sistemas logográficos, em que os grafemas são logramas(ideogramas ou pictogramas) que denotam palavras ouconceitos;siste...
ATUALIDADEcontinente africano parece ser mesmo oberço de basicamente tudo que se refere aespécie humana, inclusive da lin...
O trabalho foi feito com base em 504línguas diferentes, e mostrou que há umamaior diversidade de fonemas nas línguasafrica...
Na Pré-História o homem buscou secomunicar através de desenhos feitos naparedes das cavernas. Através deste tipo derepres...
Foi somente na antiga Mesopotâmia que aescrita foi elaborada e criada. Por volta de4000 a.C, os sumérios desenvolveram ae...
Os egípcios antigos também desenvolveram aescrita quase na mesma época que os sumérios.Existiam duas formas de escrita no ...
Já em Roma Antiga, no alfabeto romano haviasomente letras maiúsculas. Contudo, na épocaem que estas começaram a ser escrit...
Na Alta Idade Média, no século VIII, Alcuíno, ummonge inglês, elaborou outro estilo de alfabetoatendendo ao pedido do imp...
Com o passar do tempo outros cadernostambém foram impressos, tendo seus tiposgravados em chapas de cobre (calcografia).Fo...
Existe uma ciência que estuda as escritasantigas, seus símbolos e significado. Esta ciênciaé chamada de Paleografiacalco...
calcográfica = Rubrica: gravura. Estatística:pouco usado, arte e técnica de gravar em oco nocobre ou em outro metalCalig...
Os monges dedicavam-se à cópia e redacção delivros que nesta época eram escritos à mão edecorados com iluminuras (pintura...
Como eram raros e muito caros, os livros estavammuitas vezes presos por uma corrente para maiorsegurança. Praticamente só...
1ª - Ao copiarem os livros, os monges pensavam queestavam a prestar um serviço a Deus, e assim iam parao Céu e não para o ...
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
O poder da escrita
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O poder da escrita

427 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
427
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O poder da escrita

