Sistema nervoso parte i

3.485 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.485
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema nervoso parte i

  1. 1. Sistema Nervoso
  2. 2. SISTEMANERVOSOSNCSNP(nervos espinais e cranianos)ENCEFALO MEDULADIVISÃOAFERENTENEURONIOS SENSITIVOSSOMATICOSNEURONIOS SENSITIVOSVISCERAISTelencefalo(A)Diencefalo(M)Mesencefalo(E)DIVISÃOEFERENTE
  3. 3. DIVISÃOEFERENTES.N.AUTONOMO(INVOLUNTARIO)S.N.SOMATICO(VOLUNTARIO)SIMPATICA PARASSIMPATICA Entérico
  4. 4. SISTEMA NERVOSOSistema Nervoso CentralSistema Nervoso Central(SNC)(SNC)Encéfalo Medula
  5. 5. SISTEMA NERVOSOSistema Nervoso PeriféricoSistema Nervoso Periférico(SNP)(SNP)Nervos Cranianos Nervos Espinais
  6. 6. Introdução• O sistema nervoso possui três funçõesbásicas: sensitiva, integradora e motora.• O sistema nervoso é divididoanatomicamente em duas partes: SistemaNervoso Central e Sistema NervosoPeriférico.• O neurônios são as unidades morfo-funcionais do sistema nervoso.
  7. 7. Introdução• Os neurônios são divididos em três partesprincipais: dendritos, soma e axônio.• Os neurônios podem ser classificadosconforme sua função: Neurônios aferentes Neurônios associativos Neurônios
  8. 8. • COMPONENTES DO SISTEMANERVOSO1. Neuronios:Estrutura: corpo celular; núcleo grandenúcleo2. Lemócitosura:3. Neuróglia:
  9. 9. NEURÔNIOO neurônio possui tipicamente todos oselementos de uma célula eucariótica
  10. 10. Peculiaridades do neurônio: diversidade de forma
  11. 11. Propriedades comunsdos neurônios: Gerar e propagaratividades elétricas (impulsonervoso). Comunicam-se entre si pormeio de sinapses nervosasquímicas ou elétricas. Processar digitalmente ossinais elétricos integrandopotenciais elétricosexcitatórias e inibitórios. Comunicam-se com célulasefetuadoras musculares ouglandulares.
  12. 12. Degeneração wallerianaAo contrário das fibras do SNP, as fibras do SNC NÃO se regeneram.
  13. 13. SISTEMA NERVOSO SENSORIAL- Conjunto de neurônios relacionadas com as funções dedecodificação e interpretação dos estímulos originados nosórgãos sensoriais somáticos e visceraisSISTEMA NERVOSO MOTOR- Conjunto de neurônios relacionados com as funções motorassomáticas e visceraisSISTEMASISTEMANERVOSONERVOSOSISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO- Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial emotora, além de interpretar e elaborar comandos motoresDivisão funcional do SISTEMANERVOSO
  14. 14. ESQUELÉTICA LISAJUNÇOES NEURO-MUSCULARES
  15. 15. ENCÉFALOMEDULAESPINHALViasdescendentesViasascendentesCadeias de neurôniosfuncionalmenterelacionados.Meio pelo qual o cérebrorecebe as informaçõesoriginadas da medula edo tronco encefálico.Cadeias de neurôniosfuncionalmenterelacionados.Meio pelo qual o cérebroenvia comandos para amedula e o troncoencefálicoDentro do SNC, as fibras nervosas estabelecem comunicações entrediferentes partes através de tratos, leminiscos, comissuras etc.
