Projeto de intervenção slides

12.033 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.033
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
63
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
139
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de intervenção slides

  1. 1. PROJETO DE INTERVENÇÃO Amanda Tourinho Nathalia Galvão Roberta Borges Soraya Moradillo
  2. 2. IDENTIFICAÇÃO <ul><li>Projeto realizado pelo grupo de pesquisa em Psicologia da Saúde do 5º semestre da Faculdade Ruy Barbosa. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>OBJETO: </li></ul><ul><li>A atuação do psicólogo na saúde mental do trabalho de Juízes Criminais de Varas Comuns do Estado da Bahia. </li></ul>INTRODUÇÃO
  4. 4. <ul><li>JUSTIFICATIVA </li></ul><ul><li>Estudos na área de saúde mental do trabalho têm demonstrado que a inserção do psicólogo nesse campo é de suma importância para dar o suporte necessário aos profissionais da magistratura, que desempenham atividade ligada à área criminal, visto que estes profissionais vêm sendo acometidos, freqüentemente, por vários problemas de saúde, tanto físicos quanto mentais. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>LIPP & TANGANELLI (2002): </li></ul><ul><li>Relações entre estresse e trabalho  juízes; </li></ul><ul><li>Solidão e isolamento da atividade judicante; </li></ul><ul><li>Contribuição do estresse para a ontogênese de várias doenças físicas e psiquiátricas; </li></ul><ul><li>Estado prolongado de estresse  bem-estar psicológico e qualidade de vida; </li></ul><ul><li>Comprometimento das áreas social, afetiva, profissional e da saúde; </li></ul><ul><li>Sobrecarga de trabalho e interferência com a vida familiar; </li></ul><ul><li>Expectativa da sociedade; </li></ul><ul><li>Alterações psicofisiológicas; </li></ul><ul><li>Conflitos: valores pessoais X profissionais; </li></ul><ul><li>Estratégias de enfrentamento: conversar com o cônjuge. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Efeitos: </li></ul><ul><li>Fadiga e Tensão Muscular; </li></ul><ul><li>Decréscimo da concentração e atenção; </li></ul><ul><li>Deterioração da memória de curto e longo prazo; </li></ul><ul><li>Aumento do índice de erros; </li></ul><ul><li>Aumento das tensões e distúrbios do pensamento; </li></ul><ul><li>Mudanças nos traços de personalidade; </li></ul><ul><li>Enfraquecimento de restrições de ordem moral e emocional; </li></ul><ul><li>Depressão; </li></ul><ul><li>Diminuição da auto-estima; </li></ul><ul><li>Rompimento dos padrões de sono; </li></ul><ul><li>Vulnerabilidade ao uso de drogas; </li></ul><ul><li>Burnout. </li></ul>
  7. 7. OBJETIVOS <ul><li>Geral </li></ul><ul><li>- Viabilizar a promoção, manutenção e restabelecimento da saúde, bem-estar e qualidade de vida dos Juízes Criminais de Varas Comuns do Estado da Bahia. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Específicos </li></ul><ul><li>- Avaliar a demanda dos juízes criminais e identificar onde se encontram as maiores ocorrências de adoecimento; </li></ul><ul><li>- Oferecer suporte psicológico necessário para que esses profissionais sejam capazes de enfrentar as adversidades do cotidiano do seu trabalho; </li></ul><ul><li>- Diminuir o nível de stress desta categoria de profissionais; </li></ul><ul><li>- Promover intervenções que se mostrem eficientes no controle das causas de adoecimento dos profissionais em questão. </li></ul>
  8. 8. METODOLOGIA <ul><li>O método a ser utilizado é o de pesquisa-ação, com base na Psicologia Social norte-americana, visando à aplicação do referencial teórico no campo da prática para a obtenção dos resultados esperados. Para tanto, pretende-se buscar tanto o conhecimento da demanda, quanto realizar a intervenção necessária. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>SUJEITOS </li></ul><ul><li>O presente projeto tem como público alvo os Juízes Criminais das Varas de Crimes Comuns da Comarca de Salvador do Estado da Bahia. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>RECURSOS </li></ul><ul><li> Atividades desenvolvidas </li></ul><ul><li>- Reuniões de grupo para obter conhecimento sobre as vivências das situações-problema envolvidas no contexto; </li></ul><ul><li>- Dinâmicas para melhor trabalhar as questões trazidas pelos sujeitos, promovendo a externalização das emoções através da fala e o alívio proporcionado pela escuta; </li></ul><ul><li>- Acompanhamento individual quando necessário à vista da demanda apresentada; </li></ul><ul><li>- Palestras com profissionais qualificados em temas relacionados à saúde mental e qualidade de vida do trabalhador e o bem-estar proporcionado pelo trabalho. </li></ul>
