Lição 5_Um homem de Deus em depressão

6.966 visualizações

Publicada em

Arquivo com slides da pré-aula da EBD, comentada pelo Ev. Natalino das Neves

Se ainda não é cadastrado neste canal, convido-o(a) a fazê-lo. Convido, também, para se cadastrar na minha conta do Youtube e no meu blog: natalinodasneves.blogspot.com.br

Grato,

Publicada em: Educação
6 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.966
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.687
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
157
Comentários
6
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 5_Um homem de Deus em depressão

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2013LIÇÃO 5 – UM HOMEM DE DEUS EM DEPRESSÃO Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br IEADSJP_EBDTV
  2. 2. INTRODUÇÃO REFERÊNCIA TEXTO/TEMA “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas Texto áureo não desanimados; perseguidos, (2 Co 4.8,9) mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos” “Os conflitos de Elias o levaram a enfrentar períodos de depressão Verdade prática e tristeza. Mas o Senhor ajudou-o superar.” Jezabel ameaça Elias de morte.Leitura bíblica em classe Ele foge para o deserto, pede a (1 Rs 19:2-8) morte, mas Deus, por meio de um anjo, o reanima.
  3. 3. INTRODUÇÃO• Os personagens bíblicos são seres humanos.• Elias, devido ao seu chamado e sua integridade, viveu em conflitos com a liderança de sua época = sobrecarga emocional.• Elias também era uma pessoa frágil que carecia de cuidados.
  4. 4. I – ELIAS – UM HOMEM COMO OS OUTROS
  5. 5. I – ELIAS – UM HOMEM COMO OS OUTROS• Um homem espiritual • Envolvido com a Palavra de Deus (1 Rs 18:36); • Dedicado à oração (1 Rs 18:42,43; Tg 5:17);
  6. 6. I – ELIAS – UM HOMEM COMO OS OUTROS• Um homem sentimental • Tiago (5:17) afirma que Elias era sujeito às mesmas paixões que nós; • Elias expressava seus sentimentos.
  7. 7. Sinopse do tópico“Elias era um homem como outro qualquer. Sujeito às intempéries da vida.” (Lições bíblicas, p. 33)
  8. 8. II – AS CAUSAS DOS CONFLITOS DE ELIAS
  9. 9. II – AS CAUSAS DOS CONFLITOS DE ELIAS• Decepção • Após o grande sinal de Deus (1 Rs 18:38), Elias esperava um quebrantamento do povo e da liderança; • Ambiente espiritual desanimador; • Contraste: grande vitória pode conduzir ao desânimo e o orgulho; • Grandes expectativas X grandes revezes; • Trabalhar, trabalhar e não ver o resultado esperado.
  10. 10. II – AS CAUSAS DOS CONFLITOS DE ELIAS “Na minha primeira defesa, ninguém foi a meu favor; antes, todos me abandonaram. Que isto não lhes seja posto em conta!” 2 Timóteo 4:16 “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.” Gálatas 6:9 “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.” João 1:11
  11. 11. II – AS CAUSAS DOS CONFLITOS DE ELIAS• Medo • Jezabel ameaça e Elias teme pela sua vida (1 Rs 19:3); • No capítulo 18 Elias se mostra corajoso e forte, enquanto no capítulo 19 entra em pânico e desespero; • Sentimentos falando mais alto do que a fé; • Sintoma de depressão: temer a algo que não temia antes. • AP – Você tem medo de quê?
  12. 12. Sinopse do tópico“Os conflitos de Elias estavam associados à decepção e o medo.” (Lições bíblicas, p. 34)
  13. 13. III – AS CONSEQUÊNCIAS DOS CONFLITOS
  14. 14. III – AS CONSEQUÊNCIAS DOS CONFLITOS• Fuga e isolamento • Com medo da morte, Elias se viu sem escapatória, e foge; • Deus não o recriminou por sua fuga; • Além de fugir ele se isola no deserto (1 Rs 19:4) – ser humano é um ser social. • Sintoma da depressão: isolar-se do convívio social. Preferência para lugares escuros e isolados. • Na defensiva: culpa x perdão?
  15. 15. III – AS CONSEQUÊNCIAS DOS CONFLITOS• Autopiedade e desejo de morrer • Elias achava que era o único que se conservava fiel a Iavé (1 Rs 19:10). Pena de si mesmo; • Resposta: havia mais 7.000 (1 Rs 19:18); • No desânimo, a tendência é pensar que todos e tudo está contra nós; • Sintomas de depressão: carência de simpatia ou síndrome de perseguição.
