacionamentos físicos </li></ul><ul><li>Listas Invertidas </li></ul>Pg I - 7 Relacionamento dos Dados
    12. 12. ADABAS - Um enfoque mais próximo Pg I - 8 Núcleo Work Data Storage <ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Combinação de listas invertidas </li></ul><ul><li>Classificação dos dados </li></ul><ul><li>Relacionamentos </li></ul>Extensão Física Associator
    13. 13. Multi-usuários online/batch Pg I - 9 Núcleo Work Data Storage <ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Area de trabalho </li></ul><ul><li>Relacionamentos </li></ul>Extensão Física Associator
    14. 14. Enfoque mais próximo do núcleo Pg I - 10 Buffer Pool Work Data Protection Area Asso Data Work
    15. 15. Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>Relacional </li></ul><ul><li>Hierárquico </li></ul>1) _______________________ 2) _______________________ ____ 1. O ADABAS fornece a base para a Arquitetura Integrada de Software (ISA) da Software AG. ____ 2. Os programas de aplicação podem se desviar do núcleo do Banco de Dados e irem diretamente ao Data Storage. ____ 3. O Data Storage pode se propagar através de múltiplos discos. ____ 4. O Associator não pode se propagar através de múltiplos discos. ____ 5. O ADABAS fornece independência de programa/dados, porque o programa possui sua visão dos dados e as mudanças nas estruturas destes nem sempre requerem mudanças no programa. ____ 6. A execução em batch direcionada ao Banco de Dados deve ser efetuada em um momento diferente da execução online. ____ 7. Cada Banco de Dados é identificado separadamente por um número e compõe-se de Núcleo, Associator, Data Storage e Work. ____ 8. Em uma máquina pode residir mais que um Banco de Dados Preencher: 9. Nomeie dois tipos de SGBDs
    16. 16. Revisão do Capítulo <ul><li>A estrutura </li></ul><ul><li>Relacionamentos </li></ul><ul><li>Dados </li></ul><ul><li>Classificar dados e combinação das listas invertidas </li></ul><ul><li>Relaciona o usuário ao BD </li></ul>10. A maior diferença entre os dois tipos de SGBDs é ____________________________________________________________ 11. A extensão física do Associator contém ____________________________________________________________ 12. A extensão física do Data Storage contém ____________________________________________________________ 13. No mínimo um dos usos para a extensão física do Work pode ser ____________________________________________________________ 14. Descreva as funções proporcionadas pelo núcleo ADABAS ____________________________________________________________
    17. 17. Capítulo II Extensão Física do Data Storage
    18. 18. Como os dados são armazenados <ul><li>RABNs - Blocos ou R elative A DABAS B lock N umber. </li></ul><ul><li>O ADABAS organiza seus dados em blocos. </li></ul><ul><li>Mesmo que não utilize todos os registros do bloco, na leitura é trazido todo o bloco afím de reduzir o I-O físico. </li></ul>Pg II - 1 Rabn Data Storage .Dados comprimidos . A = Arquivo de Funcionários . B = Arquivo de Veículos . C = Arquivo de Pessoas
    19. 19. Considerações sobre o Armazenamento <ul><li>O espaço livre é utilizado sempre que se inclui um novo campo. </li></ul><ul><li>A área de expansão é utilizada sempre que se aumenta o tamanho dos campos dos registros existentes. </li></ul><ul><li>A área de expansão pode ser criado com 3% a 90% do tamanho do bloco. </li></ul><ul><li>Caso exceda o tamanho do bloco ele migrará para outro. </li></ul>Pg II - 2 Registro Registro Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de Expansão RABN
    20. 20. Arquivos e registros <ul><li>Os Arquivos são divididos em registros. </li></ul><ul><li>Os registros são identificados por Números Seqüenciais Internos (ISNs) e são únicos em um arquivo. </li></ul><ul><li>O ISN pode ser atribuído pelo ADABAS ou pelo usuário. </li></ul><ul><li>Se um registro for excluído seu ISN pode ou não ser reutilizado. </li></ul>Pg II - 3 Rabn Data Storage ISN Registros do Arquivo de Funcionários 1 Mackay 46th 5th 2 Davis Jennifer 3 Jones Benjami 4 Baker Arthur James
    21. 21. Campos <ul><li>Podemos fazer as seguintes combinações: </li></ul><ul><li>26 x 26 = 676 </li></ul><ul><li>26 x 10 = 260 </li></ul><ul><li>Máscaras de edição.... </li></ul><ul><li>de (E0 à E9) </li></ul><ul><li>(676 + 260 - 10) = 926 </li></ul>Pg II - 4 ISN Número máximo de campos por registro = 926 1 Mackay 46th 5th 2 Davis Jennifer 3 Jones Benjami 4 Baker Arthur James
    22. 22. Tamanhos e Formatos de Campo <ul><li>A - Alfanumérico - 253 bytes </li></ul><ul><li>U - Descompactado - 27 bytes </li></ul><ul><li>P - Compactado - 14 bytes </li></ul><ul><li>B - Binário - 126 bytes </li></ul><ul><li>F - Ponto Fixo - 4 bytes </li></ul><ul><li>G - Ponto Flutuante - 8 bytes </li></ul>Pg I - 4
    23. 23. Tipos de Campos Campo elementar ____________________________ Grupo Campo múltiplo - 191 ocorrências Campo em um grupo periódico _____________________________________ Grupo periódico - 191 ocorrências Descritor ou campo Chave - até 200 Pg II - 5 Registros do Arquivo de funcionários Sobre- nome Data de aniversário DAVIS JENNIFER 0 5 MAILROOM CLERK 601211 0 2 5TH AVE NEW YORK PARK LANE MIAMI PROGRAMMER TRAINEE PROGRAMMER DBA MAILROOM CLERK Nome Cargo Rua Cidade Endereço
    24. 24. <ul><li>Para quê? </li></ul><ul><li>Ganhar espaço em disco </li></ul><ul><li>Otimizar o processo de I/O </li></ul><ul><li>Compressão e feita a nível de campo </li></ul><ul><li>Como ocorre... </li></ul><ul><li> # Compressão Padrão </li></ul><ul><li> # Supressão de Nulos </li></ul><ul><li> # Fixo </li></ul><ul><li> Byte de Tamanho - Inclusive (ILB) </li></ul><ul><li> Contador de Campos em branco (EFC) </li></ul><ul><li> Tabela de Definição de Campo (FDT) </li></ul>Compressão de dados Tipos compressão Pg II - 6 Compressão SGBD Campo Campo Campo Campo Campo Campo ISN L VALOR L VALOR Registro Comprimido Data Storage
    25. 25. Considerações sobre a Compressão <ul><li>A N A T=8 0 0 0 0 0 1 0 0 T=8 F T=1 </li></ul><ul><li>4 A N A T=4 S 0 2 F T=2 1 0 T=2 </li></ul><ul><li>A compactação consiste na remoção dos campos não significativos: Espaços em branco à direita Zeros à esquerda </li></ul><ul><li>A compressão ocorre a nível de campo </li></ul><ul><li>Os campos mais importantes devem estar no início do registro </li></ul>Antes da Compressão Pg II - 7 Alfanumérico Numérico Alfanumérico Após a Compressão
    26. 26. Supressão de Nulos <ul><li>Pode suprimir até 63 campos em brancos seguidos. </li></ul><ul><li>Campos com tendência a serem nulos devem ficar juntos para fins de supressão. </li></ul>B1 Pg II - 8 3 A08 A08 A08 Antes da Compressão Após a Compressão
