Sexualidade<br /> A sexualidade e o corpo<br />
Introdução<br />Este ano lectivo a professora da disciplina  de TIC, propôs-nos que realizássemos um trabalho sobre a Sexu...
Mudanças físicas nos Rapazes<br />Aumento da altura e da massa muscular;<br />Alargamento do peito e dos ombros;<br />Engr...
Mudanças psicológicas nos Rapazes<br />Tendência social: o grupo dá segurança para o jovem;  ajuda-o a configurar-se; nele...
Mudanças psicológicas nos Rapazes<br />Desestruturação corporal: o adolescente imobiliza o tempo, tentando preservar as co...
Mudanças físicas nas raparigas<br />Aumento da altura;<br />Alargamento das ancas;<br />Aparecimento de pêlos na zona púbi...
Mudanças psicológicas nas raparigas<br /><ul><li>Busca  da  identidade
 Tendência  grupal
 Crise  religiosa
 Atitude  social  revindicativa  e  contestatória
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sexualidade e o Corpo

5.249 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
208
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sexualidade e o Corpo

  1. 1. Sexualidade<br /> A sexualidade e o corpo<br />
  2. 2. Introdução<br />Este ano lectivo a professora da disciplina de TIC, propôs-nos que realizássemos um trabalho sobre a Sexualidade. <br /> Como tal, realizámos este trabalho que tem como base as transformações que ocorrem no corpo humano durante a adolescência. Igualmente abordámos as diversas maneiras como os jovens recebem informação sobre a sexualidade. <br />
  3. 3. Mudanças físicas nos Rapazes<br />Aumento da altura e da massa muscular;<br />Alargamento do peito e dos ombros;<br />Engrossar da voz;<br />Desenvolvimento do pénis e dos testículos;<br />Aparecimento dos pêlos púbicos, axilares e do peito;<br />Primeira ejaculação.<br />
  4. 4. Mudanças psicológicas nos Rapazes<br />Tendência social: o grupo dá segurança para o jovem; ajuda-o a configurar-se; nele, todos se identificam uns com os outros; há transferência de parte da dependência familiar para o grupo; ajuda a vivenciar, na prática, o exercício do bem e do mal (experienciar a crueldade e violência, a culpa dissolve-se no grupo); <br />Necessidade de intelectualizar e fantasiar: provocada pela vivência das lutas, servecomoforma de reparar a angústia das perdas; <br />
  5. 5. Mudanças psicológicas nos Rapazes<br />Desestruturação corporal: o adolescente imobiliza o tempo, tentando preservar as conquistas passadas e apaziguar as angústias relacionadas ao futuro; <br />Atitude social reivindicatória; <br />Constantes flutuações do humor e estado de ânimo; <br />Comportamento impulsivo, rebelde, crítico, arrogante; <br />Desafio à autoridade dos pais.<br />
  6. 6. Mudanças físicas nas raparigas<br />Aumento da altura;<br />Alargamento das ancas;<br />Aparecimento de pêlos na zona púbica e nas axilas;<br />Desenvolvimento dos seios;<br />Desenvolvimento das glândulas sudoríferas, o que provoca muitas vezes a formação de odores desagradáveis;<br />Aparecimento da primeira menstruação (Menarca)e com ela a possibilidade de engravidar.<br />
  7. 7. Mudanças psicológicas nas raparigas<br /><ul><li>Busca da identidade
  8. 8. Tendência grupal
  9. 9. Crise religiosa
  10. 10. Atitude social revindicativa e contestatória
  11. 11. Condutas contraditórias
  12. 12. Flutuações do humor
  13. 13. Separação progressiva dos pais
  14. 14. Necessidade de intelectualizar e fantasiar
  15. 15. Vivências de temporalidade</li></li></ul><li>De que forma é que a informação chega aos jovens<br />Hoje em dia é bastante a informação que chega aos jovens, mas nem toda é verdadeira.<br />A informação chega aos jovens de duas formas distintas:<br />Através das aulas – em que a informação é “filtrada”, contendo apenas as informações correctas.<br />Através da comunicação social e da internet, na qual a informação é por vezes confusa e pouco concisa. Esta insuficiência de conhecimentos objectivos, leva os adolescentes a imaginarem a sexualidade como uma situação incorrecta, escondida e por vezes negativa.<br />
  16. 16. Conclusão<br />Podemos concluir que o nosso corpo sofre inúmeras transformações ao longo do período da puberdade.<br /> Com este trabalho ficámos a saber mais sobre a sexualidade e as transformações que ocorrem no nosso corpo, quer físicas quer psicológicas, e esperamos que os nossos colegas também.<br />
  17. 17. Este trabalho foi realizado por:<br />Igor Garcia nº12<br />Inês Fernandes nº13<br />Pedro Rio nº23<br />Tiago Caldinhas nº26<br />

×