  16. 16. III – AS CONSEQUÊNCIAS DOS CONFLITOS• Autopiedade e desejo de morrer (cont.) • Contradição: foge para não morrer e depois pede a morte (1 Rs 19:4) – perder a vontade de morrer (depressão profunda); • Moisés (Nm 11:15), Jonas (4:3) e Jó (3:11) – exemplos bíblicos que também pediram a morte; • Ver também: Davi (Sl 32:3,4) e Jesus (Mt 26:38); • Sintomas de depressão: desejo de morte (estatísticas). • AP – Você tem buscado o isolamento ou tem desejado a morte?
  17. 17. Sinopse do tópico “Algumas características que podem descrever a depressão de Elias são:desejo de fuga, isolamento, autopiedade e desejo de morrer.” (Lições bíblicas, p. 35)
  18. 18. IV – O SOCORRO DIVINO
  19. 19. IV – O SOCORRO DIVINO• Provisão física • Sono e alimentação (1 Rs 19:5) – sinais de depressão; • Estresse e esgotamento físico: Monte Carmelo (1 Rs 18:20-46) – provavelmente depressão exógena. • depressão endógena (causas internas – biológicas ou hereditárias) e depressão exógena (causas externas – perdas, estresse, entre outras).
  20. 20. IV – O SOCORRO DIVINO• Provisão física (cont.) • Necessidade de auxílio de terceiros (1 Rs 19:6); • White (2001, p. 103) recomenda algumas alternativas cristãs: “As soluções são muitas: uma boa caminhada, contar as bênçãos, uma boa noite de sono, uma conversa com os amigos, alguns hinos de louvor, uns momentos a sós com Deus.” • Se não resolver, recomenda-se a procura de ajuda profissional.
  21. 21. IV – O SOCORRO DIVINO• Provisão emocional e espiritual • Quando chegam as tribulações, a limitação e falibilidade humana faz que muitos esqueçam a infinitude e infalibilidade de Deus; • Voz de Deus no Monte Horebe (caverna): vento, terremoto e fogo x silêncio de Deus (1 Rs 19: 8- 15); • Deus “para” e ouve Elias, que desabafa; • Importância de alguém idôneo para ouvir;
  22. 22. IV – O SOCORRO DIVINO• Provisão emocional e espiritual (cont.) • Reanimado p/ nova missão: ungir Azael como rei da Síria, Jeú como rei de Israel, e Eliseu como seu sucessor (1 Rs 19:15-16); • Carência de ocupação: inútil (idolatria x morte profetas de Baal/Aserá)? • AP – Você já foi alimentado com as próprias mensagens (se alimentando debaixo do zimbro)?
  23. 23. Sinopse do tópico“O socorro divino trouxe provisão física e espiritual ao projeta Elias.” (Lições bíblicas, p. 35)
  24. 24. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  25. 25. CONSIDERAÇÕES FINAIS• Homens e mulheres de Deus também estão sujeitos a conflitos e estados depressivos;• Elias foi cuidado por Deus: • Tratamento físico: descanso e alimentação; • Tratamento emocional: levou-o a enfrentar seus próprios medos e ouviu seu desabafo; • Tratamento espiritual: o reanimou para uma nova missão e transmitiu-lhe uma nova visão “ministerial” – delegação.• Deus se faz presente em seu momento de conflito. Perceba sua presença e mão amiga!
  26. 26. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.CARRENHO, Esther. Depressão: tem luz no fim do túnel.São Paulo:Editora Vida, 2007.CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamentonuma perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996.GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,2012.LIÇÕES BÍBLICAS. Elias e Eliseu, um ministério de poderpara toda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro:CPAD, 2012.MERRILL, Eugene H. História de Israel no AntigoTestamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
  27. 27. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASRENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. SãoPaulo: Academia Cristã, 2009.SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do AntigoTestamento. São Paulo: Teológica, 2004.SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, osprofetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo ehumildade. São Paulo: Editora Vida, 2010.WHITE, John. As máscaras da melancolia: um psiquiatracristão aborda a problemática da depressão e dosuicídio. Belo Horizonte: Dynamus, 2001.WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel.São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.
  28. 28. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br; www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves (www.natalinodasneves.blogspot.com.br;natalino.neves@ig.com.br; 8409 8094 / 3076 3589)
  29. 29. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK ABAIXO: http://youtu.be/3ZtaP52DV0o

×