  16. 16. SISTEMA NERVOSOI.Sistema nervoso: centro integrador econtrolador. Recebem impulsos sensitivos doSNP e responde.II.ORGANIZAÇÃO:1. Sistema Nervoso Central:a. Encéfalo: cavidade cranianab. Medula espinhal: canal vertebral.2. Sistema Nervoso Periferico:a. Nervos: Cranianos e Nervos Espinaisb. Gânglios
  17. 17. SISTEMA NERVOSO• Sistema nervoso central(centro integrador econtrolador-recebem impulsos sensitivos doSNP e responde):1. Encéfalo: cavidade craniana2. Medula espinhal: canal vertebral.• Sistema nervoso periférico: Fora SNC:1. Nervos: corpo e SNC• 12 pares de nervos cranianos: cérebro e do tronco do encéfalo– forames do crânio.• 31 pares de nervos espinais: medula – forames intervertebral(8cervicais,12 torácicos, 5 lombares 5 sacrais e 1 nervoscoccígeo.1. Gânglios:associados aos nervos
  18. 18. Encéfalo
  19. 19. Encéfalo• Dividido em quatro partes: Cerebelo Tronco encefálico Diencéfalo Telencéfalo
  20. 20. Líquido Céfalo-RaquidianoLíquido céfalo-raquidiano
  21. 21. Meninges
  22. 22. Circulação Licórica• O liquor cefalorraquidiano circula dentro doscanais e espaços que existem no interior doSNC.• O liquor cefalorraquidiano é produzido nosplexos corióides dos seguintes ventrículos. Ventrículos laterais (localizado no telencéfalo).Terceiro Ventrículo (loc. Diencéfalo).Quarto ventrículo: (loc. no tronco encefálico).• Existe um canal que liga o terceiro ventrículo aoquarto ventrículo, denomidado como aquedutomesencefálico.
  23. 23. Circulação Licórica• Além dos ventrículos serem ocupadospelo LCR, existem também espaços quesão preenchidos pelo mesmo, o nomedesse espaço é ESPAÇOSUBARACNÓIDEO.Ele se encontra em toda extensão do SNC, ouseja, Encéfalo e Medula Espinal.• Funções básicas do LCR são:Proteção do SNCTransporte de nutrientes para o SNC.
  24. 24. Ventrículos / Circulação Liquórica
  25. 25. Corpo calosoDiencefáloMesencéfaloPonteBulboCerebeloMedulaTelencéfalo
  26. 26. O ENCÉFALO
  27. 27. Córtex CerebralSubstância brancaSUBSTANCIA CINZENTACórtex cerebralNúcleos da baseSUBSTANCIA BRANCAmassa medular internaNUCLEOS DA BASEIntimamente associado ao córtex motor e o tálamoControle da motricidade somática voluntária
  28. 28. Telencéfalo
  29. 29. CÓRTEX CEREBRALLOBO FRONTAL: processamentos complexos(cognição, planejamento e iniciação dosmovimentos voluntários)LOBO PARIETAL: área de projeção eprocessamento somestésicoLOBO TEMPORAL: área de projeção eprocessamento auditivo.LOBO OCCIPITAL: área de projeção eprocessamento visualINSULA: fica oculto sob os lobos frontais etemporalLobo daInsula
  30. 30. Lobos Telencefálicos
  31. 31. Diencéfalo• O diencéfalo é formado por duas partesprincipais: Tálamo Hipotálamo
  32. 32. DIENCEFÁLOTÁLAMONúcleos funcionalmente distintosPrincipal relê de retransmissãocerebral- Sensorial- Motora- Sistema LimbicoHIPOTÁLAMOMuitos núcleos funcionalmente distintosCoordenação das funções autonômicas eneuroendócrinasExpressões das emoçõesEPITÁLAMOIntegra funções olfativas
  33. 33. Diencéfalo
  34. 34. DIENCEFÁLOTÁLAMONúcleos funcionalmente distintosPrincipal relê de retransmissãocerebral- Sensorial- Motora- Sistema LimbicoHIPOTÁLAMOMuitos núcleos funcionalmente distintosCoordenação das funções autonômicas eneuroendócrinasExpressões das emoçõesEPITÁLAMOIntegra funções olfativas
  35. 35. Tálamo• O tálamo é um grande conjunto ovóide denúcleos localizado bilateralmente acima dotronco encéfalico.• Ele atua como um assistente executivo docórtex cerebral, dirigindo a atenção parainformações importantes, regulando o fluxo deinformações para o córtex.• Assim, de maneira geral, o tálamo regula o nívelde atividade dos neurônios corticais.
