Tipos de entrevista

44.601 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
44.601
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
390
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de entrevista

  1. 1. Agenda ! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões ! Técnicas de Entrevista Entrevistas ! Aspectos Práticos ! Avaliações ! Primeiro Trabalho Cleidson de Souza ! Projeto Final Departamento de Informática Universidade Federal do Pará Entrevistas Tipos de Entrevistas! Abordagem para coleta de dados que requer ! Podem ser classificadas de acordo com dois um entrevistador e um entrevistado aspectos: controle do informante e a (informante); uniformidade de estímulos apresentados;! Pode ser utilizada em diversas ocasiões: ! Não estruturadas; ! Coleta de requisitos; ! Semi-estruturadas; ! Em engenharia de software; ! Em inteligência artificial para a criação de sistemas ! Estruturadas; especialistas; ! Demonstração de funcionalidades de um software; ! Etc.
  2. 2. Tipos de Entrevistas Tipos de Questões! Nas entrevistas não-estruturadas, o entrevistador segue o informante, mas faz perguntas ocasionais para ajustar o foco ou ! A distinção entre os tipos de entrevistas está para clarificar aspectos importantes. O pesquisador tem relacionada com os tipos de perguntas que o geralmente um guia com os tópicos a serem cobertos na entrevista, mas não tem uma ordem para perguntar sobre estes entrevistador pode fazer: tópicos;! Nas entrevistas semi-estruturadas, este guia contém sugestões ! Questões Abertas de perguntas e dicas (prompts) a serem usados pelo ! Geralmente requerem uma explicação para uma pesquisador para garantir que todos os tópicos de interesse opinião para uma alternativa, etc; serão abordados;! Nas entrevistas estruturadas, o entrevistador quer ter certeza ! Questões Fechadas que ele faz as mesmas perguntas para cada informante. As perguntas estão claramente definidas; ! Possuem um número pré-determinado de respostas,! No questionário, as perguntas e as respostas já estão definidas. a partir das quais que o informante tem de fazer sua Um questionário pode ser respondido face a face ou escolha; remotamente; Tipos de Questões Qual abordagem escolher?! Questões Fechadas ! Existem tipos de entrevistas e questões mais ! Ex: Considere os outros desenvolvedores que adequados ao objetivo que você quer atingir, trabalham no mesmo projeto que você mas que se ou ainda ao tipo de pesquisa que você quer encontram em uma cidade diferente da sua. Com que realizar frequência você conversa com eles? ! Etnografias geralmente usam entrevistas semi- ! Algumas vezes por ano; Uma vez por mês; Mais de uma vez estruturadas e não-estruturadas e questões por mês; Um vez por semana; Mais de uma vez por semana; abertas; Uma vez por dia; Várias vezes por dia; Não sei; ! Questionários e “surveys” geralmente usam! Questões Abertas entrevistas estruturadas e questões fechadas. ! Ex: O que você faz como engenheiro de software? Estes tipos serão abordados posteriormente no Você poderia me contar em detalhes como é um dia de curso; trabalho na sua empresa?
  3. 3. Técnicas para Entrevistas Técnicas para Entrevistas! Ouvir de maneira atenta (Active listening) ! Silêncio sensível (sensitive silence) ! O entrevistador deve ficar quieto agindo como ! Ficar em silêncio por 1 ou 2 segundos ouvinte e ao mesmo ativo prestando atenção adicionais pode servir para encorajar o nos detalhes da entrevista, fazendo anotações, informante a falar mais, isto é, o silêncio sugere pensando nas próximas perguntas a serem ao informante que você espera mais dele; feitas; ! Um comentário do informante pode sugerir! Confirmação (The Uh-uh prompt) outra pergunta, mas deve-se evitar interromper ! Serve para avisar para o informante que você o informante; está ouvindo-o que o que o informante está falando é interessante (e confirmar que você não está dormindo); ! Ex: “é mesmo?”, “que mais?”, “continue”, etc. Técnicas para Entrevistas Técnicas para Entrevistas! Forneça feedback (Repetition Feedback) ! Evitar perguntas tendenciosas (leading questions) ! Repetir a última frase ou comentário do ! Perguntas que sugere uma resposta específica informante para estimular a conversar e /ou ! Ex: Você acha que foi o jogo do Brasil com a Croácia confirmar que o pesquisador entendeu a Bom, Muito Bom ou Excelente? (Não fazer!) mensagem do informante, às vezes com um tom de pergunta. ! Se o informante não sabe responder a uma pergunta, apresente várias opções diferentes para ! Cuidado para não usar isto com muita frequência e assim virar um “papagaio”; ele. Se você tem interesse em uma das opções, coloque-a no meio das outras opções, ela não deve! Feedback através de Resumo (Summary ser a primeira nem a última; Feedback) ! Pra que você usa o orkut: pra achar amigos antigos, ! O pesquisador resume o que foi dito pelo lembrar datas de aniversário, conhecer pessoas ou o informante para confirmar seu entendimento e quê? encorajar o informante a continuar;
