Trabalho: Famílias e violência

837 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
237
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho: Famílias e violência

  1. 1. Trabalho realizado por: Ana Monteiro nº1 Helena Bogas nº4 João Carvalho nº6
  2. 2. A família é uma instituição social que estasujeita a evolução das sociedades, para além de reflectir e contribuir também para essa evolução.
  3. 3. Família nuclear é um pequeno grupo compostopor dois adultos e um ou mais filhos,biológicos ou adoptados, em regime deeconomia comum.Família extensa é quando se juntam à famílianuclear mais parentes com quem se mantémum relacionamento significativo.
  4. 4. Família monoparental é quando a geração dospais está apenas representada por um únicoelemento. Isto pode ocorrer por vários motivos,ou porque um dos progenitores abandona o lar eo outro não volta a casar, ou porque a mãesolteira fica com o(s) filho (s), ou adopta umacriança.Família reconstruída é uma família composta porum casal adulto, onde um deles tem filhos de umcasamento anterior. A estrutura dessas famíliasé muito complexa porque existem laços
  5. 5. Hoje em dia, o conceito de família é diferente do que antigamente. Aeducação dada pelos pais, é muito importante para o desenvolvimento ético e familiar dentro da sociedade.
  6. 6.  Tempo em que os país pertencia da mocidade portuguesa; A educação das crianças era bastante rígida.
  7. 7.  Atualmente, a família parece ser mais influenciável do que influente. Foi com o movimento higienista do século XIX, que ela começou a perder a sua capacidade de cuidar da saúde e educação de seus membros, tornando-se bastante dependente dos profissionais da saúde e da educação.
  8. 8. Os ritmos próprios da vida moderna têmdificultando a vida em família. Revelam-secomplicados vários aspetos entre os quais: Distância da residência ao local do trabalho; Refeições desencontradas; Férias não coincidentes; Fins de semanas dedicados à formação profissional; Viagens de negócios; Deslocalização de empresas;
  9. 9.  As relações entre pais e filhos, bem como a relação entre os géneros nem sempre são perfeitas. Diferentes valores e conceções sobre a vida, diferentes expectativas e projetos apesar de gerarem tensão, podem ser um fator de enriquecimento mútuo. Esses conflitos podem resultar em comportamentos agressivos e violentos.
  10. 10. Violência é um comportamento que causaintencionalmente dano ou intimidação moral aoutra pessoa, ser vivo ou dano a quaisquerobjetos. Tal comportamento pode invadir aautonomia, integridade física ou psicológica emesmo a vida de outro. É o uso excessivo deforça, além do necessário ou esperado.Existem vários tipos de violência: violênciafísica; psicológica; verbal; sexual; doméstica;negligência.
  11. 11. Violência Verbal Violência Física Violência PsicológicaViolência Sexual Negligência Violência Doméstica
  12. 12. A violência doméstica pode ser definidacomo um abuso físico e/ou psicológicoexercido por um membro da família sobreoutro. Na maioria dos casos são as mulherese as crianças as principais vitimas. Aviolência dentro de casa é muitas vezesdifícil de detetar, o que se tornaespecialmente perigoso e preocupante estetipo de violência.
  13. 13. Este tipo de violência é, sem duvida, um sinalde crise familiar, mas a questão se coloca é ade saber se houve um aumento de violênciadoméstica ou apenas uma maior exposiçãomediática do fenómeno.
  14. 14. Mike TysonPaco Bandeira O.J. Simpson
  15. 15. 1% 1.4% Maus Tratos Físicos 0.8% 12.4% Ameaças-Coação 31.1% Subtração de Menores Violação32.2% Homicídio Maus Tratos Psicológicos 19.9% Difamação/Injúrias Violação da Obrigação de Alimentos 0.1% Abuso Sexual 0.4% 1% Outros em Meio Doméstico
  16. 16. A nível nacional Lisboa - Trinta e seis mulheres foram assassinadas entre Janeiro e 21 de Novembro de 2012, tendo-se registado outras 49 tentativas de homicídio, números superiores aos registados durante todo o ano de 2011, segundo o Observatório de Mulheres Assassinadas. De acordo com o Observatório, a maioria dos homicídios ocorreu num contexto de violência doméstica (49%), havendo 19% deles justificados com alegados conflitos familiares, para além de 6% que deu como justificação não aceitar separar-se da vítima.
  17. 17. Nome Idade Agressor Ana Carvalho 23 Paulo, namorado, 30 anos Arma/Crime Localidade Morte Arma branca Montijo, Setúbal 06-01-20101 Nome Idade Agressor Sofia 29 ______, namorado, 31 anos Arma/Crime Localidade Morte Arma de fogo Corroios, Seixal, Setúbal 23-01-20102 Nome Idade Agressor Luísa Travanca 44 Manuel Domingos, ex-companheiro, 54 anos Arma/Crime Localidade Morte Arma de fogo Pragal, Almada, Setúbal 25-01-20103
  18. 18.  A polícia da Grã-Bretanha, recebe em média, um telefonema por minuto pedindo ajuda para casos de violência doméstica. Duas mulheres são assassinadas por semana na Inglaterra e em Gales pelos seus parceiros ou ex-parceiros. Na França, uma mulher é assassinada a cada três dias. Segundo o estudo da polícia francesa em 2008, aproximadamente 156 mulheres foram assassinadas pelos seus parceiros ou ex-parceiros., enquanto 27 homens morreram em circunstâncias similares. A Federação de Ajuda às Mulheres apoiaram mais de 108.690 mulheres e 39.130 meninas e meninos no ano passado, e receberam mais de 150 mil telefonemas para o número nacional.
  19. 19.  Liberdade condicional; Substituição da pena de prisão; Regime de permanência na habitação; Prisão por dias livres; Regime de semi-detenção; Prestação de trabalho a favor da comunidade.
  20. 20.  Substituição da multa por trabalho; Conversão da multa não paga em prisão subsidiária; Admoestação.
  21. 21.  Procurar ajuda profissional; Quebrar o silêncio; Promover o diálogo entre a família.
  22. 22. Esta lei protege as mulheres vitimas de violência doméstica
  23. 23.  20 de Fevereiro: Dia da Resistência Não Violenta 22 de Fevereiro: Dia Europeu da Vítima 04 de Junho: Dia Internacional das Crianças Vítimas Inocentes de Agressão 20 de Novembro: Dia dos Direitos Internacionais da Criança 25 de Novembro: Dia Mundial para a Eliminação da Violência contra as Mulheres
  24. 24. APAVhttp://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/em-uma-decada-76-mil-vitimas-de-_5294.html
  25. 25. Uma vida sem violênciaÉ um direito de todos!
  26. 26. Violência domésticaDiz não há violência

×