2013 1o tri lição 12_eliseu e a escola dos profetas

5.815 visualizações

Publicada em

Arquivo com slides da lição 12 - Eliseu e as escolas dos profetas, referente ao vídeo ministrado pelo Ev. Natalino das Neves

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.815
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
232
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2013 1o tri lição 12_eliseu e a escola dos profetas

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2013LIÇÃO 12 – ELISEU E A ESCOLA DOS PROFETAS Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br IEADSJP_EBDTV
  2. 2. REFERÊNCIA TEXTO/TEMA “Tu, pois meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o Texto áureo que de mim, entre muitas (2 Tm 2:1,2) testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.” “A escola de profetas objetivava a transmissão dos valores morais e Verdade prática espirituais que Deus havia entregado a Israel através de sua Palavra.” Relata a proposta feita pelos filhos dos profetas para construir um local mais apropriado para eles. Eliseu concorda e vai com eles até o JordãoLeitura bíblica em classe para cortar a madeira. O (2 Rs 6:1-7) martelo, que era emprestado, cai no rio e Eliseu realiza o milagre (flutuação do ferro) e recupera o machado.
  3. 3. INTRODUÇÃO• O livro de Reis cita diversas vezes o termo “filhos dos profetas”, referindo-se às escolas dos profetas radicadas em Betel, Jericó e Gilgal.• As Escolas dos Profetas não tinham como objetivo ensinar os alunos a profetizarem, mas a herança cultural e espiritual israelita.• Nesta lição serão avaliados: a instituição, os objetivos, o currículo e a metodologia das Escolas de Profetas.
  4. 4. I – A INSTITUIÇÃO DAS ESCOLAS DE PROFETAS
  5. 5. I – A INSTITUIÇÃO DAS ESCOLAS DE PROFETAS• Noção de organização e forma • Possuía uma estrutura física com espaço para os estudos e como alojamento, pois viviam em comunidade (2 Rs 6:1-2); • O espaço na época de Eliseu não era adequado. Ele deu atenção à proposta dos seus discípulos; • Dificuldades de estrutura nas escolas bíblicas nos dias atuais. AP – Como está a estrutura física de sua igreja?
  6. 6. I – A INSTITUIÇÃO DAS ESCOLAS DE PROFETAS• Noção de organismo e função • As escolas dos profetas já existiam na época de Samuel (1 Sm 10:5-10; 19:20); • Tinha um supervisor (Samuel 1 Sm 19:20; Eliseu – 2 Rs 6:1-3; ); • Eliseu = dons sobrenaturais + capacidade pedagógica e de liderança. • Dificuldades de estrutura nas escolas bíblicas nos dias atuais. AP – Há quase 3 mil anos já se preocupavam com a organização e líderes capacitados. E na sua igreja?
  7. 7. Sinopse do tópico“Eliseu não era apenas um homem com dons sobrenaturais, mas também um profeta que possuía uma missão pedagógica.” (Lições bíblicas - professor, p. 86)
  8. 8. II – OS OBJETIVOS DAS ESCOLAS DE PROFETAS
  9. 9. II – OS OBJETIVOS DAS ESCOLAS DE PROFETAS• Treinamento • Os “filhos dos profetas” se submetiam à orientação direta do supervisor (2 Rs 2:15); • Uma vez capacitados também atuavam individualmente (1 Rs 20:35-43); • Capacidade do líder em conhecer seus liderados e exercer a delegação, quando apropriado. AP – A Igreja precisa investir no treinamento e mentoreamento para enfrentar os desafios pós- moderno!
  10. 10. II – OS OBJETIVOS DAS ESCOLAS DE PROFETAS• Encorajamento • Eliseu dá demonstração de uma liderança participativa e encorajadora ( 2 Rs 6:3-4); • As escolas encorajavam os discípulos ao estudo das Escrituras; AP: • Você que é líder, tem participado das atividades de seus liderados? • Você tem encorajado os liderados ao estudo da Palavra de Deus?
  11. 11. Sinopse do tópico“As Escolas de Profetas forneciam instrução e encorajamento aos alunos a fim de que eles buscassem uma melhor compreensão da Palavra de Deus.” (Lições bíblicas - professor, p. 86)
  12. 12. III – O CURRÍCULO DAS ESCOLAS DE PROFETAS
