Rodopios Transição Manual
Sylvia Cohin
Porto, 20/01/2006 Música: Valsa de Fausto - Charlos Gounod - wav
No giro dum volteio em descompasso Valseia o coração em moto andante E segue rabiscando a pauta errante, Num ritmo aturdid...
Colcheias corrupiam sem cadência O peito semitona aflitos ais De amantes na agonia de sinais Frenéticos, pulsando incoerên...
De Baco, essa vertigem dos sentidos, Alheia à cifra que sabe de cor E o êxtase do amor em tom maior, Faz delirar em tontos...
E rende-se o Amor a tal orgia, Que a pauta da paixão em polvorosa, Com passos de cadência langorosa, Mergulha em tanto ard...
No giro dum volteio em descompasso Valseia o coração em moto andante E segue rabiscando a pauta errante, Num ritmo aturdid...
F  I  M
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sylvia Cohin Blog Rodopios

295 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sylvia Cohin Blog Rodopios

  1. 1. Rodopios Transição Manual
  2. 2. Sylvia Cohin
  3. 3. Porto, 20/01/2006 Música: Valsa de Fausto - Charlos Gounod - wav
  4. 4. No giro dum volteio em descompasso Valseia o coração em moto andante E segue rabiscando a pauta errante, Num ritmo aturdido de embaraço
  5. 5. Colcheias corrupiam sem cadência O peito semitona aflitos ais De amantes na agonia de sinais Frenéticos, pulsando incoerência.
  6. 6. De Baco, essa vertigem dos sentidos, Alheia à cifra que sabe de cor E o êxtase do amor em tom maior, Faz delirar em tontos sustenidos...
  7. 7. E rende-se o Amor a tal orgia, Que a pauta da paixão em polvorosa, Com passos de cadência langorosa, Mergulha em tanto ardor, que rodopia!
  8. 8. No giro dum volteio em descompasso Valseia o coração em moto andante E segue rabiscando a pauta errante, Num ritmo aturdido de embaraço. Colcheias corrupiam sem cadência O peito semitona aflitos ais De amantes na agonia de sinais Frenéticos, pulsando incoerência. De Baco, essa vertigem dos sentidos, Alheia à cifra que sabe de cor E o êxtase do amor em tom maior, Faz delirar em tontos sustenidos... E rende-se o Amor a tal orgia, Que a pauta da paixão em polvorosa, Com passos de cadência langorosa, Mergulha em tanto ardor, que rodopia! Sylvia Cohin
  9. 9. F I M

×