Hiperadobe

20.805 visualizações

Publicada em

Sobre o Hiradobe

Publicada em: Tecnologia, Negócios
3 comentários
35 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Boa Tarde, sou estudante de Zootecnia, da Universidade Federal de Santa Maria, eu vi um vídeo de vocês da casa de superadobe, eu estou fazendo parte do Projeto Rondon, eu gostaria muito de sensibilizar a comunidade que vou visitar (Senador de La Rocque no Maranhão) sobre a importância da Sustentabilidade e Agroecologia, e uma das maneiras que achei interessante seria envolver a comunidade e crianças na Construção de uma casa ecológica na praça ou escola da cidade, uma casinha para as Crianças.
    Eu pensei em algo de 4m2 e achei interessante a idéia de afunilar o telhado, fazendo tipo um iglu, ou poderia fazer telhado vivo, eu só não sei quanto de prolipropileno e terra preciso, eu queria que me ajudassem com isso, para que eu tivesse noção da quantidade de material que vou precisar.
    Como quantos sacos de prolipropileno, se realmente é preciso queimar o saco depois, fazer reboco de cimento, e quanto de arame farpado. Eu gostaria de fazer uma casa bem simples.
    Aguardo resposta! Desde já agradeço!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Olá! Vc encontra em www.citropack.com.br! Boa obra!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • OLa, gostaria de ter mais informacoes sobre a utilizacao deste tipo de saco de raschel, onde compra-lo e a diferenca de preco entre esse e o de rafia... obrigada!! Paula
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.805
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.719
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
3
Gostaram
35
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hiperadobe

  1. 1. Hiperadobe Passo-a-passo
  2. 2. A terra viva protege seus filhos! <ul><li>A partir do superadobe, criado pelo Iraniano Nader Khalili, foi desenvolvido o Hiperadobe por Fernando Pacheco, da EcoOca, a grande diferença entre os dois é que no superadobe se utiliza o saco de ráfia e arame farpado entre as camadas, o Hiperadobe usa o Raschel, o mesmo material utilizado em embalagens de frutas, o que leva a uma diminuição enorme de plástico comparado com a Ráfia, não precisa ser queimado o Raschel, ele já funciona como um “chapisco” para receber o reboco natural, não precisa de arame farpado entre as camadas, pois por sua trama, a terra da camada de baixo se fundi com a camada nova. O prazer de ser abraçado pela mãe terra é sublime, é retornar ao todo. </li></ul>
  3. 3. O sonho inicia-se com a escolha do local e a marcação no chão.
  4. 4. Foi feito um alicerce tradicional, com sapatas e tudo mais, o terreno tem movimento de terras.
  5. 5. Alicerce em construção, o maderite possibilitou as curvas.
  6. 6. Aqui o alicerce já foi preenchido. Os portais definitivos foram fixados com parafusos de latão antes de entrar as camadas de hiperadobe.
  7. 7. As camadas de hiperadobe começam com a terra escolhida para a obra, a melhor composição é a de 70% de areia e 30% de argila, mas isso pode variar, a terra tem que ter uma boa umidade, nem muito molhada e nem muito seca, isto vem com a prática.
  8. 8. Para facilitar a colocação do saco, é necessário fazer um suporte para a bobina acima do funil, a quatro mãos é melhor, o ideal é ter dois funis quando acabar o saco de um já tem o outro cheio.
  9. 9. Desenvolvemos uma correia para dar mais conforto ao segurar o funil. A qual já adaptamos, que ficou bem melhor.
  10. 10. O funil deve ficar bem acomodado, o mais utilizado é segurar com as duas mãos na altura do peito, desenrole um pouco do saco, dobre a ponta em sua direção bem próximo de onde vai começar a camada, pise na ponta para que a terra deite sobre esta ponta e não saia terra do saco, suas mãos que vão deixar o saco desenrolar do funil e assim vc tem todo o controle do material.
  11. 11. Quando a terra chegar na parte de baixo do funil, dê um passinho para trás.
  12. 12. Está é a curvatura ideal da camada que se forma, para assim evitar rachaduras
  13. 13. A amarração é muito importante, na primeira camada se dá preferência pela maior camada.
  14. 14. Amarração
  15. 15. Amarração
  16. 16. Quanto mais socado melhor, observe a amarração, que é necessário em todas as junções de paredes. O saco no soquete é para não grudar barro na base (saco de gelo).
  17. 17. Quanto mais compactada (socada) a terra, mais sólida fica a camada.
  18. 18. Muito bem socado e com o poder feminino melhor ainda!
  19. 19. As camadas vão crescendo e nós vamos subindo juntos, é muito importante esta curvatura do saco, o saco vai sendo liberado naturalmente pelo peso do barro, se começa a andar quando o barro chega à boca do funil.
  20. 20. O prumo da parede se dá com o alinhamento da parede externa do alicerce, e as camadas subseqüentes vão se alinhando naturalmente, lógico se a primeira estiver alinhada corretamente, depois é só centralizar as camadas.
  21. 21. Devemos respeitar também o alinhamento dos portais, para que não saia muito do prumo e fique por fora do portal.
  22. 22. É colocado primeiro um molde para servir de guia para que a janela definitiva seja enfim fixada.
  23. 23. Ou as definitivas.
  24. 24. Foi colocada uma camada inteira por cima do molde da janela, para facilitar o acabamento, (8 partes de terra e 1 de cimento) Atenção para dois pedaços de ferro de ¼ em cada água da janela.
  25. 25. O funil foi feito com lateral de geladeira velha, o saco deve ficar justo no funil, não deve ficar muito apertado e nem muito frouxo, para que o saco não fique preso no funil ou desça muito saco na colocação do barro.
  26. 26. Quando uma camada chega na amarração utilizamos um canivete ou faca, o que tiver a mão, cortamos e fechamos a camada e começamos de novo.
  27. 27. Quando acabar o saco do funil, dê uma boa sacudida para assentar bem o barro, enrole bem a ponta do saco, e coloque por baixo da camada e é só começar a outra camada de onde acabou a camada anterior.
  28. 28. Enrolar bem a ponta do saco e colocar por debaixo da camada.
  29. 29. Aqui as duas camadas terminaram no mesmo lugar, fazendo com que a emenda nas camadas fique sobreposta, o que não é bom.
  30. 30. Subimos as paredes por igual, em toda a casa.
  31. 31. Com sete pessoas trabalhando 8 horas por dia, em 15 dias chegamos a esta altura
  32. 32. <ul><li>Tudo o que fazemos, vem do intuitivo, e somos movidos pelo amor a terra, tanto nas bioconstruções, alimentações e em todos os momentos de nossas vidas, </li></ul><ul><li>A terra é o mais perfeito anfitrião, é por onde chegamos a nossa essência, </li></ul><ul><li>Amor e luz aos filhos da terra. </li></ul>

×