Manual netiqueta[1]

4.324 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
73
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual netiqueta[1]

  1. 1. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Plataformas Colaborativas de Aprendizagem Netiqueta Formador: Rui Santos (Eng.) Outubro de 2012 Versão 1-1.12
  2. 2. Ficha Técnica Título: Plataformas Colaborativas de Aprendizagem Autor: Rui Miguel Garcia Santos santosruca@gmail.com Editor: Conclusão – estudos e formação. Lda. Edição: Outubro de 2012 Versão 1-1.12 Palavras-chave: Netiqueta, comunicar, discussão, internet, transmissão. Imagem da Capa: Pesquisa da Internet Agradecimentos: O autor agradece a todos os seus formandos e colegas que têm contribuído comsugestões que lhe têm permitido melhorar os seus recursos didáticos e os respetivos manuais de formação. Copyright: Copyright de Rui Santos Este documento foi produzido, para orientar a produção de recursos didáticos e demanuais formação. Pode ser usado livremente e disseminado livremente, desde que mencionada a fonte.
  3. 3. Resumo Este Manual foi concebido pelo Formador do Módulo referenciado. Pretende-se que seja usado como elemento de Estudo e de apoio ao tema abordado. O Manual é um Complemento da Formação e do Módulo, não substitui os objetivos das Sessões de Formação mas sim complementa- os. Visa proporcionar aos formandos conhecimentos e competências que, conjuntamente com o domínio de técnicas específicas, lhes possibilitem a correta utilização e a melhor rentabilização das Plataformas Colaborativas de Aprendizagem, em situações de Educação e Formação Profissional em regimes não presenciais, nomeadamente e- learning e b-learning. .
  4. 4. ÍndiceI. Introdução ........................................................................................................... 6II. Regras básicas da Netiqueta .............................................................................. 9 a. Uso da netiqueta na transmissão de e-mails ............................................ 12 b. Uso da netiqueta nas listas de discussão ................................................. 15 c. Uso da netiqueta no uso do telemóvel ..................................................... 19III. Análise critica .................................................................................................... 20IV. Bibliografia ........................................................................................................ 21 Netiqueta: Princípios e Recomendações para comunicar através da internet 5
  5. 5. I. IntroduçãoDesde sempre o Homem sentiu necessidade de comunicar, mais ainda depois de tercomeçado a viver em comunidade, para informar os seus pares de uma situação deperigo, para informar sobre qualquer outra situação, ou simplesmente para seexpressar.Para comunicar o Homem usou inicialmente, tambores, fumo, voz e o desenho, masa sua necessidade de comunicação levou-o a querer uma comunicação mais rápida,mais comoda, com maior alcance e essa necessidade impulsionou aodesenvolvimento das tecnologias da comunicação assim surgiram o rádio, atelevisão, o computador e a internet.A internet foi sem dúvida a maior revolução na comunicação, com a internet acomunicação é rápida, fácil e de longo alcance. Hoje em dia é possível, em temporeal, comunicar com todo o planeta por escrito, oralmente e mesmo visualmente,como tudo mudou desde o tambor ou o fumo.Em toda esta facilidade há algo que não pode ser descorado, que é o respeito pelos Netiqueta: Princípios e Recomendações para comunicar atravésoutros e pela sua privacidade, assim para que se evitem situações constrangedorase mal entendidos é necessário que existam normas de comunicação que devem serseguidas por todos aqueles que comunicam através da internet, essas regras sãoactualmente conhecidas por netiqueta, e é sobre elas que fala o presente trabalho.Netiqueta é a etiqueta que se recomenda na internet. A palavra pode serconsiderada como uma gíria, decorrente da fusão de duas palavras: o termo inglêsnet (que significa"rede") e o termo "etiqueta" (conjunto de normas de condutasociais).Em termos mais correntes, a netiqueta descreve um conjunto de atitudes oucomportamentos desejáveis no ambiente virtual. Esse ambiente virtual comummente da internetapelidado de “ciberespaço”, será um “espaço” no qual poderá interagir por meio docomputador ou outro qualquer equipamento informático ou tecnológico. 6
