Apresentacao teias atualizada

779 visualizações

Publicada em

O poder da colaboração em massa em prol da sociedade usando as ferramentas de negócios e da Internet

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
779
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Used under creative commons: http://www.flickr.com/photos/clappstar/178050837/
  • Apresentacao teias atualizada

    1. 1. Teia de Executivos e Empreendedores de Impacto em Ações SustentáveisO IMPACTO DA COLABORAÇÃO EM MASSA NA INTERNET Iniciativa: INOVARTE Negócios Sustentáveis www.teeias.org
    2. 2. OBJETIVO DA TEIASCriar uma plataforma de mídiasocial, capaz de organizar,coordenar, compartilhar,cooperar, construir e divulgar,com efeito “viral”, ascompetências de uma rede ACIONA INSPIRA E UMA TEIA DIVULGA DE IDÉIAS Einovadora e impactante de COMPETÊN- CIAS PROJETOSestudantes de MBA, estudantes MEMBROS TEIASgraduandos, profissionais,executivos e empreendedoressocialmente responsáveis, EQUIPA E FORMA REDES PARA Oempregando avançadas IMPACTOferramentas da WEB 2.0 danova “Economia Digital”. 2
    3. 3. Ferramenta: as novas tecnologiasda informação e da comunicação
    4. 4. estratégia :engajar, ouvir, agir OUVIR: as ideias, sugestões, demandas ,ENGAJAR, propostasenvolvendo ecomprometendo acomunidade e osempreendedoressociais AGIR elaborando projetos e adotando soluções capazes de agir diretamente nas demandas
    5. 5. agindo intensamente nasmídias sociais na InternetMídia Social descreve astecnologias e práticas na CENÁRIO DA MÍDIA SOCIALInternet que as pessoas usampara secomunicar, informar, integrare colaborar. A mídia socialpode assumir diferentesformas de comunicação, taiscomo textos, imagens, vídeo.Esses espaços na Internetgeralmente usam tecnologiascomo blogs, painéis demensagens, podcasts, wikisque permitem que os usuáriosinterajam com interfaceagradável e amigável. 5
    6. 6. Uso intenso das novas ferramentas tecnológicas e inserção nas redes sociais AMBIENTES EXEMPLOS REDES SOCIAIS BOOKMARKS SOCIAIS MICRO BLOGGINGMECANISMOS DE BUSCA SITES E PORTAIS BLOGS IM e VOIPCOMPARTILHAMENTO DE VÍDEOS, DOCS E MP3WIDGTES CONTAINNERS MAPAS 6 Entre outros...
    7. 7. a comunicação mudou...ANTES: COMUNICAÇÃO EM MASSA TV RÁDIO PRODUÇÃO DE CONTEÚDO JORNAL REVISTA PÚBLICOAGORA: MÍDIA SOCIALA tecnologia está tirando o poder dos REDEeditores, publicadores, da elite da mídiatradicional. Agora são as pessoas queassumem o controle.Rupert Murdoch 7
    8. 8. O desafio da colaboração: coordenar as ações de um time disperso para atingir uma meta compartilhada Photo Credit: http://www.flickr.com/photos/wheatfields/116810137
    9. 9. FERRAMENTA:INTERNET Web 2.0: poder para os cidadãos Alcance Qualquer um pode alcançar o público global Acessibilidade Qualquer um pode criar e distribuir com custo baixo ou nulo Usabilidade Qualquer um pode operar os meios de produção Rapidez As tecnologias permitem respostas e diálogos rápidos
    10. 10. Essas redes estão mudando a sociedade  As redes sociais são capazes de expressarAs redes unem os indivíduos idéias políticas e econômicas inovadorasorganizando-os de forma com o surgimento de novos valores,igualitária e democrática e pensamentos e atitudes.em relação aos objetivos queeles possuem em comum.  As redes proporcionam ampla informação a ser compartilhada por todos, sem canais reservados formando uma cultura de participação.  Isso só é possível graças ao desenvolvimento das tecnologias da comunicação e da informática, à globalização e à evolução da cidadania.
    11. 11. Brasil é o mais mais sociável do mundo! Com 23 horas e 12 minutos por pessoa no mês, o Brasil continua liderando em tempo médio de navegação entre os países medidos pelo Ibope.  Os principais interesses dos brasileiros na internet concentram- se nas categorias Buscadores, Portais e Comunidades - que tem 19,8 milhões de usuários únicos e tempo médio de navegação de 5 IMPACTO DAS MÍDIAS SOCIAIS horas e 48 minutos mensais por Assista o vídeo na Internet: pessoa. http://bit.ly/btQCrJ 11
    12. 12. Qual é o impacto desta mudança?O VOLUME e VELOCIDADE de propagação da informação é crescede forma muito mais rápida e viralA intersecção entre INFORMAÇÕES e PESSOAS é maior.LOCAIS e MOMENTOS de propagação da informação são móveis.A forma de BUSCAR informações muda.A ATENÇÃO com a informação é diferente. Oscila da atençãoparcial a grandes interesses.A RELEVÂNCIA da informação prevalece.A procura por informação é mais SOCIAL.A CREDIBILIDADE é construída pelo perfil dos interlocutores.A visualização da informação é FRAGMENTADA.As VOTAÇÕES e REFERÊNCIAS se proliferam. Informatização do CONSEQUÊNCIA boca a boca 12
