Resumo do livro Sherlock Holmes- Um Estudo em Vermelho

61.709 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
3 comentários
32 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Nunca vi em resumo tão perfeito qto ao teu !! Parabêns com louvor.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Vc esta de parabéns
    O resumo ta perfeito entendi a historia toda e espero q me de bem na prova
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Execelente resumo ..
    Amei a detalhação e realse de pequenos pontos crucias da narrativa.
    Irei fazer uma avaliação a respeito do mesmo e me ajudou bastante , pena que não houve tempo necessario para que eu pudesse lê-lo para a avaliação, mais ainda pretendo.
    Grata !!!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
61.709
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
349
Comentários
3
Gostaram
32
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo do livro Sherlock Holmes- Um Estudo em Vermelho

  1. 1. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CâmpusPato Branco Curso Técnico Integrado Em Agrimensura Naiara Cristiane Rohling Professora: MarciaConsoli Sherlock Holmes- Um Estudo em Vermelho O livro foi publicado em 1887, sendo o primeiro de Sir Arthur Conan Doyle.A história se passa na Inglaterra, onde Dr. John Watson, um ex-médico do exército, procura alguém com quem dividir o aluguel, por indicação de um amigo, ele encontra o estranho e misterioso Sherlock Holmes, logo de cara Dr. Watson percebe que Holmes não é uma pessoa comum, mas isso não é um empecilho para John, então os dois decidem morar juntos. Sua casa agora é 221B Baker Street. Não demora e os dois já são amigos, John acaba descobrindo que na verdade Sherlock é um detetive de primeira mão, que faz seu trabalho baseado na da dedução dos fatos. Todos os conhecimentos de Sherlock estão prestes a ser testados quando um misterioso assassinato é cometido em circunstâncias completamente desconhecidas (o corpo não tinha nenhum sinal de violência). Sherlock decide ajudar os policiais que estão cuidando do caso, Mr. Lestrade e Mr. Gregson investigadores da Scotland Yard. As investigações começam e descobre-se que o morto é Enoch Drebber, ele foi encontrado em uma casa desabitada com a palavra RACHE (vingança, em alemão) escrita com sangue na parede e um anel feminino caído sobre do corpo. Sendo que o corpo não apresentava sinais de ferimentos deduziu-se então que o sangue era do possível assassino, e também que alguma outra coisa teria matado Drebber, Sherlock em sua maneira de desvendar tramas logo pensou em veneno, que comprovou ser verdade ao cheirar os lábios do morto, já que tinha um grande conhecimento em venenos essa teoria foi logo aceita por todos. O corpo já estava detalhadamente analisado, mas ainda faltavam algumas informações que o ambiente do crime poderia oferecer. O detetive andou pela casa, e inspecionou cada elemento significativo, ao final suas deduções foram: o assassino tinha 1,80 de altura, o rosto estava corado, o assassino provavelmente
  2. 2. viera em um carro de aluguel e o crime tinha sido cometido em prol de uma vingança (de acordo com a palavra em sangue). Todos ficaram abismados em como ele teria conseguido todas aquelas informações só andando pela casa, então Sherlock apresenta uma detalhada explicação de suas teorias de dedução. As primeiras informações haviam sido coletadas, agora eles seguem atrás de Rance o policial que encontrou o corpo, para conseguir mais informações. Através dele descobrem que um homem veio até a cena do crime, logo após Rance achar o corpo, mas o homem parecia muito bêbado para se prestar atenção, Holmes pede uma descrição dele e triunfantepercebeu que batia com as deduções que fizera da aparência do assassino, John ficou espantado em como Holmes teria ligado todos esses fatos, então foi que Sherlock explicou que o assassino voltara atrás do anel. O detetive então decide colocar um anúncio no jornal, dizendo que foi encontrada uma aliança, que agora está em posse de Dr. Watson, e que o proprietário deve buscá-la na Baker Street 221B. Não demora e uma senhora aparece em busca do anel, contando uma história de que sua filha é a dona e que perdeu uma noite dessas. Não estandoconvencido Sherlock decide seguir a senhora, e verificar se ela não é uma cumplice do assassino, mas no meio da perseguição, ela simplesmente desaparece do carro de aluguel onde estava viajando, intrigado com isso Sherlock volta pra casa desapontado. Os ares da história mudam repentinamente quando Joseph Stangerson, secretário do assassinado Enoch Drebber, também é encontrado morto em uma manhã, num hotel da cidade. Sherlock cada vez mais intrigado com a história examina o quarto de hotel para verificar as circunstancias do crime, que desta vez foi muito mais violento, a vítima levou um punhalada no lado esquerdo, que provavelmente perfurou seu coração.No quarto ele encontra uma bacia com água onde o assassino lavou as mãos, os lençóis estão manchados de sangue onde ele limpou seu punhal, na janela aberta ele encontra um escada, que foi por onde o homem entrou e ainda encontra na própria janela, uma caixinha pequena, contendo dois comprimidos, além da palavra RACHE escrita com sangue na parede. Com suspeitas de que foi aquele tipo de comprimidos que mataram Drebber, Sherlock decide testar (em um cachorro velho) se são venenosos, um dele se prova ineficaz e outro mata instantaneamente. Lestrade informa que o assassino foi visto saindo do quarto de hotel, mas como o leiteiro não sabia que o homem tinha cometido um crime, nem prestou muita atenção nele.
