Ferreira de Castro: Biografia

4.172 visualizações

Publicada em

Comemoração 114º aniversário do nascimento de Ferreira de Castro.
Todas as turmas do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro viram esta apresentação

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.172
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
314
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ferreira de Castro: Biografia

  1. 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLASFERREIRA DE CASTRO Biografia do escritor Ferreira de Castro 24 de Maio de 2012 1
  2. 2. “… - O Manuel da Bouça vai para o Brasil…As crianças ouviam os pais comentar a novidade e achavam-na tão extraordinária como a morte. (…) a aldeia era terrasem futuro e os exemplos dos que enriqueciam no Brasilmostravam-se mais numerosos …” Excerto de” Os Emigrantes” de Ferreira de CastroEra neste contexto social que o escritor vivia e que oinquietava. 2
  3. 3. José Maria Ferreira de Castro foi um escritor português, natural deOssela, Oliveira de Azeméis. Emigrou aos 12 anos para o Brasil,onde trabalhou durante quatro anos num seringal da Amazónia.Esta experiência serviria de base ao seu mais famoso romance, “ASelva” (1930). Seguiu depois para Belém do Pará, onde escreveu oseu primeiro romance, “Criminoso por Ambição” (1916), e onde,para além de outros trabalhos, colaborou na imprensa, fundando ojornal Portugal. 1930 3
  4. 4. Em 1919 regressou a Lisboa. Fundou a revista A Hora (1922) e omagazine Civilização (1928) e acumulou funções nas publicações OSéculo, ABC e O Diabo. Em 1922, iniciou a publicação de novelas, e seisanos depois saía o seu primeiro romance da fase de maturidadeliterária, “Emigrantes” , que marca, na literatura portuguesa, umatransição para o neo-realismo, mostrando a sua constante preocupaçãocom a condição humana, enaltecendo a coragem do Homem na lutacontra as dificuldades, procurando um mundo melhor. 4
  5. 5. O autor debruça-se sobre questões sociais e humanitárias de um grupodesfavorecido a que ele próprio pertencera. O novo ciclo de realismosocial na obra do escritor, mais preocupado com o fundo humano doque com a perfeição formal, prosseguiu com ”A Selva”, romance que lhegranjeou grande fama internacional, sendo traduzido para váriaslínguas. 5
  6. 6. Homem do Mundo, Ferreira de Castro foi também um viajante. Deu a volta ao Mediterrâneo, visitou os países da Ásia, e a África, conhecendo de perto outros povos e os seus modos de vida.Produzindo muitasobras, mostra tambéma sua constanteposição contra oregime político, a faltade liberdade e acensura. Ferreira de Castro com o escritor Jorge Amado, no Brasil 6
  7. 7. Viu a II GuerraMundial começar eretrata a ocupaçãonazi em “A Missão”. Homem culto, amante do conhecimento, é o exemplo de que o ser humano tem em si a capacidade de se formar. Apesar do escritor só ter completado o 4º ano de escolaridade foi reconhecido como um homem das Letras e do Saber. 7
  8. 8. Morreu em 29 de junho de 1974, na cidade do Porto, e está sepultado, a seu pedido, na Serra de Sintra. Sepultura de Ferreira de Castro na Serra de Sintra “ Desejaria ficar sepultado à beira duma dessas poéticas veredas que dãoacesso ao Castelo dos Mouros, sob as árvores românticas que ali residem etantas vezes contemplei com esta ideia no meu espírito. Fica perto dos homens,meus irmãos, e mais próximo da Lua e das estrelas, minhas amigas, tendo emfrente a terra verde e o mar a perder de vista - o mar e a terra que tanto amei”. 8

×