EBD
O modelo bíblico para as
relações familiares - Lição -
10
TEXTO AUREO
“Até que todos cheguemos
à unidade da fé e ao
conhecimento do Filho de
Deus, a varão perfeito, à
medida da est...
Introdução
Pessoas encontram grande
dificuldade em viver o
modelo de
relacionamento familiar pro
posto pelo Apóstolo Paulo.
1. Entendendo o modelo
bíblico para as relações
familiares
 Identificar no texto:
1 Tema central: Jesus
2 Tema secundário: Marido e
Mulher
3 Palavra – chave: Submissão.
Efésios 5.2...
O que significa submissão
no texto bíblico.
Veja no original!
Do Grego “hupotasso”
1organizar sob, subordinar 2)
sujeitar, colocar em sujeição 3)
sujeitar-se, obedecer 4) submeter
ao c...
Definição mais detalhada
1.organizar sob, subordinar
2.ao assunto, colocar em sujeição
3.sujeitar a si mesmo, obedecer
4.s...
Contexto da época de
Paulo.
Em que contexto escreveu
o apóstolo?
A mulher respeitável grega
era educada de tal
maneira que o
companheirismo e a
comunidade matrimonial
lhe resultavam impos...
Os judeus tinham um baixo
conceito das mulheres. Na forma
judia da oração matutina havia
uma frase em que o judeu cada
man...
1.1. O tema central da
Bíblia
Tudo na Bíblia converge
para Cristo. Isto faz dEle o
tema central da Escritura e
o constitui modelo para
todos os aspectos...
Como os Evangelhos
apresentam Jesus.
Em Mateus vemos a
realeza de Jesus: O Rei
prometido.
Em Marcos, Sua
humilhação à forma de
servo;
Em Lucas, Sua
humanidade: O Filho do
Homem.
Em João, Sua divindade:
O Filho de Deus.
A Bíblia Sagrada foi dividida
em capítulos no século XIII
(entre 1234 e
1242) pelo teólogo Stephen
Langhton, então Bispo d...
A divisão do Antigo
Testamento em versículos foi
estabelecida por estudiosos
judeus das Escrituras
Sagradas, chamadas de
m...
Os massoretas ou massoréticos (em hebraic
o: eram escribas judeus que se
dedicaram a preservar e cuidar
das escrituras que...
O termo "massorá" provém
na língua
hebraica de mesorah ( alt.
e indica "tradição".
Portanto, massoreta era alguém
que tinh...
1.2. O princípio regente e
a palavra chave
. Os subtemas centrais e
secundários dos capítulos 4.6 um
só Deus e Pai de todos, o qual é
sobre todos, e por todos e em
t...
A palavra chave no texto é
Unidade.
O que rege as instruções é
a palavra como.
1.3. O contexto
Isolando versículos para
estudar o contexto.
16 versículos
Vão de 5.22 a 6.1-4.
O contexto remoto se
apresenta no capítulo 4.
Nesse capítulo , Paulo fala da
unidade como objetivo
pr...
2. Autoridade e
submissão no sistema
celestial.
O céu é um sistema
governado pelo Deus Trino.
O Pai, Filho e Espírito Santo
estão sempre em perfeita
sintonia.
A igreja é um subsistema
que pertence ao sistema
celestial, da qual Cristo é
a cabeça.
2.1. Como são definidas
as autoridades no sistema
celestial?
Deus Pai, Deus Filho e Deus
Espírito Santo formam um
único ser divino. Entretanto,
diz a Escritura: Deus é a
cabeça de Cri...
Cristo é o enviado de
Deus (Lc 4.43)
E o Espírito Santo é o
enviado de Cristo (Jo
15.26
Assim, vemos Cristo ora
enviando, ora sendo enviado.
Ora liderando, ora sendo
liderado. Logo, entendemos
que o critério ap...
2.2. Como a autoridade é
exercida no sistema
celestial?
No sistema celestial,
entretanto, o exercício da
autoridade é visto como um
dever. Os detentores de
autoridade são conside...
O exercício da autoridade
exige renúncia, humildade
e obediência.
Veja o exemplo de Cristo.
Mc 10.45
2.3. Como se dá a
submissão no sistema
celestial
Ela ocorre num ambiente
de igualdade.
Deus não escolhe quem
deve se submeter baseado
no critério de superioridade
x inferi...
Ele – Deus - os escolhe em
uma correspondência
perfeita entre as partes de
um todo.
Assim, o sistema inteiro
obedece a uma hierarquia
pre–determinada por Deus,
de modo que tudo e todos
obedeçam e sejam
obed...
3. Aplicando os princípios
celestiais à família
Em meio à onda de feminismo
que varre as sociedades
atuais, a doutrina bíblica da
autoridade e submissão
parece ser, no en...
1. Como o marido deve
exercer sua autoridade
1 Seguindo o modelo
proposto: Cristo!
2 Com amor. (Ef 5.25)
3 Sacrifício, cuidado e
tratamento adequado.
3.2. De que modo a
esposa deve submeter-se
ao marido
Em primeiro lugar, precisamos
considerar que a submissão da
esposa ao marido não significa
servidão nem inferioridade, mas...
