Mo ed as complementares para o desenvolvimento sustentável - teorias e práticas – “ Miguel” Yasuyuki Hirota [email_address...
Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precis...
Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precis...
Porquê é o sistema atual socio-económico insustentável e injusto? <ul><li>Emitido somente pelo banco central quando pedem ...
Mesmo o George Soros admite <ul><li>“ O comércio internacional e os mercados globais são muito bons em gerar riqueza,  mas...
Deveriam crescer as economias nacionais para sempre? <ul><li>A: crescimento de seres vivos </li></ul><ul><li>C: cresciment...
Redistribuição de riqueza a favor dos ricos <ul><li>Disminui-se o ingresso da maioria no atual sistema monetário e enrique...
Sistema financeiro de hoje a favor de invertimentos a curto prazo <ul><li>Fonte:  http://www.stefan-brunnhuber.de/ </li></ul>
Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precis...
O que é o dinheiro? <ul><li>Todo o mundo sabe o que podemos fazer com dinheiro, mas  ninguém sabe o que é o dinheiro </li>...
Características necessárias para moedas sustentáveis, justas e yin <ul><li>O desenvolvimento sustentável é o desenvolvimen...
Coerências Yin e Yang <ul><li>Fonte: “The Future of Money”(Bernard Lietaer, Century,2001) </li></ul>Dinheiro convencional ...
Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precis...
Experiências tradicionais no mundo (– cir. 1995) <ul><li>LETS (Canadá, Europa, NZ etc.):  os sócios intercambiam no seu pr...
LETS (vários países) <ul><li>Iniciado em 1982 por Michael Linton em Commox Valley, Columbia Britânica, Canadá e expandido ...
LETS (vários países) <ul><li>No dia 08 de janeiro Andrês dá para a Beatriz 5 quilos de batatas e recebe 10 pontos </li></u...
LETS (vários países) <ul><li>Atenção: a suma total de todas as contas é sempre zero </li></ul>Nome Valor anterior Câmbio V...
LETS (vários países) <ul><li>No dia 13 de janeiro Beatriz dá para o Carlos os seus bolos e recebe 15 pontos </li></ul>Nome...
LETS (vários países) <ul><li>No dia 17 de janeiro Carlos vende para o Andrês os seus livros e recebe 25 pontos </li></ul>N...
Exemplos de LETS <ul><li>Hanbat LETS (Daejeon, Coréia do Sul):  fundado em 2000 com mais de 4.000 transações (mais de US$1...
Time Dollar & Timebank  (EUA, Reino Unido, Espanha etc.) <ul><li>Iniciado em Washington D.C., EUA por um advogado Edgar Ca...
Fureai Kippu (Japão) <ul><li>Iniciado na década 1970 por donas de casa como uma rede local de ajuda mútua </li></ul><ul><l...
Banco WIR, Suíça <ul><li>Um sistema empresarial de MC desde 1934 na Suíça </li></ul><ul><li>PMES pedem empréstimos em WIR ...
Iniciativas recentes (a partir de 1995) <ul><li>Clubes de Troca (Argentina):  uma vez o movimento mais grande de MC no mun...
Clubes de Troca, Argentina <ul><li>O  sistema de moeda complementar mais grande  no mundo </li></ul><ul><li>Um clube de tr...
Banco Palmas, Brasil <ul><li>Um  banco comunitário  em Fortaleza, Ceará, Brasil desde 1998 que dá microcréditos em sua MC ...
Chiemgauer (Alemanha) <ul><li>Um de uns 30  projetos REGIO(moedas regionais)  em toda a Alemanha/Austria </li></ul><ul><li...
Chiemgauer (Alemanha) <ul><li>Nota de 2 Chiemgauers, com o 2% de oxidação cada 3 meses </li></ul>
Chiemgauer, Alemanha <ul><li>Cartão para retirar Chiemgauer </li></ul>
Chiemgauer, Alemanha <ul><li>Circulação de Chiemgauer </li></ul>
Chiemgauer, Alemania <ul><li>Como circular-se-á? </li></ul><ul><li>1:  O escritório de Chiemgauer vende  C100 a €97 a outr...
Oxidação <ul><li>Proposto por  Silvio Gesell  (1862-1930), empresário e economista alemão quem descobriu a injustiça do at...
