Apresentação
A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta
em momentos de conforto e conveniência, mas como e...
Objetivo Geral de Aprendizagem
Reconhecer a importância da prática da liderança nos relacionamentos, as principais
caracte...
Conteúdo
O curso está organizado em oito unidades, com os seguintes temas:
1- Introdução e ambientação
Contextualização
Co...
Introdução
Em um sistema empresarial competitivo, as organizações têm sido invadidas por uma
série de mudanças, algumas pr...
Unidade
Introdução e
ambientação
1
6
1- Introdução e ambientação
1.1 Contextualização
O curso Fundamentos do Líder 2020 busca despertar nos líderes a autonom...
7
1.2 Competências
Em atenção à ação estratégica do Plano Estratégico Correios 2020 – Ciclo 2011/2014
de “Meritocracia, Ca...
8
Neste sentido, a Competência não é um conhecimento, uma habilidade ou uma
atitude isolada; tampouco corresponde a uma qu...
9
NÍVEL TÁTICO
Responde pelo estabelecimento de metas para sua área, em consonância com os
objetivos da empresa, estabelec...
10
1.2.3.4 Cultura de Inovação
NÍVEL ESTRATÉGICO
Promove um ambiente favorável a criatividade e inovação para identificaçã...
11
1.3 Os Princípios do Líder nos Correios
Os valores e princípios morais nos acompanham desde a infância. Aprendemos com ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação do curso

248 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação do curso

  1. 1. Apresentação A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas como ele se mantém em tempos de controvérsia e desafio Martin Luther King
  2. 2. Objetivo Geral de Aprendizagem Reconhecer a importância da prática da liderança nos relacionamentos, as principais características do líder nos Correios e o aprimoramento da atuação do líder. Objetivos específicos Reconhecer a importância da prática da liderança nos relacionamentos. Conhecer as principais características do líder nos Correios. Reconhecer conceitos de liderança. Compreender os objetivos do líder. Identificar a importância dos relacionamentos. Salientar a importância dos indivíduos dentro dos processos. Visualizar a importância da inovação na gestão de negócios e pessoas. Entender a importância das decisões na condução de pessoas e processos.
  3. 3. Conteúdo O curso está organizado em oito unidades, com os seguintes temas: 1- Introdução e ambientação Contextualização Competências Gerenciais Princípios do Líder dos Correios 2- O líder e a liderança Conceito de liderança Características do líder Características do gerente Diferença entre liderança e gerenciamento Práticas para se tornar um líder 3- A definição de objetivo O que é um objetivo Objetivos no contexto organizacional O papel do líder na definição e alcance de objetivos 4- A gestão de equipes A escuta O que são equipes Equipes vencedoras O papel do líder no desenvolvimento de equipes 5- Gestão de Redes de Relacionamento O líder no contexto de competitividade global O papel do líder no estabelecimento de redes de relacionamento A comunicação eficaz 6- A promoção da inovação O que é inovação Ambiente propício a inovação Estratégias para a promoção da Inovação 7- A tomada de decisão O processo de tomada de decisão Dicas para a tomada de decisão Características de bom tomador de decisão 8- Conclusões e encerramento
  4. 4. Introdução Em um sistema empresarial competitivo, as organizações têm sido invadidas por uma série de mudanças, algumas precisam se reorganizar para enfrentar desafios, outras precisam se reinventar: novas missões, novas visões, novos rumos e muitas decisões. E os líderes? Que caminhos devem apontar? Priorizar recursos estruturais ou as pessoas? Investir em estruturas ou em processos? Liderar ou gerenciar? Quais decisões tomar? Para o sucesso das mudanças, apresenta-se o papel dos líderes, que precisam abandonar velhos conceitos, velhas práticas e acreditar no novo. Surge a necessidade de adquirir novos conhecimentos, competências e ao mesmo tempo, desenvolver habilidades e atitudes. Como se diferenciar e se destacar como líder? Para Robbins (2002), uma pessoa com excelente treinamento, mente analítica, visão de longo prazo, maravilhosas ideias, sem inteligência emocional (autoconsciência, autogerenciamento, automotivação, empatia e habilidades sociais), não se tornará um grande líder. Isso acontece porque as capacidades emocionais têm permitido às organizações a realização de grandes mudanças em seus ambientes internos e em suas relações com o mercado. As relações entre as pessoas e o resultado dessas interações constituem fatores de competitividade e excelência no mercado. As organizações não podem mais ignorar a força representada pelas pessoas e a importância da integração entre elas, mantendo sempre seus colaboradores atualizados e orientados para uma atuação voltada aos objetivos estabelecidos, às pessoas, a inovação e às decisões estratégicas estabelecidas. Portanto, para os líderes, fazer gestão de pessoas é uma das atividades mais importantes, e se torna o elo entre os processos e as pessoas em busca dos objetivos estratégicos. Frente ao desafio de ser uma empresa de Classe Mundial e conscientes das Linhas de Gestão estabelecidas pelo Planejamento Correios 2020, apresenta-se o Programa de Desenvolvimento de Lideranças – Líder 2020 como uma ferramenta para que se permita aos líderes descobrir e desenvolver novos talentos, maximizar os recursos e realizar os resultados estabelecidos para a organização.