  3. 3. Sherlock já tinha tudo resolvido em sua mente, mas decide manter para ele, armando um grande desfeche final para a investigação. Lestrade, Gregson, John e Sherlock vão todos para 221B Baker Street, então Sherlock conta que vai pedir para o cocheiro vir e pegar suas malas, nesse instante eles tem que algemá-lo, pois ele é o assassino que procuram. A mando de Holmes, um menino de rua vai chamar o tal cocheiro, assim que ele entra e vai carregar as malas, todos pulam em cima dele e o prendem, o homem ainda luta furiosamente, mas consegue ser contido, e acaba desistindo de resistir. Descobrem que o nome do cocheiro é Jefferson Hope e em seguida ele é levado para a delegacia. A partir disso tudo,Sir Arthur Conan Doyle passa a narrar uma história completamente diferente, mas fundamental para o entendimento da história completa. De maneira sucinta o que acontece é o seguinte: um homem chamado John Ferrier e sua filha adotiva Lucy Ferrier, são salvos de morrer no deserto por um grupo religioso radical, eles aceitam então fazer parte da religião deles agora. Depois de muitos anos, Lucy cresce e se apaixona por Jefferson Hope, mas ele não faz parte da mesma seita religiosa daquela comunidade, então eles não podem ficar juntos, Lucy só poderia se casar com Enoch Drebber ou com Joseph Stangerson. Para não precisar mais ser submetidos às leis da comunidade, Lucy, seu pai e Jefferson decidem fugir para outro lugar. Em uma noite eles fogem, mas algum tempo depois caçadores de fugitivos vão atrás deles, matam John Ferrier e levam Lucy para se casar com um de seus pretendentes, Jefferson tinha saído para caçar, então ficou para trás. Logo que descobre o acontecido, vai atrás de Lucy para resgatá-la novamente, mas chegando à comunidade, descobre que a obrigaram a casar-se com Drebber. Dentro de um mês Lucy morreu de tanta tristeza. Jefferson enlouquecido invade o funeral de sua amada e retira a aliança, jurando que ela não seria enterrada com aquilo. Após pensar muito e remoer toda a sua amargura, Hope decide vingar Lucy e seu pai, e então a caçada atrás de Drebber e Stangerson (responsáveis pela morte de sua amada) começa. Assim, Sir Conan Doyle volta a narrar a captura de Hope por Sherlock, onde Jefferson conta tudo sobre os crimes, desde a preparação das pílulas até a inscrição em sangue nas paredes nas cenas dos crimes, ele ofereceu uma das pílulas a Drebber e tomou a outra, por sorte ou intervenção divina, a de Drebber era a envenenada, o sangue nas paredes era dele próprio já que estava velho e muito doente por conta de um aneurisma da aorta. Com Stangerson foi diferente, ele
  4. 4. resistiu e então Jefferson o matou com uma punhalada. O julgamento de Hope foi marcado, mas não houve necessidade de julgar, já que seu aneurisma estourou e ele morreu na prisão, com um sorriso nos lábios, sabendo que sua vingança foi cumprida. Como já era esperado, os créditos por desvendar o mistério foram todos para os policiais Mr. Lestrade e Mr. Gregson, mas Dr. Watson se comprometeu em registrar tudo em seu diário, como fora de verdade, e a inteligência superior demonstrada pelo detetive Sherlock Holmes. Personagens Principais Sherlock Holmes: um homem astuto, sistemático, arrogante, orgulhoso, odeia demonstrar seus sentimentos, exímio violinista, perito em esgrima e boxe. Conhecedor de tudo sobre venenos, pó de charutos, tipos de solo, pegadas sapato e marcas de rodas de carruagem, sabe tudo sobre todos os crimes cometidos o século. Excelente em deduzir fatos. Sua aparência é de semblante fechado, um homem muito alto (mais de um metro e oitenta), magro, pálido e nariz fino. Benedict Cumberbatch fonte: http://www.fanpop.com/clubs/sherlock-on-bbc-one/images/25900650/title/sherlock-fanart
