Curso de Como Fazer Humor

2.061 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.061
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de Como Fazer Humor

  1. 1. CURSO DE CRIAÇÃO DE HUMOR PELO POWER POINTA TÉCNICA É SIMPLES PUBLICAMOS UM POEMA BEM HUMORADOILUSTRADOS COM IMAGENS EXTRAÍDAS DA INTERNET REFERENTESAO POEMA PUBLICADO. OS SLIDES A SEGUIR SÃO UM MERO EXEMPLOE VOCÊ PODE CRIAR OSEU TRABALHO DEPOIS DESSE CURSO9 9 1
  2. 2. POEMA DO BOI CORNO DA CARA PRETA9 9 2
  3. 3. Os mais famosos compositores brasileiros do século XX ApresentaçãoMeu nome é Anderson Alencar,vascaíno e autor desse curso e devários outros e logo adiante meucurrículo dirá quem sou. Esse feioao lado na foto sou eu e minhaintenção é ministrar cursos dealtíssimo nível, que os tornemcada dia mais competentes ecompetitivos. Tenho cursos grátise cursos pagos e premio meusalunos pagos com brindesliterários. É uma honra tê-los aqui.Bons cursos. Paz , luz e sucesso.Minha mãe me achava bonito,mas só ela mesmo.A bengala nãoé charme foi o resultado de um tiroTenho diversos defeitos, porém omaior deles é a minha excessivamodéstia, o mais dá para relevar.Eu passo conhecimento e bomhumor, pois a vida sem humor échata e vazia
  4. 4. • Currículo do autor Anderson de Oliveira Alencar , brasileiro,casado,jornalista, pesquisador, bacharel em direito, músico, com curso em teoria musical e piano pela Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro, poeta e escritor, sede do jornal AV. GEREMÁRIO DANTAS 888 JACAREPAGUÁ, RJ / RJ e filial na AV. JULIA KUBITCHEK 16 SL 102 PREMIER CENTER CABO FRIO Jornal MOMENTO NOTÍCIA , JORNAL POLÍTICO E POLICIAL ESPECIALIZADO EM SEGURANÇA.Diretor responsável criador e editor desse site e do jornal Momento Notícia desde 1988. Anderson Alencar jornalista e radialista Assessor de Imprensa da ALERJ, Assessor Parlamentar da ALERJ e ASSESSOR DE SEGURANÇA DA ALERJ, Assessor de Segurança do DETRAN, autor dos livros "Bandido bom é bandido bem morto" , "Coletânea de contos" , Contos de uma vida, membro da União Brasileira de Escritores, da Associação Nacional de Imprensa, da] Associação Brasileira de Revistas e Jornais, da Associação Brasileira de Jornalistas Investigativos, Criminologista - editor do site O ninho do escritor, Com cursos na Escola Superior de Guerra com especialização em anti sequestro, assuntos estratégicos, a mídia e a marginalização e o problema dos menores no país, curso especial em agente, chefia de segurança e gerência em segurança e anti seqüestro. . Atualmente dirige uma rádio on- line RWM FM Rádio Web Momento FM em www.radiowebmomento.com e os sites www.momentonoticia.com.br e www.momentoshopping.com.br Radialista ex apresentador da Radio Imprensa FM, TV Rio e RCT FM. Revista Polícia em Ação e Revista Autoridade. .MEUS ORGULHOS: Minha família, meus amigos, ser paraquedista e ter sido agraciado com a Medalha Tiradentes a maior condecoração do Estado do Rio de Janeiro pela minha competência profissional e a Moção Honrosa da ALERJ pelo meu trabalho jornalístico. Recebi troféus e diplomas da PMERJ e do CORPO DE BOMBEIROS DO RJ. pelo combate a criminalidade e a promoção de palestras junto a munidade.Perguntaram-me: Anderson você não tem medo do que faz, sempre confrontando o mal e em área de riscos? Eu respondi: Tenho sim, só loucos não tem medo, mas eu supero esse medo e cumpro o meu dever até porque eu sou paraquedista e quem é paraquedista aprende a superar seus medos e a vencer o mal, além do mais eu estou do lado da lei, por isso sou respeitado e assim ajo com tranquilidade e soberania.
  5. 5. O fio da aranha Nunca matem uma aranha elas são úteis ao homem e podem tirar ou colocar você no inferno GATO PAPA ARANHAS• Aranhas são aracnídeos e e algumas pessoas• odeiam aranhas Tem gente que foge delas, eu gosto muito de aranhas Aranhas matam insetos perniciosos e dizem que dão sorte
  6. 6. Eu sou corno Sempre serei Antes ser corno Do que ser gay9 9 6
  7. 7. Lembranças amargas me trazem esta tarde de carnaval pois num dia assim como esse ela deu pro Genival.9 9 7
  8. 8. Depois veio a semana santa e ela foi para a procissão papou a hóstia do Padre e deu também pro sacristão.9 9 8
  9. 9. No dia de São João enquanto eu pulava a fogueira a maldita sem- vergonha transava com a rua inteira.9 9 9
  10. 10. Chegou 7 de Setembro dia de grande emoção ela foi ver a parada e transou com o batalhão9 9 10
  11. 11. Já no dia de finados com a alma consternada ela cismou de transar diferente deu para uma alma penada.9 9 11
  12. 12. Por fim, 31 de Dezembro, festa de Ano-Novo, e a vaca safada promete fazer tudo tudo de novo.9 9 12
  13. 13. Imagens colhidas na INTERNET CLIQUEM NO SLIDEAdaptado por Anderson Alencar
  14. 14. Encerramento •• Encerro como sempre esperando ter levado aos nosso alunos conhecimento suficiente sobre a história do mundo, seus líderes e feitos que os tornaram famosos independente dos resultados provocados pelas suas ações. Se desejarem falar conosco usem nossos e-mails ou telefones alencarcastelobranco@estadao.com.br e animprensa@hotmail.com e conheçam mais de nosso trabalho em www.momentonoticia.com.br e www.radiowebmomento.com ao lado o major Oscar meu amado pai. Oscar Fernandes de Alencar ex combatente, ferido em Monte Castelo• Como sempre estamos a disposição em 21 3264381 e 21 78001705. No ensejo desejamos um excelente curso e se matriculem em www.buzzero.com. Nos próximos cursos novas personalidades e fatos serão tratadas aqui.• Agradecemos os alunos inscritos que nos honram com sua confiança em nosso trabalho e ao Buzzero que nos permite expandir nossos cursos• Esse curso não tem apostila por ser grátis• Paz, luz e sucesso encerramos com esse hino que sempre nos emociona pois nele está nosso sangue, lágrimas e muito amor. Muitos de nós morremos por ele e outros ainda morrerão, mas o mais vai bem sem novidades.• Anderson Alencar (O autor)

×