12 - NBC TA 500 - Evidência de Auditoria

7.934 visualizações

Publicada em

Conheça os objetivos, definições, requisitos e aplicações sobre evidência de auditoria.

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.934
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12 - NBC TA 500 - Evidência de Auditoria

  1. 1. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.Moore Stephens Prisma PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NORMAS DE AUDITORIANBC TA 500Evidência de AuditoriaOutubro de 2012
  2. 2. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.EVIDÊNCIADEAUDITORIANBC TA 500
  3. 3. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIASUMÁRIO• INTRODUÇÃO• OBJETIVO• DEFINIÇÕES• REQUISITOS• APLICAÇÃO E OUTROS• MATERIAIS EXPLICATIVOS
  4. 4. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAEsta Norma deve ser lida em conjuntocom a NBC TA 200.INTRODUÇÃO:Esta Norma define o que constitui evidência de auditoria em umaauditoria de demonstrações contábeis e trata da responsabilidadedo auditor na definição e execução de procedimentos de auditoriapara a obtenção de evidência de auditoria apropriada e suficienteque permita a obtenção de conclusões razoáveis para fundamentara opinião do auditor.
  5. 5. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAOBJETIVOO objetivo do auditor é definir e executar procedimentos deauditoria que permitam a consecução de evidência adequada(qualidade) e suficiente (quantidade) que lhe possibilite obterconclusões razoáveis para fundamentar sua opinião. Umaevidência é considerada adequada quando for relevante econfiável para suportar a opinião do auditor.A suficiência está relacionada com a quantidade de evidêncianecessária para suportar essa opinião e é afetada pela avaliaçãodo auditor dos riscos de distorção relevante e também pelaqualidade dessa evidência.
  6. 6. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIADEFINIÇÕESDistorção é a diferença entre o valor, a classificação, aapresentação ou a divulgação de uma demonstração contábilrelatada e o valor, a classificação, a apresentação ou a divulgaçãoque é exigida para que o item esteja de acordo com a estrutura derelatório financeiro aplicável. As distorções podem originar-se deerro ou fraude.
  7. 7. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIADEFINIÇÕESRisco de distorção relevante é o risco de que as demonstraçõescontábeis contenham distorção relevante antes da auditoria (NBCTA 200).Consiste em dois componentes, descritos a seguir no nível dasafirmações:(i) risco inerente;(ii) risco de controle.
  8. 8. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIADEFINIÇÕES (NBC TA 200)(i) risco inerente é a suscetibilidade de uma afirmação a respeitode uma transação, saldo contábil ou divulgação, a uma distorçãoque possa ser relevante, individualmente ou em conjunto comoutras distorções, antes da consideração de quaisquer controlesrelacionados;(ii) risco de controle é o risco de que uma distorção que possaocorrer em uma afirmação sobre uma classe de transação, saldocontábil ou divulgação e que possa ser relevante, individualmenteou em conjunto com outras distorções, não seja prevenida,detectada e corrigida tempestivamente pelo controle interno daentidade.
  9. 9. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIADEFINIÇÕESEvidência de auditoria compreende as informações, incluindo ascontidas nos registros que suportam as demonstrações contábeise outras, utilizadas pelo auditor para fundamentar sua opiniãocom o menor grau de risco de auditoria possível.Risco de auditoria é o risco de que o auditor expresse umaopinião não apropriada quando as demonstrações contábeisapresentam Distorção relevante.
  10. 10. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAQUALIDADE DA EVIDÊNCIAA qualidade de toda evidência de auditoria é afetada pelarelevância e confiabilidade das informações em que ela se baseia.
  11. 11. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIARELEVÂNCIAA relevância trata da relação lógica ou da influência sobre afinalidade do procedimento e a matéria sob auditoria e pode serafetada pelo direcionamento do teste
  12. 12. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIARELEVÂNCIA – EXEMPLOSe a finalidade de um procedimento é verificar se hásuperavaliação na existência ou valorização das contas a pagar,testar as contas a pagar registradas pode ser um procedimentorelevante. Por outro lado, para testar se há subavaliação naexistência ou valorização das contas a pagar, testar as contas apagar registradas não seria relevante, mas testar informaçõescomo desembolsos subsequentes, faturas não pagas, faturas defornecedores e exceções apontadas nos relatórios de recebimentode mercadorias podem ser relevantes.
