Ciborgues e Literatura

489 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
489
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciborgues e Literatura

  1. 1. v Ciborgue na literatura <ul>O que é ciborgue. </ul><ul>Ciborgues no início da literatura. </ul><ul>Ciborgues na literatura moderna. </ul><ul>Relações da ficção ciborgue em literatura moderna no desenvolvimento contemporâneo. </ul><ul>Ciborgues em Quadrinhos. </ul><ul>Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo. </ul><ul>Considerações finais. </ul>
  2. 2. v Introdução <ul><li>O que é ciborgue? </li></ul>Segundo Donna Haraway: “ A era do ciborgue é aqui e agora, onde quer que haja um carro, um telefone ou um gravador de vídeo. Ser um ciborgue não tem a ver com quantos bits de silício temos sob nossas peles ou quantas próteses nosso corpo contém. Tem a ver com o fato de Dona Haraway ir à academia de ginástica, observar uma prateleira de alimentos energéticos para bodybuilding, olhar as máquinas para malhação e dar-se conta de que ela está em um lugar que não existiria sem a idéia do corpo como uma máquina de alta performance. Tem a ver com calçados atléticos. ” (HARAWAY, 2009, p. 23)” Donna Haraway
  3. 3. v Ciborgues além da literatura <ul><li>Invenções tecnológicas. </li></ul><ul><li>Tecnofobia. </li></ul>“ que não há sentimento mais natural do que desconfiar de tudo que é novo e apegar-se ao que foi “testado e aprovado”, ou seja, aquilo que já nos acostumamos. “ (ASIMOV, 2005, p. 07) Roberto Carlos
  4. 4. v Ciborgues no início da literatura <ul>Religião Magia Tecnologia antiga Alquimia Mitos </ul>
  5. 5. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Golem
  6. 6. Mitologia judaica </li></ul>Criado para proteger gueto de Praga <ul><li>de anti-semitas </li></ul><ul><li>Tecnologia baseada em magia </li></ul>
  7. 7. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Ícaro
  8. 8. Mitologia grega </li></ul>Levanta vôo através de uma prótese <ul><li>de asa criada por seu pai </li></ul>
  9. 9. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Homúnculo
  10. 10. Mitologia grega </li></ul>Ligado ao Renascentismo <ul><li>Pensamento científico sobrepondo
  11. 11. religião </li></ul><ul><li>Alquimia </li></ul>
  12. 12. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Pigmaleão/Galatea
  13. 13. Mitologia grega </li></ul><ul><li>Criado para atender sonhos
  14. 14. de seu criador. </li></ul><ul><li>Alta tecnologia de escultura e magia </li></ul>
  15. 15. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Homúnculo
  16. 16. Mitologia grega </li></ul>Ligado ao Renascentismo <ul><li>Pensamento científico sobrepondo
  17. 17. religião </li></ul><ul><li>Alquimia </li></ul>
  18. 18. v Ciborgues no início da literatura <ul><li>Frankenstein
  19. 19. Romance de horror </li></ul>Mais importante mito da literatura <ul><li>de ficção </li></ul>Cenário gótico criou grande tendência para visão pessimista em torno <ul><li>da tecnologia </li></ul>
  20. 20. v Ciborgues na literatura moderna <ul><li>Futuro da humanidade e as novas definições de vida. </li></ul><ul><li>Seres humanos estão virando máquinas e máquinas adquirindo características humanas. </li></ul>
  21. 21. v Ciborgues na literatura moderna <ul><li>A literatura aborda isso desde tempos atrás em livros e contos. </li></ul>Cyborg Martin Caidin O homem bicentenário Isaac Asimov Neuromancer William Gibson Eu, robô Isaac Asimov
  22. 22. v Ciborgues na literatura moderna <ul><li>3 leis da robótica: </li></ul><ul><li>Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir </li></ul>que um ser humano sofra algum mal. <ul><li>Um robô deve obedecer às ordens que lhe sejam dadas por seres </li></ul>humanos, exceto nos casos em que tais ordens contrariem a primeira lei. <ul><li>Um robô deve proteger sua própria existência, desde que tal proteção
  23. 23. não entre em conflito com a primeira e a segunda leis. </li></ul>(ASIMOV, 1976, p.10)
  24. 24. v Ciborgues na literatura moderna <ul><li>Futuristas e transhumanistas discutem a aplicabilidade </li></ul>das Leis da Robótica de Isaac Asimov em organismos inteligentes. <ul><li>Neil Jacobstein, presidente da Singulary University: </li></ul>-As máquinas podem, no futuro, adquirir consciência de si e dos outros e que caso os humanos não possuam uma capacidade de interação entre esses sistemas, uma guerra entre robôs e a humanidade passa a ser uma possibilidade real.
  25. 25. v Relações da ficção ciborgue em literatura moderna no desenvolvimento contemporâneo <ul><li>Criação de máquinas e comparações com os robos do conto de Isaac Asimov. </li></ul>-Robôs que demonstrarão emoções como: raiva, alegria e solidão possuem semelhanças com os robôs Herbie e Robbie.
  26. 26. v Relações da ficção ciborgue em literatura moderna no desenvolvimento contemporâneo <ul><li>Geminoid DK e uma comparação com o robô Gnut de um dos contos de Harry Bates. </li></ul>A obra aborda os mitos da criação. O livro deu origem ao filme “O dia em que a terra parou” da década de 50 e a sua refilmagem em 2008. O dia em que a terra parou Geminoid DK Geminoid DK
  27. 27. “ Não havia quem não conhecesse robôs articulados, de grotesca semelhança humana, mas os olhos terrestres nunca tinham visto um autômato comparável. Pois Gnut apresentava uma figura quase identica à do homem.” (BATES, 2005, p. 110) http:// www.youtube.com/watch?v= eZlLNVmaPbM
  28. 28. v Ciborgues nos quadrinhos <ul><li>Ciborgues e comics. </li></ul><ul><li>Surgimento de robôs na ficção científica. </li></ul><ul><li>R.U.R. (Rossum's Universal Robots) </li></ul>
  29. 29. v Ciborgues nos quadrinhos <ul><li>Iron Skull x Bozo the Robot x Robotman </li></ul><ul><li>-Iron Skull (Primeiro ciborgue) </li></ul>
  30. 30. v Ciborgues nos quadrinhos <ul><li>Iron Man (1963) </li></ul>
  31. 31. v Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo Roupa de Invisibilidade Referência: Mulher invisível Camuflagem que reflete 360 graus do ambiente em volta do agente Exige centenas de bons computadores e grande consumo de energia
  32. 32. v Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo Campo elétrico de força Referência: Os Incríveis Tanque com armadura elétrica capaz de deter jatos de cobre derretido de uma granada Ainda não se consegue fazer campos elétricos em pessoas
  33. 33. v Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo Telepatia Referência: Charles Xavier Hospitais já sabem o que se passa na mente humanda através de ressonancia magnética e tomografia O obstáculo ainda é ler a cabeça de uma pessoa quando não está conectada à aparelhos
  34. 34. v Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo Super força Referência: Coisa Lee Sweney realiza experimentos com distrofia muscular através de engenharia genética Está em desenvolvimento um traje com função de exoesqueleto multiplicando a força
  35. 35. v Relações da ficção ciborgue em quadrinhos no desenvolvimento contemporâneo Fator de cura Referência: Wolverine Se apoiam no desenvolvimento de células-tronco capazes de assumir qualquer tecido. Grupos religiosos e antiaborto são contra pois consideram o embrião um ser humano.

×