Como a Qualidade contribui
para o seu negócio
Michelle Raimundo dos Santos
Consultora da Qualidade e Produção
michellers@s...
O SEBRAE e o que ele pode
fazer pelo seu negócio
Trilha de
aprendizagem
empresarial
EAD
SEI
SEBRAE
Mais
Cursos
Programas
setoriaisConsultorias
Palestras
Na Medida
E muito ...
Como a qualidade contribui para o
seu negócio
Objetivo: Sensibilizar o empreendedor para a importância
da Qualidade na sob...
Conheço a qualidade
que meus clientes
querem?
Meus produtos ou
serviços possuem
qualidade ?
Sou pontual na
entrega para o ...
História
Era Artesanal (séc. XIX): “O artesão é o único responsável
pela qualidade.”
Era Industrial (1930-1980): “O inspet...
Qualidade
Qualidade é fazer certo da
primeira vez....
Fazer certo é fazer o que foi combinado com o cliente e
entregar o p...
Visões da Qualidade
Durabilidade
Desempenho
Qualidade percebida
Confiabilidade
Conformidade
Características
Qualidade intrínseca – características e
funcionalidades do produto em si.
Custo – valor monetário do produto
Atendimento ...
Qualidade fator de competitividade
Eliminar Desperdícios
Reduzir Custos
Aumentar Número de Clientes
Motivar Equipe de Trab...
É uma estratégia de administração criada de modo a orientar
o desenvolvimento da consciência da qualidade
em todos os proc...
Ferramentas da Qualidade
 Brainstorming
 Diagrama de Causa e Efeito
 05 porquês
Para Identificação de causas/opções
Par...
Ferramentas da Qualidade
 Fluxograma
 Lista de Verificação Simples
Para Estabelecer Limites ou Correlações
Para Análise ...
Identificação do problema
Observação
Análise
Plano de ação
Ação
Verificação
Padronização
Conclusão
Ferramenta sobre Anális...
Identificação do problema: Definir o problema
e reconhecer sua importância.
Ex.: Problema: diferença de produtos no estoqu...
Análise: Descobrir as causas fundamentais.
Ferramenta sobre Análise de
soluções de problemas
Plano de ação: Conceber um plano para bloquear
as causas fundamentais.
Ferramenta sobre análise de
soluções de problemas
O...
Ação: Bloquear as causas fundamentais.
Aplicação do Plano de ação – acompanhamento da
execução.
Verificação: Verificar se ...
Padronização: Prevenir contra o reaparecimento
do problema.
Redigir procedimento de como realizar o
cadastramento de pesso...
Conclusão: Recapitular todo o processo de
solução do problema para trabalho futuro.
Realizar análise do que foi feito para...
Controle Estatístico de Processo - CEP
Tem por base que um processo para ser
excelente deve respeitar uma variação
control...
Definição de Padronização
Conjunto de atividades sistemáticas para
estabelecer e utilizar padrões e avaliar
quanto ao seu ...
Objetivos da Padronização
Colaborar para que uma tarefa seja
realizada da forma mais organizada, correta
e constante possí...
Requisitos do Cliente
Requisito: Exigência imprescindível para a
consecução de certo fim.
Cliente: consumidor/ entidade qu...
Custos da Não Qualidade
Prevenção – São os custos associados às
atividades de projeto, implementação e operação
do sistema...
Custos da Não Qualidade
Avaliação - Custos associados à medição,
avaliação e auditoria de características da
matéria-prima...
Custos da Não Qualidade
Falhas Internas – Custos associados a
materiais, componentes e produtos que
não satisfazem os padr...
Custos da Não Qualidade
Falhas Externas – Custos gerados pela
distribuição de produtos não conformes ou
defeituosos aos cl...
Gestão da Qualidade x Certificação
Certificações
A certificação da qualidade é o
reconhecimento por uma entidade
acreditadora da conformidade do
sistema da q...
Certificações - benefícios
 Redução de desperdício
 Aumento da produtividade/eficiência
 Maior motivação dos funcionári...
Planejamento, Programação e Controle da Produção
Controle seu estoque e não perca dinheiro
Como a qualidade contribui ...
ouvidoria@sebraesp.com.br
0800 570 0800
www.sebraesp.com.br
Obrigada!
Michelle Raimundo dos Santos
Consultora de Negócios
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio

