A imagem da cachaça 
no Brasil e no exterior: 
construção e desconstrução 
de mitos culturais brasileiros 
de mitos cultur...
A primeira queima a goela 
desce forte e vai rasgando, 
a segunda refestela 
desce fresca e deslizando. 
Desde os tempos d...
‣produto econômico 
‣agroindustrial 
‣obra da nossa história 
‣identidade do povo brasileiro 
‣patrimônio material e imate...
Camisa Listrada 
Assis Valente 
Vestiu uma camisa listrada 
e saiu por aí 
Em vez de tomar chá com torrada 
ele bebeu para...
A cachaça é permeada por mitos 
que estigmatizam sua imagem, 
associando-a, principalmente, à 
qualidade ruim, à pobreza, ...
‣Século XVI - colonização portuguesa 
‣bebida fermentada a partir da espuma fervente do suco da cana 
‣cagaça > cachaça
‣moeda de troca de traficantes de escravos e holandeses 
‣1635 - proibição da venda e do consumo pela Coroa Lusitana 
‣175...
‣ 1850 - Barões do Café - preconceito com o produto nacional 
‣1888 - bebida de “um povo de reduzida pecúnia” (Cascudo) 
>...
Relicário 
Oswald de Andrade 
No baile da Corte 
Foi o Conde d'Eu quem disse 
Pra Dona Benvinda 
Que farinha de Suruí 
Pin...
SSiinnôônniimmooss // VVaarriiaanntteess
Decorrentemente, possuía a cachaça uma 
sinonímia esmagadoramente superior a outra 
bebida. No Brasil, talvez alcance o me...
Sinônimos de Cachaça 
abençoada; abrideira; acaba-festa; adorada; alpista; aninha; apreciada; arrebenta-peito; branca, 
br...
diatópica - regional 
diastrática - grupos sociais 
diafásica - formal ou informal 
1. associações com animais 
2. aspecto...
Tal estudo sobre a palavra CACHAÇA é uma demonstração da inviabilidade da concepção de 
sinonímia como identidade de signi...
OO ffoollcclloorriissttaa ee ccoolleecciioonnaaddoorr ddee rróóttuullooss ddee ccaacchhaaççaa LLuuiizz 
EEddmmuunnddoo CCo...
DDeessccoonnssttrruuiinnddoo oo MMiittoo
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior 
O conceito de mito aqui considerado não é 
aquele ricamente difundido pela cu...
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior 
Signo Saussureano 
Língua 
Significante Significado 
Signo
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior 
Língua 
Significante Significado 
Signo 
SIGNIFICANTE 
SIGNIFICADO 
MITO 
SIG...
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior 
Língua 
Significante Significado 
Signo (sentido) 
SIGNIFICANTE 
SIGNIFICADO ...
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior 
Signo Saussureano 
Língua 
Significante Significado 
Signo (sentido) 
SIGNIFI...
O processo histórico da cachaça 
confirma a luta ideológica e política de 
sua representação cultural. A bebida, 
desde a ...
A mídia produz novas representações
ELEMENTO SIGNIFICANTES ELEMENTO SIGNIFICANTES 
1.branquinha 
(cachaça industrial) 
1.1 Mania de brasileiro 5. Público cons...
Mitos 
1. Cachaceiro 
2. Desprestígio 
3. Bebida popular 
4. Brazilian brandy 
5. Da moda
A imagem da cachaça no Brasil e no exterior: 
construção e desconstrução de mitos culturais brasileiros 
construção e desc...
A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro
A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro
A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro
A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro
A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro

507 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A imagem da cachaça no Brasil e no Exterior: desconstruindo um mito cultural brasileiro

  1. 1. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior: construção e desconstrução de mitos culturais brasileiros de mitos culturais brasileiros de mitos culturais brasileiros de mitos culturais brasileiros Myrtes Folegatti X Encontro de Português Língua Estrangeira 1º Congresso de Português Língua Internacional Rio, abril de 2014
  2. 2. A primeira queima a goela desce forte e vai rasgando, a segunda refestela desce fresca e deslizando. Desde os tempos do império que ela é muito apreciada, pobre “bebe” sem mistério o rico a “toma” velada (...) Luiz Angelo Vilela Tannus
  3. 3. ‣produto econômico ‣agroindustrial ‣obra da nossa história ‣identidade do povo brasileiro ‣patrimônio material e imaterial ‣universo popular e folclórico ‣expressão de nossa cultura ‣ artes ‣religiosidade ‣festas ‣culinária ‣medicina ‣música ‣literatura ‣imaginário ‣cotidiano
  4. 4. Camisa Listrada Assis Valente Vestiu uma camisa listrada e saiu por aí Em vez de tomar chá com torrada ele bebeu parati Levava um canivete no cinto e um pandeiro na mão E sorria quando o povo dizia: sossega leão, sossega leão
  5. 5. A cachaça é permeada por mitos que estigmatizam sua imagem, associando-a, principalmente, à qualidade ruim, à pobreza, a estabelecimentos comerciais desprestigiados e à identidade de “cachaceiro”. A rigor, ela sofre sérios preconceitos na cultura brasileira.
