Como elaborar um_projeto

1.260 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
106
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como elaborar um_projeto

  1. 1. Criação NTE/Dourados/2009
  2. 2. Criação NTE/Dourados/2009 ESCOLA
  3. 3. 1. Planejamento é o segredo para um projeto dar certo <ul><ul><li>Mas lembre-se: </li></ul></ul><ul><ul><li>O projeto não nasce exclusivamente da cabeça do professor ou do coordenador de área. Ele é resultado da interação entre o professor e os alunos. Por isso, o planejamento deve ser revisto a partir da apresentação do tema aos alunos e a cada etapa do trabalho. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  4. 4. 2. Apresentação ao Professor <ul><ul><li>Antes de levar o projeto à sala de aula, é necessário compartilhá-lo com todos os professores participantes. O coordenador expõe a idéia do projeto e verifica qual é a área de interesse e de domínio dos professores. A partir daí, são traçados os caminhos possíveis para a seqüência do projeto e os objetivos a serem alcançados no final. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  5. 5. 3. Apresentação aos alunos <ul><ul><li>É a vez de os alunos tomarem contato com o projeto. O tema deve ser significativo, isto é, deve estar relacionado com a vida ou com os interesses naturais dos alunos. A primeira etapa corresponde à ampliação do significado do tema a ser trabalhado com os alunos. Uma maneira simples de conseguir essa informação é perguntar à turma o que ela sabe a respeito. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  6. 6. 4. Sensibilização <ul><ul><li>É o momento detonador do projeto. Procura – se despertar o interesse pelo tema, com filmes, palestras ou qualquer outro atrativo. O objetivo é que os alunos levantem questões e situações-problema. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  7. 7. 5. Pesquisa/Levantamento de dados <ul><ul><li>Divididos em grupos, os alunos começam a pesquisa dos assuntos. As fontes são diversas: Internet, jornais, revistas, livros e TV. Cada aluno deve ser orientado a manter uma pasta-arquivo individual. No final, cada grupo monta um relatório. Esse relatório mostrará a evolução do grupo, do que os alunos sabiam anteriormente e o que eles aprenderam. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  8. 8. 6. Desenvolvimento <ul><ul><li>Essa etapa do projeto vai depender de cada turma. Um mesmo projeto, por exemplo, pode ter um desenvolvimento diferente em duas classes. É o momento em que os alunos coletam mais informações, fazem visitas ou entrevistas e estruturam o trabalho final. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  9. 9. 7. Trabalho Final <ul><ul><li>É feito em grupo e vai mostrar a síntese do aprendizado ao longo do projeto. Pode ter formas diversas, como um jornal, uma produção em vídeo ou uma apresentação teatral. A decisão sobre o que fazer fica por conta dos alunos. É mais interessante que o projeto também seja exposto a outras pessoas que não participaram de sua elaboração (colegas, professores, pais e comunidade). </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  10. 10. 8. Avaliação <ul><ul><li>A base da avaliação é a participação do aluno em todas as etapas do trabalho, porém o mais importante é que os critérios sejam claramente expostos no início do projeto. A nota (conceito) pode ser composta pela avaliação de empenho na busca e seleção de informações, participação nas discussões e desvelo na elaboração do trabalho final. Todos os participantes do projeto (inclusive professores) devem fazer sua auto-avaliação. </li></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  11. 11. Um Modelo Criação NTE/Dourados/2009
  12. 12. <ul><li>A apresentação do projeto deve responder à questão quem?. Inicia-se com a CAPA para identificar de quem e para quem , contendo: </li></ul><ul><ul><ul><li>Nome da instituição; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Equipe elaboradora; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nome do Projeto; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Local e data. </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  13. 13. A especificação do objetivo responde às questões para quê e para quem. E são divididos em: Criação NTE/Dourados/2009
  14. 14. <ul><ul><ul><li>Apresenta a visão global do trabalho a ser desenvolvido. Relaciona-se com o conteúdo e as idéias que permearão as atividades. </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009 <ul><ul><ul><li>Apresenta um caráter mais concreto. Tem a função de direcionar o trabalho de modo a permitir que seja atingido o objetivo geral, aplicando este a situações particulares. </li></ul></ul></ul>
  15. 15. Este item é importante porque apresenta a resposta à questão Por quê? É o elemento que definirá os motivos pelos quais o grupo pretende desenvolver o projeto. Consiste numa exposição suscinta e clara das razões de ordem teórica e prática que argumentam a favor do projeto. Criação NTE/Dourados/2009 É ela que vai garantir a aceitação do projeto pelas pessoas ou entidades que financiarão o trabalho.
  16. 16. 4. Metodologia <ul><li>A metodologia tem o objetivo de explicar passo a passo como serão realizadas as ações do projeto, abrangendo os itens que responderão às questões: </li></ul>Criação NTE/Dourados/2009 Como? Com quê? Quando e quanto?
  17. 17. <ul><ul><ul><li>A forma de organização e distribuição do grupo (alunos ou professores) que fará a pesquisa. Como será executado, por quem etc.. </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009 Refere-se aos recursos tecnológicos e outros que serão utilizados na pesquisa. <ul><ul><ul><li>Em que momento os alunos farão suas pesquisas. Quanto tempo durará cada fase da pesquisa. </li></ul></ul></ul>
  18. 18. <ul><ul><ul><li>Relacionar os recursos que serão lançados mão no desenvolvimento da pesquisa. </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009
  19. 19. <ul><ul><ul><li>Refere-se às pessoas que estarão envolvidas na pesquisa direta e indiretamente (escola, bibliotecas, universidades, empresas etc.). </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009 <ul><ul><ul><li>Refere-se aos objetos e instrumentos que serão utilizados na pesquisa (livros, revistas, jornais, Internet, filmes, filmadoras, computadores, softwares, aplicativos etc.). </li></ul></ul></ul>
  20. 20. <ul><ul><ul><li>Nesse item, elaborar a previsão do tempo que será gasto para cada ação ou etapa. </li></ul></ul></ul>Criação NTE/Dourados/2009 A avaliação deve ser constante durante o processo. E pode haver uma integrada ou isolada .
  21. 21. Alunos e professores devem estar avaliando a proposta e o tipo de estudo realizado, analisando a si e ao grupo. Num último momento, a equipe participante avalia o projeto como todo e, principalmente, a sua atuação enquanto grupo de estudos integrados. Os pontos altos e baixos devem ser levantados , analisados e replanejados. Criação NTE/Dourados/2009
  22. 22. Relacionar as fontes que foram utilizadas na pesquisa . Criação NTE/Dourados/2009
  23. 23. ALMEIDA , F. J. de. Educação e informática: os computadores na escola. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1987. ALMEIDA , M. E., O computador como ferramenta de reflexão na formação e na prática de professores. Campinas: Papirus, 1997. (mimeo.). FAZENDA , Ivani. Interdisciplinaridade: Um projeto de parceria. São Paulo: Loiola, 1993. FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983. Criação NTE/Dourados/2009
  24. 24. HERNÁNDEZ , Fernando. A organização do currículo por projetos de trabalho / Fernando Hernándes e Montserrat Ventura; trad. Jussara Haubert Rodrigues. – 5. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. HERNÁNDEZ, Fernando. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho / Fernando Hernández; trad. Jussara Haubert Rodrigues. – Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VALENTE , J. A. (org). Computadores e conhecimento: repensando a educação. Campinas: Gráfica Central da UNICAP, 1993. Criação NTE/Dourados/2009
  25. 25. Criação NTE/Dourados/2009

×