    27. 27. <ul><li>05 STOCK PERSON 04 STOCK PERSON CLERK CLERK ASSISTANT MANAGER MANAGER MANAGER DISTRICT SUPERVISOR DISTRICT SUPERVISOR </li></ul><ul><li>A compressão de nulos no campo MU, as ocorrências em branco são eliminadas. </li></ul><ul><li>03 FORT DIX NJ 09256 03 FORT DIX NJ 09256 PRESIDIO 90028 PRESIDIO EFC 90028 WEST POINT NY 10096 WEST POINT NY 10096 </li></ul><ul><li>A supressão de nulos no campo PE, as ocorrências só serão suprimidas se estiverem no fínal. </li></ul>Compressão de MU e PE Antes Depois Antes Depois BOC CIDADE ESTADO CEP BOC CIDADE ESTADO CEP Pg II - 9
    28. 28. <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul>Revisão do Capítulo ___ 1. Um dos objetivos da compressão de dados é ganhar espaço em disco. ___ 2. Campos fixos sempre economizam espaço em disco. ___ 3. Campos comprimidos sempre economizam espaço em disco. ___ 4. A supressão de nulos é a compressão padrão com recursos adicionais para economizar espaços em sucessivos campos em branco. ___ 5. Grupos periódicos podem ter grupos periódicos subordinados (PEs embutidos). ___ 6. Dois registros diferentes em um arquivo podem ter o mesmo ISN. ___ 7. Registros em dois arquivos diferentes podem ter o mesmo ISN. ___ 8. Se uma atualização provoca a expansão de um registro, este deve ser removido para outro bloco do Data Storage. ___ 9. Os ISNs são sempre atribuídos pelo ADABAS. ___ 10. Um registro, antes de ser carregado em um arquivo, pode ser mais extenso do que o tamanho do bloco do Data Storage. ___ 12. Cada arquivo ocupa um intervalo de blocos (RABNs) no Data Storage. ___ 11. Um registro contido no Data Storage pode se propagar através de diversos blocos.
    29. 29. Revisão do Capítulo <ul><li> 5000 </li></ul><ul><li> 4 bilhões </li></ul><ul><li> 926 </li></ul><ul><li>ISN </li></ul><ul><li>Campo </li></ul><ul><li>7 </li></ul><ul><li>Não </li></ul><ul><li>Periódico com 191 ocorrências - Múltiplo com 191 ocorrências </li></ul>Prencher: 13. Para um determinado Banco de Dados físico, qual é o máximo: Número de arquivos ________________ Número de registros/arquivos ________________ Número de campos/registro ________________ 14. O que identifica de forma única um registro em um arquivo ADABAS? _________________________________________________________________________ 15. A compressão ocorre em que nível? _________________________________________________________________________ 16. Qual é o número máximo de níveis de grupo (ou seja, grupos contidos em grupos contidos em grupos, etc.)? _________________________________________________________________________ 17. Dados os campos AA BB CC, um grupo pode ser composto por AA-BB e outro por BB-CC? _________________________________________________________________________ 18. Liste os dois tipos de estruturas repetitivas e o número máximo de ocorrências de cada uma: _________________________________________________________________________
    30. 30. Revisão do capítulo <ul><li>O arquivo fixado em 3% é menos vólatil que o fixado em 30% </li></ul><ul><li>Dá o tamanho do campo após a compressão </li></ul><ul><li>Contar campos em branco seguidos em um único campo até 63 ocorrências </li></ul><ul><li>Tamanho do bloco </li></ul><ul><li>Tamanho do registro </li></ul><ul><li>Tamanho da área de expansão </li></ul><ul><li>Tipo de compressão </li></ul>19. Explique porque um arquivo foi fixado com uma área de expansão (padding) de Data Storage de 3% e o outro arquivo tem uma área de expansão de 30%? _________________________________________________________________________ 20. Para campos comprimidos, o que é o Byte de Tamanho Inclusive (IBL)? _________________________________________________________________________ 21. Para campos comprimidos, o que o contador de campos em branco lhe permite fazer? _________________________________________________________________________ 22. O que determina o número médio de registros por bloco em um arquivo carregado recentemente? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
    31. 31. Capítulo III Extensão Física do Associator
    32. 32. O Associator <ul><li>Listas Invertidas Índices criados para cada “campo chave” ou descritor. </li></ul><ul><li>Conversor de Endereço (Address Converter) Estrutura utilizada para especificar onde pode se encontrar um registro contido no Data Storage. </li></ul><ul><li>Tábela de Definição de Campo (FDT) Possui características diversas para todos os campos de um arquivo com nomes, tamanho e formatos. </li></ul>Pg III - 1 O Associator RABN
    33. 33. As Listas Invertidas <ul><li>*Existem apenas para descritores. </li></ul><ul><li>*Estão sempre organizadas. E a sua ordenação é administrada pelo próprio ADABAS. </li></ul><ul><li>*Sua constituição é: Valor - contéudo do campo descritor. Contador (CNT) - quantidade de ocorrências no Data Storage. ISNs - os ISNs correspondentes aos seus respectivos registros. </li></ul>Relacionamentos Valores ISNs Arquivo de funcionários Pg III - 2 BROWN 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 SMITH 4 9 TURNER 2 1 2 2 3 8 listas Invertidas Valor Cnt ISNs Associator BROWN 7 11 DAVIS 2 10 JONES 6 MACKAY 1 SMITH 4 9 TURNER 3 8 TURNER SMITH JONES BROWN 5 JONES Data Storage Descritor - SOBRENOME
    34. 34. Coversor de endereços Pg III - 3 Elementos Correspondentes ISN 1 ISN 2 ISN 3 ISN 4 ISN 5 1º Bloco do AC Rabn 11 Rabn 12 Rabn 13 0 Rabn 11 Data ISN 1 ISN 5 ISN 2 ISN 3 RABN 12 13 11
    35. 35. <ul><li>Existe um Conversor de Endereços para cada arquivo </li></ul><ul><li>O índice relaciona o ISN a sua RABN </li></ul><ul><li>A pesquisa dentro do DS é sequencial, mas apenas dentro do bloco indicado </li></ul><ul><li>Em caso de exclusão as Listas são reorganizadas e um zero é movido para o ISN correspondente no Conversor de Endereços </li></ul>Relacionamento Global - Conversor de endereços BROWN CRICKET JONES BOATING DAVIS ANGLING 11 BROWN CLIMBLING JONES BOWLING 9 SMITH CLIMBLING MACKAY CLIMBLING 1 MACKAY BOWLING SMITH ANGLING 3 TURNER CRICKET TURNER SWIMMING 7 2 6 4 10 8 5 BROWN 2 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 1 SMITH 2 4 9 TURNER 2 3 8 Associator BROWN 2 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 1 SMITH 2 4 9 TURNER 2 3 8 Conversor de Endereço (Address Converter) SOBRENOME HOBBY (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) (11) (1) (2) (3) (4) (5) (6) Pg III - 4 JONES BOWLING 4 4 5 3 1 6 1 3 5 2 2