W örgl, Austria <ul><li>Uma moeda local(ML) emitida pelo prefeito Michael Unterguggenberger em julho de 1932: durante a Gr...
Wörgl, Austria <ul><li>Monumento de Michael Unterguggenberger ao lado da Prefeitura </li></ul>
Wörgl, Austria <ul><li>Sra. Veronika Spielbichler (Instituto Unterguggenberger) com uma imagem de ML </li></ul>
Projeto SOL (França etc.) <ul><li>SOL Coop ération ,  SOL engagement  e  SOL affecté:  para promover a  economia social </...
Banca Etica(Itália) <ul><li>Fundado em 1999 en Pádua(Padova em italiano) para financiar ONGs e cooperativas que normalment...
Banca Etica(Itália) <ul><li>Projetos financiados pela Banca Etica </li></ul><ul><li>Comércio justo com uma cooperativa de ...
Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precis...
Conclusão <ul><li>O nosso sistema monetário tem várias falhas estruturais e é insustentável </li></ul><ul><li>Além disso i...
Perguntas 1/4 <ul><li>1. O que é/são o(s) objetivo(s) da sua moeda complementar? </li></ul><ul><li>2. Que tipo de demandas...
Perguntas 2/4 <ul><li>Quem serão os membros da equipe de implementação? </li></ul>
Perguntas 3/4 <ul><li>1. Que meio usarão vcs? ( bens  / bilhetes, moedas / cheques / moeda eletrônica / combinação ) </li>...
Perguntas 4/4 <ul><li>Desenhem um gráfico como tal </li></ul>
Leitura em espanhol <ul><li>“ El Futuro del Dinero”  (Bernard Lietaer, Longseller, Buenos Aires, 2005) </li></ul><ul><li>“...
Lectura em inglês <ul><li>“ Money: Understanding and Creating Alternatives to Legal Tender”  (Thomas Greco, Chelsea Green ...
Sítios relacionados <ul><li>http://www.margritkennedy.org/  </li></ul><ul><li>http://www.accessfoundation.org/  </li></ul>...
<ul><li>Muito obrigado pela sua atenção. </li></ul><ul><li>Meu e-mail: mig@olccjp.net </li></ul><ul><li>Meu pseudonome em ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Moedas Complementares

3.289 visualizações

Publicada em

Apresentação introdutória sobre moedas complementares.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
307
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moedas Complementares

  1. 1. Mo ed as complementares para o desenvolvimento sustentável - teorias e práticas – “ Miguel” Yasuyuki Hirota [email_address] http://mig76es.wordpress.com/ http://www.olccjp.net/ Junho de 2008
  2. 2. Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precisas para o nosso sistema monetário promover o desenvolvimento sustentável e justo </li></ul><ul><li>Experiências no mundo </li></ul><ul><li>Conclusão / Perguntas </li></ul>
  3. 3. Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precisas para o nosso sistema monetário promover o desenvolvimento sustentável e justo </li></ul><ul><li>Experiências no mundo </li></ul><ul><li>Conclusão / Perguntas </li></ul>
  4. 4. Porquê é o sistema atual socio-económico insustentável e injusto? <ul><li>Emitido somente pelo banco central quando pedem os bancos comerciais: nem a comunidade, nem a região nem o governo pode controlar o seu próprio meio de intercâmbio > México (1994) Asia (1997) Rússia (1998) Argentina (2001)… </li></ul><ul><li>Ex: o Banco do Japão , livre de qualquer intervenção política, pode implementar o que quiser irresponsavelmente (R. Werner, “The Princes of Yen”, 2003) </li></ul><ul><li>Enriquece somente aos ricos em detrimento dos pobres: distribuição injusta de riqueza para a maioria da população por juros / empobrecimento da classe média uma vez que a economia nacional parar de crescer (Veremos mais tarde) </li></ul><ul><li>Dificuldade para investimentos em projetos sustentáveis a longo prazo (como meio ambiente e educação): só prosperam os negócios a curto prazo em detrimento dos recursos humanos e ecológicos (capitais naturais e sociais) </li></ul><ul><li>US$ respaldado por petróleo como padrão: favorável para EUA, colapso econômico quando se esgotar o petróleo </li></ul>
