SINTOMAS COMUNS DA
EXISTÊNCIA DE MALDIÇÕES.
Parte I
DOM MINISTERIAL CONTAMINADO
Quando a pessoa está “servindo a Deus” com
dons espíritas.
Para alguns, isso pode parecer estranho e até
inadmissível, mas se você estudar as cartas que Jesus
enviou para as igrejas...
Quando analisamos as nossos origens como nação
brasileira, e também a forma como a nossa história se
desenrolou, percebemo...
Existem três opções para lidarmos com o nosso passado
geracional:
A primeira é ficar lamentando sobre as nossas terríveis
...
A terceira opção, é a mais viável, seria redimir a nossa
história, desempenhando como igreja, o papel sacerdotal
que nos c...
Qual é o sintoma latente em estas famílias?
Pessoas desde criança apresentando dons sobrenaturais,
como premonição, visão ...
A essência do ocultismo é receber e manipular
conhecimento, poder, prazer e favores de todas as
espécies provenientes de u...
É comum pessoas recém-convertidas, que vieram do
ocultismo, onde ocupavam até mesmo posições
sacerdotais, que em pouco tem...
SIMÃO PEDRO
X
SIMÃO, O MAGO
O livro de Atos dos Apóstolos nos relata um grande
exemplo, Atos 8:1-25.
No versículo 13 Simão tinha uma admiração maior “...
Observemos que Simão já havia se convertido, já havia se
batizado, foi discípulo de Filipe e era uma grande
testemunha de ...
CAJADO
OU
COBRA?
Ex 3: 1-22
Esse é outro exemplo tremendo, o exemplo de Moisés.
Onde Moisés fora educado? No Egito, uma nação
mergulhada no ocultismo,...
Era necessário que Moisés enfrentasse o seu passado de
feitiçaria, amargura, decepção que havia culminado em
um assassinat...
FIM
O PROFANO DISFARÇADO
DE SANTO.
Uma das tarefas do sacerdote é distinguir o santo do
profano.
Existe uma linha tênue que separa alguns conceitos, mas
na s...
PROFECIA X ADIVINHAÇÃO
“E disse-me o Senhor: Os profetas profetizam
falsamente em meu nome; nunca os enviei, nem
lhes dei ordem, nem lhes falei; ...
A profecia, divinamente inspirada, sempre ocorre com a
motivação e o propósito de consolar, edificar e exortar.
Quando a e...
É interessante observar que na cultura religiosa afro-
brasileira, existe o falso Jesus.
OXALÁ
A falsa Maria
Iemanjá
O falso Espírito Santo
ifã
É o espírito da
adivinhação,
mediunizado e
consultado por
tantos, através dos
búzios, tarôs,
co...
O livro de atos nos mostra um episódio entre adivinhação
e profecia.
“E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao enco...
Apesar de o texto logo de início denunciar que essa jovem
tinha um espírito adivinhador, isso só foi percebido por
Paulo m...
Paulo então teve um claro discernimento acerca do
ministério profético daquela jovem.
Paulo entendeu com o discernimento v...
OUVIR A VOZ DE DEUS
X
AUDIÇÃO MEDIÚNICA
(ESQUIZOFRENIA)
A Bíblia fala de homens que ouviram a voz de Deus
diretamente da sua boca.
Samuel ouviu a voz de Deus, Moisés falava de ca...
Estas situações podem evoluir até um quadro de mania de
perseguição, esquizofrenia, produzindo confusão, loucura
e até sui...
VISÃO PROFÉTICA
X
TERCEIRO OLHO ABERTO
“Antigamente em Israel, indo alguém consultar a Deus,
dizia assim: vinde, vamos ao vidente; porque ao profeta de
hoje, out...
Nós estamos em
uma época do
esoterismo,
onde muitas
pessoas estão
envolvidas com
este tipo de
religião.
(espiritismo
orien...
E principalmente, nas religiões da Nova Era ou sociedades
secretas como Rosa Cruz.
Essa é a capacidade de enxergar o mundo...
O ARREBATAMENTO DE ESPÍRITO
X
PROJEÇÃO ASTRAL.
O arrebatamento de espírito também é uma experiência
bíblica, experimentada por vários profetas e apóstolos.
“Eliseu, poré...
A projeção astral é a forma satânica de uma pessoa sair
fora do seu corpo, viajando pelo mundo espiritual regido
pelos dem...
