Criação de personagens e introdução à direção de atores

1.045 visualizações

Publicada em

A criação de personagens integrada nas etapas iniciais do processo de pré-produção AV. Fundamentos da direção de atores. Produção e Realização AV do Mestrado em Comunicação Multimédia da Universidade de Aveiro

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.045
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
128
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criação de personagens e introdução à direção de atores

  1. 1. Produção e Realização Audiovisual 1 MÓDULO: criação DE PERSONAGENS E DIREÇÃO DE ATORES mcmm | 1º Ano | 1º Semestre Universidade de Aveiro | 2013-2014 Pedro Almeida, HELDER CAIXINHA nuno barbosa [1] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  2. 2. SUMÁRIO AULA 5          [2] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  3. 3. Da ideia à criação de personagens Introdução à pré-produção [3] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  4. 4. NARRATIVA AV | DA IDEIA À NARRATIVA [4] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  5. 5. NARRATIVA AV | IDEIA pretende-se contar uma história mas conta-se … mostrando evitar os clichés > procurar: originalidade ou um “olhar” diferente [5] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  6. 6. NARRATIVA AV | STORY-LINE 1 2 desenvolvimento do conflito 3 [6] apresentação do conflito resolução do conflito PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  7. 7. NARRATIVA AV | STORY-LINE [7] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  8. 8. NARRATIVA AV | STORY-LINE Homem vs Homem [8] The Good, the Bad and the Ugly (1966) PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  9. 9. NARRATIVA AV | STORY-LINE Homem vs Ele próprio [9] Fight Club (1999) PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  10. 10. NARRATIVA AV | STORY-LINE Homem vs forças não humanas [10] The twilight zone (1959-1964) PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  11. 11. NARRATIVA AV | STORY-LINE Homem Vs Homem Homem Vs Ele próprio [11] Homem Vs forças não humanas PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  12. 12. NARRATIVA AV | STORY-LINE conflito resolução [12] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  13. 13. NARRATIVA AV | SINOPSE  [13] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  14. 14. NARRATIVA AV | SINOPSE         [14] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  15. 15. NARRATIVA AV | SINOPSE Daniel, um homem de 25 anos, estatura média, barba e cabelos escuros, acorda sobressaltado após uma noite de pesadelos. Contudo, inicia o seu dia normalmente com as habituais tarefas diárias. Depois de se arranjar e vestir segue para a rua para exercer o seu hobbie de fotografia. Durante uma sessão fotográfica pelos landmarks da cidade, encontrase com uma desconhecida que se mete à frente da sua foto. Esta, chama-se Maria e é também uma jovem mulher com traços elegantes. Ambos se afeiçoam e depois de um gelado e um passeio pelo parque, Daniel leva Maria a casa. Depois de esta sair do carro sem o convidar para entrar, Daniel resolve entrar pelas traseiras. Maria, já em casa e a preparar-se para se deitar, ouve um barulho lá fora. Assustada, vai averiguar o que se passa mas logo se apercebe que não está ninguém e fecha a porta. Continua a sua rotina e vai à casa-de-banho. Ao olhar-se ao espelho, é surpreendida por Daniel que já se encontrava dentro de casa. Daniel tapa-lhe a boca com a mão, agarrando-a e imobilizando-a. Esta tenta escapar mas já nada pode fazer e Daniel mata-a e envolve-a num saco levando-a para um local remoto onde incendeia e enterra o corpo. Volta para casa, lava as mãos e após revelar as fotos da tarde, coloca-as na parede, pega na sua guitarra e começa a tocar a música Black Bird dos Beatles enquanto contempla as inúmeras fotos das pessoas que havia matado antes. [15] Blackbird (NTC 2011) Quem Quando Onde PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  16. 16. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS “a construção de personagens consiste em transformar a psicologia em comportamentos” [16] Thelma & Louise(1991) PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  17. 17. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS INT. RESTAURANT—MORNING (PRESENT DAY) Louise is a waitress in a coffee shop. She is in her early thirties, but too old to be doing this. She is very pretty and meticulously groomed, even at the end of her shift. She is slamming dirty coffee cups from the counter into a bus tray underneath the counter. It is making a lot of RACKET, which she is oblivious to. There is COUNTRY MUZAK in the b.g., which she hums along with. “waitress (…) meticulously groomed, even at the end of her shift” “COUNTRY MUZAK in the b.g., which she hums along with” [17] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  18. 18. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS INT. THELMA’S KITCHEN—MORNING a importância de apresentar as personagens THELMA is a housewife. It’s morning and she is slamming coffee cups from the breakfast table into the kitchen sink, which is full of dirty breakfast dishes and some stuff left from last night’s dinner which had to “soak.” The TV is ON in the b.g. From the kitchen, we can see an incomplete wallpapering project going on in the dining room, an obvious “do-it-yourself” attempt by Thelma. “slamming coffee cups from the breakfast table into the kitchen sink” “an incomplete wallpapering project going on in the dining room” [18] Thelma & Louise(1991) Adaptado de Cooper & Dancyger “Writing the Short Film” PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  19. 19. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS   Um ponto de tensão/conflito a acompanhar [19] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  20. 20. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS        [20] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  21. 21. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS Segundo Renée Harmon – The beginning filmakers guide to directing simples [21] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  22. 22. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS complexas [22] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  23. 23. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS planas [23] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  24. 24. NARRATIVA AV | CRIAÇÃO DE PERSONAGENS [24] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  25. 25. Direção de atores [25] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  26. 26. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS    [26] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  27. 27. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS         [27] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  28. 28. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS       [28] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  29. 29. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS      “The material of the director’s creativity is the creativity of the actor” Stanislavsky [29] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  30. 30. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [30] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  31. 31. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS       [31] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  32. 32. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS Respeitar a regra dos terços Não dar mais de 1/3 à personagem de costas [32] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  33. 33. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS Intercalar com planos cruzados e plano frontal se necessário [33] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  34. 34. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [34] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  35. 35. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [35] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  36. 36. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [36] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  37. 37. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [37] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  38. 38. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [38] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  39. 39. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS     [39] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  40. 40. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [40] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1
  41. 41. DIREÇÃO DE ATORES | FUNDAMENTOS [41] PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 1

×