  6. 6. Formação E-FormadoresAssociado objectivo em questão, torna-se necessário destacar a importância dascondutas e atitudes perante a utilização pedagógica de algumas ferramentas,nomeadamente o Moodle 1e fóruns de discussão.Nem sempre a netiqueta é uma simples questão de bom senso, há algumas normasou regras, digamos, próprias da cultura do ambiente virtual. Uma delas, aplicada aespaços de discussão, como grupos, listas ou fóruns, recomenda que, antes derealizar um comentário, é importante “olhar em volta”, “tomar pé da discussão”, leratentamente o que as outras pessoas escreveram e, então, elaborar o seucomentário. É importante (e respeitoso) que você leve em consideração o que osoutros já disseram. Deverá ter em conta que na generalidade dos comentáriosrealizados em fóruns e espaços de debate, não têm cariz ofensivo, pelo que nãodeverá responder sem antes ter em consideração os pontos atrás citados.O utilizador deverá ter sempre presente que, estará a interagir com uma máquina enão com pessoas reais, “de carne e osso”. É de extrema importância, que oscomentários realizados, não sejam diferentes daqueles que alguma vez faria emsituações face to face. Uma boa dica é: antes de postar, pergunte-se: "eu diria issoassim pessoalmente? Depois de obter uma resposta coerente com os seus valores eatitudes, caso seja necessário, releia o que escreveu, reescreva, reveja o tom, a“maneira de dizer”.Numa conversa em que ambos os oradores estão presentes frente a fretefisicamente, a eficácia da comunicação e a transmissão da mensagem assenta nouso de recursos tidos como típicos da oralidade, como a expressão facial, o tom devoz e a linguagem gestual.Quando os oradores se encontram num espaço virtual deverão assumir um estilo de“diálogo” que reproduza o tom de voz que usaria se estivessem frente--frente. Osmateriais escrito também possuem uma “voz”, que se manifesta por meio de umtom. Nesse sentido, é importante observar se o modo como você escreveu cria o1 O Moodle é um sistema de gestão de aprendizagem (LMS – Learning Management System) ouambiente virtual de aprendizagem de código aberto, livre e de uso gratuito. (Yann Picand)
  7. 7. Formação E-Formadorestom adequado, pois são comuns os mal-entendidos, por não existir nesta forma decomunicação os recursos usados na oralidade.É boa pratica o recurso aos “emoticons”2, uma vez que estes ajudam a expressar umestado de espírito. Usar abreviações também pode ter um efeito no estilo, poispermite criar uma proximidade com a pessoa, ou uma atmosfera de interacçãomenos formal. A escrita em maiúsculas deverá ser usada com o máximo de cuidado,uma vez que este tipo de escrita poderá ser interpretado de duas formas distintas. Odestaque de algo importante ou o início de uma discussão (gritaria).A regra de ouro neste tipo de comunicações é os oradores "colocarem-se no lugardo outro", e pautar a conduta, no ambiente, pelo tratamento que gostaríamos dereceber de colegas, tutores, professores. Cada um dos intervenientes numa“conversa” no ciberespaço, não deve confrontar o outro, apenas por prazer ou parase tentar destacar. A linguagem adoptada deverá ser adequada, preservandovalores e atitudes, estimulando o debate de ideias, como se encontra-se num grupode amigos ou colegas de trabalho onde são debatidas ideias ou opiniões.A autoria dos textos escritos é de extrema importância. Sempre que o orador citar ouutilizar um texto que não seja da sua autoria, deve informar a sua fonte. Deverá terpresente será um acto pouco honesto o facto de usar ou assumir que um trabalho foidesenvolvido com as suas capacidades ou conhecimentos, quando tal nãoaconteceu.O orador terá de ter em conta o facto do ciberespaço ser demasiado grande,existindo muitos e variados ambiente, pelo que deverá adaptar a sua “linguagem” acada um desses espaços. A “etiqueta” a usar num e-mail será diferente “etiqueta” ausar num fórum de discussão. (Sheas, 2004)2 Forma de comunicação paralinguística, um emoticon, palavra derivada da junção dos seguintestermos em inglês: emotion (emoção) + icon (ícone). É uma sequência de caracteres tipográficos, taiscomo: :), e :-); ou, também, uma imagem (usualmente, pequena), que traduz ou quer pretendetransmitir o estado de espírito, de quem os emprega, (desconhecido)