661 visualizações

Publicada em

Palestra gratuita ministrada pelo Sebrae-SP.
www.sebraesp.com.br

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
661
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio

  1. 1. Como a Qualidade contribui para o seu negócio Michelle Raimundo dos Santos Consultora da Qualidade e Produção michellers@sebraesp.com.br
  2. 2. O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio
  3. 3. Trilha de aprendizagem empresarial EAD SEI SEBRAE Mais Cursos Programas setoriaisConsultorias Palestras Na Medida E muito mais...www.sebraesp.com.br ACESSE www.sebraesp.com.br
  4. 4. Como a qualidade contribui para o seu negócio Objetivo: Sensibilizar o empreendedor para a importância da Qualidade na sobrevivência e crescimento do negócio. Bem como sobre a necessidade de implantar práticas para a melhoria contínua. Conteúdo: • Histórico da qualidade • Definição e visão da qualidade • 5 dimensões da qualidade • Qualidade como fator de competitividade • Ferramentas da qualidade e Padronização • Custos da não qualidade • Certificações
  5. 5. Conheço a qualidade que meus clientes querem? Meus produtos ou serviços possuem qualidade ? Sou pontual na entrega para o meu cliente? Consigo reduzir custos, mantendo ou melhorando a qualidade do meu produto ou serviço?
  6. 6. História Era Artesanal (séc. XIX): “O artesão é o único responsável pela qualidade.” Era Industrial (1930-1980): “O inspetor é o responsável pela qualidade.” Era da Informação (1980 ....): “Autocontrole: cada um é o inspetor da qualidade do seu próprio trabalho.”
  7. 7. Qualidade Qualidade é fazer certo da primeira vez.... Fazer certo é fazer o que foi combinado com o cliente e entregar o produto/serviço próprio para o uso.
  8. 8. Visões da Qualidade Durabilidade Desempenho Qualidade percebida Confiabilidade Conformidade Características
  9. 9. Qualidade intrínseca – características e funcionalidades do produto em si. Custo – valor monetário do produto Atendimento – entrega no prazo e assistência Moral – ético, motivador para quem usa e quem faz. Segurança – não oferece risco ao usuário. FALCONI, 1992 5 DIMENSÕES DA QUALIDADE
  10. 10. Qualidade fator de competitividade Eliminar Desperdícios Reduzir Custos Aumentar Número de Clientes Motivar Equipe de Trabalho Melhorar Qualidade do Produto Melhorar Qualidade do Serviço Garantir Prazo de Entrega Eliminar Conflitos Internos Melhorar Administração do Tempo Preparar-se para Certificações
  11. 11. É uma estratégia de administração criada de modo a orientar o desenvolvimento da consciência da qualidade em todos os processos da organização. Seu objetivo não é apenas atingir a organização como também toda a cadeia de relacionamento: clientes, fornecedores, distribuidores e demais parceiros nos negócios. Gestão da Qualidade
  12. 12. Ferramentas da Qualidade  Brainstorming  Diagrama de Causa e Efeito  05 porquês Para Identificação de causas/opções Para Evidenciar Informações  Gráficos  Lista de Verificação de Frequência
  13. 13. Ferramentas da Qualidade  Fluxograma  Lista de Verificação Simples Para Estabelecer Limites ou Correlações Para Análise e Priorização  Matriz de Preferência  Estratificação  Diagrama de Pareto  4Q1POC  PDCA Para Planejamento
  14. 14. Identificação do problema Observação Análise Plano de ação Ação Verificação Padronização Conclusão Ferramenta sobre Análise de soluções de problemas
  15. 15. Identificação do problema: Definir o problema e reconhecer sua importância. Ex.: Problema: diferença de produtos no estoque x Sistema Observação: Investigar as características do problema com uma visão ampla e sob vários pontos de vista. Ex.: Características: Erro de lançamento, roubo de mercadorias, retiradas sem registro Ferramenta sobre Análise de soluções de problemas
  16. 16. Análise: Descobrir as causas fundamentais. Ferramenta sobre Análise de soluções de problemas