  13. 13. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIACONFIABILIDADE DAS INFORMAÇÕESA confiabilidade das informações é influenciada pela sua fonte esua natureza, e as circunstâncias nas quais são obtidas, incluindoos controles sobre sua elaboração e manutenção, quandorelevante. Embora possam existir exceções, generalizações sobrea confiabilidade da evidência de auditoria podem ser úteis.
  14. 14. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAAssim, a evidência: é mais confiável quando obtida de fontes independentes; gerada internamente é mais confiável quando os controlesinternos relacionados são efetivos; obtida diretamente pelo auditor é mais confiável do que aobtida indiretamente ou por inferência; em forma de documentos é mais confiável do que a evidênciaobtida verbalmente; fornecida por documentos originais é mais confiável do que afornecida por fotocópias ou fac-símiles ou por documentosque foram filmados,digitalizados ou transpostos de outramaneira para forma eletrônica.
  15. 15. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAEVIDÊNCIAS COM A UTILIZAÇÃO DE UM ESPECIALISTAQuando as evidências forem obtidas com a utilização de umespecialista, o auditor deve, em relação a esse profissional:(a) avaliar a competência, habilidades e objetividade;(b) obter entendimento do trabalho e(c) avaliar a adequação do trabalho.
  16. 16. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAUTILIZAÇÃO DE UM ESPECIALISTAQuando a utilização de especialistas (cálculos atuariais, avaliaçõesou dados de engenharia, entre outros), a natureza, época eextensão dos procedimentos de auditoria podem ser afetados porassuntos como: natureza e complexidade do assunto relacionado aoespecialista; riscos de distorção relevante no assunto; disponibilidade de fontes alternativas de evidência; natureza, alcance e objetivos do trabalho do especialista; se o especialista é empregado pela entidade ou é contratado;
  17. 17. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAUTILIZAÇÃO DE UM ESPECIALISTA - continuação extensão em que a administração pode exercer controle ouinfluência sobre o trabalho do especialista; se o especialista está sujeito a padrões de desempenho técnicoou outras exigências profissionais; natureza e extensão de controles dentro da entidade sobre otrabalho do especialista; conhecimento e experiência do auditor sobre a área deatuação do especialista; experiência prévia do auditor com o trabalho desseespecialista.
  18. 18. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAA competência, habilidades e objetividade de um especialistapodem ser constatadas a partir de: experiência pessoal com trabalho anterior; discussões com o especialista; discussões com outros que estejam familiarizados com otrabalho desse especialista; conhecimento das qualificações desse especialista; dissertações publicadas ou livros escritos por esse especialista; um especialista do auditor, se aplicável, que o auxilie naobtenção de evidência referente às informações apresentadaspelo especialista da administração.
  19. 19. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA SE OBTER EVIDÊNCIAComo exigido e explicado adicionalmente pela NBC TA 315 –identificação/avaliação riscos e pela NBC TA 330 – Resposta aosriscos, a evidência de auditoria é conseguida pela execução de: procedimentos de avaliação de riscos; e procedimentos adicionais de auditoria, que abrangem:(a) testes de controles, quando exigidos pelas normas deauditoria ou definidos pelo auditor; e(b) procedimentos substantivos, inclusive testes de detalhes eprocedimentos analíticos substantivos.
  20. 20. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIATESTES DE CONTROLEOs testes de controle são definidos para avaliar a eficáciaoperacional dos controles na prevenção, detecção e correção dedistorções relevantes. Os procedimentos são definidos paradetectar distorções relevantes. A definição de procedimentossubstantivos inclui a identificação de condições relevantes para opropósito do teste que constituem distorção na afirmaçãorelevante.