  5. 5. Mesmo o George Soros admite <ul><li>“ O comércio internacional e os mercados globais são muito bons em gerar riqueza, mas não podem cuidar de outras necessidades sociais , tais como a manutenção da paz, proteção ambiental, condições laborais ou direitos humanos – o que é chamado em geral ‘bens públicos ’”(George Soros, “On Globalization”, 2003) </li></ul>
  6. 6. Deveriam crescer as economias nacionais para sempre? <ul><li>A: crescimento de seres vivos </li></ul><ul><li>C: crescimento de câncer e a reivindicação do atual sistema monetário </li></ul><ul><li>O nosso sistema econômico está destinado a esgotar todos os recursos naturais deste precioso planeta </li></ul>
  7. 7. Redistribuição de riqueza a favor dos ricos <ul><li>Disminui-se o ingresso da maioria no atual sistema monetário e enriquecem-se os poucos ricos </li></ul><ul><li>Fonte: “Inflation and interest-free money”(Margrit Kennedy, http://userpage.fu-berlin.de/~roehrigw/kennedy/english/   ) </li></ul>
  8. 8. Sistema financeiro de hoje a favor de invertimentos a curto prazo <ul><li>Fonte: http://www.stefan-brunnhuber.de/ </li></ul>
  9. 9. Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precisas para o nosso sistema monetário promover o desenvolvimento sustentável e justo </li></ul><ul><li>Experiências no mundo </li></ul><ul><li>Conclusão / Perguntas </li></ul>
  10. 10. O que é o dinheiro? <ul><li>Todo o mundo sabe o que podemos fazer com dinheiro, mas ninguém sabe o que é o dinheiro </li></ul><ul><li>” O acordo dentro de uma comunidade de usar algo como meio de intercâmbio” (Bernard Lietaer, “The Future of Money”) </li></ul><ul><li>Acordo = Reglamento </li></ul><ul><li>Então podemos cambiar o nosso sistema monetário e/ou ter sistemas paralelos se não estivermos contentes com o convencional </li></ul>
  11. 11. Características necessárias para moedas sustentáveis, justas e yin <ul><li>O desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que satisfaz as necessidades de hoje sem afetar a possibilidade de gerações futuras a satisfazer as suas próprias. (Brundlandt Report, UN, 1986) </li></ul><ul><li>Promoção de energía natural (solar, eólica, geotérmica, biomassa…) e outros projetos ecológicos e/ou sociais (reforestação, irrigação, educação, saúde…) </li></ul><ul><li>Gerência democrática pelos seus usuários para impedir o colapso financeiro por agentes exteriores e para promover a distribuição justa de riqueza </li></ul><ul><li>Estimular o crescimiento da economia solidária, equilibrando Yin e Yang na nossa sociedade </li></ul>
  12. 12. Coerências Yin e Yang <ul><li>Fonte: “The Future of Money”(Bernard Lietaer, Century,2001) </li></ul>Dinheiro convencional Moedas complementares Concorrência Ação, posse Experiência de apogeu Lógico, Linear Tecnologia domina Maior é melhor, expansão Hierarquia funciona melhor Autoridade central Deus transcendente Cooperação Ser Duração-sustentabilidade Paradóxico, Não linear Dominam capac. interpersonais Pequeno é Belo Igalitarismo funciona melhor Confiança mútua Divinidade Inmanente Princípios Masculinos Princípios Femininos Coerência Yang Coerência Yin
  13. 13. Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precisas para o nosso sistema monetário promover o desenvolvimento sustentável e justo </li></ul><ul><li>Experiências no mundo </li></ul><ul><li>Conclusão / Perguntas </li></ul>
