BIBLIOTECÁRIO NOTA 10CARMINDA NOGUEIRA DE CASTRO FERREIRA
FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA    Biblioteconomia e Ciência da Informação          BIBLIOTECÁRIO NOTA 10 CARMIND...
Carminda Nogueira de Castro Ferreira                    (1921-2010)Origem:Nasceu em Espinho, Portugal, no dia 23 de agosto...
- Foi uma profissional dedicada e lutou pelo reconhecimento do bibliotecário comoprofissional, atuando em várias entidades...
Referências:FERREIRA,         Carminda       Nogueira    de    Castro.     Disponível   em:<http://pt.wikipedia.org/wiki/C...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carminda n. c. Ferreira

620 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentando por Gabriela Ribeiro no evento Bibliotecário Nota 10.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
620
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carminda n. c. Ferreira

  1. 1. BIBLIOTECÁRIO NOTA 10CARMINDA NOGUEIRA DE CASTRO FERREIRA
  2. 2. FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA Biblioteconomia e Ciência da Informação BIBLIOTECÁRIO NOTA 10 CARMINDA NOGUEIRA DE CASTRO FERREIRA Grupo – Matutino Camila Aparecida Perroni Carolina Ujissato Gabriela Luiza Alvarenga Ribeiro Gisele Gouveia Karina Fonseca Samuel Frison São Paulo 2012
  3. 3. Carminda Nogueira de Castro Ferreira (1921-2010)Origem:Nasceu em Espinho, Portugal, no dia 23 de agosto de 1921 e radicou-se no Brasilem 1948, vindo a se estabelecer na cidade de São Carlos, interior de São Paulo,devido à transferência do marido de Coimbra para o Brasil. Teve onze filhos. Novedeles formaram-se em Biblioteconomia. Formou-se na primeira turma da Faculdadede Biblioteconomia, em São Carlos, nos anos sessenta, quando a profissão, entãode nível médio, passou a ser de nível superior.Trajetória Profissional:Graduada em Letras, doutora em Letras Românicas pela Universidade de Coimbra;mestre em Biblioteconomia (com a tese então revolucionária denominada O métodoKeller no Ensino da História do Livro – Um Curso Programado Individualizado ); pós-graduada em Ciência da Informação e Administração de Empresas, comespecialização em Organização e Métodos (O&M). Dedicou-se à organização dearquivos empresariais e públicos; implantou importantes centros de documentação(como os da Associação Brasileira de Cimento Portland, da TAM, do Itaú); e,também, foi professora.Curiosidades:- Por ocasião do ingresso de seu primogênito na faculdade de Biblioteconomia,Carminda decidiu acompanhar o filho e cursou conjuntamente com ele a primeiraturma da recém inaugurada Faculdade de Biblioteconomia, em São Carlos, décadade 60.
  4. 4. - Foi uma profissional dedicada e lutou pelo reconhecimento do bibliotecário comoprofissional, atuando em várias entidades representativas da categoria, comoAssociação Paulista de Bibliotecários (APB) e a Federação Brasileira deAssociações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FEBAB).- Acreditava que Biblioteconomia e Ciências da Informação eram áreas afins, quedeveriam contribuir interdisciplinarmente na formação do bibliotecário.- Percebia as tecnologias como poderosas ferramentas de trabalho para obibliotecário, no entanto, era cética quanto à supervalorização dos recursostecnológicos. Acreditava que somente uma formação sólida, ética e humana, aliadaà tecnologia, poderia garantir a excelência do trabalho nas unidades de informação.Frases marcantes:“A Tecnologia da Informação foi, para mim, uma grande explosão do valor dado àinformação.”“Eu critico alguns softwares que são apresentados para o GED, feitos sem o auxíliode uma bibliotecária. Porque ninguém aprendeu a organizar a informaçãoacademicamente, a não ser um bibliotecário. Ele é quem sabe a catalogação, aclassificação...”“É que muitas coisas mudaram na área, inclusive a nomenclatura. Bibliotecáriosagora são cientistas da informação. Eu costumo brincar com a história porque meucartão de visitas tem todos os nomes que já deram ao bibliotecário: bibliotecária,gerente da informação, cientista da informação, ciscadora da internet...”“O Bibliotecário não tem futuro. O Bibliotecário é o futuro”.“Quem me dera pudesse eu desmembrar todas as lembranças que tenho!”.
  5. 5. Referências:FERREIRA, Carminda Nogueira de Castro. Disponível em:<http://pt.wikipedia.org/wiki/Carminda_Nogueira_de_Castro_Ferreira>. Acesso em:29 fev. 2012.ALMEIDA, Inajá Martins de. Disponível em: <http://blog-inaja.blogspot.com/2010/05/carminda-nogueira-uma-grande.html>. Acesso em: 29fev. 2012.ALMEIDA, Inajá Martins de. Disponível em: <http://blog-inaja.blogspot.com/2010/10/carminda-nogueira-de-castro-ferreira.html>. Acesso em:29 fev. 2012.BERTONI, Estêvão. In: FOLHA DE SÃO PAULO. Disponível em:<http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/817080-carminda-nogueira-de-castro-ferreira-1921-2010---a-ativa-bibliotecaria-de-portugal.shtml>. Acesso em: 29 fev.2012.MARCOS. Uma portuguesa admirável, com certeza!. In: ABGD News. 29 jun. 2010.Disponível em: <http://www.abgd.org.br/Publica%C3%A7%C3%B5es/Artigos/tabid/64/articleType/ArticleView/articleId/8/Uma-portuguesa-admiravel-com-certeza.aspx>. Acesso em: 29 fev. 2012.FERREIRA, Carminda Nogueira de Castro. In: SÃO CARLOS AGORA. 14 nov.2010. Disponível em:<http://www.saocarlosagora.com.br/cidade/noticia/2010/10/14/12827/morre-a-professora-doutora-carminda-nogueira-de-castro-ferreira/>. Acesso em: 29 fev.2012.FERREIRA, Carminda Nogueira de Castro. In: MUNDO BIBLIOTECÁRIO. 14 nov.2010. Disponível em: <http://mundobibliotecario.wordpress.com/2010/10/14/notas-de-falecimento-carminda-nogueira-de-castro-ferreira/>. Acesso em: 29 fev. 2012.FERREIRA, Carminda Nogueira de Castro. In: FEDERAÇÃO BRASILEIRA DEASSOCIAÇÕES DE BIBLIOTECÁRIOS, CIENTISTAS DA INFORMAÇÃO EINSTITUIÇÕES. Disponível em:<http://www.febab.org.br/diretoria_executiva_febab.htm>. Acesso em: 29 fev. 2012.

×