IMT-Instituto Medicina Tradicional<br />Curso Geral de Naturopatia e Ciências Tradicionais Holísticas<br />Os Gunas e a <b...
Introdução <br />Este trabalho  é realizado no âmbito da disciplina de Medicina Tradicional  Ayurvédica do Curso Geral de ...
Ayuverda e a Mente <br />Na  Ayurveda a mente apresenta quatro níveis de consciência:<br /><ul><li>Chittaou conciência que...
Manas que está relacionada com os sentidos e é dominada pelas emoções e opiniões.
Ahankara ou ego
Budhi ou mente consciente , a inteligência que permite discernir entre o verdadeiro e o falso.</li></li></ul><li>Ayuverda ...
Os gunas<br />Guna significa corda, o que amarra, porque mal compreendida consegue aprisionar-nos no mundo exterior, na ma...
Sattva<br />Este é o guna da inteligência, da virtude e da bondade. Cria a harmonia, o equilíbrio e a estabilidade. A sua ...
Sattva<br />Tipos  mentais<br />Brahma caracterizado pela pureza, verdade, autocontrolo, harmonia. Tem o poder do conhecim...
Sattva<br />Tipos  mentais<br />Aindra tem um discurso mais autoritário, pratica rituais sagrados. É corajoso, forte e rad...
Sattva<br />Alimentos<br />Os alimentos satávicos são todos aqueles que:<br /><ul><li>Se mantêm puros
Nutrem o corpo,
Purificam a mente,
Auxiliam na manutenção da saúde e do peso corporal.
Satisfazem
São de fácil digestão
Não esforçam muito o aparelho digestivo</li></ul>Incluímos neste grupo os grãos de cereais germinados, as sementes das pla...
Rajas<br />Rajas é a qualidade da mudança, da actividade e da agitação. Apresenta um movimento centrífugo .A curto prazo r...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os Gunas e a Mente

1.752 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.752
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
58
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os Gunas e a Mente

  1. 1. IMT-Instituto Medicina Tradicional<br />Curso Geral de Naturopatia e Ciências Tradicionais Holísticas<br />Os Gunas e a <br />Mente<br />Disciplina: Medicina Tradicional Ayuvérdica<br />Docente: Michele Pó<br />Trabalho realizado por: Célia Santos<br />3º B<br />
  2. 2. Introdução <br />Este trabalho é realizado no âmbito da disciplina de Medicina Tradicional Ayurvédica do Curso Geral de Naturopatia e Ciências Tradicionais Holísticas, do 3º ano.<br />Tem como objectivo geral abordar alguns dos princípios fundamentais da existência, mais especificamente os três gunas e a mente, referindo os tipos mentais e alguns alimentos dentro de cada grupo.<br />
  3. 3. Ayuverda e a Mente <br />Na Ayurveda a mente apresenta quatro níveis de consciência:<br /><ul><li>Chittaou conciência que contém as nossas impressões, hábitos e apegos mais enraizados em nós.
  4. 4. Manas que está relacionada com os sentidos e é dominada pelas emoções e opiniões.
  5. 5. Ahankara ou ego
  6. 6. Budhi ou mente consciente , a inteligência que permite discernir entre o verdadeiro e o falso.</li></li></ul><li>Ayuverda e a Mente <br />A nível do corpo humano, este é constituído pelos três humores (Vatta, Pitta e Kapha), que por sua vez são formados pelos cinco elementos (Éter, Ar, Fogo,Terra e Água).<br />Os gunas são os príncípios básicos que sustentam a vida, as qualidades ou atributos da existência.<br />Para a Ayuverda as principais causas da doença são o desequilíbrio dos humores quer por factores internos quer externos, pelo excesso de gunas (rajas e tamas) na mente e por factores kármicos ou consequências de actos anteriores (lei causa/efeito). <br />O karma negativo não é mais que o julgamento errado da realidade, onde existe um uso inadequado dos sentidos, da energia, das emoções e da mente, o qual se manifesta no desequilíbrio dos doshas e gunas, ficando registado na psique a longo prazo.<br />
  7. 7. Os gunas<br />Guna significa corda, o que amarra, porque mal compreendida consegue aprisionar-nos no mundo exterior, na matéria e nas ilusões.<br />Os gunas são qualidades que formam as energias mais subtis da Natureza e fundamentam a matéria, a vida e a mente. <br />São as forças da alma que nos permitem entender como funciona tanto a nossa mente superficial como a nossa consciência mais profunda. <br />Os três principais gunassão: sattva a essência (luz), rajas a actividade (energia) e tamas a inércia (matéria). <br />Os gunas sempre coexistem, dependem uns dos outros e intentam dominar-se mutuamente, embora tenham qualidades diferentes.<br />
  8. 8. Sattva<br />Este é o guna da inteligência, da virtude e da bondade. Cria a harmonia, o equilíbrio e a estabilidade. A sua natureza é leve e luminosa. O seu movimento é ascendente e centrípeto tornando possível o despertar da alma. Sattva é o guna que proporciona a felicidade, a devoção e o contentamento duradouros. É o princípio da paz, da lucidez e da ampliação.<br />As pessoas com uma natureza predominantemente sattvasão muito criativas, espirituais e mantêm sempre a saúde equilibrada, pois possuem uma mente harmoniosa e flexível mantendo a paz de espírito que lhes permite libertarem-se da doença quer física quer mental.<br />