  17. 17. Plano de ação: Conceber um plano para bloquear as causas fundamentais. Ferramenta sobre análise de soluções de problemas Oque Porque Quem Quando Onde Como Quanto Controlar entradade pessoas não autorizadas Evitar circulação de pessoal não autorizado Almoxarife 1ºtrimestre Almoxarifado Identificação de pessoas autorizadas a circularno almoxarifado 100% identificações Plano de Ação Ação: Eliminarretiradas sem registro Responsável Geral: Coordenadorde área
  18. 18. Ação: Bloquear as causas fundamentais. Aplicação do Plano de ação – acompanhamento da execução. Verificação: Verificar se o bloqueio foi efetivo. Fazer novas observações para verificação da eliminação das causas. Ferramenta sobre análise de soluções de problemas
  19. 19. Padronização: Prevenir contra o reaparecimento do problema. Redigir procedimento de como realizar o cadastramento de pessoas autorizadas e treinar os envolvidos. Ferramenta sobre análise de soluções de problemas
  20. 20. Conclusão: Recapitular todo o processo de solução do problema para trabalho futuro. Realizar análise do que foi feito para verificação da execução e desenvolver ações para as outras causas identificadas. Ferramenta sobre análise de soluções de problemas
  21. 21. Controle Estatístico de Processo - CEP Tem por base que um processo para ser excelente deve respeitar uma variação controlada e dentro de padrões. Garante a qualidade do produto por meio do controle do processo produtivo.
  22. 22. Definição de Padronização Conjunto de atividades sistemáticas para estabelecer e utilizar padrões e avaliar quanto ao seu cumprimento e aos resultados decorrentes de suas aplicações.
  23. 23. Objetivos da Padronização Colaborar para que uma tarefa seja realizada da forma mais organizada, correta e constante possível; - Criar uma base para treinamento; - Promover melhorias contínuas.
  24. 24. Requisitos do Cliente Requisito: Exigência imprescindível para a consecução de certo fim. Cliente: consumidor/ entidade que adquire ou utiliza bens ou serviços.
  25. 25. Custos da Não Qualidade Prevenção – São os custos associados às atividades de projeto, implementação e operação do sistema de gestão da qualidade, incluindo a administração e auditoria do sistema, em todo o ciclo de produção (do projeto ao pós-venda). Ou seja, referem-se aos gastos ocasionados com o propósito de se evitar defeitos.
  26. 26. Custos da Não Qualidade Avaliação - Custos associados à medição, avaliação e auditoria de características da matéria-prima, componentes e produtos para assegurar a conformação com os padrões de qualidade. Ou seja, referem-se aos custos das atividades de inspeção (avaliação da qualidade) propriamente dita.
  27. 27. Custos da Não Qualidade Falhas Internas – Custos associados a materiais, componentes e produtos que não satisfazem os padrões de Qualidade causando perdas na produção, e que são identificados antes do produto deixar a empresa. Ou seja, custos de falhas ocorridas e identificadas internamente à empresa.
  28. 28. Custos da Não Qualidade Falhas Externas – Custos gerados pela distribuição de produtos não conformes ou defeituosos aos clientes/consumidores. Ou seja, custos de falhas identificadas/ocorridas externamente à empresa.
  29. 29. Gestão da Qualidade x Certificação
  30. 30. Certificações A certificação da qualidade é o reconhecimento por uma entidade acreditadora da conformidade do sistema da qualidade de uma organização com o referencial normativo que adotar para essa certificação. ISO 9001 ISO 14000 e outras.
  31. 31. Certificações - benefícios  Redução de desperdício  Aumento da produtividade/eficiência  Maior motivação dos funcionários  Maior satisfação dos clientes  Maior controle da administração  Maior nível de organização interna
  32. 32. Planejamento, Programação e Controle da Produção Controle seu estoque e não perca dinheiro Como a qualidade contribui para o seu negócio Como mapear os processos da sua empresa Organize seus processos para crescer ✔ qualidade produção
  33. 33. ouvidoria@sebraesp.com.br 0800 570 0800 www.sebraesp.com.br Obrigada! Michelle Raimundo dos Santos Consultora de Negócios michellers@sebraesp.com.br

×