FIM
Sintomas comuns da existência de maldição parte i 9
Sintomas comuns da existência de maldição parte i 9
Sintomas comuns da existência de maldição parte i 9
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sintomas comuns da existência de maldição parte i 9

642 visualizações

Publicada em

Serie Pastoreando uma Igreja Ferida parte 9

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sintomas comuns da existência de maldição parte i 9

  1. 1. SINTOMAS COMUNS DA EXISTÊNCIA DE MALDIÇÕES. Parte I
  2. 2. DOM MINISTERIAL CONTAMINADO Quando a pessoa está “servindo a Deus” com dons espíritas.
  3. 3. Para alguns, isso pode parecer estranho e até inadmissível, mas se você estudar as cartas que Jesus enviou para as igrejas da Ásia vai se deparar exatamente com essas realidades. Jesus menciona que dentro das igrejas haviam os que eram da sinagoga de satanás (Esmirna), os que eram da doutrina de balaão, os que seguiam a doutrina dos nicolaítas (Pérgamo), os adeptos de Jezabel (Tiatira). Essa infiltração dos dons espíritas no ministério da igreja normalmente resulta de um passado de ocultismo vivido pela pessoa e também está associada a uma herança familiar de feitiçaria.
  4. 4. Quando analisamos as nossos origens como nação brasileira, e também a forma como a nossa história se desenrolou, percebemos uma pesada carga de ocultismo na nossa bagagem cultural. Nossa cosmovisão religiosa e cultural foi formada por um sincretismo envolvendo a pajelança nativa, o catolicismo islamizado de Portugal (sincretizado com a necromancia e outras formas de espiritismo), a quimbanderia negra dos escravos africanos e o kardecismo francês. Tudo isso se misturou dando origem a várias outras religiões.
  5. 5. Existem três opções para lidarmos com o nosso passado geracional: A primeira é ficar lamentando sobre as nossas terríveis heranças espirituais baseadas em imoralidade, ocultismo, violência e escravidão, como fomos roubados pelos colonizadores. A segunda seria, simplesmente, ignorar a nossa história e tentar remar o barco com a âncora lançada. Arrastar esse tipo de âncora pode fazer com que demoremos muito mais a chegar onde precisamos chegar no propósito de Deus e, até mesmo, colocar nossos esforços em colapso.
  6. 6. A terceira opção, é a mais viável, seria redimir a nossa história, desempenhando como igreja, o papel sacerdotal que nos cabe. “E eles edificarão as antigas ruínas, levantarão as desolações de outrora, e restaurarão as cidades assoladas, as desolações de muitas gerações.” Is 61:4 A maioria dos nossos familiares e antepassados se envolveram direta e indiretamente com ocultismo. Em muitas famílias percebe-se um cajado de feitiçaria sendo passado de geração em geração. Apesar do rótulo “católico, apostólico, romano”, ou também “evangélico”, em cada geração, é fácil encontrar uma ou mais pessoas envolvidas diretamente com ocultismo, magia, bruxaria, satanismo, espiritismo, sociedade secreta, e pajelança.
  7. 7. Qual é o sintoma latente em estas famílias? Pessoas desde criança apresentando dons sobrenaturais, como premonição, visão de espíritos, audição de vozes, viagem astral, adivinhação, incorporação e guia de entidades e outras formas de mediunidade. Médium, em latim significa “aquele que está no meio”, é a palavra usada pelo espiritismo para designar pessoas que seriam um elo entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos. A pessoa desde infância é acometida por uma forte atração e desejos estranhos ligados ao ocultismo, filmes de terror, feitiçaria, ligação com os mortos e perversão sexual.
  8. 8. A essência do ocultismo é receber e manipular conhecimento, poder, prazer e favores de todas as espécies provenientes de uma fonte espiritual realmente demoníaca, e não divina. Quando essas pessoas chegam à experiência da salvação na pessoa de Jesus, inicia-se um confronto com todos esses hábitos, e padrões. Que foram recebidos no ocultismo, seja por prática ou herança. A questão básica para ser trabalhada com esse tipo de pessoa é a idolatria pelo poder. Em praticamente todos os ramos do ocultismo desenvolve-se uma cultura de idolatria pelo sobrenatural, uma sensação arrogante de ser mais “especial”.
