Breve exposição sobre a coesão
textual e seus elementos
Ms. Miquéias dos Santos Vitorino
PROLING/GELIT - UFPB
o que é a coesão textual
A coesão textual é uma característica que
aponta para mecanismos linguísticos que o
texto possui ...
o que faz um texto coeso?
Gráfico baseado em Fávero (2009)
conectivos
referenciação
e elipses
substituição coesão lexical
...
referenciação
As anáforas e catáforas definem um fenômeno
textual chamado referenciação. Consiste em uma
cadeia de retomad...
referenciação
Ele terminou uma garrafa de cachaça e logo
abriu uma outra.
Era uma monografia de trinta páginas. Comecei
a ...
referenciação
elipse
Uma elipse ocorre quando há omissão de uma palavra,
expressão ou mesmo uma informação inteira, que é
inferida, mas ...
coesão lexical e recorrência
Um texto coeso tem, necessariamente, uma
escolha de palavras que se relacionem entre si
e que...
recorrência
recursos de repetição
REPETIÇÃO
Paráfrase
Paralelismo
Repetição
propriamente
dita
recursos de repetição
Paralelismo
Irene no céu
Manuel Bandeira
Irene preta
Irene boa
Irene sempre de
bom humor
Paráfrase
O...
uso dos conectivos
O efeito causado pelo uso dos conectivos (mas,
porque, ou, entretanto, logo, sendo assim etc)
confere a...
uso dos conectivos
Como o sol não costuma dar trégua, as praias
são sempre uma ótima opção.
Já que as mulheres muitas veze...
referências
ANTUNES, I. Lutar com palavras: coesão e
coerência. São Paulo: Parábola, 2005.
FÁVERO, L. L. Coesão e coerênci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos

447 visualizações

Publicada em

Elementos coesivos textuais, com uma explicação breve e acessível, baseado em Fávero, Antunes e Koch & Elias.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos

  1. 1. Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos Ms. Miquéias dos Santos Vitorino PROLING/GELIT - UFPB
  2. 2. o que é a coesão textual A coesão textual é uma característica que aponta para mecanismos linguísticos que o texto possui e que mantenham suas partes bem concatenadas (emendadas, ligadas), fazendo o texto possuir uma rede de informações bem interligada e organizada. (cf. FÁVERO, 2009)
  3. 3. o que faz um texto coeso? Gráfico baseado em Fávero (2009) conectivos referenciação e elipses substituição coesão lexical COESÃO
  4. 4. referenciação As anáforas e catáforas definem um fenômeno textual chamado referenciação. Consiste em uma cadeia de retomadas de um termo usando diferentes elementos da língua. Pode-se usar pronomes, expressões definidas, advérbios de lugar. Anáfora é a retomada de um elemento já referido no texto. A catáfora antecipa os termos para se referir a algo ainda não citado no texto.
  5. 5. referenciação Ele terminou uma garrafa de cachaça e logo abriu uma outra. Era uma monografia de trinta páginas. Comecei a ler e vi que algumas folhas tinham uma série de problemas. A decoração do casamento foi feito com rosas vermelhas. As flores foram a atração da festa.
  6. 6. referenciação
  7. 7. elipse Uma elipse ocorre quando há omissão de uma palavra, expressão ou mesmo uma informação inteira, que é inferida, mas não aparece explicitamente no texto. Vejamos o exemplo explorado em Antunes (2005, p.120) Em certo dia de data incerta, um galo velho e uma galinha nova encontraram-se no fundo de um quintal e, entre uma bicada e outra, trocaram impressões sobre como o mundo estava mudado. O galo, porém, fez questão de frisar que sempre (X) vivera bem, (X) tivera muitas galinhas em sua vida sentimental e agora, velho e cansado, (X) esperava calmamente o fim de seus dias.
  8. 8. coesão lexical e recorrência Um texto coeso tem, necessariamente, uma escolha de palavras que se relacionem entre si e que tenham a ver uma com a outra. Além disso, Fávero (2009, p.26) destaca outra característica de um texto coeso: a progressão. O texto não permanece estático, sem informações novas. É repetir parcialmente um conteúdo, mas fornecendo informações novas.
  9. 9. recorrência
  10. 10. recursos de repetição REPETIÇÃO Paráfrase Paralelismo Repetição propriamente dita
  11. 11. recursos de repetição Paralelismo Irene no céu Manuel Bandeira Irene preta Irene boa Irene sempre de bom humor Paráfrase O ato de escrever deve ser visto como uma atividade sociocultural. Ou, dito de outra forma, escrevemos para alguém ler. Repetição propriamente dita Repetição propriamente dita é a repetição propriamente dita.
  12. 12. uso dos conectivos O efeito causado pelo uso dos conectivos (mas, porque, ou, entretanto, logo, sendo assim etc) confere ao texto: • Continuidade da informação • Relação de sentido entre os enunciados ligados • Criação de unidades de argumentação complexas.
  13. 13. uso dos conectivos Como o sol não costuma dar trégua, as praias são sempre uma ótima opção. Já que as mulheres muitas vezes se negam a ter um parto normal, seria bom fornecer-lhes mais informações sobre as vantagens do procedimento. A liberdade de expressão pode ser libertadora, do ponto de vista de quem enuncia, mas pode aprisionar outrem em cadeias de preconceito.
  14. 14. referências ANTUNES, I. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola, 2005. FÁVERO, L. L. Coesão e coerência textuais. 11.ed. São Paulo: Ática, 2009. KOCH, I.V; ELIAS, V. M. Ler e escrever. São Paulo: Contexto, 2009.

×