Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação
                                                          ...
Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação
                                                          ...
Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação
                                                          ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Módulo2 - A sociedade da Informação e Comunicação

953 visualizações

Publicada em

Como serão as escolas do futuro?

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
953
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Módulo2 - A sociedade da Informação e Comunicação

  1. 1. Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação nucard@gmail.com MÓDULO 2 Cenário: Algumas questões a dar resposta: Como serão as escolas do futuro? Como serão os centros de formação? Desaparecerá a escola? Os professores terão lugar neste novo conceito de escola? Serão substituidos por máquinas? Estratégia: Vamos agora abordar o que diz respeito à educação na sociedade de informação e do conhecimento que analizámos no módulo anterior. As redes de aprendizagem permitem ao estudante o acesso a qualquer recurso educativo, potenciando a sua aprendizagem. 1- Definir o conceito da formação ao longo da vida. 2- Os mitos que rodeiam as TIC. 3- As comunidades virtuais como espaços de colaboração e de criação de conhecimento, intercambio de boas práticas, etc. ----------------------------------------------------------- Definir o conceito da formação ao longo da vida. A evolução da Sociedade requer o planeamento de novos objectivos. No futuro, a obtenção e organização de informação converter-se-á numa actividade vital para muita gente. A Educação formal manterá sempre a sua utilidade, principalmente para a aquisição de saberes básicos. A informal necessita da criação de espaços alternativos de educação e de formação que promovam a auto-aprendizagem e a auto-gestão formativa. -------------------------------------------------------------------------------------- Os mitos que rodeiam as TIC. Estes mitos são produto da falta de reflexão crítica sobre as possibilidades que as TIC têm na sociedade. Segundo Julio Cabero (2002) são os seguintes: Mito 1 – Modelo democrático de Educação, que facilita o acesso a todas as pessoas. Educação/formação para todos. Mito 2 – Liberdade de expressão e de participação igualitária para todos. Mito 3 – Amplitude de informação e acesso ilimitado a todos os conteúdos. Mito 4 – As tecnologias como manipuladoras da actividade mental. Tudo se resume ao estado psicológico das pessoas e ao ambiente social. Mito 5 – Cultura alienante. Pensa-se que o “cara a cara” deixa de existir tornando as pessoas menos humanas. Mito 5 – Substituição de professor.
  2. 2. Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação nucard@gmail.com Mito 6 – As TIC resolverão os problemas educativos. As TIC são apenas instrumentos currículares. O seu “poder” está na boa utilização que façamos aplicada ao ensino ensino. ----------As comunidades virtuais como espaços de colaboração e de criação de conhecimento, intercambio de boas práticas, etc. Falar em comunidades virtuais requer a referência a três aspectos básicos: 1- Como se aprende em comunidade, deveremos prestar especial atenção a: a) A implicação do aluno em actividades de grupo e a interacção entre todos os actores do processo de ensino-aprendizagem. b) O aumento da autonomia e da responsabilidade do aluno no que se refere ao próprio processo de aprendizagem. c) Incentivar a colaboração, a vontade de partilhar. 2- As oportunidades que as TIC trazem para a criação e organização de comunidades de aprendizagem: a) Novas formas de comunicação, novas formas de relacionamento, etc. b) Aparecimento de ambientes interactivos para a educação com enormes possibilidades educativas. c) Facilidade da comunicação digital no que se refere a partilhar espaços de inter-câmbio, colaboração e comunicação. 3) As comunidades virtuais como comunidades de intercâmbio/cooperação mediadas pelo computador. a) Novos espaços de comunicação entre pessoas com interesses comuns e objectivos de troca de conhecimentos. b) Geram novas atmosferas de relações (desenvolvem a socialização na rede, troca de ideias, experiências entre pessoas e grupos). O que é uma comunidade virtual? Uma comunidade virtual aparece quando um grupo de pessoas reais, uma comunidade real (profissionais, estudantes...), utilizam a telemática para manter e ampliar a comunicação. Assim, numa comunidade virtual: - Reunem-se pessoas para comunicar entre si mediante computadores e redes, interagindo de forma continuada e seguindo regras pré-estabelecidas. - A troca de informação (formal e informal) e o fluxo de informação dentro da comunidade virtual são fundamentais. - Existe um ambiente privilegiado de aprendizagem sobre relações profissionais. Exemplo: http://edutec.rediris.es/
  3. 3. Nuno Cardoso – Mestre em Novas Tecnologias aplicadas à Educação nucard@gmail.com Tipos de Comunidades: - De discurso. Troca de interesses com outros que partilhem os mesmos interesses. - De prática. É dificil abandonar a situação normal de emprego. Assim, procuram-se comunidades que partilhem conhecimentos práticos. - De construção de conhecimento. Apoio ao estudante na aprendizagem. - De aprendizagem. Partilha de conhecimento, valores e metas entre estudantes. Novos cenário de aprendizagem. http://edutec.rediris.es/documentos/1997/ambientes.html Avaliação: 1 - Refere três vantagens que as redes poderão trazer ao ensino tradicional. Expõe as tuas ideias ao resto do grupo. 2 – Escreve em algumas linhas aquilo que idealizas como escola do futuro. O exercício 2 deve ter uma extenção máxima de 25 linhas. Envia o documento em formato .PDF com o seguinte nome: o_meu_nome_modulo2.pdf Possível resolução exercicio 1: 1 – constituem o acesso à informação e ao conhecimento quase inesgotável, quebrando as barreiras espaço / temporais. Desta forma o processo de Ensino / aprendizagem poderá ser mais dinâmico e mais completo. 2 - potenciam as comunicações, permitindo a troca de ideias entre os intervenientes no processo de ensino / aprendizagem, bem como troca de experiências com elementos que atravessam a mesma fase de aprendizagem ( ou não), num outro lugar do mundo. Confrontando os alunos com diferentes realidades, eles tornar-se-ão mais críticos, mais criativos e com maior capacidade para resolver os problemas com que se deparam. 3 - Creio que o individuo naturalmente desenvolverá o interesse pela formação ao longo da vida sentindo necessidade de partilhar o saber. O espírito de partilha está presente na rede. O indivíduo saberá que o conhecimento está disponível e saberá pesquisar, seleccionar e ordenar a informação que necessitar de uma forma eficaz. Sentir-se-á motivado para continuar.

×