A esposa cristã não deve agir
como empregada do marido,
mas como sua companheira,
que faz tudo em acordo com
ele e procura...
Relembrando.
Qual era a dificuldade das
mulheres na época de
Paulo quanto a submissão
a autoridade de um
homem?
A mulher respeitável grega
era educada de tal
maneira que o
companheirismo e a
comunidade matrimonial
lhe resultavam impos...
Os judeus tinham um baixo
conceito das mulheres. Na forma
judia da oração matutina havia
uma frase em que o judeu cada
man...
3.3. Como os filhos devem
se comportar nesta cadeia
hierárquica.
Praticando o mesmo princípio
e padrão que os casais
devem observar. Enquanto o
marido deve cumprir seu
papel em casa como ...
...a esposa deve cumprir o seu
papel no casamento como a
Igreja o faz para com Cristo,
os filhos devem honrar,
obedecer e ...
Eles precisam: servir e
submeter-se uns aos outros em
amor (Ef 5,21:... sujeitando-vos
uns aos outros no temor de
Cristo.
Conclusão
Portanto, a autoridade e a
submissão no corpo social,
chamado Família Cristã,
serão aplicadas de modo
correto e ...
que rege a igreja: a
autoridade pertence a Deus
e Ele “colocou os membros
no corpo, cada um deles
como quis” (1Co 12.15).
É fundamental entendermos que
Deus mesmo deu os maridos para
liderar o lar; as esposas para
cooperarem e em concordância
c...
da família ao padrão que nos
foi dado.
QUESTIONÁRIO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O modelo bíblico para as relações familiares lição - 10

866 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
866
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O modelo bíblico para as relações familiares lição - 10

  1. 1. EBD O modelo bíblico para as relações familiares - Lição - 10
  2. 2. TEXTO AUREO “Até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo”. Ef 4.13
  3. 3. Introdução Pessoas encontram grande dificuldade em viver o modelo de relacionamento familiar pro posto pelo Apóstolo Paulo.
  4. 4. 1. Entendendo o modelo bíblico para as relações familiares
  5. 5.  Identificar no texto: 1 Tema central: Jesus 2 Tema secundário: Marido e Mulher 3 Palavra – chave: Submissão. Efésios 5.22 – 6.1-4.
  6. 6. O que significa submissão no texto bíblico. Veja no original!
  7. 7. Do Grego “hupotasso” 1organizar sob, subordinar 2) sujeitar, colocar em sujeição 3) sujeitar-se, obedecer 4) submeter ao controle de alguém 5) render- se à admoestação ou conselho de alguém 6) obedecer, estar sujeito.
  8. 8. Definição mais detalhada 1.organizar sob, subordinar 2.ao assunto, colocar em sujeição 3.sujeitar a si mesmo, obedecer 4.submeter-se a seu controle 5.ceder a sua admoestação ou conselho 6.para obedecer, ser sujeito Um termo de significado militar grega "para organizar [divisões de tropa] sob o comando de um líder". Em uso não-militar, que era "uma atitude voluntária de ceder, cooperar, assumir responsabilidade, e carregando um fardo".
  9. 9. Contexto da época de Paulo. Em que contexto escreveu o apóstolo?
  10. 10. A mulher respeitável grega era educada de tal maneira que o companheirismo e a comunidade matrimonial lhe resultavam impossíveis.
  11. 11. Os judeus tinham um baixo conceito das mulheres. Na forma judia da oração matutina havia uma frase em que o judeu cada manhã agradecia a Deus por não tê-lo feito "um pagão, um escravo ou uma mulher".
  12. 12. 1.1. O tema central da Bíblia
  13. 13. Tudo na Bíblia converge para Cristo. Isto faz dEle o tema central da Escritura e o constitui modelo para todos os aspectos da vida de seus discípulos.
  14. 14. Como os Evangelhos apresentam Jesus. Em Mateus vemos a realeza de Jesus: O Rei prometido.
  15. 15. Em Marcos, Sua humilhação à forma de servo; Em Lucas, Sua humanidade: O Filho do Homem.
  16. 16. Em João, Sua divindade: O Filho de Deus.
  17. 17. A Bíblia Sagrada foi dividida em capítulos no século XIII (entre 1234 e 1242) pelo teólogo Stephen Langhton, então Bispo de Canterbury, na Inglaterra.
  18. 18. A divisão do Antigo Testamento em versículos foi estabelecida por estudiosos judeus das Escrituras Sagradas, chamadas de massoretas.
  19. 19. Os massoretas ou massoréticos (em hebraic o: eram escribas judeus que se dedicaram a preservar e cuidar das escrituras que atualmente constituem o Antigo Testamento. Às vezes o termo também é usado para indicar comentadores hebraicos dos textos sagrados. Substituíram os escribas (Sopherins) por volta do ano 500 até ao ano 1000 .
  20. 20. O termo "massorá" provém na língua hebraica de mesorah ( alt. e indica "tradição". Portanto, massoreta era alguém que tinha por missão a guarda e preservação da tradição.
