Trabalho de geog.

674 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
94
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de geog.

  1. 1. R I S C O S EC ATÁSTROFES
  2. 2. INTRODUÇÃO Este trabalho foi nos proposto na disciplina degeografia pela docente Maria João. No trabalho vamos abordar o tema:Catástrofes NaturaisEsperemos atingir os objetivos propostos!!!
  3. 3. OS VÁRIOS TIPOS DE RISCOS E CATÁSTROFES Tempestades Sismos Erupções vulcânicas Tsunamis Avalanches Desertificação Incêndios Florestais Vagas de Frio Ondas de Calor Movimentos das Vertentes Cheias / Inundações
  4. 4. Tempestades
  5. 5.  Tempestades são fenómenos de grandeinstabilidade atmosférica associados a ventosfortes e a precipitação abundante.
  6. 6. TEMPESTADES: FURACÕES E TORNADOSTempestadesFuracões Tornados
  7. 7. FURACÕES Furacões são depressões barométricas que seformam sobre águas oceânicas com temperaturassuperiores a 27ºc.
  8. 8. FORMAÇÃO DE UM FURACÃO
  9. 9. ONDE OCORREM COM MAIS FREQUÊNCIAOS FURACÕES ? Os furacões ocorrem com mais frequência nasregiões intertropicais graças à presença dasbaixas pressões atmosféricas.
  10. 10. CONSEQUÊNCIAS DOS FURACÕES Quando os furacões chegam a terra podemocorrer inúmeras consequências: Destruição de edifícios e vias de comunicação. Inundações. Cortes do abastecimento de água. Perca de vidas.
  11. 11. TORNADOS Os tornados são ventos de grande velocidadesuperiores a 300 Km/h, de curtaduração(inferior à dos furacões).
  12. 12. ONDE OCORREM MAISFREQUENTEMENTE OS TORNADOS Os tornados ocorrem mais frequentemente naszonas temperadas do norte.
  13. 13. AS CONSEQUÊNCIAS DOS TORNADOS As consequências dos tornados são muitoparecidas com as dos furacões apesar de elesserem diferentes um do outro. Destruição de edifícios e vias de comunicação. Cortes de abastecimento de água. Perca de vidas
  14. 14.  Filmes Trab. GeoFantástico Rede GloboEspecial sobre Tornados.wmv
  15. 15. SISMOS
  16. 16. O QUE SÃO SISMOS ? Sismos são movimentos vibratórios bruscos ebreves da crusta terrestre. Os sismos ocorrem devido ao materialconstituinte da terra ter um comportamentoelástico, mas quando sujeito a tensõessuperiores, dá-se a rutura.
  17. 17.  Hipocentro / Foco sísmico O hipocentro /foco sísmico é a regiãono interior onde se origina um sismo.
  18. 18.  Epicentro O epicentro é o ponto da superfícieterrestre, situado na vertical maispróximo do hipocentro.
  19. 19.  Sismógrafo O sismógrafo é o aparelho que regista, comprecisão e nitidez, a vibração do soloprovocada pela passagem das ondas sísmicas.
  20. 20.  Sismograma Sismograma é o gráfico obtido numsismógrafo, através do qual se podemobservar características dapropagação das diferentes ondassísmicas.
  21. 21.  Isossistas Isossistas são linhas curvas fechadas, comforma irregular, distribuídas em torno doepicentro, que unem pontos de igualintensidade.
  22. 22. ESCALA DE MERCALLI A escala de mercalli é uma escala de intensidadee baseia-se nas observações da destruiçãocausada e nos relatos de testemunhas. A sua utilidade é reduzida pois não se trata deuma medida, mas de uma descrição de factos.
  23. 23. ESCALA DE RICHTER A escala de richter é uma escala de magnitudepor isso determina a quantidade de energialibertada, por um sismo no hipocentro. A magnitude determina-se com base emsismogramas.