  14. 14. Experiências tradicionais no mundo (– cir. 1995) <ul><li>LETS (Canadá, Europa, NZ etc.): os sócios intercambiam no seu próprio sistema de pontagem baseado na confiança mútua </li></ul><ul><li>Time Dollar / Time Bank (EUA, Reino Unido, Es panha etc.): os sócios ajudam-se por oferecer serviços domésticos </li></ul><ul><li>Fureai Kippu (Japão): um grupo de iniciativas de base para depositar horas de serviços voluntários para retirar quando precisarem </li></ul><ul><li>Banco WIR (Suíça): fundado em 1934 para estimular PMEs, com mais de mil milhões de francos suíços de transações por ano </li></ul>
  15. 15. LETS (vários países) <ul><li>Iniciado em 1982 por Michael Linton em Commox Valley, Columbia Britânica, Canadá e expandido a outros países (Reino Unido, Austrália, NZ, Europa continental etc.) </li></ul><ul><li>Chamado “SEL” ( Systèmes d’échanges locaux) na França e “Tauschringe” na Alemanha </li></ul><ul><li>Os sócios intercambiam bens e/ou serviços e pagam em pontos de LETS (veja próximas imagens) </li></ul><ul><li>A suma total de todas as contas é sempre zero </li></ul><ul><li>Apropriado para transações entre indivíduos em pequenas comunidades (centenas de pessoas) ou em um bairro em zonas urbanas </li></ul><ul><li>http://www.gmlets.u-net.com/design/home.html </li></ul><ul><li>http://www.lets-linkup.com/ etc. </li></ul>
  16. 16. LETS (vários países) <ul><li>No dia 08 de janeiro Andrês dá para a Beatriz 5 quilos de batatas e recebe 10 pontos </li></ul>Nome Valor anterior Câmbio Valor atual Andrês 0 +10 +10 Beatriz 0 -10 -10 Carlos 0 0 0 Total 0 0 0
  17. 17. LETS (vários países) <ul><li>Atenção: a suma total de todas as contas é sempre zero </li></ul>Nome Valor anterior Câmbio Valor atual Andrês 0 +10 +10 Beatriz 0 -10 -10 Carlos 0 0 0 Total 0 0 0
  18. 18. LETS (vários países) <ul><li>No dia 13 de janeiro Beatriz dá para o Carlos os seus bolos e recebe 15 pontos </li></ul>Nome Valor anterior Câmbio Valor atual Andrês +10 0 +10 Beatriz -10 +15 +5 Carlos 0 -15 -15 Total 0 0 0
  19. 19. LETS (vários países) <ul><li>No dia 17 de janeiro Carlos vende para o Andrês os seus livros e recebe 25 pontos </li></ul>Nome Valor anterior Câmbio Valor atual Andrês +10 -25 -15 Beatriz +5 0 +5 Carlos -15 +25 +10 Total 0 0 0
  20. 20. Exemplos de LETS <ul><li>Hanbat LETS (Daejeon, Coréia do Sul): fundado em 2000 com mais de 4.000 transações (mais de US$100.000) por ano http://www.tjlets.or.kr/ </li></ul><ul><li>CES (Cidade do Cabo, Africa do Sul etc.): um sistema on-line de liquidações de LETS que funciona em 10 países http://www.ces.org.za/ </li></ul>
  21. 21. Time Dollar & Timebank (EUA, Reino Unido, Espanha etc.) <ul><li>Iniciado em Washington D.C., EUA por um advogado Edgar Cahn como meio de promover a justiça social </li></ul><ul><li>Os sócios ajudam-se e quem ajuda a outros recebe horas que podem-se gastar quando precisar de ajudas de outras pessoas – Melhora de qualidade de vida para uma variedade de pessoas </li></ul><ul><li>Colaboração com outras empresas permitiu que este sistema consiga vários objetivos </li></ul><ul><li>EUA: http://www.timebanks.org/ </li></ul><ul><li>Reino Unido: http://www.timebank.org.uk/ </li></ul><ul><li>Espanha: http://www.red-bdt.org/ </li></ul><ul><li>Chile: http://bancodeltiempo.blogspot.com/ </li></ul>
  22. 22. Fureai Kippu (Japão) <ul><li>Iniciado na década 1970 por donas de casa como uma rede local de ajuda mútua </li></ul><ul><li>Quem pede ajuda compra (uns US$6 por hora) e os voluntários poupam estas horas para gastá-las quando precisarem de ayuda (cozinha, direção de carro etc.) </li></ul><ul><li>Pode-se reembolsar tickets em iene , mesmo que normalmente menos que o salário mínimo: a ajuda é mais importante do que o dinheiro para voluntárioas </li></ul><ul><li>Bastante ativo até 2000 quando introduziu-se o Sistema Público de Cuidado aos Idosos </li></ul><ul><li>http://www.sawayakazaidan.or.jp/ </li></ul>
