Queda vertiginosa do consumo de combustíveis
<ul><li>O consumo de combustíveis rodoviários em Portugal caiu 3,1% no segundo trimestre do ano, face a igual período de 2...
<ul><li>Por sua vez, no caso do gasóleo o preço à saída das refinarias encareceu nada mais nada menos do que 62,2%, enquan...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Queda vertiginosa do consumo de combustíveis

696 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
696
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Queda vertiginosa do consumo de combustíveis

  1. 1. Queda vertiginosa do consumo de combustíveis
  2. 2. <ul><li>O consumo de combustíveis rodoviários em Portugal caiu 3,1% no segundo trimestre do ano, face a igual período de 2007. Os dados são da Autoridade da Concorrência (AdC) e revelam que se acentua a quebra na procura, em particular, de gasolina, cujas vendas desceram 7%. O consumo de gasóleo registou uma quebra de 1,9%. </li></ul><ul><li>Entre Abril e Junho acelerou &quot;a tendência de crescimento do preço do petróleo&quot;. O preço médio, em euros, do crude subiu 54,8% face aos mesmos três meses do ano passado. As contas da AdC são feitas com base no preço dos futuros do 'brent' (petróleo do Mar do Norte que serve de referência para a Europa) a um mês. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Por sua vez, no caso do gasóleo o preço à saída das refinarias encareceu nada mais nada menos do que 62,2%, enquanto o preço na bomba de abastecimento subiu 47,5%. </li></ul><ul><li>Depois de impostos, e em comparação com o segundo trimestre de 2007, os preços da gasolina 95 e o gasóleo aumentaram 8% e 27,7%, respectivamente. </li></ul><ul><li>Na União Europeia a 27, Portugal fica em 10.º lugar no 'ranking' dos países com o preço médio de venda ao público antes de impostos mais elevado na gasolina 95 (2% acima da média) e ocupa a 9ª posição no gasóleo (1,4% acima da média). </li></ul><ul><li>Carolina Andrade </li></ul><ul><li>Cátia Silva </li></ul><ul><li>Joana Barreto, alunas do 11º Ano 35ª Turma </li></ul><ul><li>Trabalho de pesquisa baseado no semanário Expresso </li></ul>

×