  24. 24. Antes de um sismo Durante um sismo Depois de um sismo• Tenha a mão umalanterna, um rádioportátil, pilhas, umextintor, umtelemóvel e umestojo deprimeirossocorros.• Armazene água ealimentosenlatados erenove-os detempos a tempos.• Proteja-se novão de umescada, cantoda sala oudebaixo se umamesa .• Não seprecipite paraas saídas nempara oselevadores.• Afaste-sedas praiaspois podeacontecer umtsunami.• Conte com aocorrência depossíveisreplicas.• Não bebaágua deprodutosabertos.
  25. 25. CONSEQUÊNCIAS DOS SISMOS Provocação de incêndios quando se partem ascanalizações de gás. Destruição de casas. Desalojamento das populações.
  26. 26. SISMOS OCORRIDOS RECENTEMENTE Sismo no Chile a 27 de Fevereiro de 2010 commagnitude de 8,8. Sismo na Itália a 20 de Maio de 2012 commagnitude de 6,1
  27. 27. Vulcões
  28. 28. O QUE SÃO VULCÕES ? Vulcões são estruturas da crusta terrestre, quepõem em contacto zonas profundas da Terra coma superfície.
  29. 29. CONSTITUIÇÃO DE UM VULCÃO
  30. 30.  Camara magmática A camara magmática situa-se nointerior da terra e é onde se armazenao magma.
  31. 31.  Chaminé vulcânica A chaminé vulcânica é o canal por onde é feitaa ligação entre a camara magmática e oexterior.
  32. 32.  Cratera A cratera é a abertura por onde são expelidosos produtos da atividade vulcânica.
  33. 33.  Cone vulcânico O cone vulcânico é formado por um edifício deforma cónica, onde os produtos da atividadevulcânica se podem acumular.
  34. 34. MATERIAIS EMITIDOS PELOS VULCÕES O magma é um produto expelido pelos vulcõesmas quando ascende e chega a superfície passa achamar-se lava pois perde parte dos produtosgasosos. A lava pode assumir diferentes aspetos: Lava Pillow…………………………………………………… Lava Escoriácea………………………………………… Lava Pahoehoe……………………………………………
  35. 35. PIROCLASTOS São fragmentos que resultam de lavasparcialmente solidificadas durante a sua emissãoou de fragmentos de outras rochas arrancadaspelo magma na sua subida para a superfície.
  36. 36. OS VÁRIOS TIPOS DE ERUPÇÕES A vários tipos de erupção vulcânica: Erupção Efusiva (Lava pouco viscosa formandoextensas escoadas de lava) Erupção Explosiva (Lava extremamente viscosa, quenão forma escoadas) Erupção Mista (Lava viscosa que forma escoadaspouco extensas)
  37. 37. ERUPÇÃO EFUSIVA Assinala-se pela emissão de lava muito fluida,que solidifica lentamente. Esta, muitas vezesorigina uma espécie de lago de lava e, quandoexpele da cratera, forma escoadas mais ou menosextensas, autênticos rios de lava.
  38. 38. ERUPÇÃO EXPLOSIVA Caracteriza-se pela emissão de produtosvulcânicos, sob a forma de explosões violentas. A lava é muito viscosa e solidifica rapidamente,formando, por vezes domos ou agulhas vulcânicas.
  39. 39. ERUPÇÃO MISTA Caracteriza-se por apresentar períodos detranquila emissão de lava, alternando comperíodos explosivos, de pouca violência, comprojeções de materiais piroclásticos. A lava apresenta um grau intermédio deviscosidade.
  40. 40. CONSEQUÊNCIAS DA ATIVIDADEVULCÂNICA Morte de pessoas Destruição de bens materiais Destruição da paisagem Tsunamis Alterações climáticas Poluição do meio ambiente pelos gases libertados
  41. 41. ......Filmes Trab. GeoVulcões DesastresNaturais.wmv
  42. 42. TSUNAMIS
  43. 43. O QUE SÃO TSUNAMIS ? Tsunamis são ondas gigantes, que atingemvelocidades muito elevadas e que chegam aatingir os 30 metros.
  44. 44. QUAIS AS CAUSAS DOS TSUNAMIS ? Sismos Avalanches oceânicas Vulcões Meteoritos
  45. 45. QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DOSTSUNAMIS Mortes Destruição de portos, habitações … Dificultação do transporte das pessoas e bens Destruição da fauna e da flora
  46. 46.  Quando a onda entra em águas rasas a sua alturaaumenta, por isso os tsunamis são tãodestrutivos.