  36. 36. Hipotálamo• O hipotálamo é essencial para a sobrevivência doindivíduo e da espécie porque a integração doscomportamentos e das funções orgânicas pelohipotálamo é necessária para a continuação daexistência.• São funções do hipotálamo: Manutenção da homeostase. Comportamentos de comer, reprodutivos e defensivos. Expressão emocional de prazer, raiva, medo e aversão. Regulação dos ritmos circadianos (diários). Regulação endocrinológica do crescimento, dometabolismo e dos orgãos reprodutivos.
  37. 37. Telencéfalo• O telencéfalo é formado pelo córtex cerebral,externamente e, por uma substância brancainternamente.• O telencéfalo nos capacita a realizar açõescomo ler, escrever, interpretar, criar ECT.• Pode-se observar externamente no telencéfaloseus giros e sulcos, no interior e preenchendoos mesmos observa-se o córtex (acúmulo desubstância cinzenta no SNC).• Internamente no telencéfalo pode-se observarsubstância branca (acúmulo de substânciabranca dentro do SNC).
  38. 38. Telencéfalo• Dividido em cinco lobos: Lobo frontal: predominantemente motor.Lobo Parietal: predominantemente sensitivo.Lobo Occipital: Predominantemente visual.Lobo Temporal: Predominantementerelacionado a memória.Lobo Ínsula: função indeterminada, acredita-seque seja relacioanado com a interpretaçãoolfativa ou ligados a interpretação emocional.
  39. 39. Telencéfalo• Ainda no telencéfalo pode observar: Corpo caloso: estrutura encarregada deassociar informações do hemisfério direitocom esquerdo.
  40. 40. Do cerebelo não emerge nenhumnervo; processa sinaisexclusivamente motora
  41. 41. Tronco Encefálico• Divido em três partes: Bulbo Ponte Mesencéfalo
  42. 42. Tracto córtico-espinal
  43. 43. Representação Esquemática do Encéfalo
  44. 44. Tronco Encefálico
  45. 45. BulboNo bulbo localizam-se oscentros:- Respiratório-Vasomotor- Vômito
  46. 46. Bulbo• No bulbo localizam-se os centros: Respiratório Vasomotor Vômito• Ocorre no Bulbo a decussação das pirâmides,onde o trato motor denominado córtico-espinalcruza a linha média e leva informação motorapara a metade contralateral da sua origem. Ex:o hemisfério cerebral direito leva informaçãomotora para o lado esquerdo do corpo.
  47. 47. Pela ponte percorrem tractosimportantes tais como o córtico-espinal lateral, espino-talâmicolateral.O primeiro relaciona-se com asinformações motoras dirigidaspara os membros e tronco. Osegundo relaciona-se cominformações sensitivasdolorosas, táteis e térmicas.Ponte
  48. 48. Ponte• A ponte conecta o tronco encefálico ao cerebeloe ao córtex.• Pela ponte percorrem tractos importantes taiscomo o córtico-espinal lateral, espino-talâmicolateral.O primeiro relaciona-se com as informaçõesmotoras dirigidas para os membros e tronco. Osegundo relaciona-se com informaçõessensitivas dolorosas, táteis e térmicas.
  49. 49. MesencéfaloO mesencéfalo liga-se aodiencéfalo por meio dospedúnculos cerebrais.Dorsalmente, observa-sequatro eminências arredondadas,os colículos superiores einferiores.Essas massas estãorelacionadas com informaçõesvisuais e auditivas.