    13. 13. Quer dizer: precisamos veras PESSOAS como uma plataforma
    14. 14. PESSOAS E NÃO PROCESSOS!
    15. 15. Desafio: colaboração Criar uma comunidade vibrante é criar uma massa crítica de boas mentes e incentivá- las a contagiar umas às outras.O valor de uma corrente animada aumentaexponencialmente e suas implicações sãoprofundas e revolucionárias. 15
    16. 16. TEIAS É COLABORAÇÃO EM MASSA“ Enquanto o comunismo sufocou o individualismo, acolaboração em massa se baseia em indivíduos e empresasutilizando a computação e tecnologias de comunicaçãoamplamente distribuídas para alcançar resultadoscompartilhados, através de associações voluntárias livres.A revolução de participação que está acontecendo agoraabre novas possibilidades para que bilhões de pessoasdesempenhem papéis ativos em seus locais de trabalho,comunidades, democracias nacionais e na economia global.Os benefícios sociais são profundos e incluem aoportunidade de atribuir maior responsabilidade aosgovernos e tirar milhões de pessoas da pobreza.” Don Tapscot - Wikinomics 16
    17. 17. Estamos entrando na era digital “A era industrial esgotou seu modelo para dar lugar a uma era em que uma massa hiperconectada de indivíduos auto-organizados segura suas necessidades econômicas em uma mão e seus destinos econômicos em outra. Mudanças profundas na natureza da tecnologia, da demografia e da economia global estão fazendo emergir novos e poderosos modelos de produção baseados em comunidade, colaboração e auto-organização, e não em hierarquia e controle. E, nos próximos anos, esse novo modo de colaboração substituirá as hierarquias empresariais tradicionais como o mecanismo essencial para criação de riqueza na economia.” Wiknomics
    18. 18.  Estamos vivendo uma revolução: todos podem “Esse conjunto de novas ferramentas é nada menos do que uma revolução, no sentido de que ele permite que qualquer um distribua suas idéias potencialmente para dezenas de milhões de pessoas. Reverteu-se totalmente toda a história das comunicações em massa. Essa forma de interação on-line denominada mídia social ou web 2.0, está cada vez mais saindo da periferia da comunicação e ocupando a mídia de destaque, com interesse intenso da iniciativa privada e das organizações públicas no sentido de unificar o diálogo.” (Wikinomics)
    19. 19. uma rede horizontal de pessoas e NÃO de computadores!É preciso mudar para um novo modelo: a colaboração emmassa, usando as mídias sociais na internet.A Internet deixa de ser a Rede Mundial de Computadores e se torna aRede Mundial de Pessoas.“O conhecimento, a competência e os recursos coletivos reunidos emamplas redes horizontais de participantes podem ser mobilizados pararealizar muito mais do que uma única empresa agindo sozinha seriacapaz.. Don Tapscot - Wikinomics 19
    20. 20. Organização Os atores elegem ou criam Grupos, indicam os mediadores destas comunidades e exercem um papel fundamental na expansão do processo convidando os atores da cadeia de valor para participar da rede. Estes atores são empresários, consultores, pesquisadores, líderes políticos, profissionais, fornecedores, clientes, professores, alunos, enfim todo os tipos de pessoas que interagem com os objetivos da rede. Ao se inscreverem na rede, os atores definem seus perfis declarando seus interesses, participam de fóruns de discussão e compartilham conteúdos. Neste processo, vão definindo seus interesses e o Administrador geral gerencia a rede como um todo na conseçução de seus objetivos.
    21. 21. organização A interação dos atores através de seus perfis pessoais, fóruns e comunidades, fomentados pela ação das instituições âncora e seus respectivos mediadores, é o que forma o segundo nível de articulação da rede A interação com outras fontes de conhecimento e informação (redes, sites, portais, blogs etc) forma o terceiro nível de articulação da rede .A plataforma da Rede disponibiliza um amplos arsenal de ferramentas daWeb 2.0 para a interação, publicação e colaboração eficaz de seus atores
    22. 22. O conjunto resultante é Resultado esperado como uma malha de múltiplos fios, que se espalha indefinidamente para todos os lados, sem que nenhum dos seus nós possa ser considerado principal ou central, nem representante dos demais. Não há um “chefe”, o que há é uma vontade coletiva de realizar o nosso objetivo: sabermos quem serão nossos governantes e“Mestre não é quem sempre ensina, votar com consciênciaMas quem de repente aprende.” 1998)
    23. 23. “ Por que éque todos não se reúnem, para sofrer evencer juntos,de uma vez?”(Jagunço Riobaldo, Guimarães Rosa)

    ×