    36. 36. Tipos de Descritores <ul><li>Descritor Elementar </li></ul><ul><li>Pode ter valores repetidos . </li></ul><ul><li>Superdescritor </li></ul><ul><li> Não existe para efeito de Data Storage. </li></ul><ul><li> Gera Lista Invertida, uma vez que é usado para pesquisas, mas as suas partes não percisam ser descritores. </li></ul><ul><li>É composto por 2 a 5 campos ou parte deles. </li></ul><ul><li>Subdescritor </li></ul><ul><li> Formado por parte de um campo . </li></ul>NÚMERO DO FUNCIONÁRIO BÔNUS ANUAL Pg III - 5 7 ROGERS ISN 1483 SOBRENOME MARCH MÊS 19 DIA 1953 ANO 41000 SALÁRIO 3500 COMISSÃO 5000
    37. 37. <ul><li>Descritor Fonético </li></ul><ul><li>Não pode ser númerico. </li></ul><ul><li>Hiperdescritor </li></ul><ul><li>Não existe limite de campos. </li></ul><ul><li>Quando todos os campos forem númericos o hiperdescritor será binário. </li></ul><ul><li>Utiliza uma rotina externa em Assembler conectada por meio de exits. </li></ul><ul><li>Descritor Único </li></ul><ul><li>Não terá repetição de valores garantido pelo ADABAS. </li></ul>Tipos de Descritores( continuação ) Pg III - 6 7 ROGERS ISN 1483 SOBRENOME NÚMERO DO FUNCIONÁRIO MARCH MÊS 19 DIA 1953 ANO 41000 SALÁRIO 3500 COMISSÃO 5000 BÔNUS ANUAL
    38. 38. Tábela de Definição de Dados (FDT) Pg III - 7 Existe uma FDT para cada arquivo no Banco de Dados FNDEF=‘01,AA,8,A,DE’ FNDEF=‘01,AB’ FNDEF=‘02,AC,20,A’ FNDEF=‘02,AD,20,A’ FNDEF=‘02,AE,20,A’ FNDEF=‘01,AF,1,A’ FNDEF=‘01,A1’ FNDEF=‘02,AX,6,U’ FNDEF=‘02,AY,6,U’ ADAWAN / ADACMP DDM TY L NAME F LENGTH D U DB S -- -- ------------------------------- ---------------- -- -- -- --- -- 1 1 2 2 2 1 GR CÓDIGO NOME-COMPLETO PRIMEIRO NOME SOBRENOME NOME DO MEIO DEPARTAMENTO A A A A A 8.0 20.0 20.0 20.0 1.0 AA AB AC AD AE AF D 1 2 2 PE REGISTRAR-LIGAÇÃO INÍCIO-DA-LIGAÇÃO FIM-DA-LIGAÇÃO U U 6.0 6.0 AX AY
    39. 39. Uso de Campos Múltiplos(MUs) como descritores <ul><li>O ISN se repete na lista invertida </li></ul><ul><li>FIND CARGO = “PROGRAMMER” </li></ul><ul><li>Em uma lista Invertida, um ISN de MU pode ocorrer várias vezes. </li></ul>CAMPO DE VALOR MÚLTIPLO ASSISTANT PROGRAMMER 3 221 PROGRAMMER lista Invertida Valor MAILROOM CLERK 4 121 Cnt ISNs CARGO 777 2 777 999 221 381 777 981 Pg III - 8 ISN SOBRENOME NOME CARGO DATA DE ANIVERSÁRIO ENDEREÇO RUA CIDADE 777 ROGERS JENNIFER 0 3 MAILROOM CLERK 601211 5 TH AVE PARK LANE NEW YORK 0 3 ASSISTANT PROGRAMMER PROGRAMMER MIAMI
    40. 40. Uso de Grupos Periódicos(PEs) como descritores <ul><li>Leva o número de ocorrências ao valor da Lista Invertida. </li></ul><ul><li>FIND CIDADE (2) = “MIAMI” </li></ul><ul><li>O contador Binário de ocorrências do PE está contido na Lista Invertida </li></ul>Grupo periódico MIAMI 01 MIAMI 02 541 lista Invertida Valor NEW YORK 01 3 128 Cnt ISNs Cidade 777 MIAMI 03 777 986 2 Pg III - 9 ISN SOBRENOME NOME CARGO DATA DE ANIVERSÁRIO ENDEREÇO RUA CIDADE 777 ROGERS JENNIFER 0 3 MAILROOM CLERK 601211 5 TH AVE PARK LANE NEW YORK 0 3 ASSISTANT PROGRAMMER PROGRAMMER MIAMI
    41. 41. Considerações sobre o Descritor <ul><li>Cargos em ‘branco’ estão contidos na Lista Invertida </li></ul><ul><li>Valores nulos ou em branco não são armazenados na Lista Invertida </li></ul><ul><li>O contéudo do campo só existirá dentro do Data Storage </li></ul>CARGO Associator Compressão Padrão ‘ CARGO’ CARGO Supressão de Nulos ‘ CARGO’ Pg III - 10 1 2 1 5 2 4 8 1 1 Valor CNT ISNs 5 4 8 1 Valor CNT ISNs 2 1 4 8 5 DBA MANAGER PROGRAMMER DBA MANAGER PROGRAMMER 1361 1724 PROGRAMMER 532 MANAGER 486 MANAGER 1233 DBA 4 3 0 3 0 Data Storage 1 1 2
    42. 42. Buffer Pool Pg III - 11 Nucleus Adabas I/O Buffer
    43. 43. Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>Valor do descritor </li></ul><ul><li>Contador de ocorrências </li></ul><ul><li>ISN </li></ul><ul><li>Valor </li></ul><ul><li>O descritor </li></ul>7. a. O que compõe a Lista Invertida _____________________________ _____________________________ _____________________________ ___ 1. O ADABAS mantém uma Lista Invertida para cada descritor em um arquivo. ___ 2. Um arquivo pode ter mais que um Conversosr de Endereços. ___ 3. Um arquivo pode ter mais que uma Lista Invertida. ___ 4. A Lista Invertida e o Conversor de Endereços estão contidos em blocos de tamanho fixo do associator. ___ 5. O Conversor de Endereços é um índice que relaciona o ISN à localização do registro no Data Storage. ___ 6. Quando um campo descritor for alterado no Data Storage, a Lista Invertida deverá também ser atualizada. Preencher . b. O ADABAS mantém a Lista Invertida em seqüência ascendente de ________________________________________________________ 8. O que faz com que o ADABAS gere e armazene uma Lista Invertida ________________________________________________________
    44. 44. Revisão do Capítulo <ul><li>Subdescritor </li></ul><ul><li>Descritor fonético </li></ul><ul><li>Descritor elementar </li></ul><ul><li>Descritor único </li></ul><ul><li>Superdescritor </li></ul><ul><li>Hiperdescritor </li></ul><ul><li>O MU não leva o número da ocorrência a Lista Invertida </li></ul>Derivado de uma parte de um campo _________________________ 9. Dê o tipo de descritor para as seguintes definições: Derivado da “sonoridade” de um campo _________________________ O campo total do ADABAS é um _________________________ Há somente um único ISN por valor na Lista Invertida e o ADABAS garante esse _________________________ Derivado da parte ou de todos os campos de 1 até 5 _________________________ Derivado do(s) campo(s) no registro por uma rotina “especial” _________________________ 10. Qual é a diferença entre o MU que é descritor e um campo contido em um PE que também é descritor? ________________________________________________________________________
    45. 45. <ul><li>JAMES 1 11 3 3 JAMES 25.000 3 JONES 3 3 - 6 -7 4 8 SMITH 20.000 1 ROGERS 4 4 - 5 - 9 - 10 1 6 JONES 35.000 5 SMITH 3 1 - 2 - 8 2 3 11 JAMES 28.000 1 1 4 ROGERS 26.000 3 1 5 2 - 5 - 8 - 9 - 11 2 7 JONES 33.500 5 3 4 1 - 3 - 4 - 10 1 5 2 6 - 7 3 5 ROGERS 20.000 1 4 1 SMITH 21.000 3 2 9 ROGERS 26.000 1 2 SMITH 25.000 1 10 ROGERS 33.000 3 </li></ul>Revisão do Capítulo LISTA INVERTIDA TEMPO DE EMPRESA LISTA INVERTIDA NOME 11. Usando as estruturas e informações abaixo, faça o seguinte: a. Construa um Conversor de Endereços a partir do Data Storage. b. Construa uma Lista Invertida para o campo NOME. c. Construa uma Lista Invertida para TEMPO-DE-EMPRESA. CONVERSOR DE ENDEREÇO TEMPO DE ISN NOME SALÁRIO EMPRESA DATA STORAGE BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4