  8. 8. II. Regras básicas da NetiquetaComo descrito na introdução deste documento, diferentes meios de comunicação nociberespaço, implicam a utilização de diferentes regras incluídas na netiqueta.A primeira regra a não esquecer e a cumprir, é que independentemente do espaçoou ferramenta que se está a utilizar, do outro lado está uma pessoa e não umamáquina. Máquina é apenas o objecto que possui a ferramenta de contacto. Comotal, nunca se poderá esquecer que a pessoa que irá ler o e-mail ou a publicação dofórum, é sem dúvida uma pessoa, cujos sentimentos nunca poderão ser feridos.Para que tal não aconteça, tenha em atenção o facto dos sentimentos das pessoasnão poderão ser feridos, logo nunca escreva ou publique nada que não diria cara acara de uma pessoa. Para evitar mal entendidos, deverá informar os outros quandoestiver de mau humor.Numa “conversa” no ciberespaço, deverá utilizar os mesmos valores ou Netiqueta: Princípios e Recomendações para comunicar atravéscomportamentos que utiliza numa conversa na sua vida real, mantendo a ética, orale os bons costumes, cumprindo sempre a lei.O utilizador, deverá distinguir o local especifico do ciberespaço que está a utilizar.Se não sabe ou desconhece a ferramenta, deve inicialmente inteirar-se do modocomo a a ferramenta funciona e quais os métodos a adoptar.O tempo das pessoas que se encontram do outro lado da linha deverá serrespeitado, assim como dar tempo aos outros oradores para que estes “digam o quetêm para dizer” ou para apresentar. Não existe nenhum problema em pensar queaquilo que está a fazer naquele momento, é mais importante que outra coisaqualquer. Só terá de ter em mente e aceitar, que os outros podem não concordarconsigo. da internet 9
  9. 9. Formação E-FormadoresQuando utiliza um fórum ou grupo de discussão, é fundamental colocar as questõescorrectas no espaço certo. Não deverá questionar sobre condições climatéricas numfórum de debate sobre ciências e tecnologia.O tempo dos outros utilizadores é tão importante como o seu, logo não façaquestões “estúpidas” ou publique informação básica sobre o tema em questão, poispoderá levar a que os outros estejam a perder o seu precioso tempo. Sempre queache apropriado, utilize o e-mail pessoal em detrimento do fórum, pois assim estaráa comunicar com algum que se disponibilizou para o ajudar e não ocupar todo ogrupo.Antes de publicar um comentário, escreva sempre algo que domine e que façaalgum sentido, não publicando nada que possa “inflamar” o grupo. Como exemplo,não escreva que o Sporting não presta. Diga antes que existem pessoas que gostammais de uns clubes de futebol do que de outros e que particularmente você gosta doBenfica. Nunca publique o seu texto, sem que antes verifique a existência de errosortográficos ou gramaticais.Tal como o nome poderá indicar, os fóruns de debate, são locais de partilha.Ofereça sempre resposta a questões colocadas pró outros elementos do grupoPartilhe sempre o seu conhecimento. Se recebeu através de e-mail variadasquestões, faça um resumo e responda a essas questões através do fórum. Assimperde menos tempo e dá a conhecer questões e resposta que outros elementostambém poderão necessitar, e que por algum motivo não colocaram a questão.É da sua responsabilidade ajudar a manter sobre controlo um tema que dá azo auma discussão mais acesa. Caso essa discussão tenha sido provocada por si, peçadesculpa, de forma imediata e eficaz. Como todos cometemos erros, deverá saberdesculpar os erros dos outro, pois só assim os outros poderão perdoar os seus.Sempre que o espaço lhe permita assumir o poder, não deverá abusar deste,respeitando a privacidade dos outros.