  50. 50. Mesencéfalo• O mesencéfalo liga-se ao diencéfalo por meiodos pedúnculos cerebrais.• Quando secciona-se o mesencéfalotransversalmente, pode-se observar asubstância negra do mesencéfalo, formada porneurônios que contém melanina.• Dorsalmente, observa-se quatro eminênciasarredondadas, os colículos superiores einferiores.Essas massas estão relacionadas cominformações visuais e auditivas.
  51. 51. Substância Negra do Mesencéfalo
  52. 52. Cerebelo• Ele coordena os movimentos eajuda a manter o tônus muscularnormal, a postura e o equilíbrio.
  53. 53. CerebeloCoordena os movimentos e ajuda a manter o tônusmuscular normal, a postura e o equilíbrio.
  54. 54. Cerebelo
  55. 55. Nervos CranianosNC I: olfatório (S)NC II: Óptico (S)NC III: Oculomotor (M)NC IV: troclear (M)NC V:trigêmio (MIS)NC VI: abducente (M)NC VII: facial (MIS)NC VIII: vestíbulo-coclear (S)NC IX: glossofarígeo (MIS)NC X: vago (MIS)NC XI: acessório (M)NC: hipoglosso (M)
  56. 56. Sistema Nervoso Central• O SNC é constituído pela MEDULA ESPINAL epelo ENCÉFALO.• A Medula Espinal pode divida em substânciabranca e substância cinzenta.• A substância branca na Medula Espinal éformada por axônios mielinizados, dando umacoloração esbranquiçada a mesma.• Na substância branca pode ser dividida emfunículos laterais, funículo anterior e funículoposterior.
  57. 57. A MEDULA é dividida em 4 regiões topográficas. O seucomprimento total é menor do que canal vertebral, mas os nervosespinhais guardam correlação topográfica com as respectivasvértebras.
  58. 58. Medula Espinal• A Medula Espinal pode divida emsubstância branca e substância cinzenta.• A substância branca na Medula Espinal éformada por axônios mielinizados, dandouma coloração esbranquiçada a mesma.• Na substância branca pode ser divididaem funículos laterais, funículo anterior efunículo posterior.
  59. 59. Medula Espinal• Dentro dos funículos trafegam tractos efascículos. Esses levam informações como amesma origem destino e função.Como exemplo temos: Tracto córtico-espinal: tem origem no córtex cerebral e destino paramedula espinal, sua função é levar informações motoras para o corpo. Tracto espino-talâmico: tem origem na medula espinal e destino para otálamo, sua função é levar informações sensitivas do corpo para o encéfalo. Fascículos grácil e cuneiforme: tem origem na medula espinal e destinopara o tronco encefálico, sua função é levar informações acerca doposicionamento das articulações e tato discriminativo.
  60. 60. Medula Espinal• A substância cinzenta na medula espinal estãoalojados os corpos dos neurônios motores esensitivos.• Ela e divida em colunas ou cornos: Coluna ou corno anterior: Motora Coluna ou corno posterior: Sensitiva Coluna ou corno lateral: Presente apenas namedula torácia e lombar; corpos dos neurôniosdo sistema nervoso simpático e parassimpático.
