População e povoamento

442 visualizações

Publicada em

Esta apresentação fala sobre geografia, mais precisamente a população e o povoamento.

Publicada em: Educação
5 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
5
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

População e povoamento

  1. 1. É a ciência que tem como objetivo o estudo da evolução e distribuição das populações humanas.
  2. 2. Recolha de informações demográficas , económicas e sociais sobre a totalidade da população de uma área definida num determinado momento. Através destas informações ficamos a saber:  Quantos somos?  Como somos?  Onde vivemos?  Como vivemos?
  3. 3. É o total de nados-vivos ocorridos num determinado território, num certo intervalo de tempo.
  4. 4. número de nados vivos por cada mil habitantes , ocorridos num determinado local , num certo intervalo de tempo. TBN= x 1000Nº de nados vivos População absoluta
  5. 5. Número de óbitos ocorridos num determinado território, num certo intervalo de tempo.
  6. 6. número de óbitos por cada mil habitantes , ocorridos num determinado local , num certo intervalo de tempo. TBM= x 1000Nº de óbitos População absoluta
  7. 7. Número de óbitos de crianças com menos de um ano, por mil nados-vivos nascidos num determinado local num certo intervalo de tempo.
  8. 8. Diferença entre a natalidade e a mortalidade. CN= N- M
  9. 9. Diferença entre a taxa bruta de natalidade e a taxa bruta de mortalidade. TCN= TBN- TBM
  10. 10. número médio de anos que uma pessoa à nascença pode esperar viver.
  11. 11.  Imigração>Emigração – Saldo migratório positivo  Imigração<Emigração- Saldo migratório negativo.  Imigração=Emigração – Saldo migratório nulo
  12. 12.  Imigração (I) – entrada de pessoas num país, com objetivo de fixação, temporária ou definitiva, nessa área.  Emigração (E) – saída de pessoas num país, com objetivo de fixação, temporária ou definitiva, num outro.
  13. 13.  Saldo migratório (SM) – diferença entre o número de imigrantes e emigrantes, num determinado território num certo intervalo de tempo. SM= I - E
  14. 14.  Crescimento efetivo (CE) – é a soma do crescimento natural e do saldo migratório.  Taxa de crescimento efetivo (TCE) – crescimento efetivo por cada mil habitantes, num determinado período de tempo e numa dada população.
  15. 15.  A população tem registado um crescimento rápido desde meados do século XX .
  16. 16. Regime Demográfico primitivo Revolução demográfica Explosão demográfica
  17. 17.  Repartição da população por idades ( classes etárias). Classes etárias – conjunto de indivíduos cuja idade está compreendida entre dois valores limites.
  18. 18. Grupos etários:  Jovens (0 – 14)  Adultos (15 – 64)  Idosos ( <65)
  19. 19.  Classe oca – classe com valor inferior à classe etária seguinte e à anterior.
  20. 20.  Elevada taxa de natalidade  Elevada percentagem de jovens  Reduzida percentagem de adultos e idosos  Reduzida esperança média de vida  Elevada taxa de mortalidade  População jovem  Crescimento natural reduzido
  21. 21. Em relação à crescente, verifica-se:  Diminuição da taxa de natalidade  Diminuição do crescimento natural  Aumento da esperança média de vida  Diminuição da taxa mortalidade
  22. 22.  Reduzida taxa de natalidade  Reduzida percentagem de jovens  Elevada percentagem de adultos e idosos  Elevada esperança média de vida  Reduzida taxa de mortalidade  População envelhecida  Crescimento natural reduzido
  23. 23. Em relação à decrescente verifica-se:  Aumento da taxa de natalidade  Aumento da taxa de crescimento natural
  24. 24. Políticas demográficas Políticas natalistas Políticas antinatalistas
  25. 25.  Encerramento de escolas;  Diminuição do poder de mudança e inovação;  Dificuldade em renovar as gerações, devido à diminuição da população em idade fértil.
  26. 26.  Restrição à pratica do aborto;  Benefícios fiscais a famílias numerosas;  Aumento do abono de família proporcional ao número de filhos.
  27. 27.  Aumento da pobreza;  Subnutrição e fome;  Reduzida escolaridade.
  28. 28.  Distribuição gratuita de preservativos;  Legalização do aborto;  Campanhas de sensibilização para casamentos tardios.

×