"50 invenções que mudaram a nossa vida"

16.683 visualizações

Publicada em

"50 invenções que mudaram a nossa vida" - Biblioteca Municipal José Saramago, de 17 de julho a 29 de setembro de 2012

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.683
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
141
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"50 invenções que mudaram a nossa vida"

  1. 1. B I B L I O T E C A M U N I C I PA L J O S É S A R A M A G O . L O U R E S MOSTRA DOCUMENTAL Catálogo 50 invenções que mudaram a nossa vida 17 JULHO 29 SETEMBRO 2012
  2. 2. Nota: Os livros de informação (Enciclopédias, livros de generalidades, etc.) abordam várias invenções, nãoobstante estarem associados a uma delas neste catálogo.
  3. 3. A Mostra Documental 50 invenções que mudaram a nossa vidaparte de uma lista selecionada pelo Semanário Expressopublicada a 26 de dezembro de 2009, que recordou algunsdos principais inventos que revolucionaram os nossos dias.A Biblioteca Municipal apresenta-lhe agora livros que falamdestas invenções, da sua importância e de como muitas delasestão de tal forma integradas no nosso quotidiano, que setorna difícil imaginar a nossa vida sem as mesmas.Esta Mostra é ainda uma oportunidade para observar algunsmodelos menos recentes dos objetos identificados, assimcomo fotografias alusivas ao tema captadas no espaço dabiblioteca.Fica aqui o nosso desafio à sua curiosidade e imaginação. Venhausufruir desta diversificada oferta de informação, arte e patrimóniocultural!
  4. 4. ROBÔ AIRBAG RADAR INTERNET PENINCILINA CÂMARA FOTOGRÁFICAF PENSO RÁPIDOR FOGUETEI ESPACIALGOR RÁDIO PRESERVATIVOÍ PÍLULA CONTRACEPTIVA LÂMPADA ELÉCTRICAF ÓCULOS SATÉLITE ARTIFICALI LASER MICROCHIPC SMSO VACINA PILHA
  5. 5. RODA, 8000 – 6400 a.C. Mário Quintana A minha primeira enciclopédia Verbo Nº6 A minha primeira enciclopédia Verbo. - [Lisboa]: Verbo, [1991] - [1997] I 030 MIN HEALEY, Tim A história da roda / Tim Healey ; ilustrações de Gerry Wood; tradução de A. Ferreira. - Queluz: Impala, cop. 1992 I 62 HEA WALPOLE, Brenda Movimento / Brenda Walpole ; il. de Kuo Kang Chen, Peter Bull. - [São Paulo]: Melhoramentos, [1993] I 62 WAL
  6. 6. PRESERVATIVO, 1000 a.C.Os vestígios mais antigos de um preservativo foram descobertos noCastelo Dudley, no Reino Unido e datam de 1640. Nessa altura eram feitosde partes do intestino grosso de animais. 1000 extraordinários objetos 1000 extraordinarios objetos = 1000 extraordinary objects / ed. Carlos Mustienes. - Köln: Taschen, cop. 2000 62(091) MIL LACROIX, Nitya Manual completo de amor, sexo e intimidade / Nitya Lacroix. - Lisboa: Estampa, 1997 613.88 LAC MINNE, Brigitte Educação sexual com perguntas e respostas / Brigitte Minne. - [Lisboa]: Estampa, [1995] I 61 MIN VIDAL, Vincent A pequena história do preservativo / Vincent Vidal ; pref. Bernard Kouchner. - Lisboa: Campo das Letras, 1998 62(091) VID
  7. 7. PAPEL, 150 d.C.
  8. 8. AMERY, Heather, e outros LOPES, A. M. CunhaTrabalhos com papel / Heather Amery. - [Rio de A história do papel / António Manuel da Cunha Lopes. - 2ªMouro]: Nova Presença, cop. 1994 ed. - [Lisboa]: Ministério da Educação Nacional : Direcção-PE 74 AME Geral da Educação Permanente, 1974 676(091) LOPASUNCIÓN, JosepO papel: técnicas e métodos tradicionais de MONTSERRAT, Salvadorfabrico / Josep Asunción. - Lisboa: Estampa, 2002 Vamos fazer papagaios de papel / Salvador Montserrat. - 676 ASU [Lisboa]: Texto Editora, 1992 J 745 MONCARVALHO, DorindoO papel: conversas do Tiago e da Sara / texto e RIBEIRO, Emanuelilustrações de Dorindo Carvalho. - Lisboa: Instituto A arte do papel recortado em Portugal / Emanuel Ribeiro ;Piaget, cop. 2008 pref. Maria Proença. - Sintra: Colares Editora, [1999] I 67 CAR 745(469) RIBCLÁUDIO, Mário, pseud. SANTOS, Margarida FonsecaImproviso para duas estrelas de papel / Mário Histórias de papel e lápis / Margarida Fonseca Santos;Cláudio. - Porto: Afrontamento, cop. 1983 ilustrações de de Abraão Tavares. - [Lisboa]: Vega, [2000]821.134.3-9 CLA I 82-3 SANLIMOUSIN, Odile SEQUEIRA, Gustavo de MatosA história da folha de papel / escrito por Odile A Abelheira e o fabrico de papel em Portugal: história deLimousin; il. por Béat Brüsch. - Lisboa: Civilização. - uma propriedade e de uma fábrica / por Gustavo de MatosCírculo de Leitores, imp. 1990 Sequeira; followed by a résumé in english by R. GarlandI 67 LIM Jayne. - [Lisboa?]: Casa Guilherme Grahm Junior, 1935 DEP00001
  9. 9. CLÁUDIO, Mário O eixo da bússola / Mário Cláudio. - Vila Nova de Famalicão: Quasi, 2007 821.134.3-94 CLA PLATT, Richard Invenções / texto de Richard Platt. - Lisboa: Verbo, [1995] I 008 PLA TYLER, Anne A bússola de noé / Anne Tyler ; tradução de Fernanda Oliveira. - Lisboa: Bertrand, 2011 821-31 TYLBÚSSOLA, 1190A bússola, mais conhecida pelos marinheiros como agulha, é sem dúvida o instrumento de navegaçãomais importante a bordo. Ela teve sua origem na China do século IV a.C. A sua adaptação ereconhecimento no Ocidente aconteceu cerca de 1.500 anos depois. A primeira referência desteinstrumento na Europa aparece num documento de 1190, chamado "De Naturis Rerum".