  9. 9. É comum pessoas recém-convertidas, que vieram do ocultismo, onde ocupavam até mesmo posições sacerdotais, que em pouco tempo já se auto estabelecem líderes e pastores de uma igreja. Continuam sendo inspiradas pela mesma concupiscência de poder que aprenderam no ocultismo. Se isso não for tratado, mesmo que o ministério dessa pessoa tenha uma roupagem evangélica a essência será espírita. O ponto mais importante a ser tratado em uma pessoa que veio das práticas ocultistas é a idolatria pelo poder. Essa é uma maneira sutil do inimigo se infiltrar na igreja eu e roubar a autoridade que Deus deu ao líder espiritual.
  10. 10. SIMÃO PEDRO X SIMÃO, O MAGO
  11. 11. O livro de Atos dos Apóstolos nos relata um grande exemplo, Atos 8:1-25. No versículo 13 Simão tinha uma admiração maior “pelo poder de Deus” do que pela “pessoa de Deus”. Simão tenta comprar esse poder que ele tanto cobiçava. (V. 18) Pedro consegue discernir a infiltração maligna e confronta a Simão, indo na verdadeira raiz do seu problema, que era, a idolatria pelo poder. (v.20-23)
  12. 12. Observemos que Simão já havia se convertido, já havia se batizado, foi discípulo de Filipe e era uma grande testemunha de conversão para todos em Samaria. Mas da mesma forma que se auto promovia manipulando o poder de satanás ele queria se promover com o poder de Deus. Era uma pessoa sincera que queria servir a Deus, porém agindo com a inspiração, espírita.
  13. 13. CAJADO OU COBRA? Ex 3: 1-22
  14. 14. Esse é outro exemplo tremendo, o exemplo de Moisés. Onde Moisés fora educado? No Egito, uma nação mergulhada no ocultismo, que cultuava os mortos construindo pirâmides, que na verdade eram túmulos ou altares aos espíritos de morte. Tudo isso contaminou a motivação de Moisés em ajudar o seu povo, a ponto dele matar uma pessoa. Moisés foge para Midiã e fica no seminário do pastor Jetro. Deus então não só cura o coração de Moisés como também purifica o seu ministério. Deus ordena a Moisés jogar o seu cajado no chão, e ele se transforma em serpente, Deus estava dizendo para Moisés que seu cajado ou seja o seu ministério estava contaminado.
  15. 15. Era necessário que Moisés enfrentasse o seu passado de feitiçaria, amargura, decepção que havia culminado em um assassinato no Egito. O segredo da libertação ministerial é abrir mão do ministério ou seja perder o ministério para Deus. Deixar o cajado se transformar em serpente e depois voltar um cajado puro sem nenhum vínculo do passado espírita.
  16. 16. FIM
  17. 17. O PROFANO DISFARÇADO DE SANTO.
  18. 18. Uma das tarefas do sacerdote é distinguir o santo do profano. Existe uma linha tênue que separa alguns conceitos, mas na sua manifestação podem ser bem parecidos, mas, espiritualmente, são conflitantes. O esforço de satanás se concentra na falsificação, na camuflagem, tentando se confundir com o divino.
  19. 19. PROFECIA X ADIVINHAÇÃO
  20. 20. “E disse-me o Senhor: Os profetas profetizam falsamente em meu nome; nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei; visão falsa, e adivinhação, e vaidade, e o engano do seu coração são o que eles vos profetizam”. Jr 14:14
  21. 21. A profecia, divinamente inspirada, sempre ocorre com a motivação e o propósito de consolar, edificar e exortar. Quando a essência do profeta ou da profecia diverge disso, a situação está atravessando uma linha perigosa. Por isso, que toda a profecia precisa ser julgada, passando pelo os cinco filtros: 1. O caráter de Deus; 2. A palavra de Deus; 3. Os princípios de Deus; 4. O conselho de Deus; 5. A paz de Deus.
  22. 22. É interessante observar que na cultura religiosa afro- brasileira, existe o falso Jesus. OXALÁ
  23. 23. A falsa Maria Iemanjá
  24. 24. O falso Espírito Santo ifã É o espírito da adivinhação, mediunizado e consultado por tantos, através dos búzios, tarôs, consultas espíritas.
  25. 25. O livro de atos nos mostra um episódio entre adivinhação e profecia. “E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E, na mesma hora, saiu”. Atos 16:16-18
  26. 26. Apesar de o texto logo de início denunciar que essa jovem tinha um espírito adivinhador, isso só foi percebido por Paulo muitos dias depois. É interessante notar como ela participava das reuniões de oração como uma crente qualquer, tendo oportunidade de profetizar até mesmo sobre a vida de Paulo e Silas. Inclusive o conteúdo de suas profecias confirmava alguns fatos reais de forma animadora. Mesmo sem conhecê-los ela falou acertadamente tudo sobre eles. Porém, depois de muitos dias, o espírito de Paulo se perturbou com a situação.