  1. 1. sistemas logográficos, em que os grafemas são logramas(ideogramas ou pictogramas) que denotam palavras ouconceitos;sistemas silábicos ou silabários, em que os grafemasrepresentam síbalas;abugidas, em que os grafemas principais representamconsoantes à qual está associada uma vogal inerente, e amudança ou ausência de vogal é representada pordiacríticos;abjads, em que os grafemas principais representamconsoantes, e as vogais são representadas por diacríticos;sistemas alfabéticos ou alfabetos, em que os grafemasrepresentam consoantes ou vogais;sistemas mistos, que combinam elementos das categoriasanteriores
  2. 2. ATUALIDADEcontinente africano parece ser mesmo oberço de basicamente tudo que se refere aespécie humana, inclusive da linguagemfalada. Uma análise dos sons usados nacomunicação humana feita pelopesquisador Quentin Atkinson, daUniversidade de Auckland, na NovaZelândia, indica que ela nasceu apenas umavez, na África
  3. 3. O trabalho foi feito com base em 504línguas diferentes, e mostrou que há umamaior diversidade de fonemas nas línguasafricanas e uma menor, na fala dos povos daAmérica do Sul e do Pacífico. “Eu sabia queuma das evidências que dão suporte àorigem do homem moderno na África é adiminuição da diversidade genética com oaumento da distância da África”, explicouAtkinson ao iG.
  4. 4. Na Pré-História o homem buscou secomunicar através de desenhos feitos naparedes das cavernas. Através deste tipo derepresentação (pintura rupestre), trocavammensagens, passavam idéias e transmitiamdesejos e necessidades. Porém, ainda nãoera um tipo de escrita, pois não haviaorganização, nem mesmo padronização dasrepresentações gráficas
  5. 5. Foi somente na antiga Mesopotâmia que aescrita foi elaborada e criada. Por volta de4000 a.C, os sumérios desenvolveram aescrita cuneiforme. Usavam placas de barro,onde cunhavam esta escrita. Muito do quesabemos hoje sobre este período da história,devemos as placas de argila com registroscotidianos, administrativos, econômicos epolíticos da época
  6. 6. Os egípcios antigos também desenvolveram aescrita quase na mesma época que os sumérios.Existiam duas formas de escrita no Antigo Egito: ademótica (mais simplificada) e a hieroglífica(mais complexa e formada por desenhos esímbolos). As paredes internas das pirâmideseram repletas de textos que falavam sobre a vidados faraós, rezas e mensagens para espantarpossíveis saqueadores. Uma espécie de papelchamada papiro, que era produzida a partir deuma planta de mesmo nome, também erautilizado para escrever
  7. 7. Já em Roma Antiga, no alfabeto romano haviasomente letras maiúsculas. Contudo, na épocaem que estas começaram a ser escritas nospergaminhos, com auxílio de hastes de bambuou penas de patos e outras aves, ocorreu umamodificação em sua forma original e,posteriormente, criou-se um novo estilo deescrita denominado uncial. O novo estiloresistiu até o século VIII e foi utilizado naescritura de Bíblias lindamente escritas
  8. 8. Na Alta Idade Média, no século VIII, Alcuíno, ummonge inglês, elaborou outro estilo de alfabetoatendendo ao pedido do imperador Carlos MagnoContudo, este novo estilo também possuíaletras maiúsculas e minúsculasNo ano de 1522, um outro italiano, chamadoLodovico Arrighi, foi o responsável pelapublicação do primeiro caderno de caligrafia. Foiele quem deu origem ao estilo que hojedenominamos itálico
  9. 9. Com o passar do tempo outros cadernostambém foram impressos, tendo seus tiposgravados em chapas de cobre (calcografia).Foi deste processo que se originou adesignação de escrita calcográfica
  10. 10. Existe uma ciência que estuda as escritasantigas, seus símbolos e significado. Esta ciênciaé chamada de Paleografiacalcográfica = Rubrica: gravura. Estatística:pouco usado, arte e técnica de gravar em oco nocobre ou em outro metalCaligrafia = arte ou técnica de escrever à mão,formando letras e outros sinais gráficos elegantese harmônicos, segundo certos padrões e modelosestilísticos ou de beleza e excelência artística
  11. 11. calcográfica = Rubrica: gravura. Estatística:pouco usado, arte e técnica de gravar em oco nocobre ou em outro metalCaligrafia = arte ou técnica de escrever à mão,formando letras e outros sinais gráficoselegantes e harmônicos, segundo certos padrõese modelos estilísticos ou de beleza e excelênciaartística.Pergaminhos = pele de caprino ou ovino,preparada com alume, própria para nela seescrever e tb. utilizada em encadernação [Atécnica foi aperfeiçoada no antigo reino dePérgamo, nome que originou sua denominação.
  12. 12. Os monges dedicavam-se à cópia e redacção delivros que nesta época eram escritos à mão edecorados com iluminuras (pinturas). Para sefabricar um livro era preciso, em primeiro lugar,dispor de pergaminho (pele de carneiro ou decabra, tratada para esse fim). Os monges copistascopiavam os livros à mão. A perfeição com que osmonges copistas executavam o seu trabalho faziacom que demorassem anos a acabar um livro.
  13. 13. Como eram raros e muito caros, os livros estavammuitas vezes presos por uma corrente para maiorsegurança. Praticamente só os monges sabiam lere eram cultos . Dedicavam-se ao ensino . Juntodos mosteiros, tal como junto das sés, criaram-seescolas. As suas escolas eram frequentadas poraqueles que viriam a ser religiosos, mas tambémpor alguns filhos de nobres e comerciantes ricos
  14. 14. 1ª - Ao copiarem os livros, os monges pensavam queestavam a prestar um serviço a Deus, e assim iam parao Céu e não para o temido Inferno.2ª - Porque naquele tempo, como não havia máquinas,nem tecnologias que copiassem os livros, os mongescopistas eram os únicos que tinham a obrigação decopiar os livros para estes não se perderem e podiamilustrá-los como quisessem.Alguns desses livros eram gregos e romanos!

×