  10. 10. O Meu OlharÓCULOS, 1265 O meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas Olhando para a direita e para a esquerda, E de vez em quando olhando para trás... E o que vejo a cada momento É aquilo que nunca antes eu tinha visto, E eu sei dar por isso muito bem... Sei ter o pasmo essencial Que tem uma criança se, ao nascer, Reparasse que nascera deveras... Sinto-me nascido a cada momento Para a eterna novidade do Mundo... Creio no mundo como num malmequer, Porque o vejo. Mas não penso nele Porque pensar é não compreender... O Mundo não se fez para pensarmos nele (Pensar é estar doente dos olhos) Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo... Eu não tenho filosofia: tenho sentidos... Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é, Mas porque a amo, e amo-a por isso, Porque quem ama nunca sabe o que ama Nem sabe por que ama, nem o que é amar... Amar é a eterna inocência, E a única inocência não pensar... [Alberto Caeiro]
  11. 11. As maiores invenções dos últimos dois mil anosAs maiores invenções dos últimos dois mil anos / organização de JohnBrockman; tradução de Álvaro Augusto Fernandes. - [Lisboa]: Círculo deLeitores, imp. 2000.62(091) MAIJAPRISOT, SébastienSenhora em automóvel com óculos e caçadeira / Sébastien Japrisot. -Lisboa: Gradiva, 1984821-312.4 JAPO Hugo tem de usar óculosO Hugo tem de usar óculos. - Porto: Porto Editora, cop. 2003087.5 CPINHÃO, CarlosUma gaivota com óculos / Carlos Pinhão ; desenhos de João Martins. - 2ªed. - [Lisboa]: Vega, [1992]I 82-3 PINSOARES, Luísa DuclaUns óculos para a Rita / Luísa Ducla Soares ; il. por Olé Design. - [Porto]:Civilização, 2001I 82-3 SOA
  12. 12. RELÓGIO MECÂNICO, 1280 ALBERTY, Ricardo Relógio de sol / Ricardo Alberty. - Portugal: Livraria Didáctica, imp. 1970 821.134.3-94 ALB GUNESEKERA, Romesh O relógio de areia / Romesh Gunesekera. - Lisboa: Notícias, 1998 821-31 GUN ILINE, M História do relógio / M. Ilin ; [traduzido do castelhano por Pedro da Silveira; ilustrações de L. Lapchin]. - Lisboa: Europa-América, imp. 1954 681.11(091) ILI LANDES, David S. A revolução no tempo : os relógios e o nascimento do mundo moderno / David S. Landes; tradução [de] Edgar Rocha. - Lisboa: Gradiva, 2009 681.11 LAN LEVI, Carlo O relógio / romance de Carlo Levi ; [tradução de Mário Delgado]. - Lisboa: Arcádia, imp. 1965 821-31 LEV
  13. 13. OLIVEIRA, Fernando Correia deHistória do tempo em Portugal : elementos para uma história O relógio tem valordo tempo, da relojoaria e das mentalidades em Portugal /Fernando Correia de Oliveira. - [Portugal]: Diamantouro, 2003681(469) OLI Na parede ou na mão Está sempre ao nossoROSSAUM, Gerhard Dohrn-Van disporHistória da hora : os relógios e a ordem temporal moderna /Gerhard Dohrn-Van Rossum. - Lisboa: Temas e Debates, 2001006.9 ROS A mostrar que horas são.STINE, R. LO feitiço do relógio de cuco / R. L. Stine. - Linda-a-Velha:Abril/Controljornal, [1997]I 8-31 STI [DAVID, Conceição de Jesus Marto in As quadras para mim são como uma flor, 2000]SWIFT, ChristineO meu grande livro-relógio / [escrito por Christine Swift ;ilustrações de David Crossley]. - Linda-a-Velha:Abril/Controljornal, cop. 1998087.5 LI SWI
  14. 14. LIVRO IMPRESSO, 1455
  15. 15. Os Livros Os enigmáticos livros das bibliotecas, Aparentemente passivos à nossa curiosidade, Escondem atrás das suas lombadas mil horizontes. Caudalosos rios de palavras mais ou menos coerentes, Estão cientes de possuírem os grandes segredos da vida, Pois pequenos que sejam, podem até mover montanhas, Eles são, das portas para alternativos mundos, as chaves! Quando os vejo a espreguiçarem-se pelas estantes, Sinto neles um certo desejo de serem lidos, O prazer de me levarem aonde nunca fui: Gostam de rir ou chorar comigo! Tenho a leve suspeita, Que com a sua só aparente inocência Se querem apossar da minha alma! Mas nem só os livros falam, Há por aí palavras benditas Escritas nas folhas das árvores, Grãos de verdade semeados a esmo na terra, Certezas levianas a flutuar à superfície das águas. Nas fontes sagradas das montanhas borbulham ideias frescas Com o que ainda se pode matar a sede mais profunda! As estrelas mais longínquas ao brilharem na noite Teriam muito a dizer se as pudéssemos ler, Serenamente, orbitam pelo nosso olhar, E curiosos que nos mostremos aos seus segredos Não se desfazem, sem dar acesa luta, das suas verdades,Que consistem em ser, tão-somente, o suporte daquilo que somos! [INURA, Martz in Sinfonia nº 6 : Palavras maravilhadas, 2006]
  16. 16. As utilizações do objecto impresso MARTINS, Jorge ManuelAs utilizações do objecto impresso : séculos XV-XIX / dir. Profissões do livro : editores e gráficos, críticos e livreiros /de Roger Chartier ; trad. de Ida Boavida. - Lisboa: Difel, Jorge Manuel Martins ; com uma carta de Fernando1998 Guedes ao autor; e com cinco desenhos de Sempé. -655 UTI [Portugal]: Verbo, 2005 655.4 MARCRISTÓVÃO, Luís FilipeAfonso e o livro / [autor Luís Filipe Cristóvão ; ilustração O livrode Amélie Bouvier]. - Torres Vedras: Livro do Dia, 2010 O livro / ilustrações de Michael Ricketts. - Lisboa: Horizonte,I 82-3 CRI cop. 1974 655 LIVFEBVRE, Lucien, e outroO aparecimento do livro / Lucien Frebvre, Henri-Jean QUENTAL, Cristina, e outro(s)Martin; com a colaboração de Anne Basanoff... [et al.]; Ciclo do livro / Cristina Quental, Mariana Magalhães ;tradução de Henrique Tavares e Castro; revisão ilustrações [de] Sandra Serra. - Alfragide: Gailivro, 2011científica de Artur Anselmo. - Lisboa: Fundação Calouste I 65 QUEGulbenkian, 2000655 FEB (…) Naquele sítio dos livros, a eleição desse ano,LETRIA, José JorgeSe eu fosse um livro / texto de José Jorge Letria; escolhera para presidente um velho livroilustrações de André Letria. - Porto Salvo: Pato Lógico,2011 de barbas compridas que morava no andarI 82-3 LET mais alto da prateleira. Fora escrito há oitocentos anos e chamava-se a Divina Comédia (…). [VAZ, José in O livro das contas e dos contos, 2010]
  17. 17. A primeira escova de dentesfoi usada na China em 1498, mas ESCOVA DE DENTES, 1498suas cerdas eram feitas com pelosde porco. Mais tarde, estes foramsubstituídos por pelos de cavalo.A escova de dentes mais antiga daEuropa, que data de 300 anosatrás, é feita de osso e foi descoberta Inventos Inventos. - [Lisboa]:durante escavações arqueológicas num Marus, [1997]antigo hospital municipal de Minden, na I 008 INVAlemanha. Os 19 buracos destinados ainserir os pelos de porco que LLEWELLYN, Claire Higiene e saúde / Clairefuncionavam como cerdas são visíveis Llewellyn ; [traduçãoainda hoje. de Telma Pires]. - Serzedo: Gailivro, cop. 2007Em 1938, a DuPont desenvolveu as I 61 LLEcerdas de náilon, usadas hoje em dia.
