Objeto da proposta & executores                                                                                    OBJETIV...
justificativa                                                            justificativaDe um lado, há um grande interesse p...
Metodologia                                  tecnologia como agente de mudanca                                            ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mip&d itabira e regiao resumo para banner

497 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
497
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mip&d itabira e regiao resumo para banner

  1. 1. Objeto da proposta & executores OBJETIVO GERAL DO PROJETO: Desenvolvimento e adensamento de processos inovadores de caráter tecnológico aplicados no cultivo do pinhão-manso micorrizado de alta produtividade, eliminação da toxidez da torta da planta e de práticas de manejo PROJETO P&D para a manutenção da biodiversidade microbiana do solo. PINHAO-MANSO Instrumentalização: aporte de recursos e conhecimento para P&D “FERRO VERDE” de oleaginosa de alta produtividade de óleo para a produção de biodiesel. O ELO FALTANTE EXECUTOR: BIOVALE ENERGIA – empresa mineira de produção, comercialização e consultoria na cadeia produtiva do biodiesel CO-EXECUTORES: UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA – BIOAGRO/FUNARBE EPAMIG – EMPRESA DE PESQUISA DE AGROPECUÁRIA DE MINAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRA, INDESI 1 CETEC[SECTES, MINAS GERAISwww.biovale.teiaslive.net Objetivos e metas Vantagens da tecnologia proposta OBJETIVO GERAL Enquanto pelo método convencional, o plantio de mudas por Desenvolvimento e adensamento de processos inovadores de caráter sementes, as mudas produzidas serem desuniformes e levar cerca de dois anos para início da produção, a multiplicação das tecnológico aplicados no cultivo do pinhão-manso micorrizado de alta mudas por cultura de tecidos, ou clonagem, garante a produtividade e de práticas de manejo para a manutenção da produção de mudas uniformes, reduz esse tempo para um ano. biodiversidade microbiana do solo e melhoramento genético Adicionalmente, ao se realizar a inoculação das mudas com Objetivos específicos: fungos micorrízicos arbusculares, essas mudas podem florescer em até 7 meses. Além da aceleração do crescimento, essa • Instalar um banco de germoplasma; técnica in vitro de produção de mudas de pinhão manso • Caracterizar os acessos por meio de descritores morfo-agronômicos e micorrizado conduz à uma produtividade e biomassa mais marcadores moleculares; elevadas, da ordem de 30%. • Selecionar genótipos de pinhão-manso com alto teor de óleo, visando produção de biodiesel. A associação de mudas com fungos micorrízicos arbusculares Metas: (FMAs) contribui para o desenvolvimento vegetal, refletindo Implantar um banco de germoplasma de pinhão-manso e caracterizar seus não apenas no aumento da biomassa vegetal e na morfogênese acessos por descritores convencionais e moleculares; radicular, mas também no controle biológico à pragas e Lançar variedades clonais de pinhão-manso com alto teor de óleo, visando doenças, na eficácia de utilização de água e nutrientes e na produção de biodiesel; dominar as técnicas de cultivo do pinhão-manso redução do estresse durante o transplantio das mudas para o campo. eliminação da toxidez da planta Melhoramento genético. 1
  2. 2. justificativa justificativaDe um lado, há um grande interesse por parte de A utilização de fungos micorrízicos arbusculares para o desenvolvimento do pinhão-manso (jatropha curcas) podem ampliar a capacidade vegetativa dasprodutores no cultivo do pinhão-manso. Por outro lado, as plantas substantivamente, trazendo ganhos econômicos de monta.informações de pesquisa e extensão estão basicamente Entretanto, é preciso desenvolver pesquisas no sentido de se atestar sualimitadas àquelas feitas pelos Centros experimentais da atuação nos solos brasileiros.EPAMIG e UFV. No Brasil muitos pesquisadores de diversas renomadas entidades de pesquisa e universidades estudam a ação de fungos micorrízicos associados a inúmeras espécies