  6. 6. ‣Século XVI - colonização portuguesa ‣bebida fermentada a partir da espuma fervente do suco da cana ‣cagaça > cachaça
  7. 7. ‣moeda de troca de traficantes de escravos e holandeses ‣1635 - proibição da venda e do consumo pela Coroa Lusitana ‣1756 - produto taxado ‣Conjuração Mineira - símbolo de resistência
  8. 8. ‣ 1850 - Barões do Café - preconceito com o produto nacional ‣1888 - bebida de “um povo de reduzida pecúnia” (Cascudo) > o preconceito ganha termos pejorativos ‣1922 - redescobrimento da brasilidade ‣1944 - “Os eufemismos da cachaça”, Mário de Andrade ‣meados do século XX - importância cultural ‣final do século XX - reconhecimento internacional - caipirinha
  9. 9. Relicário Oswald de Andrade No baile da Corte Foi o Conde d'Eu quem disse Pra Dona Benvinda Que farinha de Suruí Pinga de Parati Fumo de Baependi É comê bebê pitá e caí
  10. 10. SSiinnôônniimmooss // VVaarriiaanntteess
  11. 11. Decorrentemente, possuía a cachaça uma sinonímia esmagadoramente superior a outra bebida. No Brasil, talvez alcance o meio milhar de denominações humorísticas, líricas, sublimando o recalque, consagrando o vício beberrão. Centenas e centenas de títulos dados pelos fabricantes ou ligados à zona de produção, cidade, vila, usina, tornam-se genéricos, usuais no linguajar das ruas e das feiras. Os recenseamentos folclóricos não podem acompanhar a novidade das improvisações. Todos os Estados, municípios, distritos, localidades, classes sociais, terão curiosidades verbais, batizadoras da cachaça. Câmara Cascudo
  12. 12. Sinônimos de Cachaça abençoada; abrideira; acaba-festa; adorada; alpista; aninha; apreciada; arrebenta-peito; branca, branquinha, brasa; braseira; brasileira; bichinha-boa; acorda-o-velho; afamada; afiada;água-benta; água-bruta; água-de-briga; água-de-cana; aguada; água-forte; água-que-passa rinho-não-bebe; água-que-gato-não-bebe; alertadeira; alma-de-gato; amansa-sogra; amansa-corno; amargosa; antibiótico; apetitosa; arranja-briga; a-que-matou-o-guarda; arranca-bofe; atitude; azarenta; bichinha; bicho- bom; bigorna; birinaite; birusca; bribada; branquinha; briosa; cabo; catutca; caideira; calafrio; calorenta; cambirimba; cambraia; canavieira; canforada; canilina; capilé; catuta; catinguenta; chamegada; chamarisco; cipoada; cheirosinha; carinhosa; carraspana;caxaramba; caxiri; caxirim; chibatada; choraminga; chorumela; cobreira; corta-bainha; cotréia; cumbe; cumulaia; criminosa; curandeira; da boa; danadinha; desperta paixão; distinta; depurativo; do poeta; douradinha; encantada; enrola-chifre; ensina-estrada; garapa; girgolina; goró; gororoba; jeribita; jurubita; lapada; limpa; lindinha; lisa; mandureba, mamãe-sacode; marafo; maria-branca; mata-bicho; mata-o-velho; mel; merol; meu-consolo; não-sei-quê; papôco; papudinha; precipício; piadeira; pifão;pinga; pisca-pisca; poesia; pura; purinha; queimante; quero-mais; reiada; saideira; sacudidela; salve-ela; samaritana; sapeca; sedutora; seleta; sopapo; sossega-leão; sputinik; renitente; suadeira; sururu; tacada; talagada; tagarela; tiririca; tiúba; tijolo-quente; tira-frio; tira-prosa; tira-reima; tiririca; tiúba; tentação; tenebrosa; treco; tremedeira; trombada; turbulenta; uma...; uma-da-boa; uma-daquelas; valentona; veneno; venenosa; virgem-afamada; vexadinha; vuco-vuco; xaropada; xixi-de-anjo; zombeteira; zinabre, zuninga.