  10. 10. Formação E-FormadoresPerante a ausência de voz e da linguagem corporal, existentes nas comunicaçõesface-a-face, tornou-se imprescindível a criação de símbolos denominados Emoticonsou Smilies, atrás descritos.A construção dos "Emoticons" assenta na utilização de parênteses, pontos, vírgulase outros símbolos do teclado, que no final simulam expressões e demonstramestados de espírito. No entanto é importante que estes cumpram a sua função, oseu uso deverá ser feito com moderaçãoPodemos encontrar os “Emoticons” nas mais variadas formas e estilos. Comexemplo::  :-) Alegre  :-( Triste, contrariado  ;-) Piscadela de olho ou observação sarcástica  8-) Sorriso de óculos escuros  :-x Boca fechada (no sentido de manter segredo)  :-0 Espanto ou surpresa  :-( Chorar  |-) Bocejo, desinteresse ou sinal de sono  :-D Sátira com a própria pessoa.
  11. 11. Formação E-Formadores a. Uso da netiqueta na transmissão de e-mailsO correio electrónico é conhecido pela sua informalidade. Isto é em parte por causados hackers e da própria Algumas formas de e-mail têm mais pontos em comumcom uma discussão por telefone do que com cartas ou memorandos em papel, quetradicionalmente possuem um tom mais formal.Uma vez que as comunicações por e-mail são escritas, elas podem ser muito maisdetalhadas do que uma conversa por telefone. Como estas mensagens sãoentregues e recebidas quase instantaneamente, colegas de trabalho ou amigospodem desenvolver uma "conversa" longa, ficando com um registro escrito do quefoi dito, para mais tarde ser utilizado, caso seja necessário.Quando se recebe uma mensagem de correio electrónico, composta por muitaslinhas de rabiscos incompreensíveis ao utilizador comum antes do início do texto,esta informação é conhecida como o "header"3 da mensagem. A maior parte é umregisto do caminho que a mensagem percorreu desde o computador do remetenteaté ao seu. Ela apenas é útil quando uma mensagem de e-mail fica perdido ou não éentregue ao destinatário. Normalmente esta informação poderá ser ignorada. Pornorma os cabeçalhos costumam conter material útil como uma data e uma indicaçãode que os arquivos são anexados à mensagem.As três peças de informação mais importantes contidas no cabeçalho são osendereços de e-mail do remetente e do destinatário, e uma linha de assunto que fazreferência à mensagem. Todas as mensagens de e-mail a viajar pela Internetcontêm estes três blocos de informação.Alguns sistemas de e-mail permitem adicionar uma “flag” demonstrando a urgênciada comunicação. Evite usar a bandeira "urgente", a menos que a mensagem sejamesmo importante e urgente. É irritante ler uma nota com uma bandeira urgente e3 Header ou cabeçalho é algo que usualmente se apresenta no início de todo o resto. Um cabeçalhode e-mail, consiste em múltiplos campos onde cada um contêm um valor especifico, e serve paraidentificar o e-mail e todo o seu trajecto. (Techtarget.com, 2005)
  12. 12. Formação E-Formadoresdescobrir que se trata de uma mensagem de rotina e que poderia esperar um dia oumais.Muitos sistemas de correio electrónico permitem anexar arquivos às mensagens dee-mail. Este é um recurso útil para o remetente, mas em algumas circunstâncias,uma dor de cabeça para o receptor, especialmente se ele não tem as ferramentascertas para abrir o anexo. Para minimizar os problemas criados por esta situação, cênunca deve enviar um anexo quando uma nota mensagem faria a mesma função.Por outro lado, a capacidade de transmitir anexos é uma dádiva de Deusprincipalmente quando o anexo contém formatações importantes (negrito, itálico,etc.) ou outro tipo de informações, como por exemplo (uma folha de cálculo.Quando se envia um anexo, é importante certificar-se que o seu correspondente temo software necessário para abrir esse anexo. Em comunicação por e-mail, não existenada mais frustrante do que tentar abrir, um anexo e tal não é possível.As regras para um e-mail profissional, são um pouco diferentes das adoptadas paraum e-mail entre amigos. Um e-mail profissional é uma comunicação informal. Masuma grande parte do humor que é apropriado num grupo de discussão está, não seenquadra fora desse lugar. Para a maior parte dos utilizadores, os ficheiros deassinatura não são usados nos e-mails de trabalho, a menos que exista apossibilidade da mensagem ser enviada para destinatários externos.Na vertente profissional, quantas vezes por dia deverá verificar o seu e-mail? Um e-mail é entendido nos dias de hoje como uma ferramenta preferencial de trabalho.Logo deverá consulta-lo tantas vezes quanto ache necessário. De preferência, trêsou quatro vezes por dia, mas pelo menos duas vezes por dia. O e-mail deverásempre ser aberto de manhã, quando liga o computador e ao meio da tarde, ou umaou duas horas antes de sair. Dessa forma, é possível verificar e ler todas asmensagens que foram enviadas ao longo do dia.Os erros são cometidos por todos. Tente não enviar um sem número de mensagensrelacionadas apenas com uma linha porque se esqueceu de um ponto importante no
  13. 13. Formação E-Formadorese-mail anterior, ou reenviar o mesmo documento várias vezes, porque corrigiu umerro. Antes de enviar um e-mail verifique várias vezes pequenos pormenores, comoerros ou mesmo pormenores do conteúdo.
