Uma poesia de Gui Oliva Formatação: Michèle Christine Música: André Rieu - Barcarole  Transição manual ELEGÂNCIA
Posso tentar entender o que é elegância,  talvez o trato que se dá aos sentimentos d´alma, e os clichês, as traduções não ...
Penso que para vesti-la  com elegância é preciso, antes de tudo, despojar d´alma as humanas vaidades, calçá-la com carinho...
A elegância pode tornar-se acessório da generosidade, aroma de bálsamo do amor pleno, não cobrado mas doado,  o seu estilo...
A elegância talvez possa ser reedição de um real dicionário a gravar um sê benvindo, um por favor, um muito obrigado, um B...
Se meus versos, ao refletirem, seguiram correta direção, a elegância deverá ser perseguida como jóia rara,  toda ela delic...
Data: 07/01/2010 www.vidaemcaminho.com.br   http://michelechristine.wordpress.com/
F I M Finalizar apresentação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poesia ElegâNcia Gui Oliva Blog

664 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
72
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poesia ElegâNcia Gui Oliva Blog

  1. 1. Uma poesia de Gui Oliva Formatação: Michèle Christine Música: André Rieu - Barcarole Transição manual ELEGÂNCIA
  2. 2. Posso tentar entender o que é elegância, talvez o trato que se dá aos sentimentos d´alma, e os clichês, as traduções não têm tanta importância, o que importa são gestos, atitudes que o ser empalma.
  3. 3. Penso que para vesti-la com elegância é preciso, antes de tudo, despojar d´alma as humanas vaidades, calçá-la com carinho e a paciência sempre de um sorriso, arrumá-la com a coragem para enfrentar as adversidades.
  4. 4. A elegância pode tornar-se acessório da generosidade, aroma de bálsamo do amor pleno, não cobrado mas doado, o seu estilo deveria ser a discrição, a sua feição a verdade, a sua indumentária primar pelo bom gosto apropriado.
  5. 5. A elegância talvez possa ser reedição de um real dicionário a gravar um sê benvindo, um por favor, um muito obrigado, um Bravo! pelo feito, à disposição para o que preciso for, perdoa-me pelo que fiz e perdoo pelo deslize, ouro gravado.
  6. 6. Se meus versos, ao refletirem, seguiram correta direção, a elegância deverá ser perseguida como jóia rara, toda ela delicadeza pura e extremada distinção a engalanar a alma com a emoção que a ampara!
  7. 7. Data: 07/01/2010 www.vidaemcaminho.com.br http://michelechristine.wordpress.com/
  8. 8. F I M Finalizar apresentação

×