  9. 9. Sattva<br />Tipos mentais<br />Brahma caracterizado pela pureza, verdade, autocontrolo, harmonia. Tem o poder do conhecimento espiritual e material, de falar, responder, de memória e um grande discernimento acerca da realidade. Está desapegado da paixão, raiva, ganância, inveja, intolerância, crítica e da ignorância do ego. É imparcial e vive em equilíbrio.<br />Aarsha devoto de rituais sagrados, do estudo, pratica alguns votos e o celibato. Tem uma disposição afável. Está livre do orgulho, do ego, do apego, do ódio, da ignorância, da raiva e da ganância. É muito inteligente e eloquente no discurso. Tem o poder de compreender e reter.<br />Yaamya tem a capacidade de viver o agora, tem a habilidade de sincronizar as acções no tempo certo, é pela não-violência, tem uma boa capacidade de memória e está livre do apego, inveja, ódio e ignorância.<br />
  10. 10. Sattva<br />Tipos mentais<br />Aindra tem um discurso mais autoritário, pratica rituais sagrados. É corajoso, forte e radiante. Conseguiu livrar-se da prática de actos maldosos e é capaz de ver mais à frente. É um devoto da virtude, do bem -estar e da satisfação equilibrada dos desejos.<br />Vaarunaé corajoso, paciente, puro e não gosta da impureza. Tem interesse em observar alguns rituais religiosos, gosta de actividades aquáticas e tem aversão a actos maldosos. Tem manifestações de raiva ou de prazer, mas no tempo e sítio certo.<br />Kauverasente um gosto constante pela virtude, riqueza e pela satisfação dos desejos. Procura honrarias, luxo e bens materiais, é muito ligado aos prazeres da vida.<br />Gandharva adora dançar, cantar e de música. É um excelente poeta e contador de histórias. Gosto constante por tudo o que tenha a ver com os sentidos, adornos, ao sexo, associado à mulher e à paixão.<br />
  11. 11. Sattva<br />Alimentos<br />Os alimentos satávicos são todos aqueles que:<br /><ul><li>Se mantêm puros
  12. 12. Nutrem o corpo,
  13. 13. Purificam a mente,
  14. 14. Auxiliam na manutenção da saúde e do peso corporal.
  15. 15. Satisfazem
  16. 16. São de fácil digestão
  17. 17. Não esforçam muito o aparelho digestivo</li></ul>Incluímos neste grupo os grãos de cereais germinados, as sementes das plantas,, nozes, vegetais biológicos e frescos, leite (Kéfir), mel, água mineral, infusões de plantas entre outros.<br />
  18. 18. Rajas<br />Rajas é a qualidade da mudança, da actividade e da agitação. Apresenta um movimento centrífugo .A curto prazo rajas estimula e proporciona prazer, mas devido à sua natureza desequilibrada este rapidamente resulta em dor e sofrimento. Este guna é a força da emoção que causa o sofrimento e o conflito. Rajas procura muito a felicidade no exterior e não cultiva a paz interior. É uma qualidade que trabalha muito os sentidos.<br />As pessoas com uma natureza essencialmente rajassão muito enérgicas, dinâmicas, capaz de motivar os outros. A sua mente normalmente é brilhante, agressiva, agitada e raramente descansa. São donos de opiniões muito fortes e procuram controlar os outros por vezes sem olhar a meios. São muito impacientes e inconstantes a lidar com os seus problemas preferindo que sejam os outros a cuidar do seu bem-estar.<br />
  19. 19. Rajas<br />Tipos mentais<br />Aasura é um indivíduo corajoso, com actos de crueldade, inveja, aparência ameaçadora e rude. Não olha aos meios para atingir o fim. Permite-se muito ao auto-prazer.<br />Raakshasa é intolerante, vive em constante raiva, revolta, violência, crueldade, gosta imenso de comer procurando comida não vegetariana. Sono excessivo e preguiça. Mantém um comportamento invejoso.<br />Paishaaca gosta muito de comer, a sua dieta é anormal, aprecia o sexo, está muito ligado aos prazeres carnais, é cobarde e mantém um comportamento ameaçador.<br />
  20. 20. Rajas<br />Tipos mentais<br />Saarpacaracteriza-se por ser um indivíduo corajoso quando irado, e cobarde quando não se encontra sob o efeito da ira, reage rápido, dono de uma preguiça excessiva, caminha, alimenta-se e procura outros tipos de recursos sempre a medo.<br />Praitatem um desejo excessivo por comida, o seu comportamento é excessivamente sofredor, de vítima, é invejoso e age sem discernimento, manifesta demasiada ganância e inacção.<br />Shakunaé um tipo de pessoa apegada à paixão, manifesta um excesso de comida e controlo, é irregular, rude e mesquinho.<br />
  21. 21. Rajas<br />Alimentos <br /><ul><li>Os alimentos rajásicos são:
  22. 22. Picantes
  23. 23. Secos
  24. 24. Salgados
  25. 25. Ácidos
  26. 26. Amargos
  27. 27. Produzem uma grande quantidade de energia com esforço moderado do aparelho digestivo.