  13. 13. III – O CURRÍCULO DAS ESCOLAS DE PROFETAS• A Escritura • Provavelmente a Torá, em especial, para evitar a quebra do concerto de Deus com o povo, conforme denunciou Elias em 1 Rs 19:10; • O entendimento de algumas pessoas é de que nestas escolas não se tinha a preocupação de estudar a Escritura. • Este entendimento influencia o comportamento de muitos membros hoje (não precisa estudar, o Espírito Santo põe as palavras na boca – “Reteté”). AP – Como está o seu empenho no estudo da Palavra de Deus?
  14. 14. III – O CURRÍCULO DAS ESCOLAS DE PROFETAS• A experiência • Elias e Eliseu compartilhavam de suas experiências com os discípulos (2 Rs 2:15, 19-22; 4:1-7, 42-44); • CUIDADO: A experiência não pode sobrepor a Palavra de Deus; • Importância da interação entre as gerações. Exemplo de Jz 2:10. AP – Como está o compartilhamento de experiências em sua igreja?
  15. 15. Sinopse do tópico“O currículo da Escola de Profetas era em especial o livro de Deuteronômio, pois especificava os princípios e preceitos que regiam a aliança de Jeová com o seu povo.” (Lições bíblicas - professor, p. 87)
  16. 16. IV – A METODOLOGIA DAS ESCOLAS DE PROFETAS
  17. 17. IV – A METODOLOGIA DAS ESCOLAS DE PROFETAS• O ensino por meio do exemplo • Relação mestre e discípulo; • Eliseu era um exemplo de honestidade para Geazi, apesar de seu deslize (2 Rs 5:20-27). • Modelo a ser seguido – referencial (Pr. José Pimentel de Carvalho); AP – Mesmo que não dê “IBOPE”, mesmo que muitos não siga seu exemplo como Geazi, não deixe de dar o exemplo?
  18. 18. IV – A METODOLOGIA DAS ESCOLAS DE PROFETAS• Ensino por meio da Palavra • Eliseu não deixou nada escrito, mas fez uso do que estava escrito na sua época; • Julgava os comportamentos e atitudes, principalmente dos monarcas, de acordo com a Palavra de Deus. AP – A Palavra de Deus tem tido prioridade em sua vida?
  19. 19. Sinopse do tópico“As Escolas dos Profetas seguiam o idealismo hebreu concernente à educação.” (Lições bíblicas - professor, p. 88)
  20. 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  21. 21. ESCOLA DOS PROFETAS A transmissão dos valores morais e OBJETIVOS espirituais que Deus havia entregado a Israel por meio de sua Palavra. Em especial o livro de Deuteronômio, pois especificava que princípios e preceitos CURRÍCULO regiam a aliança de Jeová com o seu povo; aprendizado prático. Ensino por meio do exemplo e estudo daMETODOLOGIA Palavra.Fonte: Lições Bíblicas – professor, p. 85 (adaptado).
  22. 22. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamentonuma perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996.GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro:CPAD, 2012.LIÇÕES BÍBLICAS. Elias e Eliseu, um ministério de poderpara toda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro:CPAD, 2012.MERRILL, Eugene H. História de Israel no AntigoTestamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
  23. 23. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASRENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. SãoPaulo: Academia Cristã, 2009.SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do AntigoTestamento. São Paulo: Teológica, 2004.SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, osprofetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo ehumildade. São Paulo: Editora Vida, 2010.WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel.São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.
  24. 24. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br; www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves (www.natalinodasneves.blogspot.com.br;natalino.neves@ig.com.br; 8409 8094 / 3076 3589)
  25. 25. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK ABAIXO:www.youtube.com/watch?v=efAp4MR_MVE OU www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  26. 26. NO SLIDESHARE, BAIXE ESTE ARQUIVO,CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR: “SAVE” ou “DOWNLOAD”.

×