  61. 61. MEDULASUBSTÂNCIA CINZENTA
  62. 62. Medula Espinal
  63. 63. MEDULASUBSTANCIABRANCAA substancia branca é a região detráfego de fibras nervosas mielinizadas1) do encéfalo para a medula(Vias descendentes)2) da medula para o encéfalo(Vias ascendentes)3) fibras próprias da medula(Tratos proprioespinhais)Fibras ascendentes(sensitivas)Fibras descendentes(motoras)
  64. 64. COMPONENTES FUNCIONAIS DE UM NERVO ESPINHALFibras sensitivas somáticas geraisPele, músculos, tendões e articulaçãoFibras sensitivas visceraisFibras motoras somáticasMúsculos estriados esqueléticosFibras motoras visceraisMúsculos lisos, cardíaco e glândulas
  65. 65. Sistema Nervoso PeriféricoO sistema nervoso periférico é constituído pelos nervos,gãnglios e terminações nervosas.- Os nervos são divididos em raquidianos, emergem damedual espinal (31 pares), cranianos (12 pares),emergem do crânio.- Os gânglios são massas constituídas por substanciacinzenta fora do sistema nervoso central, eles estãolocalizados, geralmente, paralelos externamente aoforame intervertebral da coluna vertebral.- As terminações nervosas são estruturas dotadas decapacidade de transmitir informações mecânicas,térmicas, dolorosas e químicas; elas conduzem essesestímulos até o sistema nervoso central para seremprocessados.
  66. 66. Nervos Cranianos
  67. 67. Nervos Raquidianos
  68. 68. Terminações Nervosas
  69. 69. A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, estáenvolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada foramevertebral.
  70. 70. Gânglios
  71. 71.  Nervos Sensoriais (nervos aferentes ou nervossensitivos) Nervos Motores ou eferentes Nervos mistos
  72. 72. Gânglios nervosos - aglomerados de corpos celularesde neurônios localizados fora do SNC. Os gângliosaparecem como pequenas dilatações em certos nervos
  73. 73.  Alguns nevos periféricos que se originam da parte basaldo encéfalo e inervam, em sua maior parte a cabeçaformam os nervos cranianos. O restante dos nervosperiféricos estão ligados à medula espinal, sendo portantodenominados nervos espinais ou raquidianos.Nervos cranianos - são 12 pares de nervos,responsáveis pela inervação dos órgãos do sentido, dosmúsculos e glândulas da cabeça, e também de algunsórgãos internos .
  74. 74. Do cerebelo não emerge nenhumnervo; processa sinaisexclusivamente motora
  75. 75. SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSOCENTRALCENTRALEncéfaloMedulaSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICONervos espinhais e cranianosGânglios SensitivosSistema nervoso autônomoReceptores SensoriaisPlexo EntéricoO Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em:O tecido nervoso é formado basicamentede dois tipos de células:- Neurônios- Gliócitos
  76. 76. Nervos Cranianos
  77. 77. Introdução•O sistema nervoso possui três funçõesbásicas: sensitiva,integradora e motora;•O S.N é dividido em duas partes: S.N Central eS.N Periférico.•Os neurônios são as unidades morfo-funcionais do sistema nervoso.
  78. 78. Introdução• Os neurônios são divididos em três partesprincipais : dendritos,soma e axônio;• Os neurônios podem ser classificadosconforme sua função: Neurônios Aferentes Neurônios Associativos Neurônios
  79. 79. Sistema Nervoso Central• O S.N.C é constituído pela Medula Espinal epelo Encéfalo.• A Medula Espinal pode ser dividida emsubstância branca e sustância cinzenta.• A sustância branca na medula espinal éformada por axônios mielinizados, dando umacoloração esbranquiçada a mesma.• A substancia branca pode ser dividida emfunículos laterais, funículos anteriores efunículo posterior.
  80. 80. Medula Espinal• Dentro dos funículos trafegam tractos efascículos.Esse levam informações com amesma origem destino e função .Comoexemplos temos: Tracto córtico-espinal: tem origem no córtexcerebral e destino para medula espinal,suafunção é levar informações motoras para ocorpo. Fascículos grácil e cuneforme: tem origemna medula espinal e destino para o troncoencefálico, sua função é levar informaçõesacerca do posicionamento das articulaçõese tato discriminativo.
  81. 81. Medula Espinal• A sustância cinzenta na Medula Espinal estãoalojados os corpos dos neurônio motores wesensitivos.• Ela é dividida em colunas e cornos: Coluna ou corno anterior: Motora; Coluna ou corno posterior: Sensitiva; Coluna ou corno lateral: corpos dosneurônios do sistema nervoso simpático eparassimpático.