  14. 14. Formação E-Formadores b. Uso da netiqueta nas listas de discussãoEm todos os fóruns há uma netiqueta, a qual todos os utilizadores têm de respeitar.Antes de iniciar a participação em qualquer fórum ou lista de discussão, deveminteirar-se das regras e dos temas abordados.Na generalidade, os fóruns ou listas de discussão vive através dos seus membros,na qual naturalmente cada um pode colaborar. Para que a interacção entre todospossa ser o mais agradável possível, há um certo número de regras que devem serrigorosamente seguidas e respeitadas. No entanto, debates sobre factos são semprebem-vindos., sendo óbvio que ninguém poderá ser insultado, escarnecido,humilhado ou magoado. É necessário o respeito mutuo.Mais uma vez é importante referir que do outro lado da comunicação se encontrauma pessoa! Infelizmente a maior parte das pessoas não pensam que os seusartigos não são só lidos por computadores como também por pessoas. Éfundamental debruçarmo-nos sobre este assunto, pois assim evitará cair emexplosões verbais. Lembre-se: quanto mais agressivo e rude for no tom, menosdispostos estarão os outros em ajudar-te quando necessitar.À semelhança das ferramentas anteriormente abordadas, Uma regra geral simples:nunca escreva nada que não seria capaz de dizer a alguém à sua frente.Só algumas pessoas são professores de português e dominam perfeitamente aortografia do português. Por isso, todos podem colocar aqui a sua comunicação. Noentanto, é aconselhável ler o texto antes de enviar. Erros de ortografia podemoriginar uma má compreensão do texto e conduzir ao erro.Sentir-se superior aos outros só porque os outros sejam mais novos e vice-versa éuma forma de arrogância. Tanto um jovem de 14 anos pode fazer perguntasinteligentes bem como uma pessoa de 45 anos também poder saber brincar. A idadenunca deve ser objecto de discussão.
  15. 15. Formação E-FormadoresO tom faz a música. Todos no fórum devem contribuir para que o tom nacomunicação não seja mau mas sim adequado. Se alguém tiver uma opiniãodiferente da nossa, isso deve ser encarado como uma sugestão – e não como ummotivo para se atacarem agressivamente ou para serem abusivos uns contra osoutros. Expressões vulgares e a hostilidade óbvia não serão toleradas nem pelosoutros participantes muito menos pelo moderador do fórum.Se o participante tiver uma pergunta, deverá coloca-la num único tópico e não emtodos. Não irá receber uma resposta mais rápido com isso, muito pelo contrário. Asquestões em múltiplos tópicos, são consideradas como uma falta de cortesia eincomodam muitos utilizadores que se esforçam para responder às perguntas.Antes de colocar uma questão, procure primeiro nos tópicos antigos. É muitoirritante ver a mesma pergunta repetida várias vezes. Se for aos tópicos antigos,encontra muitas vezes a resposta à sua pergunta e não precisa de esperar pelaresposta. Para além disso tem de contar com o desprezo dos outros ao colocaresperguntas que já tenham sido respondidas várias vezes. Cada questão deverápossuir um assunto significativo que permita reconhecer mais ou menos de quetema se trata. Expressões do tipo "Hiiiiiiiiiiiiiilfe" não devem ser usadas. Também nãose deve usar muitos pontos de exclamação.Deve evitar escrever um texto só com letras maiúsculas, POIS ISSO NÃO SÓ ÉDIFÍCIL DE LER, COMO TAMBÉM É ENCARADO NA INTERNET COMO GRITAR.Quem por outro lado também escrever só e exclusivamente com minúsculas, fugir àsregras e desprezar a netiqueta, torna também o texto difícil de ler tal como AQUELEQUE SÓ ESCREVE EM LETRAS MAIÚSCULAS, O QUE FAZ DOER A VISTALOGO A SEGUIR A ALGUMAS PALAVRAS E BAIXA A VELOCIDADE DA LEITURACONSIDERAVELMENTE. A falta de pontuação torna também um texto difícil de lerprincipalmente quando se trata de frases intercaladas. As gralhas quandoexageradas também tornam a leitura do texto extremamente difícil.Por isso, deve ler o texto atentamente antes de enviar para evitar os erros atráscitados.