  18. 18. MICROSCÓPIO, 1590 A minha primeira enciclopédia Verbo A minha primeira enciclopédia Verbo. - [Lisboa]: Verbo, [1991] - [1997] I 030 MIN COMTE, Hubert O microscópio : a travessia das aparências / texto de Hubert Comte. - Porto: Lello & Irmão, 1994 681.7 COMRelacionado entre as grandes invenções da Medicina, omicroscópio, criado no final do século XVI, possibilitou o avançodo estudo da Biologia e uma nova perceção da ciência médica.A invenção do microscópio, atribuída aGalileu, foi na verdade fruto do aperfeiçoamento realizadopelo naturalista holandês Antony vanLeeuwenhoek, que o utilizou na observação de seresvivos.
  19. 19. TELESCÓPIO, 1608
  20. 20. ALMEIDA, Guilherme de Telescópios: guia dos instrumentos de observação astronómica e seus acessórios. Como escolher e utilizar binóculos e telescópios / Guilherme de Almeida. - Lisboa: Plátano, 2004 520 ALM Astronomia Astronomia / texto de Kristen Lippincott. - [Lisboa]: Verbo, [1996] I 52 AST LEVY, David H Observar o céu / David H. Levy. - S. Pedro do Estoril: Atena, 1998 52 LEV PULLMAN, Philip O telescópio de âmbar / Philip Pullman ; tradução Maria do Rosário Monteiro. - Barcarena: Presença, 2002 J 821-31 PULEm 1608, o matemático italiano Galileu Galilei construiu o seu telescópio. Dia 25 deAgosto, no alto da torre da Praça de São Marcos, os senadores da República de Venezaacotovelaram-se para ver a novidade. Naquela mesma noite, Galileu descobriu que aLua não tinha uma superfície lisa, como se pensava, mas era cheia de montanhas ecrateras.
  21. 21. AUTOMÓVEL, 1769
  22. 22. 100 melhores automóveis do século POLLARD, Michael100 melhores automóveis do século. - Linda-a-Velha: O automóvel / texto de Michael Pollard ; il. TerryAbril/Controljornal, cop. 1999 Burton. - [S.l.]: Lello & Irmão, 1993629.33 CEM I 62 POLDUPUY, Gabriel PUGLIESI, M, e outroO automóvel e a cidade / Gabriel Dupuy. - Lisboa: Manual completo do automóvel : mecânica,Instituto Piaget, [1998] especificação, manutenção / M. Pugliesi e Equipe711.5/.7 DUP Técnica Hemus. - São Paulo: Hemus, 1998 629.33 PUGO automóvelO automóvel / concepção Émilie Beaumont ; texto ROCHA, NatérciaAgnés Vandewiele; il. Kim Broe-Ward. - [Lisboa]: Histórias com gatos, cães e um automóvel /Livros e Livros, [1997] Natércia Rocha ; il. de Isabel Pissarra. - Venda Nova:I 62 AUT Bertrand, 1996 I 82-3 ROCO automóvelO automóvel / [personalidade entrevistada NicolaTufarelli e Emerson Fittipaldi ; texto CarlosDomínguez]. - Rio de Janeiro: Salvat, cop. 1979030 BIB
  23. 23. PARAQUEDAS, 1783
  24. 24. A minha primeiraenciclopédia VerboA minha primeiraenciclopédia Verbo. -[Lisboa]: Verbo, [1991] -[1997]I 030 MINDUARTE, MarceloO livro das invenções /Marcelo Duarte. - São Paulo:Companhia das Letras, 199762(091) DUAPLATT, RichardInvenções / texto de RichardPlatt. - Lisboa: Verbo, [1995] Atribui-se aos acrobatas chineses as primeiras utilizações de para-sóis,I 008 PLA no princípio do século XIV para amortecerem quedas do alto. Leonardo da Vinci desenhou e descreveu um para-quedas piramidal, de diâmetro idêntico ao dos atuais. A. J. Garnerin efetuou o primeiro salto bem-sucedido, em 1797, da barquinha de uma aeronave.
  25. 25. DAWOOD, RichardSaúde dos viajantes : como manter-se saudável no estrangeiro / Dr.Richard Dawood. - Mem Martins:Europa-América, 2005 614 DAWEra uma vez... o corpo humanoEra uma vez... o corpo humano / dir.de João J. Noro. - [Lisboa]: Planeta-Agostini, cop. 1991vol. 24 : As vacinas VACINA, 1796I 61 ERA
  26. 26. PILHA, 1799 descobriu que as pernas de Na segunda metade do século XVIII o italiano Luigi Galvanium sapo sofriam um espasmo quando eram colocadas entre dois metais diferentes, o que o levou a concluir que certos tecidos orgânicos eram capazes de gerar eletricidade. O meu primeiro dicionário O meu primeiro dicionário / escrito por Betty Root ; il. Jonathan Langley. - [Porto]: Porto Editora, 1995 CONSULTA LOCAL I 030 ROO
  27. 27. FRIGORÍFICO, 1805
  28. 28. Congelar en casa Congelar en casa. - España: Espasa-Calpe, cop. 1976. 641 COM DIAS, Manuel Abreu Tratamento frigorífico dos alimentos / Manuel Abreu Dias. - Lisboa: Instituto Nacional de Formação Turística. Divisão de Planeamento, Pedagogia e Cooperação Técnica, imp. 1985. - 96 p. 664.8/.9 DIA Trog e a invenção do frigorífico Trog e a invenção do frigorífico / il. Carla Cortesi. - [Lisboa]: Didáctica, imp. 1982 087.5 LI Tudo sobre congelados Tudo sobre congelados / [ed. lit.] Eduardo Martins Soares. - Lisboa: Difusão Cultural, [1990]. - 364 p. : il. 641.8 TUD"A imaginação é positivamente aparentada com o infinito." [Charles Baudelaire]
  29. 29. CÂMARA FOTOGRÁFICA, 1826
  30. 30. A minha primeira enciclopédia VerboA minha primeira enciclopédia Verbo. - [Lisboa]: Verbo,[1991] - [1997]I 030 MIN “A imagem fotográficaBARTHES, RolandA câmara clara / Roland Barthes. - Lisboa: Edições 70, é toda significado, éimp. 199877.01 BAR plena, carregada, nãoDUNN, AndrewAtlas juvenil das invenções e das descobertas / Andrew há lugar vago, não seDunn ; il. de Eugene Osborne. - 2ª ed. - [Lisboa]: Notícias,1999I 008 DUN pode acrescentar-lhe nada”InventosInventos. - [Lisboa]: Marus, [1997]I 008 INVPOCINHO, António [BARTHES, Roland in Câmara Clara,1980]A ilustre máquina de Ramires : fotografias / AntónioPocinho. - 2ª ed., rev. e aument. - Lisboa: Fenda, 1999821.134.3-9 POC
  31. 31. SELO, 1837
  32. 32. O edifício da Biblioteca BARATA, José Pedro MartinsMunicipal José Saramago, em Correios : sinais do passado. signs of the past = = The postalLoures, projeto do arquiteto services / J. P. Martins Barata ; fot. Luis Filipe C. de Oliveira. - [S.l.]:Fernando Martins faz parte da Fundação das Comunicações, 1995emissão filatélica “Arquitetura 656.8(091) BARPortuguesa Contemporânea”editada pelos CTT Correios dePortugal, em 2008. DIAS, Maria do Rosário Um selo / Maria do Rosário Dias ; il. de Catarina Rebello. - [S.l.]: Horizonte, 1985 I 82-3 DIA GRANGER, NeillTOSTÕES, Ana Coleccionar selos : guia do principiante / Neill Granger. - Lisboa:Arquitectura portuguesa Estampa, 1998contemporânea / Ana Tostões; 656.835 GRAfotografia [de] Fernando Guerra.- [Portugal]: Clube doColeccionador dos Correios,2008. - 257 p. : fotografias + 20 IVO, Pedroselos dos CTT O selo da roda / Pedro Ivo. - Porto: Lello & Irmão, imp. 1984725(469) TOS 821.134.3-31 IVO
  33. 33. MOTOR DE COMBUSTÃO, 1859BASALLA, GeorgeA evolução da tecnologia / George Basalla. - Porto: Porto Editora, 200462(091) BASGONZALO FERNÁNDEZ, RamónVamos construir um motor / Ramón Gonzalo Fernández. - [Lisboa]: Texto Editora, 1992J 621.33 GONDesenvolvido no final do século XIX, o motor de combustão interna é uma das invenções recentes maisimportantes e com maior impacto na sociedade atual.Os dois tipos de motores de combustão interna mais importantes são o motor a gasolina e o motor a gasóleo oumotor Diesel (assim chamado por ter sido inventado pelo engenheiro alemão Christian Karl Diesel).Para o fornecimento de combustível ao motor são necessários: um depósito, uma bomba de injeção de gasolina eum dispositivo que transforme o combustível líquido em gasoso - o carburador.