  82. 82. Encéfalo• Dividido em quatropartes: Cerebelo; Tronco encefálico; Diencéfalo; Telencéfalo.
  83. 83. Cerebelo• Ele coordena os movimentos e ajuda otônus muscular normal, a postura e oequilíbrio.
  84. 84. Tronco Encefálico• Dividido em trêspartes: Bulbo; Ponte; Mesencéfalo.
  85. 85. ORGANIZACAOANÂTOMICA EFUNCIONALDO SISTEMA NERVOSOParte I
  86. 86. I. VÁRIOS NIVEIS DE ANÁLISE ENVOLVENDO VÁRIASDISCIPLINASA. Nível de análise1. Cognitivo – comportamental2. Sistemas – interações entre vários tipos de unidades celulares3. Celular – propriedade de um único neurônio4. Subcelular – propriedade das estruturas subcelulares como canais iônicos5. Molecular - mecanismos de ação de moléculasB. Disciplinas1. ClinicasNeurologia, Psiquiatria e Neurocirurgia2. Pesquisa Básica ou ExperimentalFisiologia, Anatomia, Farmacologia, Neuroquimica, Psicologia, Psicofísica, Biologia Molecular eNeuroetologia3. TeóricaNeurociência computacional e Redes neurais (inteligência artificial)NEUROCIÊNCIAS
  87. 87. Níveis de análise do SN1) Cognitivo: comportamental2) Sistema: interação entrevarias unidades celulares3) Celular: propriedades decélulas unitárias4) Subcelular: biofísica decanais iônicos5) Molecular: mecanismos deação das proteínas eneurotransmissores
  88. 88. O estudo dos diferentes níveis de analise requer ferramentas amplificadoras dossentidos humanos: microscopia, ressonância, eletrofisiologia, etc.Estrutura Tamanho Unidade deMedidaAumentoEncéfaloExtensão:15 cm1cm = 0,1m 1CórtexcerebralEspessura3mm1mm = 0,001m X 10UnidadeCelularCorpo celular0,1mm0,1mm = 100 µm X 100EstruturasubcelularAxônio e dendrito10 µm0,01mm = 10 µm X 1.000SinapseTerminação sináptica1 µm1 µm = 10m X 10.000.FendasinapticaFenda20 ηm0,1 µm = 100 ηm X 100.000MembranaEspessura5 ηm10 ηm X 1.000.000Canal iônicoDiâmetro do canal0,5 ηm1 ηm X 10.000.000
  89. 89. SISTEMA NERVOSO SENSORIAL- Conjunto de neurônios relacionadas com as funções dedecodificação e interpretação dos estímulos originados nosórgãos sensoriais somáticos e visceraisSISTEMA NERVOSO MOTOR- Conjunto de neurônios relacionados com as funções motorassomáticas e visceraisSISTEMASISTEMANERVOSONERVOSOSISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO- Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial emotora, além de interpretar e elaborar comandos motoresDivisão funcional do SISTEMANERVOSO
  90. 90. SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSOCENTRALCENTRALEncéfaloMedulaSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICONervos espinhais e cranianosGânglios SensitivosSistema nervoso autônomoReceptores SensoriaisPlexo EntéricoO Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em:O tecido nervoso é formado basicamentede dois tipos de células:- Neurônios- Gliócitos
  91. 91. O ENCÉFALO situa-se dentro do crânio
  92. 92. A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, estáenvolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada foramevertebral.
  93. 93. Os mamíferos tenderam ao aumento progressivo do encéfalo, variando epreservando estruturas homologas filogeneticamente antigas.
  94. 94. ANATOMIA TOPOGRÁFICA
  95. 95. Planos referenciais do corpoPlano coronal ou frontalPlano sagitalPlano transversalLinha média

×