  5. 5. Unidade Introdução e ambientação 1
  6. 6. 6 1- Introdução e ambientação 1.1 Contextualização O curso Fundamentos do Líder 2020 busca despertar nos líderes a autonomia e a constante buscar por desenvolvimento. Mas o que significa desenvolvimento? Desenvolvimento significa aumento das capacidades ou das possibilidades. Todo desenvolvimento implica em romper com padrões já estabelecidos para a adoção de outros. No processo evolução e aprendizagem dos líderes dos Correios, apresenta-se o autodesenvolvimento, como ferramenta de evolução e aprendizagem contante das pessoas, capaz de propiciar aos individuos a busca de recursos e condições para sua evolução, bem como o aproveitamento das interações entre as pessoas num ambiente de educação capaz de permitir a produção de conhecimentos pelos participantes, por meio de diálogos, discussões, e colaboração e troca de informações. O que se espera de cada um é o comprometimento, o questionamento e a exploração de novas formas de aprendizagem, que nos permitam a mais decobrimento e novos caminhos como estratégia para ser um emrpesa de Classe Mundal. O que se espera ao final é que cada um dos participantes assumam a co- responsabilidade de sua própria evolução e que busquem soluções para a evolução profissional dos seus colaboradores.
  7. 7. 7 1.2 Competências Em atenção à ação estratégica do Plano Estratégico Correios 2020 – Ciclo 2011/2014 de “Meritocracia, Capacitação e Saúde”, vinculado ao objetivo estratégico “Alcançar o nível de maturidade de uma empresa de classe mundial”, foi desenvolvido o MODELO DE GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS DOS CORREIOS, com o objetivo de consolidar a cultura de meritocracia e promover a melhoria da qualidade dos serviços prestados, em consonância com os direcionadores estratégicos da Empresa. 1.2.1 Competências essenciais: É o conjunto de habilidades e tecnologias que, integradas e articuladas entre si, permite que a Empresa consolide e eleve cada vez mais sua atuação de excelência, considerando conhecimentos, sistemas físicos e gerenciais, processos e valores que geram seu diferencial competitivo. (Hamel e Prahalad) Caracterizam as competências essenciais os seguintes direcionadores: Valor percebido pelo cliente Diferenciação entre os concorrentes Capacidade de expansão Desenvolvimento e sustentação no longo prazo Viabilidade e alinhamento à identidade corporativa e ao Plano Estratégico dos Correios. São as competências essenciais: Presença Nacional; Operação em Escala; Inovação em Negócios; Gestão Multiempreserial; Relacionamento Institucional e Mercadológico; Excelência Operacional; Logística Postal Integrada. 1.2.2 Competências Profissionais É um saber agir responsável e reconhecido, que implica mobilizar, integrar, transferir conhecimentos, recursos, experiências e habilidades que agreguem valor econômico à organização e valor social ao indivíduo. (Fleury – 2010) Competência é, portanto, a forma como o empregado mobiliza todo o seu repertório de conhecimentos, habilidades e experiência em um determinado contexto de trabalho, de modo a agregar valor para os Correios, resultando numa contribuição efetiva da pessoa ao patrimônio de conhecimento da empresa e ao atingimento dos resultados e intento estratégico organizacional.
  8. 8. 8 Neste sentido, a Competência não é um conhecimento, uma habilidade ou uma atitude isolada; tampouco corresponde a uma qualificação ou formação. O empregado é competente quando contribui efetivamente para melhorar processos, tecnologias e atingir os resultados esperados pela organização. Com essa perspectiva os conhecimentos, habilidades e atitudes são consideradas “dimensões” da competência, ou seja, são elementos que integrados e articulados entre si oferecem suporte à competência profissional. Assim, a competência profissional se apresenta no contexto de trabalho quando o empregado aplica de forma articulada Conhecimentos, que podem ser compreendidos como os “saberes” adquiridos por meio de educação e experiências formais; Habilidades, que é o “saber fazer”, o saber colocado em prática; e as Atitudes, que nos impulsionam a aplicar nossas Habilidades e Conhecimentos, tratando-se do “querer fazer”. As competências profissionais dos Correios estão subdivididas em: Competências Fundamentais Gerenciais técnicas Comprometimento Planejamento e Orientação para Resultados Serão definidas no médio e longo prazos pelos órgãos e Vigep. Trabalho em Equipe Tomada de Decisão Foco no cliente Gestão de Equipes Autodesenvolvimento Cultura de Inovação Agente de Mudanças Gestão de Redes de Relacionamento Conhecimentos, Habilidades e Atitudes 1.2.3 Competências Gerenciais 1.2.3.1 Planejamento e Orientação para Resultados NÍVEL ESTRATÉGICO Articula, ajusta e define estratégias organizacionais com base nas tendências de mercado, considerando os interesses e interfaces de todas as partes interessadas, estabelecendo os resultados esperados e avaliando os riscos e o grau de sucesso global da organização.