  34. 34. ALPIARÇA, Mário JEROME, K. JeromeBTT : a bicicleta todo-o- Três homens de bicicleta /terreno? / Mário Alpiarça. - Jerome K. Jerome ; tradução deLisboa: Horizonte, 2002 Luísa Costa Gomes. - Lisboa:796.6 ALP Cotovia, cop. 1992 821-31 JERBARBOSA, AlvesA bicicleta, e a sua história LLEWELLYN, Claire/ Alves Barbosa. - Enciclopédia infantil ilustrada /Almargem do Bispo: Claire Llewellyn ; [il. David Ashby,Padões Culturais, 2007 Chris Horsey, Janos Maffy]. -629.32 BAR [Porto]: Civilização, imp. 1998 I 030 LLEDEFORGES, RégineA bicicleta azul / Régine ONDJAKI, pseud.Deforges. - Lisboa: A bicicleta que tinha bigodes:Inquérito, -cop. 1985 estórias sem luz elétrica /821-31 DEF Ondjaki. - Alfragide: Caminho, cop. 2011GRALHEIRO, JaimeO homem da bicicleta / BICICLETA, 1861 821.134.3 AN-31 ONDJaime Gralheiro. - Lisboa: LARSEN, EgonSociedade Portuguesa de As grandes invenções / EgonAutores, 1982 Larsen; tradução de José da821.134.3-2 GRA Natividade Gaspar. - 5ª ed. - Porto: Livraria Civilização, 1973 008 J LAR
  35. 35. TELEFONE, 1876
  36. 36. CAMILLERI, Andrea “Mr. Watson, preciso de falar POLLARD, MichaelA concessão do telefone / Andrea consigo!” Era o dia 10 de Março Alexander Bell : a história daCamilleri. - Lisboa: Presença, 2000 de 1876, e quem falava era invenção do telefone e o significado821-31 CAM que teve nas nossas vidas / Michael Alexander Graham Bell, jovem Pollard. - Lisboa: Replicação, 1992 inventor canadiano nascido na 929 BEL POLCoisas que nos rodeiam Escócia. Na outra extremidadeCoisas que nos rodeiam. - [Lisboa]: da linha, noutra sala, estava oMarus, [1993] seu assistente, Thomas POZNER, AndréI 0 COI Watson, que ouviu as primeiras O telefone / André Pozner ; [il.de palavras inteligíveis Danièle Shulthess]. - Lisboa: Verbo, transmitidas por telefone. [1990]FINN, Carrie 087.5 CBoas maneiras ao telefone / Carrie Desde 1872, Bell, professor deFinn ; ilustrações de Chris Lensch ; Fisiologia Vocal na[traduzido por Catarina Florindo]. - Universidade de Boston, RODARI, GianniRio de Mouro: Everest, 2011 tentava desenvolver um Novas histórias ao telefone / GianniI 39 FIN telégrafo de mensagens Rodari ; il. José Pedro Bessa. - múltiplas, usando um único fio Lisboa: Teorema, [1988] I 8-3 RODMEAD, Richard e pares de palhetas metálicasPorque será que o telefone toca : vibratórias sintonizadas, isto é,outras perguntas sobre a com a mesma frequência Trog e a invenção do telefonecomunicação / Richard Mead. - própria de vibração. Trog e a invenção do telefone / il.[Porto]: Desabrochar, 1997 Carla Cortesi. - [Lisboa]: Didáctica,I 65 MEA imp. 1982 087.5 LI [Consulta a 11.06.2012, em http://www.seleccoes.pt]
  37. 37. MOREIRA, Vinícius de Araújo Iluminação e fotometria : teoria e aplicação / Vinícius de Araújo Moreira. - 3ª ed. - São Paulo: Edgard Blücher, 1987 621.32 MOR RAMÍRES VASQUEZ, José Tecnologia da electricidade / José Ramíres Vasquez ; tradução e adaptação de Leonídio Costa. - Lisboa: Plátano, 1978 621.3 RAM Trog e a invenção da lâmpada Trog e a invenção da lâmpada / il. Carla Cortesi. - [Lisboa]: Didáctica, imp. 1982 087.5 LI TRO Em 21 de outubro de 1879, foi criada aLÂMPADA ELÉTRICA, 1879 lâmpada elétrica incandescente. A invenção é de autoria
  38. 38. A invenção mais básica totalmente genérica de carácter mental foia ideia de uma ideia. (…) O que é necessário para todas as restantes invenções ativa econscientemente construir novas ideias. (…) (George Lakoff) [BROCKMAN, John in As maiores invenções dos últimos dois mil anos, 2000] MOREIRA, Vinícius de Araújo Iluminação e fotometria : teoria e aplicação / Vinícius de Araújo Moreira. - 3ª ed. - São Paulo: Edgard Blücher, 1987 621.32 MOR RAMÍRES VASQUEZ, José Tecnologia da electricidade / José Ramíres Vasquez ; tradução e adaptação de Leonídio Costa. - Lisboa: Plátano, 1978 621.3 RAM Trog e a invenção da lâmpada Trog e a invenção da lâmpada / il. Carla Cortesi. - [Lisboa]: Didáctica, imp. 1982 087.5 LI TRO
  39. 39. RAIO X, 1895100 ANOS DA DESCOBERTA DOSRAIOS X, Lisboa, 1995100 anos da descoberta dos raios X :exposição / Museu de Ciência daUniversidade de Lisboa. - [Lisboa?]:[s.n.], 1995535.3 CEMDUNN, AndrewAtlas juvenil das invenções e dasdescobertas / Andrew Dunn ; il. deEugene Osborne. - 2ª ed. - [Lisboa]:Notícias, 1999I 008 DUN
  40. 40. RÁDIO, 1895"A tecnologia na radiologia avançou tanto que estamos prestes a chegar à era do paciente transparente”. (Andy Adam, presidente do Royal College of Radiologists)
