11 sismologia

1.470 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.470
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
87
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

11 sismologia

  1. 1. http://www.classbrain.com/artteensb/uploads/earthquake.jpg SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  2. 2. Sismo SeismMovimento brusco na crosta terrestreproduzido, naturalmente, por uma falha activaou, artificialmente, através, por exemplo, deuma explosão. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  3. 3. sismologia seismologyEstudo da propagação das ondas sísmicas noglobo terrestre, provenientes de sismosnaturais e artificiais. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  4. 4. macrossismo macroseismSismo sensível sem o auxílio de aparelhagemadequada. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 microssismo microseismAgitação ao nível da crosta superfícial, ou ruídode fundo, atribuída à atividade industrial e aostransportes, ao vento e à rebentação da vagano litoral. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  5. 5. ABALOS SISMO RÉPLICASPREMONITÓRIOS tempo Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  6. 6. Manual pág. 144 SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  7. 7. A teoria do ressalto elástico foi estabelecida por H. F. Reid com base em estudos geodésicos que realizou após o sismo de 1906 em São Francisco, Califórnia, de um e do outro lado do segmento da falha de Sto. André que sofreu rotura durante o sismo. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  8. 8. A teoria do ressalto elástico foi estabelecida por H. F. Reid com base em estudos geodésicos que realizou após o sismo de 1906 em São Francisco, Califórnia, de um e do outro lado do segmento da falha de Sto. André que sofreu rotura durante o sismo. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  9. 9. SismologiaMaria João Drumond / janeiro 2013 Biologia e Geologia – 10º ano http://www.biogeolearning.com/web/images/stories/ressalto%20elastico-pt2.jpg
  10. 10. Ocorre uma movimentação brusca devido atensões acumuladas. As rochas ressaltamelasticamente, libertando energia sob aforma de calor e de ondas elásticas, isto é,produz-se um sismo. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  11. 11. http://www.tulane.edu/~sanelson/images/stressstrain.gif SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  12. 12. Falha normal Falha inversa Falha de desligamento SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  13. 13. http://www.minervasd.org/684230120125524/lib/684230120125524/fault_cartoon.jpg SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  14. 14. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  15. 15. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  16. 16. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  17. 17. Ondas de Rayleigh Ondas de Love http://www.netxplica.com/manual.virtual/exercicios/imagem/ondas.sismicas.ae.png SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  18. 18. http://www.netxplica.com/Anims/geo/ondas.sismicas.gif SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  19. 19. Manual pág. 148 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  20. 20. Ondas P• Ondas Primárias, Longitudinais ou de Compressão• Direcção do movimento das partículas paralela à direcção de propagação da onda• Rápida (em média 6,1km/s, mas num granito é de 5,5 km/s e na água 1,5 km/s Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  21. 21. Ondas P• Provocam alterações de volume no material, pois comprimem e distendem a matéria.• Propagam-se em meios Sólidos, Líquidos e Gasosos.• A velocidade de propagação é inversamente proporcional à densidade e compressibilidade e directamente proporcional à rigidez. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  22. 22. Ondas S• Ondas Secundárias ou Transversais• Direcção do movimento das partículas perpendicular à direcção de propagação da onda• Média (em média 4,1km/s) Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  23. 23. Ondas S• Provocam alterações na forma do material, mas sem alterar o seu volume.• Propagam-se apenas em meios Sólidos.• A velocidade de propagação é inversamente proporcional à densidade e directamente proporcional à rigidez. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  24. 24. Ondas R• Ondas de Rayleigh• Direcção do movimento das partículas circular e vertical, perpendicular à direcção de propagação da onda• Lenta. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  25. 25. Ondas R• Propagam-se em meios Sólidos e Líquidos.• A velocidade de propagação é constante, uma vez que se propagam à superfície e os materiais da crusta são quase homogéneos. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  26. 26. Ondas L• Ondas de Love• Direcção do movimento das partículas horizontal, mas perpendicular à direcção de propagação da onda• Lenta, mas mais rápida que a velocidade das ondas R Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  27. 27. Ondas L• Propagam-se apenas em meios Sólidos.• A velocidade de propagação é constante, uma vez que se propagam à superfície e os materiais da crusta são quase homogéneos. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  28. 28. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  29. 29. http://www.state.nj.us/dep/njgs/enviroed/cartoon.gif SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  30. 30. sismógrafo 132 dC Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  31. 31. sismógrafo 1887 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  32. 32. sismógrafoEquipamento destinado a registar osmovimentos induzidos pelas ondas sísmicas. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  33. 33. sismógrafo Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  34. 34. sismógrafo actual Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  35. 35. sismógrafo Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  36. 36. sismogramaRepresentação gráfica de um sismo obtida porum sismógrafo. Galopim de Carvalho AM. Dicionário de Geologia. 1ª ed. Lisboa: Âncora Editora. 2011 Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  37. 37. sismograma Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  38. 38. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  39. 39. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  40. 40. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  41. 41. http://helid.digicollection.org/documents/ops01s/p214b.gif SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  42. 42. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  43. 43. Richter http://www.sdgs.usd.edu/publications/maps/earthquakes/images/RichterScale.gif SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  44. 44. Mercallihttp://4.bp.blogspot.com/_jWIHSSuA7RY/S4FfENHUgnI/AAAAAAAAAEE/tqVDsowF2Gs/s400/Imagem+sem+t%C3%ADtulo.png Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  45. 45. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  46. 46. Manual pág. 153 SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  47. 47. Através do registo obtido numa dada estaçãosismográfica é possível determinar o intervalode tempo correspondente à diferença dechegada das ondas P e S. Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  48. 48. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  49. 49. Manual pág. 154 SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  50. 50. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  51. 51. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  52. 52. Manual pág. 156 SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  53. 53. Sismicidade no arquipélago dos Açores• É uma zona sísmica de risco elevado, pois está rodeada de estruturas Sismologia sismogénicas Biologia e Geologia – 10º ano• Microplaca dos Maria João Drumond / janeiro 2013
  54. 54. Sismicidade no arquipélago da Madeira• Arquipélago situado na placa africana• Risco sísmico reduzido Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  55. 55. Sismicidade em Portugal continental• Risco maior em Lisboa e Algarve, devido à falha Açores-Gibraltar• Risco menor: norte do país Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  56. 56. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  57. 57. É posivel prever os sismos? SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  58. 58. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  59. 59. Zonagem Sísmica Regulamentar Perigosidade A>B>C>D Sismologia Biologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  60. 60. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013
  61. 61. SismologiaBiologia e Geologia – 10º ano Maria João Drumond / janeiro 2013

×