  23. 23. Banco WIR, Suíça <ul><li>Um sistema empresarial de MC desde 1934 na Suíça </li></ul><ul><li>PMES pedem empréstimos em WIR , pois a taxa de juros em WIR é mais baixa do que em franco suíço </li></ul><ul><li>Acepta-se WIR somente por PMEs suíças / mantendo o poder de compra dentro do seu próprio círculo de empresas (que não escapam-se nem a multinacionais nem a países vizinhos) </li></ul><ul><li>Banco WIR como cooperativa : as empresas sócias podem controlar o banco WIR </li></ul><ul><li>http://www.wir.ch/ </li></ul>
  24. 24. Iniciativas recentes (a partir de 1995) <ul><li>Clubes de Troca (Argentina): uma vez o movimento mais grande de MC no mundo </li></ul><ul><li>Banco Palmas (Brasil): un banco comunitário que dá microcréditos em sua própria MC </li></ul><ul><li>REGIO (Alemanha): umas 30 iniciativas postas em marcha, tratando de uma região (uns condados, por exemplo) e estimulando a economia regional </li></ul><ul><li>Projeto SOL (França): promoção da economia social </li></ul><ul><li>Banca Etica(Itália): um banco que dá empréstimos exclusivamente a projetos sociais e/ou ecológicos </li></ul><ul><li>Strohalm: uma ONG holandesa que segue pondo em marcha várias iniciativas na Europa, na América Latina etc. http://www.strohalm.org/ </li></ul><ul><li>Somente uma ponta do iceberg: tem mais iniciativas interessantes no mundo </li></ul>
  25. 25. Clubes de Troca, Argentina <ul><li>O sistema de moeda complementar mais grande no mundo </li></ul><ul><li>Um clube de troca em Grande Buenos Aires em maio de 1995 com 23 sócios transformou-se numa rede gigante e nacional de milhares de clubes com 6 milhões de pessoas (1 de cada 6 argentinos nesse momento) que sobrevivíam durante a crise em 2001-2002 </li></ul><ul><li>A gestão inapropriada do crédito (sua MC) , porém, causou uma inflação horrível e foi a maioria embora já, mesmo que continuam trocando umas 40.000 ou 50.000 pessoas </li></ul><ul><li>Algumas iniciativas de recuperar este movimento </li></ul>
  26. 26. Banco Palmas, Brasil <ul><li>Um banco comunitário em Fortaleza, Ceará, Brasil desde 1998 que dá microcréditos em sua MC </li></ul><ul><li>A taxa de juros sobre microcréditos é muito mais baixa do que aquela em real, permitindo que a gente com ingresso limitado possa empreender </li></ul><ul><li>Foram creados 1.200 empregos graças ao sistema </li></ul><ul><li>http://www.bancopalmas.org.br/ </li></ul>
  27. 27. Chiemgauer (Alemanha) <ul><li>Um de uns 30 projetos REGIO(moedas regionais) em toda a Alemanha/Austria </li></ul><ul><li>Vales respaldados por € que circulam dentro da região para estimular PMEs e a economia regional </li></ul><ul><li>Iniciado por alunas com o seu professor em janeiro de 2003, agora contando com1600 sócios individuais e 600 empresas </li></ul><ul><li>C210.000 (=€210.000) na circulação </li></ul><ul><li>Reembolsável em € mas com o 5% de comissão: o 2% para a administração e o 3% para ONGs </li></ul><ul><li>ATM também disponível </li></ul><ul><li>http://www.chiemgauer.info/ </li></ul>
  28. 28. Chiemgauer (Alemanha) <ul><li>Nota de 2 Chiemgauers, com o 2% de oxidação cada 3 meses </li></ul>
  29. 29. Chiemgauer, Alemanha <ul><li>Cartão para retirar Chiemgauer </li></ul>
  30. 30. Chiemgauer, Alemanha <ul><li>Circulação de Chiemgauer </li></ul>