    46. 46. Revisão do Capítulo <ul><li>X X X </li></ul><ul><li> X </li></ul>a. ISN 5 NOME é alterado para “SMITH” Lista Invertida de NOME Valor ________________ Conversor de Endereço _____________ Contador _______________ Data Storage _____________ ISN _______________ Lista Invertida de TEMPO-DE-EMPRESA Valor _______________ Contador _______________ ISN _______________ 12. Utilize as informações contidas na questão 11. Marque a estrutura e/ou o elemento contido na estrura que muda para a ação indicada. b. ISN 6, SALÁRIO, é alterado para 50.000 Lista Invertida de NOME Valor _______________ Conversor de Endereço _____________ Contador _______________ Data Storage _____ ____ ____ ISN _______________ Lista Invertida de TEMPO-DE-EMPRESA Valor _______________ Contador _______________ ISN _______________
    47. 47. Revisão do Capítulo <ul><li>X X X X </li></ul><ul><li> X X </li></ul><ul><li>X X X X X </li></ul><ul><li> X X </li></ul>C. ISN 8 é eliminado Lista Invertida de NOME Valor ________________ Conversor de Endereço _____________ Contador _______________ Data Storage _____________ ISN _______________ Lista Invertida de TEMPO-DE-EMPRESA Valor _______________ Contador _______________ ISN _______________ d. O registro é icluído. O ADABAS atribui ao registro o ISN 12 e o grava no bloco 1. (O registro contém o nome LEWIS, salário 26.000, 1 ano de empresa) Lista Invertida de NOME Valor _______________ Conversor de Endereço _____________ Contador _______________ Data Storage _____________ ISN _______________ Lista Invertida de TEMPO-DE-EMPRESA Valor _______________ Contador _______________ ISN _______________
    48. 48. Capítulo IV Como Acessar o ADABAS
    49. 49. <ul><li>Como padrão, a cada chamada é enviado um registro ao programa </li></ul><ul><li>Independência de Programa/Dados </li></ul><ul><li>Orientação por campo Os campos do programa podem estar em uma seqüência diferente daquela do arquivo físico </li></ul>Acessar um Arquivo do ADABAS ADABAS Programa A (Userview) Programa B (Userview) Programa C (Userview) Data Storage O programa envia “chamadas” ao Banco de Dados Arquivo Físico ADABAS Pg IV - 1 Aquivos Físicos do ADABAS ID- AUTO TAM. REG. TIPO ISN PROPRIE- TÁRIO DATA COMPRA MILHAS MARCA PESO MODELO ID- AUTO MARCA TIPO MODELO PROPRIE- TÁRIO DATA COMPRA MILHAS MARCA PROPRIE- TÁRIO MODELO
    50. 50. Modos de Acessar os Dados <ul><li>Comandos do ADABAS </li></ul><ul><li>Acesso Seqüencial </li></ul><ul><li>Leitura(READ) Valores de campo de Registro em seqüência física Registro em seqüência de ISN Registro em seqüência lógica </li></ul><ul><li>Histograma (obtém valores do descritor) </li></ul><ul><li>Acesso Randômico </li></ul><ul><li>Pesquisa de registros(FIND) (ISNs para processamento posterior) </li></ul><ul><li>Obter (GET) (Um ISN específico) </li></ul>Pg IV - 2
    51. 51. Modos de Acessar os Dados <ul><li>Atualização </li></ul><ul><li>Armazenar (campos para um novo registro) </li></ul><ul><li>Atualizar (valores de campo em um registro existente) </li></ul><ul><li>Eliminar (o registro completo) </li></ul>Pg IV - 2
    52. 52. <ul><li>Tipos “0” -- o comando foi executado com sucesso. “Não-0” -- houve um erro durante o processamento de comandos ADABAS. </li></ul><ul><li>Códigos de resposta freqüentes. 009 - Foi excedido o tempo máximo de transação ou não atividade(tempo determinado pelo DBA). 017 - Número inválido de arquivo. 113 - O ISN especificado está inválido. 145 - Uma tentativa foi feita para reservar um ISN que já estava preso(hold) por outro usuário. 148 - O núcleo ADABAS não está ativo. </li></ul><ul><li>No Natural os erros são apresentados com um número 3 antes do código. Ex.: erro NAT3148. </li></ul>Códigos de Resposta Pg IV - 3
    53. 53. <ul><li>Dois métodos 1) Seqüencial 2) Randômico </li></ul><ul><li>Acesso seqüencial Seqüencia física Seqüencia por ISN Seqüencia Lógica Histograma </li></ul><ul><li> Os métodos seqüenciais modificam-se conforme: </li></ul><ul><li> 1) As estruturas usadas </li></ul><ul><li> 2) A seqüência na qual os dados retornam </li></ul><ul><li> 3) Se for fornecido um ponto de partida </li></ul>Como Recuperar Dados ? Pg IV - 4 BROWN 2 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 1 SMITH 2 4 9 TURNER 2 3 8 lista Invertidas Sobrenome Associator DAVIS ANGLING BROWN CRICKET JONES BOWLING SMITH CLIMBING JONES ANGLING TURNER SWIMMING 2 7 6 4 10 8 11 5 9 1 3 BROWN CLIMBING JONES BOATING SMITH CLIMBING MACKAY BOWLING TURNER CRICKET Data Storage Connversor de Endereço 4 2 5 4 1 3 1 6 3 5 2 SGBD (01) (02) (03) (04) (05) (06) (07) (08) (09) (10) (11) (01) (02) (03) (04) (05) (06)
    54. 54. Métodos de acesso Seqüencial ‘Leitura’ física <ul><li>Data Storage </li></ul><ul><li>Ordem de armazenamento </li></ul><ul><li>Não </li></ul>WORK Associator Data Storage Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ Pg IV - 5 AC Retorna valores de campo LI ‘ Leitura’ física
    55. 55. <ul><li>5 - 2 - 4 - 3 - 10 - 1 - 8 - 9 - 11 - 6 -7 </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ física Usando as estruturas acima ... Leia todos os registros em ordem física Crie a lista de ISNs na ordem em que o ADABAS retornaria os registros _________________________________________________________________________________ Pg IV - 6 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 5, 6, 10 Associator LI AC Data Storage GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 COR - LISTA INVERTIDA TIPO - LISTA INVERTIDA CONVERSOR DE ENDEREÇO BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT ISN COR MARCA TIPO BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4 CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE
    56. 56. <ul><li>Conversor de endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Ordem de ISN </li></ul><ul><li>Sim </li></ul>‘ Leitura’ por ISN Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ Pg IV - 7 Data Storage Associator LI AC WORK ‘ Leitura’ por ISN Retorna valores de campo
    57. 57. <ul><li>1 - 2 - 3 - 4 -5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ por ISN Usando as estruturas acima ... Leia todos os registros em ordem física Crie a lista de ISNs na ordem em que o ADABAS retornaria os registros _________________________________________________________________________________ Pg IV - 8 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 5, 6, 10 Associator LI AC Data Storage GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 COR - LISTA INVERTIDA TIPO - LISTA INVERTIDA CONVERSOR DE ENDEREÇO BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT ISN COR MARCA TIPO BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4 CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE
    58. 58. <ul><li>Lista invertida - Conversor de Endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Seqüência de valores </li></ul><ul><li>Sim </li></ul>‘ Leitura’ lógica Por um descritor Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ Pg IV - 9 LI Data Storage Associator AC WORK ‘ Leitura’ lógica Retorna valores de campo Opções para fornecer ISN de início
    59. 59. <ul><li>1 - 2 - 11 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10 </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ lógica Usando as estruturas acima ... Leia todos os registros em ordem lógica com base nas cores Crie a lista de ISNs na ordem em que o ADABAS retornaria os registros _________________________________________________________________________________ Pg IV - 10 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 5, 6, 10 Associator LI AC Data Storage GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 COR - LISTA INVERTIDA TIPO - LISTA INVERTIDA CONVERSOR DE ENDEREÇO BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT ISN COR MARCA TIPO BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4 CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE
    60. 60. <ul><li>1 - 11 - 2 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10 </li></ul>Exercício de ‘Leitura’ lógica através de superdescritor/subdescritor Usando as estruturas acima ... Leia todos os registros em ordem lógica com base no superdescritor COR/TIPO Crie a lista de ISNs na ordem em que o ADABAS retornaria os registros __________________________________________________ TIPO - LISTA INVERTIDA ISN COR MARCA TIPO Pg IV- 11 Data Storage 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 CONVERSOR DE ENDEREÇO BLOCO 4 BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE 5, 6, 10 Associator LI AC 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 COR - LISTA INVERTIDA 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1, 11 BLUE SEDAN 2 2 BLUE WAGON 1 4 GREEN SEDAN 1 9 GREEN SPORT 1 3, 7 RED SPORT 2 8 RED WAGON 1 5, 6 YELLOW SEDAN 2 10 YELLOW SPORT 1 SUPERDESCRITOR COR/TIPO LISTA INVERTIDA 2, 8, 10 1, 6 4, 5, 9 C B F 3 2 3 7 11 3 O L P 1 1 1 SUBDESCRITOR MARCA (1º BYTE)
    61. 61. <ul><li>Lista invertida </li></ul><ul><li>Por ordem de descritor </li></ul><ul><li>Sim </li></ul>‘ HISTOGRAMA’ Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ Associator WORK Data Storage ‘ HISTOGRAMA’ Retorna o valor e o contador para cada descritor Pg IV - 12 LI AC Opções para fornecer ISN de início
    62. 62. <ul><li>1 - 2 - 11 - 4 - 9 - 3 - 7 - 8 - 5 - 6 - 10 </li></ul>Exercício de ‘HISTOGRAMA’ Usando as estruturas acima ... HISTOGRAMA por cor Indique os valores e especifique o número de ISNs retornado para cada valor _________________________________________________________________________________ Pg IV - 13 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 5, 6, 10 Associator LI AC Data Storage GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 COR - LISTA INVERTIDA TIPO - LISTA INVERTIDA CONVERSOR DE ENDEREÇO BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT ISN COR MARCA TIPO BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4 CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE
    63. 63. <ul><li>Pode-se usar múltiplas Listas Invertidas Conjunto específico de registros </li></ul>Métodos de Acesso Randômica Pg IV - 14 BROWN CLIMBING JONES BOATING SMITH CLIMBING MACKAY BOWLING TURNER CRICKET BROWN 2 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 1 SMITH 2 4 9 TURNER 2 3 8 lista Invertidas Sobrenome Associator DAVIS ANGLING BROWN CRICKET JONES BOWLING SMITH CLIMBING JONES ANGLING TURNER SWIMMING 2 7 6 4 10 8 5 1 3 Data Storage (1) (2) (3) (4) (5) (6) Connversor de Endereço 4 2 5 4 1 3 1 6 3 5 2 (01) (02) (03) (04) (05) (06) (07) (08) (09) (10) (11) SGBD WORK 9 11
    64. 64. <ul><li>Lista Invertida, Work, Conversor de Endereços e Data Storage </li></ul><ul><li>Em ordem de ISN </li></ul><ul><li>Não </li></ul>‘ ENCONTRAR’ e ‘LER’ registros (FIND/READ) Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ ‘ Leitura’ física Processo de duas etapas 1) Encontrar e criar a Lista de ISNs resultante baseado nos Critérios de Pesquisa 2) Fazer um ‘loop’ das´‘LEITURAS’ baseado na Lista de ISNs resultante Pg IV - 15 Lista de ISNs Resultantes LI Data Storage WORK Associator AC Retorna valores de campo
    65. 65. Especifique os critérios para pesquisa Lista de ISNs resultantes A Lista de ISNs resultante contém um ISN por registro encontrado A Lista de ISNs resultante está em ordem de classificação por: ISN(padrão) 1 a 3 descritores em ordem ascendente ou descendente O número de registros encontrados é retornado Pg IV - 16 OPERADOR DESCRIÇÃO EXEMPLO EQ or = NE or ¹ GT or > LT or < GE or >= LE or <= Iguais Diferente Maior que Menor que Maior que ou igual à Menor que ou igual à NOME=‘SMITH’ NOME NE ‘SMITH’ IDADE > 60 IDADE < 60 IDADE GE 60 IDADE LE 60 Exemplos de Operador Exemplos com uso dos operadores FIND SALARIO = 25000 FIND NOME = ‘SNODGRASS’ AND CIDADE = ‘WAKARUSA FIND ESTADO = ‘MD’ OR = ‘VA’ FIND SALARIO > 70000 AND IDADE = 21 THRU 25
    66. 66. <ul><li>3 - 7 </li></ul>Exercício ‘ENCONTRAR’ Usando as estruturas acima ... Encontre todos os veículos onde a COR = ‘RED’ e o tipo = ‘SPORT’ Crie a lista de ISNs selecionados na ordem em que o ADABAS a estruturaria _________________________________________________________________________________ Pg IV - 17 4, 9 1, 2, 11 3 , 7, 8 5, 6, 10 Associator LI AC Data Storage GREEN BLUE RED YELLOW 2 3 3 3 3, 7, 9, 10 1, 4, 5, 6, 11 2, 8 SPORT SEDAN RED 4 5 2 1 2 2 1 4 1 4 3 2 3 3 COR - LISTA INVERTIDA TIPO - LISTA INVERTIDA CONVERSOR DE ENDEREÇO BLUE YELLOW GREEN 2 5 4 YELLOW RED BLUE 10 3 1 GREEN RED BLUE 9 8 11 YELLOW RED 6 7 WAGON SEDAN SEDAN SPORT SPORT SEDAN SPORT WAGON SEDAN SEDAN SPORT ISN COR MARCA TIPO BLOCO 1 BLOCO 2 BLOCO 3 BLOCO 4 CHEVY FORD FORD CADILLAC PONTIAC BMW FORD CHEVY LINCOLN BMW OLDMOBILE
    67. 67. <ul><li>Data Storage - Work - Conversosr de Endereços - Data Storage </li></ul><ul><li>Seqüência de ISN </li></ul><ul><li>Não </li></ul>Métodos de ‘PESQUISA’ sem o uso de descritor Questões ... 1) Quais são as estruturas ADABAS utilizadas ______________________________________________________________ 2) Em que seqüência os dados são retornados? _______________________________ 3) Você pode fornecer um ponto de partida? _______________________________ Pg IV - 18 Data Storage WORK Associator LI AC ‘ Leitura’ física Retorna valores de campo