  21. 21. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE EVIDENCIASOs procedimentos de auditoria para obter evidência a seguirelencados podem ser utilizados, de forma isolada ou conjunta,como procedimentos de avaliação de riscos, testes de controlesou procedimentos substantivos, dependendo do contexto:(a) inspeção, (b)observação, (c) confirmação, (d) recálculo, (e)reexecução, (f) indagação(entrevista) e (g)procedimentosanalíticos.
  22. 22. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE EVIDENCIAS(a) Inspeção: é o exame de registros ou documentos, internos ouexternos, em qualquer meio, ou o exame físico de um ativo. Porexemplo, a inspeção de itens do estoque, que pode acompanhar aobservação da contagem do estoque.b) Observação: é o exame do processo ou procedimentoexecutado no momento da sua execução. Por exemplo, aobservação pelo auditor da contagem do estoque ou da execuçãode atividades de controle.
  23. 23. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE EVIDENCIAS(c) Confirmação: é obtida pelo auditor como resposta escrita deterceiro (a parte que confirma) ao auditor, em qualquer meio.Não se restringe apenas a saldos contábeis. Por exemplo, oauditor pode solicitar confirmação de termos de contratos outransações com terceiros ou sobre a ausência de acordo paralelo(side agreement).(d) Recálculo: realizado manual ou eletronicamente, consiste naverificação da exatidão matemática de documentos ou registros.Também é denominado de conferência de cálculo.
  24. 24. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE EVIDENCIAS(e) Reexecução: envolve a execução independente pelo auditorde procedimentos ou controles que foram originalmenterealizados como parte do controle interno da entidade.(g) Indagação: consiste na busca de informações junto a pessoascom conhecimento, financeiro e não financeiro, dentro ou fora daentidade. Embora possa fornecer importante evidência deauditoria e possa produzir evidência de distorção, sozinha,geralmente não fornece evidência de auditoria suficiente daausência de distorção relevante no nível da afirmação nem daeficácia operacional dos controles.
  25. 25. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAPROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE EVIDENCIAS(f) Procedimentos analíticos: consistem em avaliação dasinformações feitas por meio de estudo das relações plausíveisentre dados financeiros e não financeiros. Os procedimentosanalíticos incluem também a investigação de flutuações erelações identificadas que sejam inconsistentes com outrasinformações relevantes ou que se desviem significativamente dosvalores previstos.
  26. 26. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAMEIOS PARA SELEÇÃO DE ITENS A SEREM TESTADOSOs meios à disposição do auditor para a seleção de itens a seremtestados nos quais serão aplicados os procedimentos descritossão:(a) Seleção de todos os itens;(b) Seleção de itens específicos;(c) Amostragem.
  27. 27. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAMEIOS PARA SELEÇÃO DE ITENS A SEREM TESTADOS(a) Seleção de todos os itens, sendo mais comum para testes dedetalhes, um exame de 100% pode ser apropriado quando, porexemplo: (a) a população constitui um número pequeno de itensde grande valor; (b) há um risco significativo e outros meios nãofornecem evidência; ou (c) a natureza repetitiva de um cálculo ououtro processo executado automaticamente por sistema deinformação torna um exame de 100%eficiente quanto aos custos.
  28. 28. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAMEIOS PARA SELEÇÃO DE ITENS A SEREM TESTADOS(b) Seleção de itens específicos, que não constitui amostragemem auditoria, depende do entendimento da entidade peloauditor, dos riscos avaliados de distorção relevante e dascaracterísticas da população que está sendo testada. Os itensespecíficos selecionados podem incluir: valor alto ou itens-chave;todos os itens acima de certo valor; e itens para obtenção deinformação.
  29. 29. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAMEIOS PARA SELEÇÃO DE ITENS A SEREM TESTADOS(c) Amostragem, que se destina a possibilitar conclusões a seremtiradas de uma população inteira com base no teste de umextrato dela obtido.