  4. 4. Técnicas para Entrevistas Técnicas para Entrevistas ! Me conte mais, que mais? (tell me more) ! Banque o idiota (play dumb or naïve questions) ! Use perguntas ou comentários que encorajam o ! Perguntas que visam evitar algo que “você já sabe” devem ser evitadas: o que você já sabe? informante a falar mais: que mais? E ai? Me ! Você só usa envia mensagens do celular para seus amigos, né? conte mais detalhes, me conte em detalhes o (Não fazer!) que aconteceu, etc. ! Ao invés, “banque o idiota” e peça para o informante ! O objetivo é fazer o informante continuar explicar novamente algo que você já ACHA que sabe; detalhando o que ele estava falando ao invés ! Pra quem você envia mensagens do celular? de encorajá-lo a mudar de tópico; ! Não ter medo em usar esta abordagem, principalmente no início: as pessoas adoram demonstrar o conhecimento delas e sentir importantes! ! Conheça os “riscos” desta técnica, mas não deixe de usá-la :-) Técnicas para Entrevistas Técnicas para Entrevistas! Faça perguntas curtas, sempre que possível. ! Evite as generalizações do informante ! Ex: Conte-me como foi o seu dia vs. Eu sei que ! Quando o informante generalizar algo (Eu você é uma pessoa ocupada, mas você poderia por demoro pra escrever um programa), peça para favor me contar as suas atividades no dia de hoje. o informante fornecer os casos específicos (Da ! Uma opção é usar questões do tipo “grand tour”, última vez que você programou, quanto tempo uma questão cujo objetivo é descrever de maneira demorou?). bem ampla a realidade do informante ! Você pode aproveitar para investigar a razão ! Ex: O que você faz como engenheiro de software para estas generalizações (porque o informante assistente? (me conte em detalhes, o que vc …) acha que ele demora para programar?) ! A partir desta questão, você pode perguntar sobre os detalhes adicionais.
  5. 5. Em resumo.. … mas lembrem-se também O princípio mais básico possível e, ! O informante está “doando” parte do tempo provavelmente, o mais importante de dele para você. Portanto, ele merece respeito, todos é ficar calado, não interromper o você não deve julgá-lo ou criticá-lo sob informante, não guiá-lo e deixá-lo falar. hipótese alguma. Também não deve interrogá- Afinal, o objetivo da entrevista é obter lo durante 2 horas consecutivas (por exemplo). informações do informante, a opinião, a justificativa, as razões dele. ! Atender a este objetivo também é a coisa mais difícil de se fazer e o erro mais comum! Aspectos Práticos Aspectos Práticos! Tenha sempre tempo adicional para realizar a ! Leve folhas extras para fazer observações entrevista; sobre as entrevistas, ou ainda perguntas que! Escolha um lugar apropriado: quieto e sem você deseja fazer mas sem interromper o interrupções; informante;! Seja cuidadoso na escolha do informante: um ! Em um prazo máximo de 24 horas, faça amigo pessoal pode se sentir constrangido em anotações sobre a entrevista; revelar certos aspectos pessoais pra você; ! Escreva um resumo da entrevista: o que era! Sempre que possível grave a entrevista. Mas, interessante, o que não era interessante, o que para isto, peça permissão: você já esperava, o que você não esperava; ! Leve o gravador! ! Leve fitas e pilhas extras para cada entrevista;
  6. 6. Primeiro Trabalho Primeiro Trabalho! Conduzir duas entrevistas semi-estruturadas com ! Entregar no dia 28 de Junho: alunos do CBCC ou CBSI, de preferência do 3o 1. Guia da entrevista, ou seja o planejamento da entrevista; ou 5o semestre; 2. “Transcrição” da entrevista - documento do Word indicando a numeração das linhas; ! Objetivo: descobrir quais as principais dificuldade 3. Análise da entrevista: o que vocês fizeram errado, o que que este aluno enfrenta no curso; fizeram certo, o que poderia ser mais explorado em uma ! Coletar informações demográficas: idade, sexo, outra entrevista, e assim por diante. Neste caso, deve-se quantas disciplinas está cursando, bairro onde indicar a numeração das linhas para cada um destes casos. mora, experiência anterior com computação; ! Observações: ! Utilizar um gravador. Quando isto não for possível, um ! Grupos de 2 alunos; dos integrantes da equipe fará as anotações sobre as ! Este é primeiro de vários pequenos trabalhos, cuja perguntas e respostas; média aritmética equivale a primeira avaliação; Projeto Final Projeto Final ! Observações: ! Fontes de informação ! Equipes de até 4 alunos; ! Alunos do curso; ! Definir até 28 de Junho: ! Profissionais de empresas: ! Os integrantes de cada equipe; ! Podem ser consultados através de listas de ! A abordagem a ser utilizada (etnografia, redes discussão; sociais, ou survey); ! Pessoalmente, dependendo dos contatos de ! O tema do projeto a ser realizado. Não precisa ser vocês; somente de engenharia de software, MAS tem de envolver a utilização de tecnologias (celular, computador, PDA, etc); ! Aula do dia 21 de Junho: ! Atendimento das equipes;

×