    68. 68. Retorno dos Dados do ADABAS - Sumário Pg IV - 19 MÉTODO DE ACESSO ESTRUTURAS UTILIZADAS SEQÜÊNCIA RETORNADA PONTO DE PARTIDA? LEITURA Física Data Storage SEQÜÊNCIA Física Não LEITURA por ISN Conversor de Endereço Data Storage SEQÜÊNCIA de ISN ISN inicial opcional LEITURA Lógica Lista Invertida Conversor de Endereço Data Storage SEQÜÊNCIA de valor de descritor Valor inicial opcional HISTOGRAMA Lista Invertida SEQÜÊNCIA de valor de descritor Valor inicial opcional PESQUISA (FIND) Múltiplas Listas Invertidas Conversor de Endereço Data Storage SEQÜÊNCIA de ISN como padrão Não
    69. 69. Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>ISN </li></ul><ul><li>lista de ISNs Resultantes </li></ul><ul><li>Loops De Leitura </li></ul><ul><li>Até que o último registro seja lido </li></ul>___ 2. Ambas as aplicações A e B possuem suas próprias userviews de um arquivo X do ADABAS. Se a aplicação A precisa de um campo em um arquivo, então todos os programas da aplicação B devem ser recompilados. ___ 1. A userview permite acessar cada campo de um arquivo ADABAS. ___ 3. O código de resposta 148, NAT3148, indica que o núcleo ADABAS desejado não está ativo. ___ 4. Quando utiliza-se a ‘LEITURA’ lógica, é necessário fornecer um descritor e um ponto de partida. ___ 5. O comando ‘FIND’ sempre retorna o número de registros encontrados. ___ 6. O comando ‘READ’ sempre retorna o número de registros encontrados. ___ 7. O modo mais rápido para ler todo o arquivo é através da ‘LEITURA’ física. Preencher: 8. Como padrão, em qual seqüência o método ‘FIND’ retorna os registros? ___________________________________________________________ 9. O método ‘FIND’ é um processo de duas etapas a) A primeira etapa avalia os critérios de Pesquisa, lê a(s) Lista(s) Invertida(s) e cria a: ___________________________________________________________ b) Qual é a segunda etapa? ___________________________________________________________ c) Como padrão, por quanto tempo permanece a Lista de ISNs resultante? ___________________________________________________________
    70. 70. Revisão do Capítulo <ul><li>Em ordem ascendente de valor do descritor </li></ul><ul><li>Fim do arquivo </li></ul><ul><li>Fim da Lista Invertida </li></ul><ul><li>Fim do Conversor de Endereço </li></ul><ul><li>Na leitura do último registro da Lista de ISNs resultante </li></ul><ul><li>A ‘leitura’ lógica pode ser feita somente por um descritor </li></ul><ul><li>Usando o superdescritor </li></ul>10. Quando se usa a Lista Invertida, os registros são lidos em ___________________________________________________________ 11. Quando termina o método ‘READ’? a) Fisicamente? _________________________________________ b) Logicamente?_________________________________________ c) Por ISN? _________________________________________ 12. Quando o método ‘FIND’ chega ao final? ____________________________________________________________ 13. a) Existe algo de errado na estrutura abaixo? ‘ READ’ logicamente por estado = ‘VA’ e cidade = ‘RESTON’ _________________________________________________________ b) Como você a corrigiria? _________________________________________________________
    71. 71. Revisão do capítulo <ul><li>Físico Data Storage Seqüência física </li></ul><ul><li>Lógico LI, AC, DS Valor do descritor </li></ul><ul><li>ISN AC, DS ISN </li></ul><ul><li>HISTOGRAMA LI Valor de descritor </li></ul><ul><li>Find LI, AC, DS DS </li></ul><ul><li>LEITURA lógica, HISTOGRAMA e LEITURA por ISN </li></ul><ul><li>LEITURA física </li></ul>14 . Liste várias formas na qual os dados possam ser recuperados do Banco de Dados. Indique as estruturas do ADABAS utilizadas e a seqüência na qual os registros são retornados. MÉTODO ESTRUTURAS UTILIZADAS SEQÜÊNCIA ____________________ ____________________________ _____________________ ____________________ ____________________________ _____________________ ____________________ ____________________________ _____________________ ____________________ ____________________________ _____________________ ____________________ ____________________________ _____________________ 15. QUAIS são os métodos que você pode fornecer opcionalmente um ponto de partida? ___________________________________________________________________________ 16. Selecione o melhor método de acesso para cada um dos seguintes itens: (as palavras em maiúsculas são descritores) a) Listar todos os funcionários( não importa a seqüência) ______________________________________________________________________________________
    72. 72. Revisão do Capítulo <ul><li>LEITURA lógica com valor inicial </li></ul><ul><li>FIND </li></ul><ul><li>LEITURA lógica </li></ul><ul><li>HISTOGRAMA </li></ul><ul><li>HISTOGRAMA </li></ul><ul><li>FIND </li></ul>b. Listar todos os funcionários em seqüência de IDADE começando com a IDADE de 21 anos. ___________________________________________________________________________ c. Listar todos os veículos produzidos em 1954 que tenham a COR Blue e a MARCA Ford : ___________________________________________________________________________ d. Listar todos os funcionários com PESO entre 50 e 100: ___________________________________________________________________________ e. Liste o número de funcionários em cada DEPARTAMENTO: ___________________________________________________________________________ f. Determinar se a COR Red - é uma cor existente no arquivo de veículos ___________________________________________________________________________ g. Listar todos os funcionários com IDADE abaixo de 21 anos, o SALÁRIO abaixo de 10.000 e o peso abaixo de 100: ___________________________________________________________________________
    73. 73. Capítulo V Alteração do Banco de Dados e Técnicas de Reinício/Recuperação
    74. 74. Modificação - Inclusão Pg V - 1 ISN Campo A Campo B Campo C Registro Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de Expansão RABN Registro Comprimido Novo Registro
    75. 75. Modificações - Alteração Pg V - 2 Registro Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de Expansão RABN Registro Comprimido ISN Campo A Campo B Campo C
    76. 76. Modificações - Exclusão Pg V - 3 ISN Campo A Campo B Campo C Registro Registro Registro Registro Espaço Livre Área de Expansão RABN Registro Comprimido Registro