  27. 27. Paulo então teve um claro discernimento acerca do ministério profético daquela jovem. Paulo entendeu com o discernimento vindo de Deus que a verdadeira natureza das profecias era adivinhação. Ela era estranhamente uma “crente pitonisa”. Uma das diferencias entre uma pessoa adivinhadora e profeta está no amor ao lucro. Quando uma pessoa usa o dom para lucrar ela é uma pitonisa. Uma característica inconfundível de um falso profeta é uma motivação centrada no amor ao dinheiro. Seu compromisso com o “dinheiro” é maior que com a “voz de Deus”.
  28. 28. OUVIR A VOZ DE DEUS X AUDIÇÃO MEDIÚNICA (ESQUIZOFRENIA)
  29. 29. A Bíblia fala de homens que ouviram a voz de Deus diretamente da sua boca. Samuel ouviu a voz de Deus, Moisés falava de cara a cara com Deus... Mas qual é a contrafação satânica disso é conhecido mediunidade auditiva, quando alguém começa estranhamente a ouvir vozes sobrenaturais. A princípio, a pessoa pode se sentir “especial, escolhida” confundindo muita gente bem intencionada, porém, mal informada, mas depois, isso se transforma em sérias perturbações. (é comum as pessoas em seus envolvimentos espíritas serem doutrinadas por seus “guias” através de contato auditivo e visual).
  30. 30. Estas situações podem evoluir até um quadro de mania de perseguição, esquizofrenia, produzindo confusão, loucura e até suicídio e homicídio. Este tipo de sintoma tem sido cada vez mais comum com pessoas crentes, gente da igreja, e normalmente está associado com um passado pessoal e geracional no ocultismo, juntamente com situações crônicas de abusos verbais, físicos, sexuais.
  31. 31. VISÃO PROFÉTICA X TERCEIRO OLHO ABERTO
  32. 32. “Antigamente em Israel, indo alguém consultar a Deus, dizia assim: vinde, vamos ao vidente; porque ao profeta de hoje, outrora se chamava vidente”. I Sm 9:9 Profetas como Samuel, Eliseu e muitos outros tinham da parte de Deus uma vidência legitimamente profética.
  33. 33. Nós estamos em uma época do esoterismo, onde muitas pessoas estão envolvidas com este tipo de religião. (espiritismo oriental. China, Índia, Tibet e etc.) Terceiro olho
  34. 34. E principalmente, nas religiões da Nova Era ou sociedades secretas como Rosa Cruz. Essa é a capacidade de enxergar o mundo espiritual ou o invisível através da intervenção de uma entidade demoníaca. É o dom da vidência ativado malignamente. Muitos rituais são feitos para que a pessoa atinja esse nível de “iluminação”. Esses rituais redundam em pactos extremamente sérios que foram fechados com forças obscuras que essas pessoas, na verdade, ignoram.
  35. 35. O ARREBATAMENTO DE ESPÍRITO X PROJEÇÃO ASTRAL.
  36. 36. O arrebatamento de espírito também é uma experiência bíblica, experimentada por vários profetas e apóstolos. “Eliseu, porém, lhe disse: porventura, não fui contigo em espírito, quando aquele homem voltou do seu carro ao teu encontro? Era isto ocasião para receberes prata e roupa, olivais e vinhas, ovelhas e bois, servos e servas?” II Reis 5:26 “Imediatamente fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assento sobre o trono”. Ap 4:2 “conheço um homem em Cristo que há catorze anos se no corpo não sei, se fora do corpo não sei; Deus o sabe, foi arrebatado até o terceiro céu.” II Co 12:2
  37. 37. A projeção astral é a forma satânica de uma pessoa sair fora do seu corpo, viajando pelo mundo espiritual regido pelos demônios, estabelecendo pactos, monitorando a vida de pessoas. A viagem astral é um dos principais elementos da bruxaria: A vassoura da bruxa; (viagem astral) O caldeirão da bruxa ; (porção mágica) A maça da bruxa; (encantamento) O gato da bruxa.(monitoramento) Escola de bruxaria em São Paulo
  38. 38. FIM

×