  41. 41. A menina da rádio COLÓQUIOS SOBRE RÁDIO, 1, PLATT, RichardA menina da rádio [Registo Lisboa, 1993-94 Comunicação : dos hieróglifos à internet /vídeo] / realização de Colóquios sobre Rádio : 1ª série de Richard Platt ; prefácio de Lord MacLaurin ;Arthur Duarte ; - colóquios efectuados na Sociedade [tradução de Elsa Furtado]. - Lisboa:[Portugal]: Madragoa Portuguesa de Autores / Adelino Bertrand, imp. 2007Filmes, cop. [2001] Gomes... [et al.]. - Lisboa: Sociedade I 65 PLA791.43:732 P MEN Portuguesa de Autores. - Dom Quixote, 1996 SILVA, Manuel Deniz, e outro (s) 654.1 COL A nossa telefonia: 75 anos de Rádio Pública em Portugal / texto [de] Manuel Deniz Silva, FIGHIERA, B Nuno Domingos, Pedro Russo Moreira; Aprenda rádio / B. Fighiera. - 5ª ed. - coordenação [de] Joaquim Vieira. - Lisboa: Lisboa: Presença, imp. 1985 Tinta-da-China, 2010Os dias da rádio 621.396 FIG 659.3 R SILOs dias da rádio [DVD] /screenplay and dir. by LEAL, Olavo DEça STOUT, RexWoody Allen; music by Dick A voz da rádio / Olavo DEça Leal. - Duplo crime na rádio; Caçada ao Sr. X / RexHyman. - [U.S.A.]: Orion Lisboa: Livraria Popular, 1944 Stout. - Lisboa: Livros do Brasil, 1997Pictures Corporation, cop. 821.134.3-2 LEA 821-312.4 STO1987791.43:732 DIA MARTINS, Victor Rádio e televisão / Victor Martins. -A comunicação, das Lisboa: Plátano, 1995origens à Internet 654.1 MARA comunicação, dasorigens à Internet. - Porto:Campo das Letras, [1998]I 65 COM
  42. 42. CINEMA, 1895
  43. 43. A minha primeira enciclopédia Verbo FERREIRA, António JoaquimA minha primeira enciclopédia Verbo. - [Lisboa]: O cinema chegou a Portugal / A. J. Ferreira. - 2ª ed.Verbo, [1991] - [1997] revista. - Lisboa: Bonecos Rebeldes, 2009I 030 MIN 778.5 FERAREAL, Leonor FERREIRA, Carlos MeloFicções do real no cinema português : um país As poéticas do cinema : a poética da terra e os rumosimaginado / Leonor Areal. - Lisboa: Edições 70, 2011 do humano na ordem do fílmico / Carlos Melo791.43(469) Ferreira. - Porto: Afrontamento, cop. 2004 791.43 FERAUSTER, PaulA vida interior de Martin Frost / Paul Auster ; História(s) do cinematraduzido do inglês por Sela Cifka ; Seguido de uma História(s) do cinema [DVD] / dir. by Jean-Luc Godard.entrevista com o autor The making of : a vida interior - [França]: Gaumont, cop. 2007de Martin Frost / traduzido do inglês por Isabel Alves. 791.44 GOD- Porto: Asa, 2007791.43 AUS MARTIN, Marcel A linguagem cinematográfica / Marcel Martin ;BAZIN, André tradução [de] Lauro António, Maria Eduarda Colares. -O que é o cinema? / André Bazin. - Lisboa: Horizonte, Lisboa: Dinalivro, 2005cop. 1992 778.5 MAR791.43 BAZ PETZOLD, PaulCOMPARATO, Doc Como fazer cinema / Paul Petzold. - 3ª ed. - Lisboa:Da criação ao guião : a arte de escrever para cinema e Presença, imp. 1978televisão / Doc Comparato. - Ed. rev. e ampliada. - 778.5 PETLisboa: Pergaminho, cop. 1992791.43 COM
  44. 44. ASPIRINA, 1899
  45. 45. O comprimido branco, cujo princípio ativo é ácido acetilsalicílico, é o medicamento maisconhecido e consumido em todo o mundo. Foi também a primeira criação da indústriafarmacêutica, há mais de um século. Desde então, tem tratado provavelmente maispequenas doenças do que qualquer outro medicamento, atuando como anti-inflamatório,antipirético, analgésico, sendo usado, por exemplo, na iminência de um enfarte domiocárdio. ADAMS, Simon Século XX / texto de Simon Adams. - Lisboa: Verbo, 1997 I 008 ADA LEAL, Manuel A febre / Manuel Leal. – Lisboa: Lello Irmão, 1994 612.5 LEA CELDRÁN, Pancracio História das coisas / Pancracio Celdrán. - Lisboa: Notícias, 2000 001 CEL
  46. 46. AVIÃO, 1903
  47. 47. ADAMS, Simon MAYNARD, ChristopherSéculo XX / texto de Simon Adams. - Incríveis máquinas voadoras / escritoLisboa: Verbo, 1997 por Christopher Maynard. - [Porto]:I 008 ADA Civilização, imp. 1994 I 62 MAYAviões de espionagemAviões de espionagem : sistemas e PEARL, Lizzyaeronaves de reconhecimento. - São A história da aviação / Lizzy Pearl ;Paulo: Nova Cultural, cop. 1986 tradução de A. Ferreira. - Queluz:623.4 AVI Impala, cop. 1992 I 62 PEAAviões do futuroAviões do futuro. - São Paulo: Nova O primeiro vooCultural, cop. 1986 O primeiro voo [Registo vídeo] ; A623.4 AVI invenção da televisão. - [Alfragide]: Trog e a invenção do avião Ediclube, cop. 1998 Trog e a invenção do avião / il. CarlaAviação naval 94(100) SEC – 860 Cortesi. - [Lisboa]: Didáctica, imp. 1982Aviação naval : aeronaves 087.5 LIembarcadas. - São Paulo: Nova PLATT, RichardCultural, cop. 1986 Invenções / texto de Richard Platt. - "O avião é somente uma máquina,623.4 AVI Lisboa: Verbo, [1995] mas que invento tão maravilhoso, I 008 PLA que magnífico instrumento deMáquinas voadoras análise: revela-nos a verdadeiraMáquinas voadoras / texto de Rodas e asas face da Terra."Andrew Nahum. - 2ª ed. - [Lisboa]: Rodas e asas. - [Lisboa]: Marus,Verbo, [1995] [1996]I 62 MAQ I 62 ROD [Antoine de Saint-Exupéry]