    77. 77. <ul><li>1) ‘UPDATE’ - atualizar valores de campo para um registro existente. - Registro em ‘HOLD’ - Campo a campo </li></ul><ul><li> 2) ‘STORE’ - armazenar valores de campo para um novo registro. - Registro em ‘HOLD’ - No mínimo um campo deve ser inicializado. </li></ul><ul><li> 3) ‘DELETE’ - eliminar um registro completo. - Registro em ‘HOLD’ - Registro removido do Banco de Dados </li></ul>Fazendo Modificações... Comandos de alteração do Banco de Dados 3 Tipos Pg V - 4 11 5 3 9 1 SMITH CLIMBING MACKAY BOWLING TURNER CRICKET BROWN CLIMBING BROWN 2 7 11 DAVIS 1 2 10 JONES 3 5 6 MACKAY 1 1 SMITH 2 4 9 TURNER 2 3 8 Sobrenome Associator Connversor de Endereço 4 2 5 4 1 3 1 6 3 5 2 (01) (02) (03) (04) (05) (06) (07) (08) (09) (10) (11) DAVIS ANGLING BROWN CRICKET JONES BOWLING SMITH CLIMBING JONES ANGLING TURNER SWIMMING 2 7 6 4 10 8 JONES BOATING Data Storage (1) (2) (3) (4) (5) (6) lista Invertidas
    78. 78. Controle de Alterações do Banco de Dados Manuseando em nível de registro Primeiro o registro é colocado em ‘hold’ Pg V - 5 Lógica de Hold NÃO SIM SIM Ler registro em hold Preso por outro usuário A opção return é usada? Retorno com o código de resposta 145 Proceder a atualização do registro NÃO Registro Retido Ao ler um registro, o usuário pode definir a opção HOLD para bloquear o registro para outros usuários. O registro somente poderá ser atualizado pelo usuário que definiu a opção. Outros usuários não poderão atualizar o registro enquanto o registro estiver sob o status HOLD. Obs.: para o NATURAL o registro é colocado automaticamente em Hold quando encontrar um comando de atualização ao Banco. Registro Bloqueado Efetuando uma entrada na tabela do núcleo para os ISNs dos registros, o ADABAS bloqueia qualquer alteração simultânea nos registros que estão em HOLD. Se outro usuário emitir o comando de leitura (read) para atualização de um registro bloqueado com o status HOLD, o ADABAS rejeita o acesso.
    79. 79. <ul><li>Unidade de atualização definida pelo usuário. </li></ul><ul><li>A transação inicia quando o primeiro registro é colocado em HOLD. </li></ul><ul><li>A transação termina quando é emitido “ET”(garante a atualização) </li></ul>Transação Lógica ADABAS Programa Transação Lógica Pg V - 6 Work Associator LI AC Data Storage Os registros presos são liberados e as alterãções são garantidas quando se emite ‘ET’ Registro colocado em HOLD . . . UPDATE . . . ADD . . . DELETE . . . ET . . . Registro colocado em HOLD . . . UPDATE . . . . . . ET Transação Lógica Transação Lógica Comandos emitidos pelo programa
    80. 80. Tudo ou Nada Pg V - 7 Registro Registro Registro Registro Registro
    81. 81. Leitura Simultânea Pg V - 8 Programa 2 Programa 1
    82. 82. Tempo máximo de Transação Definido pelo DBA Limite padrão 300 segundos Excedendo o tempo máximo de transação O usuário é ‘backed out” ao último “ET” Os registros presos são liberados O usuário recebe o Código de Resposta 9. Proteção de sessão do Usuário Quando deve ser emitido o comando “ET”? A recuperação é automática e garantida pela facilidade de Backout automático ‘ BTs’ emitidos pelo usuário Usuário A Usuário B ADD________UPDATE_________ADD________UPDATE UPDATE______ET DELETE_______ET ADD______ Transação 1 Transação 1 Transação 2 Transação 3 Pg V - 9 Auto Backout Falha do Usuário/Sistema
    83. 83. Opções de Acesso ao Arquivo <ul><li>Padrão ACC/UPD Primeira chamada ao arquivo - ACC Primeira chamada com Hold - UPD </li></ul><ul><li>Opções EXU - Por arquivo, atualização exclusiva de arquivos EXF- Por arquivo, atualização e acesso exclusivos ao arquivo </li></ul><ul><li>UTILITY - Utilitários do banco de dados e Serviços Online, precisa de autorizações especiais para o banco de dados </li></ul>Pg V - 10
    84. 84. Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>Não </li></ul><ul><li>O usuário A espera até que o usuário B libere o registro preso </li></ul>___ 1. Vários usuários podem acessar o mesmo arquivo , ao mesmo tempo, para fazer alterações. ___ 2. Vários usuários podem acessar o mesmo registro , ao mesmo tempo, para fazer alterações. ___ 3. Um usuário pode emitir o comando ‘BT’ para fazer o “backout” de uma transação lógica incompleta. ___ 4. Para atualizar um registro, primeiro este deve ser colocado em ‘HOLD’. ___ 5. Para incluir um registro em um arquivo, no mínimo um campo deve ser iniciado. ___ 6. Se o usuário marcar ‘EXU’ para um arquivo, este não pode ser lido por outros usuários Preencher: 7. Os usuários podem ser backed out além do último “ET”? ______________________________________________________________________________________ 8. a) Se o usuário A tentar ler um registro com ‘HOLD’ e o registro já estiver PRESO pelo usuário B, o que acontece ao usuário A (como padrão)? ______________________________________________________________________________________
    85. 85. Revisão do Capítulo <ul><li>Retornar o Código de resposta 145 </li></ul><ul><li>Quando o primeiro registro é colocado em HOLD </li></ul><ul><li>Quando é emitido o ‘ET’ </li></ul><ul><li>São garantidas todas as atualizações São liberados os registros em HOLD O tempo máximo de Transação é encerrado </li></ul><ul><li>O usuário ultrapassou o tempo máximo de transação </li></ul>b) Quais são as opções do usuário A? _____________________________________________________________________ 9. O que indica o início de uma transação lógica? _____________________________________________________________________ 10. O que indica o fim de uma transação lógica? _____________________________________________________________________ 11. Quais são os três eventos que acontecem quando é emitido ‘ET’? a) ___________________________________________________________________ b) ___________________________________________________________________ c)___________________________________________________________________ 12. O que acontece a um usuário que recebe o Código de Resposta 9? _____________________________________________________________________
    86. 86. Revisão do capítulo <ul><li>300 segundos definidos pelo DBA </li></ul><ul><li>ET BT Exceder o tempo máximo de transação </li></ul><ul><li>ACC/UPD </li></ul><ul><li>EXF </li></ul>13. Qual é o tempo padrão máximo de transação e como é definido? _________________________________________________________________________ 14. O que faz com que registros em ‘hold’ sejam liberados? a) _____________________________________________ b) _____________________________________________ c) _____________________________________________ 15. Como padrão o acesso de arquivo do usuário é _________________________________________________________________________ 16. Para ler o acesso exclusivo, leitura e atualização, o usuário deve estar definido como _____para o arquivo.