  30. 30. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAINCONSISTÊNCIA OU DÚVIDAS QUANTO À CONFIABILIDADE DAEVIDÊNCIA DE AUDITORIAA obtenção de evidência de auditoria de fontes diferentes ou denatureza diferente pode indicar que um item individual daevidência de auditoria não é confiável, como quando a evidênciade auditoria obtida em uma fonte é incompatível com a evidênciaobtida em outra.A NBC TA 230 (trata da responsabilidade do auditor na elaboraçãoda documentação de auditoria), item 11, inclui uma exigência dedocumentação específica se o auditor identificou informação queseja incompatível com a conclusão final do auditor referente a umassunto significativo.
  31. 31. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAINCONSISTÊNCIA OU DÚVIDAS QUANTO À CONFIABILIDADE DAEVIDÊNCIA DE AUDITORIANBC TA 230Natureza e finalidade da documentação de auditoria2. A documentação de auditoria, que atende às exigências destaNorma e às exigências específicas de documentação deoutras normas de auditoria relevantes, fornece:(a) evidência da base do auditor para uma conclusão quanto aocumprimento do objetivo global do auditor (NBC TA 200); e(b) evidência de que a auditoria foi planejada e executada emconformidade com as normas de auditoria e exigências legaise regulamentares aplicáveis.
  32. 32. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIANBC TA 230....11. Se o auditor identificou informações referentes a um assuntosignificativo que são inconsistentes com a sua conclusão final,ele deve documentar como tratou essa inconsistência (veritem A15).......A15. A exigência de documentar como o auditor tratouinconsistência nas informações não implica que o auditornecessite reter documentação que esteja incorreta ousuperada.
  33. 33. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIARELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES (EXEMPLO)...........................................Responsabilidade dos auditores independentesNossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essasdemonstrações contábeis com base em nossa auditoria,conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionaisde auditoria. Essas normas requerem o cumprimento deexigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejadae executada com o objetivo de obter segurança razoável de queas demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante.
  34. 34. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAResponsabilidade dos auditores independentes (EXEMPLO)Uma auditoria envolve a execução de procedimentosselecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores edivulgações apresentados nas demonstrações contábeis. Osprocedimentos selecionados dependem do julgamento do auditorincluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nasdemonstrações contábeis, independentemente se causada porfraude ou erro.
  35. 35. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAResponsabilidade dos auditores independentesNessas avaliações de risco, o auditor considera os controlesinternos relevantes para a elaboração e adequada apresentaçãodas demonstrações contábeis da Entidade para planejarprocedimentos de auditoria que são apropriados nascircunstâncias. Uma auditoria inclui, também, a avaliação daadequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade dasestimativas contábeis feitas pela administração, bem como aavaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadasem conjunto.Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente eapropriada para fundamentar nossa opinião.
  36. 36. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIAConforme a NBC 200:O objetivo da auditoria é aumentar o grau de confiança nasdemonstrações contábeis por parte dos usuários.
  37. 37. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.DÚVIDAS SOBRE O TEMA:NBC TA 500 – EVIDÊNCIA DE AUDITORIA
  38. 38. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.A Moore Stephens é uma das maiores redes de auditoria, consultoria e outsourcingcontábil do mundo. A empresa é formada por aproximadamente 630 escritórios e estápresente em mais de 100 países. Está entre as 12 maiores posições no ranking mundial,com faturamento anual de mais de US$ 2 bilhões.A Moore Stephens Auditores e Consultores presta serviços em auditoria, consultoriatributária e empresarial, tecnologia de informação, outsourcing de serviços contábeis,tributários e administrativos, e corporate finance. Há ainda determinadas divisões, comestruturas próprias, criadas para atendimento de interesses específicos, como a Divisãode Auditoria Interna e a Divisão de Small Business, entre outras.Fale com a Moore Stephens: mscorp@msbrasil.com.brSiga-nos na internet e nas redes sociais:Homepage: www.msbrasil.com.brFacebook: http://www.facebook.com/moorestephensbrTwitter: http://twitter.com/#!/moorestephensbrLinkedin:http://www.linkedin.com/companies/moore-stephens-brasilBlog: http://msbrasil.com.br/blog/SlideShare: http://www.slideshare.net/moorestephensbYoutube: http://www.youtube.com/moorestephensbrSOBRE AMOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

×