Ocupação antrópica é a ocupação de zonas terrestres
pelo Homem e a decorrente de exploração, segundo as
necessidades e as ...
ORDENAMENTO DO
TERRITÓRIO
Consiste no conjunto de
processos integrados, de
organização do espaço
biofísico, tendo em conta...
RISCO GEOLÓGICO
Ao introduzir modificações na estrutura do
subsolo podem ser criadas situações de elevado
RISCO GEOLÓGICO.
Variando com a região, com as caraterísticas geológicas e
climáticas do local, há várias regiões em Portugal que acarretam...
Bacias
Hidrográficas
RIO: curso de água, superficial e regular que pode
desaguar noutro rio, num lago ou no mar.
Perfil longitudinal de um rio
Elementos do perfil de um rio
LEITO DE CHEIA: espaço
ocupado pelas águas,
quando a precipitação é
muito abundante.
LEITO DO RIO: espaço normalmente ocup...
BACIA HIDROGRÁFICA:
A totalidade da área cujas águas pertencem à mesma rede
hidrográfica, isto é, ao conjunto formado por ...
REDE HIDROGRÁFICA:
É formada pelo rio principal e pelos pequenos rios,
ribeiro e riachos confluentes numa dada região.
Red...
AÇÕES GEOLÓGICAS DE UM RIO
A ÁGUA EM MOVIMENTO
Erosão Transporte Deposição
de materiais
1. Indique o rio, que em regime
natural transporta :
1.1. mais sedimentos em suspensão;
1.2. mais sedimentos no fundo.
2. ...
Aula ocupação antrópica
Aula ocupação antrópica
Aula ocupação antrópica
Aula ocupação antrópica
Aula ocupação antrópica
Aula ocupação antrópica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula ocupação antrópica

412 visualizações

Publicada em

compilação sintética,ios autores,baseada em vár dos aspetos fundamentais deste assunto

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula ocupação antrópica

  1. 1. Ocupação antrópica é a ocupação de zonas terrestres pelo Homem e a decorrente de exploração, segundo as necessidades e as atividades humanas, dos recursos naturais. Isto traduz-se em pressões ou impactos sobre o meio ambiente, que podem exceder a capacidade de suporte e de regeneração dos ecossistemas constitutivos da biosfera, contribuindo para o seu desequilíbrio. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ocupa%C3%A7%C3%A3o_antr%C3%B3pica)
  2. 2. ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Consiste no conjunto de processos integrados, de organização do espaço biofísico, tendo em conta a sua utilização e trans- formação de acordo com as capacidades desse espaço. A ocupação de grandes zonas da superfície terrestre pelo Homem, introduz grandes alterações nas paisagens naturais. A ocorrência de fenómenos catastróficos naturais, conjugados com as modificações impostas pelo Homem, põe em perigo populações e os seus bens
  3. 3. RISCO GEOLÓGICO
  4. 4. Ao introduzir modificações na estrutura do subsolo podem ser criadas situações de elevado RISCO GEOLÓGICO.
  5. 5. Variando com a região, com as caraterísticas geológicas e climáticas do local, há várias regiões em Portugal que acarretam RISCO GEOMORFOLÓGICO, sendo bastante relevantes. Bacias Hidrográficas: Erosão fluvial Cheias Exploração de inertes Zonas Costeiras: Erosão costeira Elevada pressão urbanística Zonas de Vertente: Erosão hídrica das vertentes Movimentos de massa
  6. 6. Bacias Hidrográficas RIO: curso de água, superficial e regular que pode desaguar noutro rio, num lago ou no mar.
  7. 7. Perfil longitudinal de um rio Elementos do perfil de um rio
  8. 8. LEITO DE CHEIA: espaço ocupado pelas águas, quando a precipitação é muito abundante. LEITO DO RIO: espaço normalmente ocupado pelas águas . LEITO DE SECA OU estiagem: espaço ocupado pelas águas, quando a quantidade diminui, por exemplo devido às elevadas temperaturas do Verão. Leito do rio Leito de seca MARGENS: faixas de terreno contíguas ao leito atual. LEITO NORMAL: espaço ocupado pelas águas, em situações climáticas normais.
  9. 9. BACIA HIDROGRÁFICA: A totalidade da área cujas águas pertencem à mesma rede hidrográfica, isto é, ao conjunto formado por um rio principal e por todos os cursos de água que, direta ou indiretamente, debitam as suas águas nesse rio. Toda a área drenada por uma determinada rede hidrográfica.
  10. 10. REDE HIDROGRÁFICA: É formada pelo rio principal e pelos pequenos rios, ribeiro e riachos confluentes numa dada região. Rede Hidrográfica do Rio Vouga
  11. 11. AÇÕES GEOLÓGICAS DE UM RIO A ÁGUA EM MOVIMENTO Erosão Transporte Deposição de materiais
  12. 12. 1. Indique o rio, que em regime natural transporta : 1.1. mais sedimentos em suspensão; 1.2. mais sedimentos no fundo. 2. Indique o rio que, após a construção da barragem transporta: 2.1. mais sedimentos em suspensão; 2.2. mais sedimentos no fundo. 3. Explique a variação da quantidade de sedimentos transportados por tração e em suspensão, nos dois regimes. 4. Calcule: 4.1. A quantidade de sedimentos transportados pelo Rio Minho, em regime natural após a construção de barragens. 4.2. a percentagem total de sedimentos que o Rio Guadiana perdeu com a construção de barragens.

×