  9. 9. 9 NÍVEL TÁTICO Responde pelo estabelecimento de metas para sua área, em consonância com os objetivos da empresa, estabelecendo indicadores e acompanhando a evolução dos resultados, implementando as soluções necessárias. NÍVEL DE EXECUÇÃO Orienta equipes na busca dos objetivos e metas, planejando ações, identificando prioridades e direcionando as alternativas para atingir resultados em sua área de atuação e utilizando ferramentas gerenciais para controle dos resultados da sua equipe. 1.2.3.2 tomada de decisão NÍVEL ESTRATÉGICO Gerencia riscos e toma decisões estratégicas com alto grau de complexidade que impactam diretamente em todo o negócio da Empresa, influenciando parceiros internos e externos. NÍVEL TÁTICO Toma decisões complexas considerando situações adversas e ambíguas, analisando e identificando alternativas e cenários, de forma a prever ameaças e oportunidades buscando alternativas eficientes. NÍVEL DE EXECUÇÃO Age com rapidez, flexibilidade e precisão na tomada de decisão, assumindo responsabilidades e conseqüências sobre as decisões tomadas. 1.2.3.3 Gestão de equipes NÍVEL ESTRATÉGICO Atua com foco no desenvolvimento de equipes de alta performance, fortalecendo relações de confiança e autonomia, influenciando para a prática e disseminação da cultura de excelência. NÍVEL TÁTICO Atua com foco no direcionamento da equipe para o desenvolvimento pessoal e profissional, gerenciando o desempenho e delegando, com precisão e limites adequados, atividades e responsabilidades. NÍVEL DE EXECUÇÃO Atua na condução da equipe de forma a viabilizar o desenvolvimento pessoal e profissional dos empregados, realizando a gestão do desempenho da equipe.
  10. 10. 10 1.2.3.4 Cultura de Inovação NÍVEL ESTRATÉGICO Promove um ambiente favorável a criatividade e inovação para identificação de soluções e implementação de novas ideias que possam preparar a organização para o futuro, gerando um diferencial competitivo no alcance dos objetivos e resultados organizacionais. NÍVEL TÁTICO Compartilha conhecimentos visando à geração de novas ideias, incentivando e envolvendo sua equipe e parceiros na busca de alternativas que agreguem valor aos negócios e resultados da Empresa. NÍVEL DE EXECUÇÃO Incentiva e apóia sua equipe na resolução de problemas e na proposição de melhorias nos processos e métodos de trabalho. 1.2.3.5 Gestão de Redes de Relacionamento NÍVEL ESTRATÉGICO Desenvolve relações estratégicas, mantendo a organização inserida em redes de relacionamentos e influência, com responsabilidade, identificando oportunidades e ameaças, para a organização e seus parceiros, atuando de forma flexível para agregar valor e maximizando os resultados. NÍVEL TÁTICO Estabelece redes de relacionamentos que possam gerar oportunidades de negócio e auxilie na implementação de projetos e processos, articulando de forma eficiente intra ou inter áreas, com clientes e parceiros. NÍVEL DE EXECUÇÃO Interage com a sua equipe, áreas afins e clientes (interno e/ou externo) visando a realização de metas, resultados esperados e identificação de oportunidades.
  11. 11. 11 1.3 Os Princípios do Líder nos Correios Os valores e princípios morais nos acompanham desde a infância. Aprendemos com os mais velhos, com os pais, com nossos familiares, professores e com todos os grupos que frequentamos. Ao longo da vida adquirimos condutas valiosas e importantes, que norteiam nossas atitudes. PARA E PENSE: Quando você vai tomar uma decisão importante em sua vida, com quem você conversa? Que fatores são importantes na hora de tomar uma decisão? Essas e outras perguntas podem ser respondidas com mais facilidade se os princípios estiverem definidos. Com intuito de melhorar o processo de tomada de decisão e nortear as ações dos nossos líderes, orientados pelas competências gerenciais estabelecidas pela empresa, que são Gestão de Redes de Relacionamento, Gestão de Equipes, Cultura de Inovação, Planejamento e Orientação para Resultados e Tomada de Decisão, foram estabelecidos: OS PRINCÍPIOS DO LÍDER DOS CORREIOS: Ser comprometido. Incentivar o trabalho em equipe, por meio de gestão justa e ética. Ter foco no cliente. Buscar o contínuo autodesenvolvimento e incentivar o desenvolvimento de cada membro da equipe, posicionando- se como líder educador, facilitador e mentor. Ser aberto a mudanças e incentivar a adoção de novos e melhores estilos de trabalho. Possuir visão estratégica, com foco no planejamento e orientação para resultados. Ser decidido, honesto e transparente e liderar pelo exemplo. Dar autonomia e inspirar uma atuação criativa e inovadora. Ser participativo, possuir habilidades para relações interpessoais e buscar o desenvolvimento de redes de relacionamento. Buscar constantemente a excelência por meio do desenvolvimento das competências técnicas.

×