  11. 11. <ul><li> Espaço Físico </li></ul><ul><li>- Sala de convívio do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Palácio da Justiça – CAB </li></ul><ul><li>-Sala de meditações do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Palácio da Justiça – CAB </li></ul><ul><li>- Auditório </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li> Material </li></ul><ul><li>- Panfletos </li></ul><ul><li>- Livros </li></ul><ul><li>- Recursos áudio-visuais </li></ul><ul><li>- Questionário de Saúde Geral de Goldberg - QSG </li></ul>
  12. 12. OPERACIONALIZAÇÃO <ul><li> Divulgação através de palestras de esclarecimento sobre Saúde Mental no trabalho e objetivos do Projeto; </li></ul><ul><li> Disponibilidade de fichas de inscrição; </li></ul><ul><li> Realização de questionários para avaliar a saúde global dos magistrados (Questionário de Saúde Geral – QSG); </li></ul><ul><li> Reuniões de grupo com temas direcionados às situações – problema / demandas; </li></ul><ul><li> Estratégias de intervenção: </li></ul><ul><li> - Palestras participativas sobre aspectos referentes a problemas mentais, seu significado, sua existência entre os magistrados e propostas prevenção e intervenção; </li></ul><ul><li>- Dinâmicas de grupo; </li></ul><ul><li>- Atendimento individual. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  13. 13. <ul><li>ESTRATÉGIAS DE SUSTENTABILIDADE </li></ul><ul><li>O projeto será implementado pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, com recursos próprios e através do seu Núcleo de Psicologia, localizado na rua Arquimedes Gonçalves – Nazaré; Salvador/Bahia. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>PARCERIAS </li></ul><ul><li>IPRAJ- Instituto Pedro Ribeiro de Arrecadação Judiciária </li></ul><ul><li>AMAB- Associação dos Magistrados do Estado da Bahia </li></ul>
  14. 14.   CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO <ul><li>O trabalho terá a duração de 8 meses, levando-se em conta o período de recesso dos magistrados: de março a junho / de agosto a novembro. </li></ul><ul><li>Os estagiários atenderão em dois dias da semana: um pela tarde e um pela manhã. Essa estratégia será adotada visto que o expediente dos magistrados tem a duração de 6 horas, e que o profissional pode optar pelo turno em que trabalha. </li></ul>
  15. 15. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO <ul><li>Inicialmente, será realizada a dinâmica de grupo, que deve ter a duração de 40 minutos aproximadamente. </li></ul><ul><li>Durante a realização da dinâmica, duas estagiárias atuariam como mediadoras, e as outras duas como observadoras, analisando aspectos como o nível de interação, envolvimento, etc. </li></ul>
  16. 16. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO <ul><li>Após a dinâmica, será disponibilizado o atendimento individual, que será oferecido pelas 4 estagiárias, a partir de um agendamento prévio. Os atendimentos terão em média 45 minutos, e o número de atendimentos diários dependerá do número de inscritos no programa. </li></ul><ul><li>Terminado o atendimento, as estagiárias se reunirão para uma discussão acerca dos temas abordados e da evolução do trabalho, buscando elaborar o conteúdo dos próximos encontros. </li></ul>
  17. 17.   REFERÊNCIAS <ul><li>BELLUSCI, S.M.; FISCHER, F.M. Envelhecimento funcional e condições de trabalho em servidores forenses. In.: Revista de Saúde Pública. São Paulo: 1999. Disponível em: Acesso em </li></ul><ul><li>LIPP, M.E.N.; TANGANELLI, M.S. Stress e Qualidade de Vida em Magistrados da Justiça do Trabalho: Diferenças entre Homens e Mulheres. In.: Psicologia: Reflexão e Crítica. São Paulo: 2002. Disponível em: <http://www.fsp.usp.br/rsp> Acesso em: </li></ul>

×