  31. 31. Chiemgauer, Alemania <ul><li>Como circular-se-á? </li></ul><ul><li>1: O escritório de Chiemgauer vende C100 a €97 a outras ONGs locais </li></ul><ul><li>2: As ONGs locais vendem C100 a €100 a seus sócios, ganhando €3 que pode-se gastar para suas próprias atividades </li></ul><ul><li>3: Os consumidores gastam C100 em vez de €100 nas lojas locais, doando indireitamente €3 à ONG que quiser apoiar </li></ul><ul><li>4: As lojas locais gastam C100 a outras empresas locais ou reembolsam €95, e a diferença de €2 gastar-se-á para cobrir o custo adminstrativo de Chiemgauer </li></ul>
  32. 32. Oxidação <ul><li>Proposto por Silvio Gesell (1862-1930), empresário e economista alemão quem descobriu a injustiça do atual sistema monetário </li></ul><ul><li>Prefere-se uma nota de US$100 muito mais a maçãs equivalentes pois não degrada-se o dinheiro </li></ul><ul><li>Então ponhamos fim ao privilégio do dinheiro por disminuir o seu valor pouco a pouco! > oxidação </li></ul><ul><li>Obra Mestre: “A Ordem Econômico Natural” (1916), http://www.systemfehler.de/es </li></ul>
  33. 33. W örgl, Austria <ul><li>Uma moeda local(ML) emitida pelo prefeito Michael Unterguggenberger em julho de 1932: durante a Grande Depressão </li></ul><ul><li>cobrava-se “taxa de oxidação” ao portador de ML </li></ul><ul><li>A circulação rápida de ML ressuscitou os comércios locais e a gente até quis pagar o imposto de antemão </li></ul><ul><li>Tão exitosa, porém, que o banco central austríaco, com medo de perder o seu domínio sobre o seu dinheiro nacional, proibiu-a em set de 1933 </li></ul><ul><li>Aconteceram casos similares na Alemanha e na França, também suprimidos por governos centrais </li></ul>
  34. 34. Wörgl, Austria <ul><li>Monumento de Michael Unterguggenberger ao lado da Prefeitura </li></ul>
  35. 35. Wörgl, Austria <ul><li>Sra. Veronika Spielbichler (Instituto Unterguggenberger) com uma imagem de ML </li></ul>
  36. 36. Projeto SOL (França etc.) <ul><li>SOL Coop ération , SOL engagement e SOL affecté: para promover a economia social </li></ul><ul><li>SOL Coopération : parecido ao programa de lealdade mas com o fim de promover empresas sociais ou ecológicas (B2C e B2B) </li></ul><ul><li>SOL Engagement : promove o voluntariado por remunerá-lhes alguns pontos SOL </li></ul><ul><li>Os pontos de SOL sofrem da “oxidação”, dando incentivo a que os usuários gastem-os sem poupar </li></ul><ul><li>http://www.sol-reseau.org/ (em francês) </li></ul>
  37. 37. Banca Etica(Itália) <ul><li>Fundado em 1999 en Pádua(Padova em italiano) para financiar ONGs e cooperativas que normalmente não recebem empréstimos </li></ul><ul><li>Os poupadores escolhem um dos quatro campos para a qual o seu dinheiro seja investido: 1. cooperação social, 2. projetos ecológicos, 3. países em vías de desenvolvimento, 4. eventos culturais </li></ul><ul><li>Os poupadores podem também baixar a sua taxa de juros </li></ul><ul><li>Financia € 375 milhões a 2.500 projetos </li></ul><ul><li>Gestão democrática </li></ul><ul><li>http://www.bancaetica.com/ </li></ul>
  38. 38. Banca Etica(Itália) <ul><li>Projetos financiados pela Banca Etica </li></ul><ul><li>Comércio justo com uma cooperativa de Honduras de café </li></ul><ul><li>Reconstrução de um bairro histórico em Riace, sul da Itália </li></ul><ul><li>Horta orgânica por um monastério beneditino </li></ul><ul><li>Horta orgânica para diminuir a dependência na economia de mafiosos </li></ul><ul><li>Apoio aos aditos de droga </li></ul><ul><li>Sistemas de saúde para prostitutas </li></ul><ul><li>Ajuda econômica à Albânia </li></ul>