  48. 48. FECHO-ÉCLAIR,1914Como reparar tudo em casaComo reparar tudo em casa :soluções práticas e rápidaspara resolver os problemas dodia-a-dia em casa e no jardim. -Lisboa: Selecções do ReadersDigest, 1999648(03) COMTORRADO, AntónioFecho éclair e outrosdesfechos : 4 peças em 1 acto/ António Torrado. - Lisboa:Página 4, 2002821.134.3-2 TOR
  49. 49. PENSORÁPIDO,1920A minha primeiraenciclopédia VerboA minha primeiraenciclopédia Verbo. -[Lisboa]: Verbo, [1991] -[1997]I 030 MINCLAYBOURNE, AnnaA história das invenções/ Anna Claybourne ;ilustração de AdamLarkum; concepção deSteve Wood; [traduçãode Ana Beatriz Santos]. -Alfragide: Texto, 2010I 008 CLA
  50. 50. A Televisão O homem da rua Fica só por teimosia Não encontra companhia Mas pra casa não vai não Em casa a roda Já mudou, que a moda mudaTELEVISÃO, 1925 A roda é triste, a roda é muda Em volta lá da televisão No céu a lua Surge grande e muito prosa Dá uma volta graciosa Pra chamar as atenções O homem da rua Que da lua está distante Por ser nego bem falante Fala só com seus botões O homem da rua Com seu tamborim calado Já pode esperar sentado Sua escola não vem não A sua gente Está aprendendo humildemente Um batuque diferente Que vem lá da televisão Chico Buarque No céu a lua Que não estava no programa Cheia e nua, chega e chama Pra mostrar evoluções O homem da rua Não percebe o seu chamego E por falta doutro nego Samba só com seus botões (…)
  51. 51. KUNNAS, MauriCASTRIM, Mário, pseud. Ricky, Rocky e Ringo na televisão / por MauriHistórias da televisão portuguesa / Mário Kunnas. - [Porto]: Civilização, imp. 1987Castrim. - Porto: Campo das Letras, 1997 087.5 C659.3 T CAS LACAN, JacquesCASTRIM, Mário, pseud. Televisão / Jacques Lacan ; versão brasileiraTelevisão e censura / Mário Castrim. - Porto: Antonio Quinet. - Rio de Janeiro: Jorge Zahar,Campo das Letras, 1996 cop. 1993659.3 T CAS 159.964 LACCORREIA, Carlos MAGALHÃES, Ana Maria, e outro(s)Televisão interactiva : a convergência dos Uma aventura na televisão / Ana Mariamedia / Carlos Correia. - Lisboa: Notícias, 1998 Magalhães, Isabel Alçada ; il. Arlindo659.3 T COR Fagundes. - Lisboa: Caminho, 1999 I 82-31 MAGHANKIN, RosieComo se vivia sem televisão? / Rosie Hankin ; MINTERN, Helen Televisão e vídeo / Helen Mintern ; [traduçãoil. Diana Bowles. - [Lisboa]: Replicação, 1994 de Maria Leonor Oliveira e Sousa Carneiro]. - I 31 HAN Lisboa. - São Paulo: Verbo, 1985 I 65 MINHÉROUVILLE, Yves d, e outro(s)A televisão / Yves d Hérouville & Isabelle PINTO, ManuelGougenheim. - Mem Martins: Inquérito, 2003 A televisão no quotidiano das crianças /659.3 T HER Manuel Pinto. - Lisboa: Afrontamento. - Minho: Centro de Ciências Históricas e Sociais da Universidade do Minho, 2000 659.3 PIN
  52. 52. SARTORI, Giovanni VOILIER, ClaudeHomo videns : televisão e pós-pensamento / Os Cinco na televisão: uma nova aventuraGiovanni Sartori. - Lisboa: Terramar, [2000] das personagens criadas por Enid Blyton,659.3 T SAR narrada por Claude Voilier / il. de Jean Sidobre. - [Lisboa]: Notícias, [2000]SOARES, Luísa Ducla I 8-31 VOIO rapaz que vivia na televisão e outrashistórias / Luísa Ducla Soares ; ilustrado porManuela Bacelar. - Porto: Afrontamento, cop.2002I 82-3 SOATEVES, Vasco HoganHistória da televisão em Portugal / VascoHogan Teves. - Lisboa: TV Guia, 1998654.17(469) TEVTORRES, Eduardo CintraLer televisão: o exercício da crítica contra oslugares-comuns / Eduardo Cintra Torres. -Oeiras: Celta, 1998316.77 TORTrog e a invenção da televisãoTrog e a invenção da televisão / il. CarlaCortesi. - [Lisboa]: Didáctica, imp. 1982087.5 LI
  53. 53. Um foguete espacial ou foguetão é uma máquina que se desloca expelindo atrás de si um fluxo de gás a alta velocidade.FOGUETE ESPACIAL, 1926 MYRING, Lynn Foguetes e as viagens no espaço /escrito por Lynn Myring ; des. por Roger Priddy, Iain Ashman, Kim Blundell; il. por Martin Newton, Louise Nevett, Philip Schramm. - Lisboa: Resomnia, cop. 1992 I 62 MYR WATSON, Carol O meu livro sabe tudo / Carol Watson. - Lisboa: Verbo, 1995 I 030 WAT
  54. 54. PENICILINA, 1928 PINA, Jaime A tuberculose na viragem do milénio / Jaime Pina. - Lisboa. - Porto. - Coimbra: Lidel, cop. 2000 616-002 PIN
  55. 55. RADAR, 1935A minha primeira enciclopédiaVerboA minha primeira enciclopédiaVerbo. - [Lisboa]: Verbo, [1991] -[1997]I 030 MIN Há muitos tipos de radares e o seu emprego é variado. Pode ser utilizado na marinha, aeronáutica, exército, meteorologia, aplicações científicas, entre outras.
  56. 56. COMPUTADOR, 1946O computador É uma máquina Que pensa [HEIDEMANN, Priscila Sucaa ( 10 anos, Curitiba, Paraná, Brasil ) in Cancioneiro E não pensa infanto-juvenil para a Língua Portuguesa.]