  47. 47. O QUE FAZER EM CASO DE TSUNAMI ? Afaste-se o mais possível das zonas costeiras ,quando ocorrer um sismo ou um aumentorepentino das águas , pois quanto mais longeestivermos mais hipóteses temos de fugir esalvar as nossas vidas.
  48. 48. Tsunami no Japão Vídeo inédito.wmv
  49. 49. Avalanches
  50. 50. O QUE SÃO AVALANCHES ? As avalanches são deslocamentos rápidos eviolentos que se precipitam pela montanha abaixoa uma velocidade inacreditável.
  51. 51. QUAIS AS CAUSAS DASAVALANCHES As causas das avalanches podem ser varias : Mudanças climáticas Terramotos Peso do esquiador Sons muito altos
  52. 52. QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DASAVALANCHES As consequências das avalanches são tambémmuito variadas mas como quase todas ascatástrofes naturais uma das consequências maisvista é : Morte de pessoas Destruição de cidades Falta de água Isolamento de cidades
  53. 53. COMO PREVENIR AS AVALANCHES? As avalanches não têm muitas medidas deprevenção porque não se podem prever, mas aalgumas que são: Evitação de esquiar em vertentes muito acentuadas Não construir em áreas de risco.
  54. 54. Incêndios florestais
  55. 55. O QUE SÃO INCÊNDIOS FLORESTAIS? Incêndios florestais podem ser consequênciasdas secas ou da ação do ser humano. Uma das causas mais frequente é o vandalismo, eas queimadas.
  56. 56. CAUSAS DOS INCÊNDIOS FLORESTAIS Uma das causas mais frequente é o vandalismo, eas queimadas.
  57. 57. COMO PREVENIR OS INCÊNDIOSFLORESTAIS Para prevenir os incêndios florestais não hánenhum sistema , mas é possível diminuir osestragos dando a entender as pessoas que nãodevem incendiar florestas pois estão a estragaros habitats dos animais e os próprios animais.
  58. 58. Filmes Trab. GeoIncêndios Florestais.wmv
  59. 59. Vagas de frio
  60. 60. O QUE SÃO VAGAS DE FRIO ? As vagas de frio são massas de ar frio que sesucedem durante alguns dias sempre comtemperaturas negativas.
  61. 61. DEVIDO A QUE FENÓMENOS OCORREM ASVAGAS DE FRIO ? Os fenómenos que acontecem para a ocorrênciadas vagas de frio são: Queda de neve Ventos fortes Formação de gelo
  62. 62. CONSEQUÊNCIAS DAS VAGAS DE FRIO As consequências das vagas de frio são: Mortes de pessoas e animais
  63. 63. Filmes Trab. GeoVaga de frio que mata.wmv
  64. 64. Vagas de calor
  65. 65. O QUE É UMA VAGA DE CALOR Uma vaga de calor é um período de pelo menos 6dias seguidos em que a temperatura é superior a5 °C ao valor médio dos últimos 30 anos.
  66. 66. ONDAS DE CALOR : SECAS EDESERTIFICAÇÃOOndas de calorSecas Desertificação
  67. 67. Desertificação
  68. 68. O QUE É A DESERTIFICAÇÃO ? A desertificação consiste na perda dacapacidade produtiva do solo.
  69. 69. QUAIS AS CAUSAS E ASCONSEQUÊNCIAS DA DESERTIFICAÇÃO Muitas vezes a desertificação é causada peloHomem, porém também pode ser consequênciada salinização dos solos por irrigação e por oesgotamento destes. A desertificação pode levar à redução de ofertade alimentos, perca de espécies , imigração,pobreza, desemprego, entre outros.
  70. 70. COMO PREVENIR AS DESERTIFICAÇÕES Para prevenir a desertificação devemossustentar os recursos naturais, conservar o meioambiente.
  71. 71. ONDE OCORREM COM MAIS FREQUÊNCIAAS DESERTIFICAÇÕES? Ocorrem desertificações com mais frequêncianas áreas degradadas pela pratica da pecuária,áreas degradadas pela agricultura e pelairrigação
  72. 72. O QUE SÃO SECAS ? Uma seca é um fenómeno climático causado pelafalta de precipitação numa determinada região enum longo período de tempo.
