Cibercultura construtivismo

213 visualizações

Publicada em

Breve relato sobre Construtivismo pos-piagetiano e Cibercultura

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
213
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cibercultura construtivismo

  1. 1. Uma Parceria entre a Cibercultura e a Corrente neocognitivista do Construtivismo Pós-piagetiano Universidade Aberta do Brasil – UAB Laboratório de Novas Tecnologias – LANTE Novas Tecnologias no Ensino da Matemática – NTEM Informática Educativa I – 1.2015 Matheus Freitas de Oliveira [ANcgr214] – Grupo 1
  2. 2. C Uma Parceria entre a Cibercultura e a Corrente neocognitivista do Construtivismo Pós-piagetiano NTEM Informática Educativa I – 1.2015 Matheus Freitas de Oliveira [ANcgr214] – Grupo 1 “Três coisas são, portanto, necessárias de serem ditas para quem quiser ajudar e não dificultar as condições do agir pedagógico. A primeira é que práticas pedagógicas implicam necessariamente decisões e ações que envolvem o destino humano das pessoas, requerendo projetos que explicitem direção de sentido da ação educativa e formas explicitas do agir pedagógico. (...) A segunda é que não é suficiente, quando falamos em práticas escolares, a análise globalizante do problema educativo. (...) E a terceira: dada a natureza dialética da pedagogia, ocupando-se ao mesmo tempo da subjetivação e da socialização, da individuação e da diferenciação, cumpre compreender as práticas educativas como atividade complexa, uma vez que encontram-se determinadas por múltiplas relações e necessitam para o seu estudo, do aporte de outros campos de saberes.” (LIBÂNEO, 2005)
  3. 3. C Uma Parceria entre a Cibercultura e a Corrente neocognitivista do Construtivismo Pós-piagetiano NTEM Informática Educativa I – 1.2015 Matheus Freitas de Oliveira [ANcgr214] – Grupo 1  SOBRE A CIBERCULTURA o De acordo com Edméa Santos (2011), a cibercultura é uma cultura atual que se define por todo e qualquer espaço constituído pelas tecnologias digitais em rede, que é multidimensional e que permite ao usuário acesso, manipulação, transformação e o intercâmbio de informações, mediante a interação do usuário. o Tal cultura possui algumas características. São elas: • O excesso de informações geradas pela emergência de discursos silenciados pela edição de informações de mídias massivas. • Reconfiguração das práticas, evitando a substituição ou aniquilamento de expressões da cibercultura; • Conectividade generalizada onde o tempo é reduzido ao tempo real e o espaço ao não-espaço.
  4. 4. C Uma Parceria entre a Cibercultura e a Corrente neocognitivista do Construtivismo Pós-piagetiano NTEM Informática Educativa I – 1.2015 Matheus Freitas de Oliveira [ANcgr214] – Grupo 1  SOBRE A CORRENTE NEOCOGNITIVISTA DO CONSTRUTIVISMO PÓS-PIAGETIANO o Essa corrente trata-se daquela que inclui correntes que subsidiam o estudo da aprendizagem do desenvolvimento, da cognição, da inteligente, entre outros. o Em educação, o termo construtivismo se refere à teoria em que a aprendizagem humana é resultado de uma construção mental realizada pelo indivíduo com base em suas vivências no mundo e com os demais indivíduos.
  5. 5. C Uma Parceria entre a Cibercultura e a Corrente neocognitivista do Construtivismo Pós-piagetiano NTEM Informática Educativa I – 1.2015 Matheus Freitas de Oliveira [ANcgr214] – Grupo 1  A Cibercultura em Prol do Construtivismo Pós-piagetiano o Como citado por Anabela Silva e Susana Martins em seu texto “Falar de Matemática hoje é...”, a construção de conceitos matemáticos é um processo que requer participação ativa da criança-aluno que irá fazendo as passagens do concreto para o abstrato. o Ainda segundo as autoras, o computador se apresenta como um ótimo instrumento no desenvolvimento de experiências e no ensaio de estratégias de resolução de problemas. Além disso, corrobora para a formulação, investigação e exploração de situações problemas. o A Cibercultura promove um espaço favorável ao aprendizado significativo por meio da construção de conceitos, visto que, como o apresentado pela autoras, ela promove um espaço para reflexão e experimentações, além das inúmeras possibilidades de interações com demais indivíduos. o A abstração de conceitos matemáticos pode ser dado através da vivências desses alunos em diferentes meios e daí com materiais concretos. O acesso a esses diferentes meios se torna acessível com a Cibercultura.

×