LIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUS

3.127 visualizações

Publicada em

Subsídios elaborados pelo Pr. Natalino das Neves
Programa Escola Dominical na WEBTV.
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice Presidente: Elson Pereira

Consulte demais materiais teológicos no meu blog:

http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.964
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUS

  1. 1. Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br LIÇÕES BÍBLICAS 1º TRIMESTRE DE 2015
  2. 2. “E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.” Lucas 2.7 TEXTO ÁUREO
  3. 3. “Deus revelou seu amor à humanidade ao enviar a este mundo o seu Filho Jesus.” Lições Bíblicas da CPAD - Adultos VERDADE PRÁTICA
  4. 4. • Na “plenitude dos tempos” o Filho de Deus se encarnou para salvar a humanidade. • O nascimento de Jesus, boas novas em especial aos pobres e piedosos, primeiros a receber a notícia. INTRODUÇÃO
  5. 5. I – CONTEXTO PROFÉTICO DO NASCIMENTO DE JESUS
  6. 6. • No cântico de Maria conhecido como Magnificat, a mãe de Jesus contextualiza o nascimento de Cristo dentro das promessas de Deus a seu povo, dizendo que, ao nascer Jesus, Deus estava se lembrando das promessas feitas a Abraão (Lc. 1.55). • Zacarias, no seu cântico conhecido como Benedictus, afirma igualmente que tal visitação era o cumprimento do que Deus havia prometido na antiguidade aos profetas (Lc. 1.70). I – CONTEXTO PROFÉTICO
  7. 7. • O nascimento de Jesus, portanto, foi um fato que aconteceu na plenitude dos tempos e testemunhou o cumprimento das promessas de Deus (Gl. 4.4). • O Espírito Santo ocupa um lugar especial nos escritos de Luca; são 17 referências no Evangelho de Lucas e 54 no livro de Atos dos Apóstolos (Atos ES); • Enquanto, Mateus fala apenas 12 X no Espírito Santo; e Marcos, apenas 6 X. I – CONTEXTO PROFÉTICO
  8. 8. • Lucas focaliza o revestimento do Espírito, mostrando que o dom profético, que havia sido silenciado no período interbíblico (texto canônico) foi revivificado a vinda do Messias. • Literatura apócrifa do período interbíblico também é messiânica. • A maioria das referências ao Espírito, no Evangelho de Lucas ocorre nos dois primeiros capítulos que relatam o nascimento de Jesus (Lc. 1.41,67; 2.25-27). I – CONTEXTO PROFÉTICO
  9. 9. II - O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JESUS
  10. 10. • O anúncio do nascimento de Jesus foi precedido do anúncio do nascimento de João, chamado de João Batista, que nasceu para ser o precursor do Messias, anunciando a Sua missão (Lc 3.4-5). • O anúncio do nascimento de João foi feito primeiramente ao seu pai, Zacarias, que era sacerdote, quando queimava incenso – ritual de Ex 30.1-8; 1 Rs 7.48-50). • Somente seis meses depois é anunciado o nascimento de Jesus a José e Maria, o milagre da encarnação divina (Lc 1.34-35; Jo 1.1-14). II - O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JESUS
  11. 11. • Isabel, sua esposa, não podendo mais ter filhos (Lc. 1.18), trouxe dúvidas à Zacarias. A dúvida fez com que ele ficasse mudo até o nascimento de João Batista. • João Batista dedicou sua vida de forma integral ao cumprimento de sua missão: anunciar a vinda do Messias. II - O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JESUS
  12. 12. • Uma vida curta, sem passatempos, sem reconhecimento, mas uma vida com um propósito divino bem determinado e bem cumprido. • Tão logo Jesus começou Seu ministério, depois do Seu batismo por João, este já foi preso e logo morto. • Ver subsídios sobre a dupla natureza de Jesus em: http://www.inaciocarvalho.com.br/l15-2-2.pdf II - O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JESUS
  13. 13. III – O NASCIMENTO DE JESUS E OS “EXCLUÍDOS” DA SOCIEDADE
  14. 14. • Em todo o AT é percebido a defesa de Deus aos menos favorecido, em especial, nos profetas. • No Evangelho de Lucas os pobres e excluídos também são destacados: • Início de ministério de Jesus (Lc 6.20); • As bem aventuranças (Lc 6.20); • Anuncio do nascimento de Jesus aos camponeses pobres; • Aproximação das mulheres, crianças, gentios, leprosos, entre outros. III – O NASCIMENTO DE JESUS E OS “EXCLUÍDOS” DA SOCIEDADE
  15. 15. • Jesus andou pela “marginal” da sociedade (ver livro do Pagola). • Como os cristãos agem? • É possível vivermos como Jesus viveu nos dias atuais? III – O NASCIMENTO DE JESUS E OS “EXCLUÍDOS” DA SOCIEDADE
  16. 16. • Jesus andou pela “marginal” da sociedade (ver livro do Pagola). • Anuncio aos camponeses sobre nascimento de Jesus e o Messias: • Nascido na cidade de Davi o Salvador, que o Cristo e Senhor (Lc 2.11); • Da descendência de Davi (Lc 3.23-38); • Cumprimento da profecia de Miqueias (Mq 5.2). III – O NASCIMENTO DE JESUS E OS “EXCLUÍDOS” DA SOCIEDADE
  17. 17. Como os cristãos agem? É possível vivermos como Jesus viveu nos dias atuais? III – O NASCIMENTO DE JESUS E OS “EXCLUÍDOS” DA SOCIEDADE
  18. 18. IV – O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO
  19. 19. • Lucas apresenta o nascimento de Jesus sob o contexto do judaísmo piedoso. • Zacarias, o sacerdote piedoso e sua esposa Isabel (Lc 1.6); • Simeão, que esperava a consolação de Israel e “não morreria antes que visse o Messias” (Lc 2.25- 26); • Ana, a viúva piedosa que ao ver Jesus dá graças a Deus e falou de sua missão messiânica (Lc 2.36- 38). IV – O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO
  20. 20. • Como qualquer judeu de seu tempo, Jesus se submete aos rituais da religião judaica (Lc 2.21- 14). • O que Jesus faz é questionar os abusos incluídos pelos legalistas. IV – O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO
  21. 21. • Jesus nasceu dentro de um contexto e cumprimento profético. • João Batista, cumpriu integralmente sua missão de precursor de Jesus. • Jesus, apesar de sua “realeza” viveu e se dedicou aos “excluídos” da sociedade. • Jesus viveu como um judeu de seu tempo, entretanto, fazendo releituras e questionando os legalistas. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  22. 22. REFERÊNCIAS CARVALHO NETO, Inácio. Lição 2 – O nascimento de Jesus. Disponível em: <http://www.inaciocarvalho.com.br/l15-2-2.pdf>. Consultado em 12 abr. 2015. GARCIA-VIANA, Luis Fernando. Comentário ao Novo Testamento, vol. III. São Paulo: Editora Ave Maria, 2006. GONÇALVES, José. Lucas: o Evangelho de Jesus, o Homem Perfeito. Rio de Janeiro: CPAD, 2015. GOPPELT, Leonhard. Teologia do Novo Testamento. 3ª Ed. São Paulo: Editora Teológica, 2003. MORRIS, Leon L. Lucas: introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 2007. STOTT, John. Homens com uma mensagem: uma introdução ao Novo Testamento e seus escritores. São Paulo: Editora Cristã Unida, 1996. Zuck, Roy b. Teologia do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.

×