  39. 39. Conteúdo <ul><li>Porquê é o sistema atual socioeconômico insustentável e injusto? </li></ul><ul><li>Características precisas para o nosso sistema monetário promover o desenvolvimento sustentável e justo </li></ul><ul><li>Experiências no mundo </li></ul><ul><li>Conclusão / Perguntras </li></ul>
  40. 40. Conclusão <ul><li>O nosso sistema monetário tem várias falhas estruturais e é insustentável </li></ul><ul><li>Além disso inclina-se demais ao Yang </li></ul><ul><li>Moedas complementares: ferramenta para promover princípios Yin para equilibrar a nossa sociedade </li></ul><ul><li>Diferentes sistemas em todo o mundo, cada um de acordo com as necessidades da comunidade </li></ul>
  41. 41. Perguntas 1/4 <ul><li>1. O que é/são o(s) objetivo(s) da sua moeda complementar? </li></ul><ul><li>2. Que tipo de demandas ficam insatisfeitas na sua comunidade / região / país? </li></ul><ul><li>3. Que recursos não usados estão disponíveis? </li></ul><ul><li>4. Que melhoras podemos esperar com a introdução da MC? </li></ul><ul><li>5. Quem será o/a mais interessado/a na MC? </li></ul><ul><li>Mais info(em inglês): http://www.global-community.org/cgi/gc/scan/fi=news_stories/st=db/sf=code/se=25/sp=stories.html </li></ul>
  42. 42. Perguntas 2/4 <ul><li>Quem serão os membros da equipe de implementação? </li></ul>
  43. 43. Perguntas 3/4 <ul><li>1. Que meio usarão vcs? ( bens / bilhetes, moedas / cheques / moeda eletrônica / combinação ) </li></ul><ul><li>2. O que é a unidade da sua MC? ( dinheiro oficial / tempo / outros bens ) </li></ul><ul><li>3. Como emitir-se-á a MC? (em câmbio com o dinheiro oficial / respaldo com alimento / presente a todos os sócios / respaldo com outros bens / confiança mútua) </li></ul><ul><li>4. Como pagar-se-á o custo administrativo? (Subvenção / Taxa de inscrição / Taxa de transação / Juros no empréstimo / oxidação) </li></ul>
  44. 44. Perguntas 4/4 <ul><li>Desenhem um gráfico como tal </li></ul>
  45. 45. Leitura em espanhol <ul><li>“ El Futuro del Dinero” (Bernard Lietaer, Longseller, Buenos Aires, 2005) </li></ul><ul><li>“ Dinero sin Inflacion ni Tasas de Interés ” (Margrit Kennedy, Editorial del Nuevo Extremo, Buenos Aires) </li></ul>
  46. 46. Lectura em inglês <ul><li>“ Money: Understanding and Creating Alternatives to Legal Tender” (Thomas Greco, Chelsea Green Publishing Company, 2001) </li></ul><ul><li>“ The Ecology of Money” (Richard Douthwaite, Green Books, 2000) </li></ul><ul><li>“ No More Throw-Away People: The Co-Production Imperative” (Edgar Cahn) </li></ul><ul><li>” Healthy Money, Healthy Planet” (Deirdre Kent, Craig Potton, NZ, 2006) </li></ul>
  47. 47. Sítios relacionados <ul><li>http://www.margritkennedy.org/ </li></ul><ul><li>http://www.accessfoundation.org/ </li></ul><ul><li>http://www.reinventingmoney.com/ (Sítio oficial do Prof. Thomas Greco) </li></ul><ul><li>http://www.complementarycurrency.org/ (mais info sobre iniciativas no mundo) </li></ul><ul><li>http://www.le.org.nz/ (uma ONG neozelandesa) </li></ul><ul><li>http://www.monetary-regionalisation.com/ (um sítio web para a conferência que teve lugar em Weimar, Alemanha em set de 2006) </li></ul><ul><li>http://www.global-community.org/ (onde pode-se descarregar a Guía de Moedas Comunitárias gratis) </li></ul><ul><li>http://www.regiogeld.de/ (uma asociação nacional de iniciativas de Regio na Alemanha) </li></ul><ul><li>http://www.strohalm.org/ (uma ONG holandesa que continua implementando moedas complementares) </li></ul>
  48. 48. <ul><li>Muito obrigado pela sua atenção. </li></ul><ul><li>Meu e-mail: mig@olccjp.net </li></ul><ul><li>Meu pseudonome em skype: migjp2003 </li></ul><ul><li>Sítio web: http://www.olccjp.net </li></ul>

×