  16. 16. Formação E-FormadoresMesmo se estiver sob pressão de tempo ao responder a uma pergunta ou ao colocá-la publicamente, deve ler o texto mais uma vez antes de o enviar. Muitas vezes umtexto escrito à pressa aparenta ser muito pior do que era pretendido na realidade.Pense também na hipótese de o texto não ser compreendido. Isto acontece váriasvezes principalmente com o uso da ironia. Emoticons.Algumas respostas requerem tempo. A elevada participação é salutar, mas não sepode garantir uma resposta rápida. Exercer pressão nessa altura não adianta epoderá provocar o efeito contrario ao desejado..Após uma resposta a uma ou a várias das suas questões, é importante saber dizer“obrigado”.Tal como na vida real um obrigado cai sempre bem e torna a atmosfera positiva. Seobtiver uma resposta à sua pergunta, a pessoa que o ajudou de certeza que irá ficarsatisfeita se receber da sua parte um obrigado como reconhecimento pela ajudaprestada e pelo tempo que empenhou para isso.Quando um moderador fechar um tema, não o abra de novo. Um tema encerradotem a sua razão de ser, mesmo que não aparente à primeira vista. Podes sempresaber através do respectivo moderador do fórum porque é que o tema foi fechado.Num grupo de pessoas, independentemente de estarem juntas fisicamente ou juntosatravés de ferramentas da internet, a tendência de alguém exprimir os seus ideaispolíticos, é enorme. Cada um tem a sua opinião política. Uns pensam de formamoderada outros pensam de forma mais radical. Um é da esquerda, outro do centroe um terceiro pensa mais à direita. Esses tipo de opiniões e de definições nageneralidade não interessam nos fóruns ou listas de discussão. Deverá guardar asua opinião política para si e não exerça pressão sobre outros a esse respeito.No caso de estar perante um fórum ou lista de discussão pública, nunca sabe quemirá ler a informação neles contida e ter acesso aos seus dados pessoais. Isto dizrespeito aos dados pessoais de contacto tais como ICQ, MSN, Skype, TS, Yahoo
  17. 17. Formação E-FormadoresMessenger, endereço, nr° telefone, nr°. de telemóvel etc. Por isso todos os dados sódeverão ser enviados através de mensagem privada (MP).É de mau tom, fazer afirmações que possam ser interpretadas como posiçõesoficiais, ou propostas de negócio. A mensagem deverá ser personalizada de acordocom o assunto a tratar e o receptor.Consulte os arquivos chamados FAQs (Frequently Asked Questions), onde podeencontrar diversas perguntas já respondidas sobre as normas de participação dalista, bem como assuntos relacionados com os tópicos principais de discussão.Existe um conjunto de acções que deverá evitar, como por exemplo: Se não sabe aresposta ou não tem opinião sobre o assunto que está a ser “debatido” não diganada. Evite a agressividade, evite a impulsividade, pode vir a arrepender-se., nãodescarregue nos outros o seu mau humor.Saber aceitar as diferentes opiniões é uma enorme virtude. Aceite as diferentesopiniões, como quer que a sua seja aceite, assim deverá aceitar as diferenças deopinião de cada um.Seja claro na sua resposta a uma mensagem, indique sempre "quem" disse "o quê",deixe bem claro qual a mensagem e quais questões a que está a responder eresponda apenas quando questionado. Ao responder uma mensagem recebida deuma lista de discussão, seja cuidadoso e se quiser apenas responder a uma pessoatenha o cuidado de enviar a sua resposta apenas para o seu endereço queencontrará no campo From: do cabeçalho da mensagem recebida. Não se esqueçade citar sempre as suas fontes e para não ter problemas no futuro, confirme sempreas suas respostas antes de as enviar aos outros.