  57. 57. Aprenda v. mesmo computadores e a JÁUREGUI, José Antonio POLLARD, Michaelinternet visualmente Cérebro e emoções : o computador O computador / texto de MichaelAprenda v. mesmo computadores e a emocional / José Antonio Jáuregui ; Pollard ; il. por Terry Burton. - [S.l.]:internet visualmente. - Lisboa: prólogo de Federico Mayor Zaragoza ; Lello & Irmão, 1993Selecções do Readers Digest, 1999 [tradução de Ernesto de Carvalho]. - I 004 POL004 APR Lisboa: Dinalivro, 2001 159.942 JAU PONTE, JoãoBARBOSA, Pedro O computador, um instrumento daA ciberliteratura : criação literária e MANTEGAZZA, Giovanna O computador / texto de Giovanna educação / João Ponte. - 4ª ed. -computador / Pedro Barbosa. - Lisboa: Mantegazza ; il. de Donata Montanari. - Lisboa: Texto Editora, 1990Cosmos, 1996 [S.l.]: Asa, 1999 37 PON82.09 BAR I 004 MANDOHERTY, Gillian ROSENCHER, Emmanuel101 coisas para fazer no computador / MOLES, Abraham A pulga e o computador / Emmanueltexto de Gillian Doherty ; design e il. Arte e computador / Abraham Moles, Rosencher. - Lisboa: Instituto Piaget,Griff. - Lisboa: Verbo, [1998?] colab. Elisabeth Rohmer. - Porto: cop. 1995I 004 DOH Afrontamento, [1990] 004.31 ROS 7.01 MOLGONZALEZ, Maria Teresa Maia VACCA, RobertoO amigo do computador / Maria Teresa OXLADE, Chris Deus e o computador : romance /Maia Gonzalez. - Lisboa: Verbo, imp. A idade do computador / por Chris Roberto Vacca. - Porto:2004 Oxlade. - [Porto]: Porto Editora, cop. Afrontamento, 1987J 821.134.3-2 GON 2000 821-31 VAC I 004 OXL WEIZENBAUM, Joseph PAUL, Korky, e outro, e outro(s) O novo computador da Bruxa Mimi / O poder do computador e a razão Korky Paul e Valerie Thomas ; tradução humana : do juízo ao cálculo / Joseph [de] Gonçalo Terra. - Lisboa: Gradiva, Weizenbaum. - Lisboa: Edições 70, 2004 [1992] I 8-3 PAU 004 WEI
  58. 58. FORNO MICRO-ONDAS, 1947
  59. 59. Como cozinhar num microondasComo cozinhar num microondas / consultora editorial em cozinha vegetarianaSarah Brown. - Porto: Civilização, cop. 1995641.8 COMCozinhando com o microondasCozinhando com o microondas: curso prático ilustrado passo a passo / org. DifusãoCultural ; rev. Madalena Alçada Baptista. - Lisboa: Difusão Cultural, [1999]641.8 COZKARCH, BrigitteGuia prático do micro-ondas / Brigitte Karch ; tradução de Maria João Filipe. - 2ª ed.- Lisboa: Presença, 1998641.8 KARSCHINHARL, CorneliaReceitas para o micro-ondas / Cornelia Schinharl ; tradução de Maria JoãoCordeiro. - Lisboa: Presença, 1995641.8 SCH
  60. 60. PACEMAKER, 1950SPITERI, Helena, e outro1001 perguntas & respostas /escrito e editado por HelenaSpiteri e David Pickering. -[Porto]: Civilização, imp. 1996I 030 SPI
  61. 61. PÍLULA CONTRACETIVA, 1951
  62. 62. DEXEUS, Santiago, e outroMétodos anticonceptivos e planeamento familiar / Santiago Dexeus, MargaritaRiviere. - Mem Martins: Europa-América, [198-?]613.88 DEXGENDRON, LionelOs métodos anticoncepcionais / Lionel Gendron. - 2ª ed. - Mem-Martins: Europa-América, imp. 1974613.88 GENGOLDRACH, Charles101 conselhos de sexologia / Dr. Charles Goldrach. - Mem-Martins: Europa-América,imp. 1976613.88 GOLOLIVEIRA, Carlos Manuel Domingues Freire dePlaneamento familiar / Carlos Freire de Oliveira ; com a colaboração de F. AllenGomes... [et al.]. - Mem-Martins: Europa-América, cop. 1985613.88 OLI
  63. 63. AIRBAG, 1953 O airbag também conhecido por bolsa de ar é um componente de segurança dos carros, que pode ser usado em algumas máquinas industriais e em robôs de pesquisa.REIS, CarlosInvenções e descobertas: cronologia e Este dispositivo é constituído por pastilhasautoria / Carlos Reis. - Lisboa: Arteplural, de nitrogénio que são acionadas por uma1995001 REI descarga elétrica pela central eletrónica de um balão de ar muito resistente, que é o próprio airbag. Este por sua vez enche-se rapidamente, amortecendo o choque e evitando que o condutor e os passageiros sofram danos físicos principalmente no peito e coluna.
  64. 64. ROBÔ, 1956
  65. 65. EVANS, PeterTecnologia 2000 / [Peter Evans]. - Porto: Asa,[199-?]I 62 EVAPILKEY, DavQuico Ricotta e o robô gigante contra ospercevejos fedorentos de Saturno / mais umahistória de Dav Pilkey ; ilustrada por MartinOntiveros ; [tradução de Gonçalo Terra]. -Lisboa: Gradiva Júnior, 2007I 8-31 PILSOARES, Luísa DuclaO rapaz e o robô / Luísa Ducla Soares ;ilustrações de Miguel Horta. - Lisboa: Terramar,[1995]I 82-31 SOA Poema escrito pelo Robô ISU criado pelo artista plástico Leonel Moura.VALÉRIE-ANNE, e outro(s)Le livre mondial des inventions 2001 / Valérie-Anne, Giscard dEstaing. - [Paris]: Compagnie 12,2000008 VAL [MOURA, Leonel in Poesia robótica, 2009]
  66. 66. Os satélites artificiaisSATÉLITE ARTIFICIAL, 1957 Os satélites artificiais / [personalidade entrevistada William H. Pickering ; texto Rafael Clemente Soler]. - Rio de Janeiro: Salvat, cop. 1979 030 BIB PARKER, Steve Satélites: o presente e o futuro / Steve Parker ; il. Industrial Art Studio. - Lisboa: Bizâncio, 1998 I 52 PAR TAVARES, Joaquim F. Santos, e outros Dicionário visual Verbo / Joaquim F. Santos Tavares, Jean-Claude Corbeil, Ariane Archambault. - 2.ª ed. - [S.l.]: Verbo, imp. 1999 I 030 TAV O Sputnik - Primeiro Satélite Artificial
  67. 67. MICROCHIP, 1958 Tecnopédia Tecnopédia / escrito por Chris Woodford... [et al.] ; [tradução de Sofia Gomes]. - Porto: Civilização, cop. 2006 62 TEC
  68. 68. A minha primeira enciclopédia VerboA minha primeira enciclopédia Verbo. -[Lisboa]: Verbo, [1991] - [1997]I 030 MINDO BISTURI AO LASER, Lisboa, 1995Do bisturi ao laser: oficina de restauro LASER, 1958/ Museu Calouste Gulbenkian. - Lisboa:Fundação Calouste Gulbenkian, 1995741.025 DOB MICROCHIP, 1958MYRING, Lynn, e outroLasers / Lynn Myring e MauriceKimmitt ; [tradução de LígiaGutterres]. - Lisboa: Edições 70, [1987I 62 LASPARKER, SteveLasers: o presente e o futuro / SteveParker; il. Industrial Art Studio. -Lisboa: Bizâncio, 1998I 62 PAR
  69. 69. CABO FIBRA ÓTICA, 1966 LIMA JUNIOR, Almir Wirth Fibras óticas : curso básico de comunicação / Almir Wirth Lima Junior. - São Paulo: Hemus, cop. 1994 535 LIM