  21. 21. 1.2. O princípio regente e a palavra chave
  22. 22. . Os subtemas centrais e secundários dos capítulos 4.6 um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos. - 6.1-4 são regidos pelo princípio da Autoridade de Deus. A porta que dá acesso ao princípio se encontra em Ef 4.6
  23. 23. A palavra chave no texto é Unidade. O que rege as instruções é a palavra como.
  24. 24. 1.3. O contexto Isolando versículos para estudar o contexto. 16 versículos
  25. 25. Vão de 5.22 a 6.1-4. O contexto remoto se apresenta no capítulo 4. Nesse capítulo , Paulo fala da unidade como objetivo principal a ser alcançado.
  26. 26. 2. Autoridade e submissão no sistema celestial.
  27. 27. O céu é um sistema governado pelo Deus Trino. O Pai, Filho e Espírito Santo estão sempre em perfeita sintonia.
  28. 28. A igreja é um subsistema que pertence ao sistema celestial, da qual Cristo é a cabeça.
  29. 29. 2.1. Como são definidas as autoridades no sistema celestial?
  30. 30. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo formam um único ser divino. Entretanto, diz a Escritura: Deus é a cabeça de Cristo (ICo 11.3)
  31. 31. Cristo é o enviado de Deus (Lc 4.43) E o Espírito Santo é o enviado de Cristo (Jo 15.26
  32. 32. Assim, vemos Cristo ora enviando, ora sendo enviado. Ora liderando, ora sendo liderado. Logo, entendemos que o critério aplicado é o da igualdade.
  33. 33. 2.2. Como a autoridade é exercida no sistema celestial?
  34. 34. No sistema celestial, entretanto, o exercício da autoridade é visto como um dever. Os detentores de autoridade são considerados servos (Lc 22.26)
  35. 35. O exercício da autoridade exige renúncia, humildade e obediência. Veja o exemplo de Cristo. Mc 10.45
  36. 36. 2.3. Como se dá a submissão no sistema celestial
  37. 37. Ela ocorre num ambiente de igualdade. Deus não escolhe quem deve se submeter baseado no critério de superioridade x inferioridade.
  38. 38. Ele – Deus - os escolhe em uma correspondência perfeita entre as partes de um todo.
  39. 39. Assim, o sistema inteiro obedece a uma hierarquia pre–determinada por Deus, de modo que tudo e todos obedeçam e sejam obedecidos.
  40. 40. 3. Aplicando os princípios celestiais à família
  41. 41. Em meio à onda de feminismo que varre as sociedades atuais, a doutrina bíblica da autoridade e submissão parece ser, no entender de muitos, polêmica e ultrapassada.
  42. 42. 1. Como o marido deve exercer sua autoridade
  43. 43. 1 Seguindo o modelo proposto: Cristo! 2 Com amor. (Ef 5.25) 3 Sacrifício, cuidado e tratamento adequado.
  44. 44. 3.2. De que modo a esposa deve submeter-se ao marido
  45. 45. Em primeiro lugar, precisamos considerar que a submissão da esposa ao marido não significa servidão nem inferioridade, mas uma incumbência, um direito que precisa ser exercido para o bom funcionamento da família.
  46. 46. A esposa cristã não deve agir como empregada do marido, mas como sua companheira, que faz tudo em acordo com ele e procura agradá-lo, como a Igreja age para com o Senhor.
  47. 47. Relembrando. Qual era a dificuldade das mulheres na época de Paulo quanto a submissão a autoridade de um homem?
  48. 48. A mulher respeitável grega era educada de tal maneira que o companheirismo e a comunidade matrimonial lhe resultavam impossíveis.
  49. 49. Os judeus tinham um baixo conceito das mulheres. Na forma judia da oração matutina havia uma frase em que o judeu cada manhã agradecia a Deus por não tê-lo feito "um pagão, um escravo ou uma mulher".
  50. 50. 3.3. Como os filhos devem se comportar nesta cadeia hierárquica.
  51. 51. Praticando o mesmo princípio e padrão que os casais devem observar. Enquanto o marido deve cumprir seu papel em casa como Cristo o faz para com a Igreja...
  52. 52. ...a esposa deve cumprir o seu papel no casamento como a Igreja o faz para com Cristo, os filhos devem honrar, obedecer e considerar os pais como ao próprio Deus.
  53. 53. Eles precisam: servir e submeter-se uns aos outros em amor (Ef 5,21:... sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.
  54. 54. Conclusão Portanto, a autoridade e a submissão no corpo social, chamado Família Cristã, serão aplicadas de modo correto e eficaz quando forem regidas pelo mesmo princípio que
  55. 55. que rege a igreja: a autoridade pertence a Deus e Ele “colocou os membros no corpo, cada um deles como quis” (1Co 12.15).
  56. 56. É fundamental entendermos que Deus mesmo deu os maridos para liderar o lar; as esposas para cooperarem e em concordância com o marido e os dois juntos possam juntos exercitar a liderança e o aperfeiçoamento
  57. 57. da família ao padrão que nos foi dado. QUESTIONÁRIO

×