vegetais. Geralmente uma associação bem sucedida resulta em Do que se conclui que há forte pressão por resultados de resultados importantes e favorece enormemente o desenvolvimento daspesquisa que suportem a intenção de plantio dessa plantas em solos considerados pouco férteis, inóspitos e até contaminados.euforbiácea. Esses bons resultados dependem, no entanto de que a associação entre planta e fungo seja bem sucedida e isso passa por interações diversas queAs sementes e/ou mudas dos escassos plantios existentes ocorrem no solo. Dessa forma, é fundamental os fungos visando confirmarsão de procedência e constituição genética desconhecidas. sua capacidade de inoculação em solos brasileiros. Transferência de tecnologias de outros países, particularmente a Índia, é deA situação se agrava quando se sabe que o quilo dessas fundamental importância para se diminuir a curva de aprendizagem em relação ao cultivo economicamente viável do pinhão-manso.sementes está sendo comercializado a R$ 120,00 e a muda aR$ 4,00 a unidade. Vantagens do pinhão-manso Vantagens do pinhão-manso micorrizado Desenvolvimento mais rápido e uniforme das lavouras;O cultivo de pinhão-manso reúne diversas vantagens comparativaspara a produção de biodiesel: Possibilidade de controle de eventuais ataques inesperados de pragas e doenças;Trata-se de planta perene, rústica, de fácil manejo, com óleo dequalidade para biodiesel em alto teor nas sementes (38%) Facilitará futuras pesquisas e atividades técnicas, cuja finalidade sejam aprimorar ainda mais a atividade.Adequada ao consórcio com cultivos alimentares (feijão, porexemplo) ou outro cultivo agro-energético (amendoim, porexemplo) por ser arbustiva e plantada em espaçamentos largos. O Solo doente e fraco torna-se fértil e saudávelconsórcio com amendoim aumentaria a produção de óleo por área 95% taxa de sucesso de germinação da sementes versus 50% comTais vantagens credenciam o pinhão-manso como espécie sementes não micorrizadasapropriada para cultivo em pequenas propriedades com mão-de-obra familiar, gerando renda e fixando o homem no campo Fruição e florescimento precoce—a partir do sétimo mês contra um ano com a plantação clonadaPortanto, antes que o plantio empírico, com o uso de sementes deorigem desconhecida, ganhe escala, é fundamental que a pesquisa Produtividade mais elevada (20%–30%) com inoculcao micorrizal emse inicie com ações de pré-melhoramento genético visando ofertar relacao a plantacao nao inoculada amplamente testada em diferentessementes de genótipos superiores em produção de óleo por área. terras degradas 2
  3. 3. Metodologia tecnologia como agente de mudanca O projeto pode trazer substantivo fortalecimento econômico criandoColeta de material no campo: renda e oportunidade de emprego tanto as comunidades rurais como Análise química e física do solo; 1.2 – Extração d esporos de FMA aos empreendedores. do solo; 1.3 – colonização por FMA do sistema radicular; 1.4. Multiplicação em casa de vegetação de sementes e plantas – Banco de germoplasma ( 12 meses) O projeto pode ser utilizado como um elemento crucial para estimular um sistema circular combinando efeitos ecológicos, econômicos e de geração de renda (HEN. 1994), principalmente as comunidades ruraisMultiplicação em casa de vegetação/ Multiplicação em vitro de FMA: susceptíveis a seca nas regiões semi-áridas do Brasil. – Micropropação do pinhão-manso/Inoculação/micropropagação de pinhão manso micorrizado em câmara de crescimento ( 24 meses) O projeto promove os Avaliação da sobrevivência e taxa de crescimento: transferências: principais aspectos do para câmara de nevoeiro; para casa de vegetação; para viveiro, desenvolvimento com vistas a para o campo; coleta no campo ( 30 meses) alcancar um modo de vida Avaliação da diversidade microbiana pela técnica de DGGE e sustentável para os pequenos FAME (30 meses) agricultores em termos de energia renovável, controle da erosão, fortalecimento e3. Técnica definida com distribuição de mudas selecionadas de desenvolvimento socio-qualidade para os pequenos agricultores e treinamento dos econômico.agricultores (36 meses) 3

×