  13. 13. diatópica - regional diastrática - grupos sociais diafásica - formal ou informal 1. associações com animais 2. aspecto físico visual 3. ato de beber 4. efeitos causados pela bebida 5. fatores históricos ou sociais 6. referências negativas genéricas 7. referências positivas genéricas 8. línguas - povos ou culturas africanas 9. línguas - povos e culturas indígenas Claudio Cezar Henriques - Léxico e semântica
  14. 14. Tal estudo sobre a palavra CACHAÇA é uma demonstração da inviabilidade da concepção de sinonímia como identidade de significado em todos os usos possíveis de uma palavra. Há grandes diferenças de significado valorativo, embora grande parte são referências informais e populares. aguardente e marvada ‣ironia - repressão ao consumo 1. elementos religiosos - urina-de-santo, água-benta; 2. autoridades instituídas - a-que-matou-o-guarda, delegado-de-laranjeiras; 3. sensações térmicas - cobertor-de-pobre, friinha; 4. efeitos trágicos - assina-ponto, nó-cego, estricnina, veneno, marvada, perigosa. ‣eufemismos - consumo disfarçado - água-que-passarinho-não-bebe ‣referências carinhosas e positivas - cândida, imaculada, purinha, dengosa ‣influência do contexto - “você pensa que cachaça é água?” semelhança visual X equivocar-se numa comparação, numa opinião
  15. 15. OO ffoollcclloorriissttaa ee ccoolleecciioonnaaddoorr ddee rróóttuullooss ddee ccaacchhaaççaa LLuuiizz EEddmmuunnddoo CCoossttaa eemm CCaacchhaaççaa -- SSuuoorr ddee AAllaammbbiiqquuee ((11998877)),, ccaattaallooggoouu 4411 tteemmaass eennccoonnttrraaddooss nnooss rróóttuullooss:: ppoollííttiiccaa,, ffuutteebbooll,, aanniimmaaiiss fflloorraa,, nnoobbrreezzaa,, cceelleebbrriiddaaddeess,, nnuumméérriiccooss,, rreeggiiããoo ddee oorriiggeemm,, ssaannttooss,, nnoommeess ddee mmuullhheerreess,, sseennttiimmeennttooss,, ccoonnsseeqquuêênncciiaass,, ggíírriiaass,, pprroopprriieeddaaddeess ddaa ccaacchhaaççaa,, ssaattíírriiccooss eennttrree oouuttrrooss..
  16. 16. DDeessccoonnssttrruuiinnddoo oo MMiittoo
  17. 17. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior O conceito de mito aqui considerado não é aquele ricamente difundido pela cultura grega e romana, mas sim o de uma narrativa que se origina quando a cultura de modo geral oferece elementos ou valores artificiais e ideológicos, como se fossem indiscutíveis e naturais Barthes
  18. 18. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior Signo Saussureano Língua Significante Significado Signo
  19. 19. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior Língua Significante Significado Signo SIGNIFICANTE SIGNIFICADO MITO SIGNO Signo Saussureano Mito Barthesiano
  20. 20. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior Língua Significante Significado Signo (sentido) SIGNIFICANTE SIGNIFICADO MITO SIGNO Signo Saussureano Mito Barthesiano
  21. 21. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior Signo Saussureano Língua Significante Significado Signo (sentido) SIGNIFICANTE (FORMA) SIGNIFICADO (CONCEITO) MITO SIGNO (SIGNIFICAÇãO) Mito Barthesiano
  22. 22. O processo histórico da cachaça confirma a luta ideológica e política de sua representação cultural. A bebida, desde a sua origem, foi rejeitada pela elite brasileira, e a partir de então passou a representar um produto ruim para ser consumido por pessoas pobres.
  23. 23. A mídia produz novas representações
  24. 24. ELEMENTO SIGNIFICANTES ELEMENTO SIGNIFICANTES 1.branquinha (cachaça industrial) 1.1 Mania de brasileiro 5. Público consumidor 5.1 Trabalhador 5.2 Pobre 1.2 Paixão nacional 5.3 Classe média 5.4 Elite 2. Cachaça artesanal 2.1 Prestígio 2.2 Obra de arte 6.1 Brasil 6. Espaço geográfico 2.3 Bebida superior 2.4 Imagem de excelência 6.2 Exterior 3. Cachaça industrial envelhecida 3.1 Prestígio 7. Preço 7.1 Barato 3.2 Imagem boa 7.2 Brasil 3.3 Uísque nacional 7.3 Exterior 4. Cachaça artesanal envelhecida 4.1 Prestígio 8. Passado x Presente 8.1 Ruim x ruim 4.2 Bebida superior 8.2 Ruim x regular 4.3 Imagem de excelência 8.3 Ruim x boa
  25. 25. Mitos 1. Cachaceiro 2. Desprestígio 3. Bebida popular 4. Brazilian brandy 5. Da moda
  26. 26. A imagem da cachaça no Brasil e no exterior: construção e desconstrução de mitos culturais brasileiros construção e desconstrução de mitos culturais brasileiros Myrtes Folegatti folegattimyrtes@gmail.com

×