Tecnologia da informação

73 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
73
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologia da informação

  1. 1. Tecnologia da Informação Esse termo é a junção de todos os recursos tecnológicos e computacionais que são utilizados para a informação. Conhecida como T.I. está fundamentada nos componentes segundo Rezende, 2002:  Hardware e seus dispositivos e periféricos  Softwares e seus recursos  Sistemas de telecomunicações Gestão de dados e informações O principal motivo para o uso da T.I. é a busca pela qualidade, sendo a mesma as vezes uma única maneira de fazer determinado trabalho melhorando processos internos, aplicando melhores controles, reduzindo custos e melhorando a qualidade e disponibilidade das informações. O funcionamento de um setor ou departamento de T.I. precisa ter uma estrutura bem organizada e bem definida. Segundo Albertin, 2005: as organizações tem usado mais a T.I. como uma poderosa ferramenta empresarial, que influencia na competitividade e estratégias empresarias voltadas para o futuro. Para o uso com eficiência da T.I. se rompeu o paradigma de que era apenas uma junção de hardware e software. No atual momento se alinha as metodologias de desenvolvimento com estratégias e com as características da empresa e de sua estrutura organizacional. A informação é um patrimônio, um bem onde está agregado valores e os sentidos de atividades, onde se é necessário fazer uso de recursos de T.I. Obviamente esses recursos são utilizados de maneira apropriada, com sistemas e outros meios que façam das informações um diferencial.
  2. 2. Os modelos de Gestão que tratam do papel da T.I. nas organizações podem se classificadas em quatros grupos.  Modelos de diagnósticos: fornecem instrumentos e critérios para que seja diagnosticado o papel da T.I.  Modelos prescritivos: indicam padrões de benchmark a serem seguidos para melhores práticas relativas ao uso estratégico da T.I. e para seleção de aplicações de T.I. a serem desenvolvidos para impactos positivos da organização.  Modelos integrativos: agregam vários elementos formando uma estrutura mais ampla da análise. Modelo de Gestão em T.I A área de T.I deve ser administrada levando-se em conta não somente aspectos técnicos, mas também o impacto estratégico da T.I na empresa. Observam-se os seus principais modelos:  BALANCED SEORECARD: não e um modelo especifico mais amplamente utilizado para medição do desempenho da organização.  COBIT: visa alinhar a T.I aos objetivos do negocio, maximizando os benefícios e utilizando os recursos e minimizando os riscos.  ITIL: permiti maior controle sobre a qualidade dos serviços de T.I.  PMBOK: metodologia amplamente utilizada para gerenciamento de projetos, independentes de T.I.  CMMI: fornece condições para melhoria de processos da organização.
  3. 3.  ISO/IEC 20000: conjunto que define as melhores práticas de gerenciamento de serviços de T.I. Para conclusão do uso da T.I, se reconhece que seu papel na sociedade se dá como um todo. A informatização atinge as mais diversas áreas e esta cada dia mais presente no cotidiano das pessoas. Muitas vezes a T.I e seus recursos passam despercebidos, sendo utilizados em transações bancarias, solicitações de cadastramentos feitos em banco de dados, nas compras de mercado e ate mesmo em utilizar o telefone. Existem muitos exemplos, todos significativos nas organizações empresariais e no dia a dia como uma ferramenta a ser mais e mais explorada, a fim de aumentar o desempenho de seu uso.

×