  5. 5. Dr. John Watson:ex-médico do exército, muito magro, tem uma expressão cansada, o rosto bronzeado, mantém o braço esquerdo rígido por conta de um ferimento de guerra, narra as aventuras de Sherlock em seu diário. Martin Freeman fonte: http://g1.globo.com/pop-arte/legendado/platb/2013/08/05/sherlock-e-as-series-britanicas-imperdiveis/
  6. 6. Lucy Ferrier: Uma moça bondosa, submissa, sempre ajudava seu pai, amava muito ele, tinha cabelos e olhos castanhos, rosto corado, pele clara e morreu de tristeza e desgosto. Nina Dobrev Fonte: http://www.whitegadget.com/pc-wallpapers/158003-nina-dobrev-wallpapers.html
  7. 7. Jefferson Hope: um jovem alto, pele morena, aspecto rude, olhos negros, exímio caçador, vigoroso quando jovem, explorador, mineiro e vaqueiro. Depois de muitos anos teve um aneurisma de aorta, causa de sua morte. Joe Manganiello Fonte: http://www.fanpop.com/clubs/true-blood/images/14787904/title/alcide-herveaux-photo
  8. 8. John Ferrier: um homem extremamente resistente, bondoso, de pele morena, já de idade avançada, muito magro, não suportava ter que ser submisso, protetor de sua filha adotiva, bom com os negócios de sua terra. Morgan Freeman Fonte: http://www.cinemista.com.br/antes-da-fama-morgan-freeman/ Palavras que definem o livro  Amor;  Ódio;  Vingança;  Dedução;  Crime;  Investigação;  Detetive;  Inteligência;  Brilhantismo;  Dinheiro;  Audácia;  Reconhecimento;  Religião;  Arrogância;  Maldade;  Detalhes.
  9. 9. Espaços predominantes Londres, Baker Street (anos 1880). Estados Unidos da América- Deserto do Colorado.
  10. 10. Minha relação com livro Foi amor à primeira lida, um tipo de narrativa cativante você lê em um dia, não tem como não gostar. Fiquei bastante impressionada com todos os conhecimentos de Sherlock e com sua capacidade de deduzir as coisas com um simples relance de olhos. Mistério, romance e vingança tudo isso misturado dá um charme especial à história, sem contar no charme que a própria Londres exala. A arrogância e a certeza em afirmar os fatos, que Sherlock tem, só faz com que ele fique ainda mais impressionante. Um ser de outro mundo, com capacidades cognitivas muito superiores aos da maioria naquele século. Entretanto tenho que admitir, quem mais me impressiona nessa história toda é o próprio Arthur Conan Doyle, porque toda a inteligência de Sherlock foi traduzida da inteligência do autor, pra mim isso quer dizer que ele é o verdadeiro detetive, porque é ele que cuida de todos os mínimos detalhes, para que no final tudo se encaixe. Depois dessa maravilhosa leitura fiquei muito inspirada a ler todas as outras histórias de Holmes e recomendo muito que outras pessoas leiam. Também fui inspirada a buscar novos conhecimentos descritos no livro, coisas do tipo: cinzas de charuto, venenos, marcas de rodas, pegadas dos sapatos, etc... Quem sabe um dia eu não vire uma detetive? Referência:  DOYLE, Sir Arthur Conan. Sherlock Holmes- Um Estudo em Vermelho. 1887. Editora Rideel. 1ª edição.

×