  28. 28. Estimulam o corpo, incitam paixões e desejos podendo levar à agitação e ao desconforto quando consumidos em exagero.</li></ul>Incluímos neste grupo as especiarias fortes, café, peixes, ovos, sal, chocolate, as partes das plantas que sirvam para transportar nutrientes como as folhas, caules e ramos. Também se inclui neste tipo de energia a comida muito quente.<br />
  29. 29. Tamas<br />Este guna é a qualidade da inércia, da escuridão, é pesada, obscura ou difícil na sua acção. Funciona como a força da gravidade que retarda as coisas e as prende em formas específicas e limitadas. Tamas apresenta um movimento descendente. Este guna traz ao de cima a ignorância e a ilusão, favorece a insensibilidade, o sono e a perda de consciência. Trata-se do princípio da materialidade.<br />As pessoas tamásicas apresentam bloqueios psicológicos profundos. As suas emoções e os seus níveis de energia tendem a manter-se estagnados e reprimidos fazendo com que não consigam identificar os seus problemas. Na maior parte das vezes não procuram o tipo de tratamento adequado e tendem a ser desleixados para com o seu corpo. Partem do princípio que a sua condição é o destino mantendo-se inertes, permitindo que outras pessoas e influências negativas os dominem.<br />
  30. 30. Tamas<br />Tipos mentais<br />Paashavatem um comportamento restritivo, falta de inteligência (a nível das acções correctas), conduta muito desagradável e um hábito alimentar muito enraizado.<br />Maatsyaé um cobarde, apresenta falta de inteligência, tem um desejo muito forte por comida. É irregular, muito preso às paixões com um comportamento constante de ira, procura por movimento constante e deseja água.<br />Vaanaspatyaapresenta umforte desejo por comida o qual se permite saciar, demonstra também uma deficiência geral a nível das faculdades mentais. <br />
  31. 31. Tamas<br />Alimentos<br />Os alimentos tamásicos são todos aqueles que nos levam à obesidade, depressão, inércia e doença. Considera-se neste grupo os alimentos de difícil digestão que produzem uma grande quantidade de energia a qual será armazenada pelo organismo se não for utilizada. Beneficiam com este grupo, mas apenas em relação a alguns alimentos, todos os indivíduos sujeitos a trabalhos físicos muito exigentes.<br />Estão incluídos neste grupo a carne, leite, vinagre, raízes, e todas as partes da planta que cresçam abaixo do solo como batatas, inhames, rabanetes, alho, cebola, alimentos congelados e/ou processados, tabaco, álcool entre outros.<br />
  32. 32. Conclusão <br />Quando o nosso espírito se quer expressar usa Sattva que se vai manifestar nos orgãos sensitivos e na mente.<br />O espírito e a mente projectam-se num corpo físico criado por Panchamahabhutas (cinco elementos) que se forma a partir de Tamas.<br />Rajasé utilizado pelos sentidos para que estes possam experienciar o mundo exterior.<br />O corpo é o veículo da mente para esta experienciar e dar forma a tudo o que a rodeia.<br />Quando compreendemos os gunas e a sua natureza conseguimos reconhecer em nós as suas qualidades e evoluir de acordo com elas. Para acelerar esta evolução podemos usar a alimentação de acordo com o guna que necessite de ser equilibrado. <br />
  33. 33. Bibliografia <br /><ul><li>http://www.alia.org
  34. 34. http://www.vedanet.com
  35. 35. http://www.trigunayoga.de
  36. 36. http://www.swamij.com
  37. 37. http://www.gunafood.com
  38. 38. O Tao da física; FritjofCapra; Cultrix
  39. 39. O BhagavadGita – O som de Deus; Dr. RamanandaPrasad (ficheiro pdf retirado da internet com a tradução em português que não contém a editora do livro)
  40. 40. Dhanwantari - A complete guide to the Ayurvedic life; Harish Johari; Healing Arts Press </li>

×