    87. 87. Capítulo VI Ambiente ADABAS
    88. 88. Work Pg VI - 1
    89. 89. Falha de Sistema Pg VI - 2 Usuário A UPDATE______ET DELETE_______ET ADD______ Transação 1 Transação 2 Transação 3 Auto Backout Falha do Usuário/Sistema
    90. 90. Reinício Automático Pg V - 3 Usuário A UPDATE______ET DELETE_______ET ADD______ Transação 1 Transação 2 Transação 3 Auto Backout Falha do Usuário/Sistema
    91. 91. Revisão do Capítulo <ul><li>V </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>F </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>V </li></ul><ul><li>Para segurança, caso as alterações sejam mostradas após o início de uma transação que, por algum motivo, nem </li></ul><ul><li>todas as etapas parciais foram executadas. </li></ul><ul><li>Suportar o reinício automático em caso de falha de sistema. </li></ul>___ 1. O End Transaction no programa confirma a atualização física em todas as alterações associadas. ___ 2. Nem todos os registros com status Hold são liberados após o fim da transação. ___ 3. Em caso de falha de sistema, somente as transações individualmente abertas são afetadas. ___ 4. O arquivo do WORK são utilizados para restaurar os registros ao status que possuiam no início da transação no caso de Backout Transaction. ___ 5. Em caso de falha de sistema, o ADABAS pode restaurar o atual status do banco de dados, a partir das informações de reinício do Work. Preencher: 6. Por que as alterações executadas durante uma transação são registradas no WORK File do ADABAS? ______________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 7. Qual é o objetivo do Checkpoint file do ADABAS? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________
    92. 92. Capítulo VII Ambiente ADABAS
    93. 93. <ul><li>O ambiente ADABAS </li></ul><ul><li> Utilitários do Banco de Dados </li></ul><ul><li>Programação dos usuários junto ao Banco de Dados </li></ul><ul><li>Dicionário de Dados PREDICT </li></ul><ul><li>Para aprender mais sobre o ambiente ADABAS... </li></ul>SGBD ADABAS Pg VII - 1
    94. 94. <ul><li>MOVE 20 TO FILE-NUMBER. </li></ul><ul><li>MOVE ‘L3’ TO COMMAND-CODE. </li></ul><ul><li>MOVE ‘SQ’ TO SEARCH-BUFFER. </li></ul><ul><li>MOVE´ ‘40000’ TO VALUE-BUFFER. </li></ul><ul><li>MOVE ‘AE,SQ.’ TO FORMAT-BUFFER. </li></ul><ul><li>CALL ‘ ADABAS’ USING </li></ul><ul><li> CONTROL-BLOCK. </li></ul><ul><li> FORMAT-BUFFER. </li></ul><ul><li> RECORD-BUFFER. </li></ul><ul><li> VALUE-BUFFER. </li></ul><ul><li>IF RESPONSE-CODE.... </li></ul><ul><li>. </li></ul><ul><li>. </li></ul><ul><li>COBOL... </li></ul><ul><li>EXEC ADABAS </li></ul><ul><li> READ LOGICAL </li></ul><ul><li> SELECT LAST-NAME </li></ul><ul><li> FROM EMPLOYEES </li></ul><ul><li> WHERE SALARY GE 40000 </li></ul><ul><li> ORDER BY SALARY </li></ul><ul><li>END-EXEC </li></ul><ul><li> COBOL, PL/1 </li></ul><ul><li>READ EMPLOYEES WITH SALARY </li></ul><ul><li>STARTING FROM ‘40000’ </li></ul><ul><li>DISPLAY LAST-NAME SALARY </li></ul><ul><li>END </li></ul>Exemplos de Programação Listar os sobrenomes de todos funcionários que ganham no mínimo 40.000 por ano Chamada direta É necessário a linguagem principal NATURAL Sistema de desenvolvimento de aplicação de 4ª geração ADABAS SQL É necessário a linguagem principal PREDICT Pg VII - 2
    95. 95. <ul><li>Uma ferramenta utilizada para documentar, controlar e gerenciar informações de dados. </li></ul><ul><li>Dados úteis </li></ul><ul><li>Banco de Dados </li></ul><ul><li>Arquivos </li></ul><ul><li> Físicos (ADABAS) </li></ul><ul><li> Lógicos (userview) </li></ul><ul><li> Conceituais (planejamento de desenho) </li></ul><ul><li>Campos </li></ul><ul><li>Regras </li></ul><ul><li>Etc. </li></ul><ul><li>Centralização </li></ul><ul><li>Padronização </li></ul><ul><li>Integração </li></ul>Dicionário de Dados PREDICT O que é PREDICT? O que pode ser documentado? Quais são os benefícios do PREDICT? Pg VII - 3
    96. 96. Definição de Arquivos no ADABAS Criando um Arquivo DBA Pg VII - 4 PREDICT Definição de arquivos ADABAS Online Service Batch Utility FNDEF=‘01,AA,8,A,DE,UQ’ FNDEF=‘01,AB’ FNDEF=‘02,AC,20,A,NU’ ASSO DATA Entrada de dados
    97. 97. Serviços do DBA/Utilitários <ul><li>Manutenção do Banco de Dados </li></ul><ul><li>Incluir novos campos </li></ul><ul><li>Alterar o tamanho do campo </li></ul><ul><li>eliminar arquivos </li></ul><ul><li>Restaurar arquivos </li></ul><ul><li>Renomear/Renumerar arquivos </li></ul><ul><li>Outras manutenções do Banco de Dados </li></ul><ul><li>Compressão/descompressão </li></ul><ul><li>Carregar arquivos </li></ul><ul><li>Descarregar arquivos </li></ul><ul><li>Tornar campos descritores </li></ul><ul><li>Reorganizar </li></ul><ul><li>Salvar arquivo/Banco de Dados </li></ul>Pg VII - 5 Work Associator Data Storage Núcleo ADABAS A manutenção pode prosseguir enquanto os usuários acessam o Banco de Dados DBA
    98. 98. ADABAS C FUNDAMENTALS <ul><li>TÉRMINO DO CURSO </li></ul>

    ×