  70. 70. MULTIBANCO, 1967 A minha primeira enciclopédia Verbo A minha primeira enciclopédia Verbo. - [Lisboa]: Verbo, [1991] – 1997 I 030 MINA ideia de uma máquina onde fosse possível levantardinheiro foi inspirada, segundo John*, pelas máquinas devenda de chocolate e surgiu quando o escocês estava nacasa de banho da sua casa depois de ter regressado dobanco onde não conseguiu levantar dinheiro."Tinha de encontrar uma forma de levantar o meu dinheiroem qualquer parte do mundo", afirmou em 2007 à BBC. "Tivea ideia a partir das máquinas que vendiam chocolate, massubstituindo o chocolate por dinheiro", sublinhou.[consulta a 04.06.2012, em http://economico.sapo.pt/noticias/inventor-do-multibanco-morre-aos-84-anos_90233.html]*John Shepherd-Barron
  71. 71. E-MAIL, 1971 AMARO, Nuno Correio electrónico : como utilizar o e-mail / Nuno Amaro. - Mem Martins: CETOP, 1998 004.73 AMA MILNER, Annalisa Email / Annalisa Milner. - Porto: Civilização, cop.2000 AF 004.73 MIL PLAISTED, Caroline É arriscado namorar por e-mail / Caroline Plaisted ; tradução de Rui Wahnon. - Barcarena: Presença, 2002 J 159.922.8 PLA SILVA, Libório Manuel E-mail: guia prático do correio electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail / Libório Manuel Silva. - Portugal: Centro Atlântico, cop. 2008 004.73 SIL
  72. 72. CÓDIGO DE BARRAS, 1973 FARNDON, John Que acontece quando... / escrito por John Farndon ; il. de Steve Fricker e, Mike Harnden. - [Porto]: Civilização, imp. 1997 I 030 FAR GRAHAM, Ian Como funcionam as coisas / Ian Graham. - [Rio de Mouro]: Nova Presença, cop. 1996 I 62 GRA
  73. 73. TELEMÓVEL, 1973
  74. 74. O aparecimento do telemóvel deu-seEu quero saberEu quero saber : as invenções, a precisamente no dia 3 de Abril de 1973, pelaTerra e o Espaço. - Lisboa: Texto, mão de Martin Cooper, aquele que é2006 considerado o pai do telemóvel. Foi ele queI 0 EU fez a primeira chamada pública de um telemóvel.PLATT, RichardComunicação: dos hieróglifos à Esse acontecimento histórico ocorreu eminternet / Richard Platt ; prefácio de Nova Iorque, na esquina da rua 56ª com aLord MacLaurin ; [tradução de Elsa avenida Lexigton, perante a estupefação dosFurtado]. - Lisboa: Bertrand, imp.2007 transeuntes nada habituados a ver alguém aI 65 PLA passear de telefone na mão. [Consulta a 08.06.2012, em http://pt.scribd.com/doc/7620301/O-Surgimento- Do-Telemovel-e-a-Sua-Evolucao]
  75. 75. COMPUTADOR PORTÁTIL, 1981 PARKER, Steve 1990-2000 : era electrónica / Steve Parker. - [S.l.]: Diário de Notícias, [2003] I 62 PAR CAROCHINHO, Nuno Aprende a pintar, escrever e a usar a Internet com o teu computador / Nuno Carochinho. - Lisboa: FCA, cop. 2007 I 004 CAR
  76. 76. INTERNET, 1983
  77. 77. CASTELLS, Manuel GOMES, Dora, e outros ROSA, António MachucoA galáxia Internet: reflexões sobre Arco-íris da informática / Internet: uma história / AntónioInternet, negócios e sociedade / [elaborado por Dora Gomes, Nuno Machuco Rosa. - Lisboa: EdiçõesManuel Castells ; tradução de Rita Pires, Susana Agapito]. - Santarém: Universitárias Lusófonas, 1998Espanha; coordenação de José Página Editora, [2004]. - Vol. 6: 004.73 ROSManuel Paquete de Oliveira e InternetGustavo Leitão Cardoso. - Lisboa: I 004 GOM SOUSA, Ivo Dias deFundação Calouste Gulbenkian. O lado negro da Internet / Ivo Dias deServiço de Educação e Bolsas, 2004 HENNO, Jacques Sousa. - Lisboa: FCA-Editora de004.73 CAS A Internet / Jacques Henno. - Mem Informática, cop. 1999O futuro da Internet Martins: Inquérito, [2003] 004.73 SOUO futuro da Internet: estado da arte 004.73 HENe tendências de evolução /coordenação [de] José Augusto HUITEMA, Christian WARD-JOHNSON, ChrisAlves, Pedro Campos e Pedro E Deus criou a Internet... / Christian A internet / Chris Ward-Johnson. -Quelhas Brito. - Matosinhos: Centro Huitema. - Lisboa: Dom Quixote, [Cacém]: Texto Editora, 1999Atlântico, 1999 1995 I 004 WAR004.73 FUT 004.73 HUIGIFFORD, Clive LEMOS, Manuel WINGATE, PhilippaUma incrível aventura à volta do Estar na Internet / Manuel Lemos. - Internet para principiantes / texto demundo com o Google Earth / texto Lisboa [etc.]: McGraw-Hill, cop. Philippa Wingate ; il. de Andy Griffin. -de Clive Gifford ; ilustrações de 1998 Lisboa: Verbo, imp. 1998William Ings ; [tradução de Jorge 004.73 LEM J 004 WINPalinhos]. - Portela: BookSmile, 2011I 004 GLI
  78. 78. SMS, 1992 A alma não é pequena A alma não é pequena : 100 poemas portugueses para sms / [organização e selecção de] Valter Hugo Mãe, Jorge Reis-Sá. - Lisboa: Centro Atlântico, 2003 821.134.3-1 A ALM
  79. 79. As garças já não passam Golas manchadas à pressa, a Por aqui, o frio impede a Merda à mesa, um Rotação da imagem, um silvo Cobertor pelas costas no fundo Preenche os ouvidos como o Do dia, vejo a areia que Canto das raparigas espalha O vento traz à estrada, por vezes A sobrevivência em redor do Acordo com o despiste dos Peixe, os velhos morrem àValter hugo mãe, em centro atlântico Forasteiros, chamo as ambulâncias e Tardinha depois do sol os Imagino-me longe para voltar a Espevitar, vejo as viúvas como Dormir, e Travessões largos no cimento dos Passeios, enquanto os putos Juro que na fome dos lençóis Ameaçam as ondas e crescem Chego virgem ao fim da À tangente da areia, o azar noite Vem do silêncio difícil de Expressar, a gente de lã, as
  80. 80. IPOD, 2001MAHAJAN, ShobhitHistória das invenções : da antiguidade aos nossos dias / Shobhit Mahajan ; [tradução de Shikha BatukRaikundalia]. - [Alemanha]: H. F. Ullmann, cop. 200862(091) MAHTecnopédiaTecnopédia / escrito por Chris Woodford... [et al.] ; [tradução de Sofia Gomes]. - Porto: Civilização, cop. 200662 TEC
  81. 81. Trabalho realizado em equipa (Maria Rijo, Rita Pitada, Adriana Silva e Elsa Bento) Biblioteca Municipal José Saramago, Loures Julho 2012Agradecemos a colaboração dos colegas e utilizadoresda biblioteca que amavelmente aceitaram seremfotografados.
  82. 82. “O mundo é a linguagem como invenção.” [HELDER, Herberto in Photomaton & Vox, 1995]

×