Trabalho 3o periodo

248 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho 3o periodo

  1. 1. Escola Básica e Secundária de Santa Cruz Ano lectivo:2010/2011 T.I.C Jorge Oliveira Nº9
  2. 2. Índice de conteúdosIntroduçao.............................................................................................................................................3Crianças e os perigos da internet..........................................................................................................4Algumas regram que os pais devem aconselhar aos filhos:.................................................................8Índice de ilustraçõesIlustração 1: Perigos da net...................................................................................................................4Ilustração 2: Os perigos da interrnet para criança................................................................................7 2
  3. 3. IntroduçaoTodos nos sabemos que a internet e um bem ensensial para tuda ahumanidade e que nos tempos em que estamos as crianças pasão dias emfrente ao computador e nem a rua saiem para bricarem o que antigamenteera ensensial no crescimento de uma criança. Com esta tecnologia ascrianças tao espostas a muitos perigos: pedofilia; drogas; penografia.E ospais não se apercebem os perigos que os seus filhos estão espostos. 3
  4. 4. Crianças e os perigos da internet Os Perigos da Internet para crianças, adolescentes e adultos aparvalhados: Esta é uma das preocupações mais actuais de inúmeros pais que para manterem os filhinhos calados, sossegados e em casa permitem que eles se encerrem nos seus quartos horas a fio Ilustração 1: Perigos da net agarrados a Internet em vez de estudarem oufazerem algo de realmente produtivo para e por si mesmos. Estãosossegados e isso é o "merecido descanso". Depois é claro, preocupam-secom o que lhes pode suceder ao contactarem com desconhecidos. Maseste não é o único problema que pode ocorrer e a maioria dos Pais pareceignorar tal facto. Podem ocorrer problemas de coluna vertebral devido aposições repetitivas e posturas erradas; problemas de audição devido aovolume exagerado dos auscultadores; de visão, devido ás longas horaspassadas a ler com iluminação errada ou insuficiente. Problemasmusculares nos nadegueiros e tendinites causadas pela repetiçãoconstante de movimentos mas o IMPORTANTE é que as criancinhasestejam sossegadas e deixem os paizinhos em sossego nas suasactividades de lazer que muitas vezes são exactamente as praticadaspelos rebentos.Todos estes efeitos perniciosos (e outros) já eram conhecidos no tempo 4
  5. 5. em que ler fazia mal aos olhos; ver televisão podia também cegar; lerhistórias em quadradinhos provocava loucura e possível comportamentoanti-social e a masturbação, cegueira e loucura.Regressando aos males da Internet e para ajudar os Pais que consideroprofundamente irresponsáveis mas que apesar de tudo se preocupam comeste tipo de questões (quando surgem casos graves nos jornais ou natelevisão).Oito por cento dos menores revela seu correio eletrônico para qualquerpessoa e mais de 5% já foi assediado por uma pessoa conhecido atravésda Internet. Estas duas estatísticas dão uma idéia do perigo que existeao redor dos avanços da rede mundial de computadores, em especial ofato de que delinqüentes sexuais fazem uso da rede para cometer seusdelitos. Segundo a última pesquisa “Opinando em Grande”, realizada pelaorganização Ação pelas Crianças, em convênio com o instituto de pesquisaIMASEN, junto a 413 crianças entre 11 e 17 anos, de 36 distritos de LimaMetropolitana e Callao, mais de 41% das crianças e adolescentes acessa aInternet de maneira diária e interdiária. A isso, se deve acrescentar quemuitas crianças (89%) preferem ingressar na rede através de uma cabinepública, mas com privacidade (44%).O mais grave é que 76,2% acessam a Internet sem a supervisão de umadulto e apenas 21,2% têm algum tipo de controle familiar. Do total,64,4% navegam de uma a duas horas por dia. A maioria, 55%, navegam 5
  6. 6. pela rede com o objetivo de bater papo, 41,6% para jogar, 27,2% parabuscar informações, 24,1% para revisar seu correio eletrônico e só 20,2%para estudar.O perigoso é que 8% dos entrevistados respondeu que revelaseu endereço eletrônico para qualquer pessoa. E mais: 12,3% já foi a umencontro com uma pessoa conhecida através do bate-papo. Quanto àpergunta ¿alguma vez foi assediado por alguma pessoa que tenhaconhecido pela Internet?. 5,5% afirmam que sim, foram vítimas deassédio através de mensagens enviadas para seus correios eletrônicos(66,7%), conversa pelo bate-papo (57,1%) e chamadas por telefone(9,5%).Finalmente, 30,5% das crianças e adolescentes entrevistadosassinala que têm acesso a material pornográfico, e, deste grupo, 92,9%fizeram através de uma cabine pública.Na pesquisa, 50,6% dos entrevistados eram mulheres, a maioria tinhaentre 11 e 14 anos, e 32% é de nível sócio-econômico baixo inferior. Aspáginas mais visitadas são o Google, Hotmail e Messenger. Quando osentrevistados vão a uma cabine de Internet, a maioria dos clientes temidades entre 15 e 17 anos e até 12,6% conecta-se ao Messenger paraconhecer outras pessoas. 91,1% têm correio eletrônico e 53,6% explicamque revelam seu correio a qualquer usuário para ter mais contatos. 14,4%afirmam que fornecem seu telefone para qualquer pessoa que peça. 4,7%revelam que as crianças de sua idade preferem páginas sobre sexo naInternet e 30,9% já viram páginas pornográficas, sendo que 68% já 6
  7. 7. receberam material pornográfico em seu correio e 15,3% guardam paraensinar aos amigos.Das pessoas que disseram já ter sido assediada por alguém que conheceuna Internet, 66,7% contam que elas escrevem mensagens por em seucorreio. 43,2% afirmam que denunciariam uma ocorrência de assédio ouabuso sexual na Internet à Delegacia. Ilustração 2: Os perigos da interrnet para criança 7
  8. 8. Algumas regram que os pais devem aconselhar aos filhos: • Nunca digas as tuas palavras-chave a ninguém • Nunca dês informações sobre ti, de forma a poderes ser identificado (nome, telefone, morada, foto) • Não abras e-mails de quem não conheças (pode conter um vírus!) • Evita o envolvimento em discussões desagradáveis • Abandona os “chats” se alguém for rude ou desagradável contigoNunca deves ter encontros com “amigos” feitos online, sem a presença de um adulto, de preferencia os teus pais. (Na realidade não sabes quem esses amigos são) • Comporta-te sempre de forma educada • Pede ajuda aos teus pais e/ou aos professores quando tiveres algum problema Ilustração 3: jovens e a internet 8

×