  18. 18. Formação E-Formadores c. Uso da netiqueta no uso do telemóvelExiste hoje uma ideia nova de comunicação, que se vem desenvolvendo ao longodestes 10 anos da “boom” tecnológico e comercial, e que se tem acelerado maisrecentemente com os fenómenos dos blogues e das SMS, Experiências e práticascomunicativas via telemóveis guiadas mais pela intuição e pelas exigências práticasda comunicação do que propriamente por uma qualquer gramática comunicativa.Abreviaturas poderão ser usadas sempre que possível. No entanto, não se esqueçaque certas mensagens cheias de abreviaturas e siglas podem ser confusas para oleitor. (author)Quando se encontrar em plena videoconferência, so o telemóvel tocar, peça licençapara atender.Ao usar o telefone como complemento de esclarecimento de dúvidas, deveráadoptar um tom de voz moderado.Sempre que o toque do telemóvel possa ser um incomodo desligue-o ou depreferência, deixe-o no silêncio.
  19. 19. III.Análise criticaNão restam dúvidas que viver em sociedade implica a aplicação de regras deconduta, formais ou informais, que tornam a convivência agradável para todos, emque se procura sempre alcançar o respeito pela individualidade e privacidade decada um, cumprindo a máxima de que “a minha liberdade acaba onde começa a dooutro”.Neste cenário a netiqueta terá, portanto, como principal missão assegurar que nãohá desvios de conduta no ciberespaço, pretendendo assim assegurar que a todo omomento e independentemente da tecnologia utilizada o respeito da liberdade decada um é tida em consideração. Conseguindo assim evitar a criação de malentendidos, divulgação não autorizada de informação privada, falhas na mensagemenviada por falta de compreensão da mesma, desrespeito pelos outros e uso deagressividade “gratuita”, e ainda o desrespeito pela hierarquia das pessoas comquem se interage, situações que poem em causa a saudável comunicação nainternet. Netiqueta: Princípios e Recomendações para comunicar atravésAssim podemos concluir que ao interagir no ciberespaço e independentemente meioutilizado para o fazer há regras a cumprir qualquer que seja o meio utilizado para ofazer, os e-mail’s as listas de comunicação ou mesmo os telemóveis, e que podemresumir-se ao seguinte: I. Nunca escrever no ciberespaço nada que não queira que apenas poucas pessoas tenham conhecimento II. Pense muito bem antes de enviar o que quer que seja, independentemente do destinatário. III. Lembre-se que do outro lado está alguém, respeite essa pessoa. IV. “Ouça” quem está do outro lado e responda sempre e o mais rápido possível V. Evite o calão e os palavrões. VI. Seja claro/a e objetivo/a em tudo o que partilha. VII. Evite a criação de mal entendidos. VIII. Respeite-se a si e aos outros. da internet 20
  20. 20. IV. Bibliografiaauthor, Unknown. Netiqueta. [Online] [Citação: 06 de 03 de 2012.]http://aealucena.ccems.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=80:netiqueta&catid=66:apaluno&Itemid=111.desconhecido, Autor. Emoticon – Wikipédia, a enciclopédia livre. [Online] [Citação:06 de 03 de 2012.] http://pt.wikipedia.org/wiki/Emoticons.Sheas, Virginia. 2004. Netiquette, by Virginia Shea, Table of Contents andWelcome Page. [Online] 2004. [Citação: 03 de 03 de 2012.]http://www.albion.com/netiquette/book/index.html.Techtarget.com. 2005. What is header? Definition from WhatIs.com. [Online]Techtarget.com, 17 de 05 de 2005. [Citação: 06 de 03 de 2012.]http://whatis.techtarget.com/definition/0,,sid9_gci213480,00.html.Yann Picand, Dominique Dutoit. moodle : definition of moodle and synonym ofmoodle (English). [Online] [Citação: 06 de 03 de 2012.]http://dictionary.sensagent.com/moodle/en-en/. Netiqueta: Princípios e Recomendações para comunicar através da internet 21

×