  73. 73. QUAIS AS CAUSAS DAS SECAS ? Algumas das causas das secas são: Anomalias da circulação geral da atmosfera; Incorreto ordenamento do território;
  74. 74.  Desflorestação incontrolada do território; Sobreexploração das reservas hídricassubterrâneas;
  75. 75. QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DAS SECAS ? Consequências das secas: Prejuízos na agricultura e industrias. Produção de energia hidroeléctrica.
  76. 76.  Ocorrência de incêndios florestais; Erosão dos solos; Desertificação;
  77. 77. ......Filmes Trab. GeoVaga de calor é um desastreno sul da Europa.wmv
  78. 78. Movimento dasvertentes
  79. 79. MOVIMENTO DAS VERTENTES Os movimentos de vertente tem a ver com odeslocamento de massas instáveis de rochas derochas ou solos. Por vezes este fenómenorelacionado com muita precipitação ou quando osolo perde sustentabilidade.
  80. 80. COM O QUE É QUE ESTE FENÓMENO ESTARELACIONADO ? Por vezes este fenómeno relacionado com muitaprecipitação ou quando o solo perdesustentabilidade.
  81. 81. QUAIS SÃO OS FATORES RESPONSÁVEISPELA PERCA DA SUSTENTABILIDADE DOSSOLOS? Ação humana - são as alterações provocadas pelado ser humano; Exemplo: Construções
  82. 82.  Características climáticas - em áreas de elevadaprecipitação a compactação do solo modifica-se Inclinação do terreno – quanto mais inclinado,maior é a possibilidade de ocorrer um movimentode vertente;
  83. 83. F:Filmes Trab. Geovideo completo deslizamento deterra na italia.wmv
  84. 84. Excesso de água:cheias e inundações
  85. 85. CHEIAS E INUNDAÇÕESExcesso de águaCheias Inundações
  86. 86. O QUE É UMA CHEIA? Uma cheia é um aumento brusco da água numcurso fluvial.
  87. 87. COMO TEM ORIGEM UMA CHEIA…… A cheia é um fenómeno natural e temporário quetem origem na precipitação.
  88. 88. O QUE É UM INUNDAÇÃO ? Uma inundação é um transbordo das águas de umrio, para além do seu leito normal.
  89. 89. DIFERENTES LEITOS DE UM RIO
  90. 90. QUAIS AS CAUSAS DE CHEIAS EINUNDAÇÕES ? A causa das cheias esta ligada a dificuldade deinfiltração da agua : Possibilidade de os lençóis subterrâneos estaremsaturados Alterações provocadas pela mão o ser humano.
  91. 91. A QUE SE DEVE A DIFICULDADE DAINFILTRAÇÃO DA ÁGUA NOS LENÇÓISSUBTERRÂNEOS? A dificuldade de infiltração deve-senomeadamente: Impermealização dos solos, provocada pelo excessode construções localizadas no leito de cheia. Desflorestação que provoca o escoamentosuperficial da agua.
  92. 92.  F:Filmes Trab. GeoCheias no rio MondegoFloods in Mondego river Coimbra (Portugal).wmv
  93. 93. CONCLUSÃO Este trabalho fui muito enriquecedor pois podemoscompreender o que devemos fazer em caso decatástrofes. Obrigada pela oportunidade, esperemos quetenham gostado.
  94. 94. WEBGRAFIA/ http://www.slideshare.net/Pocarolas/riscos-e-catstrofes-5891278 http://desertificacaoesecas.blogspot.pt/2011/03/prevencao-de-desertificacao_15.html http://inseguranca.no.sapo.pt/bombeiros2.html http://www.youtube.com/watch?v=vuda0PeVGDM
  95. 95. BIBLIOGRAFIA RIBEIRO, Eva / LOPES, Rui /CUSTODIO,Sandra , “GPS”,31/05/2013 ANTUNES, Cristina /BISPO, Manuela /GUINDEIRO, Paula , “Descobrir A TERRA”

×