Distributed Databases

584 visualizações

Publicada em

A distributed database is a database in which storage devices are not all attached to a common processing unit such as the CPU, controlled by a distributed database management system (together sometimes called a distributed database system). It may be stored in multiple computers, located in the same physical location; or may be dispersed over a network of interconnected computers. Unlike parallel systems, in which the processors are tightly coupled and constitute a single database system, a distributed database system consists of loosely-coupled sites that share no physical components.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
584
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Distributed Databases

  1. 1. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Bancos de Dados Distribuídos Visão Geral, Características e Conceitos Associados Michel Alves dos Santos:: Antônio Carlos Fernandes Universidade Federal de Alagoas, Campus A. C. Simões Tabuleiro do Martins - Maceió - AL, CEP: 57072-970 Docente Responsável: Prof. Dr. Patrick Brito {michel.mas,afds.carlos}@gmail.com 22 de Junho 2011 Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  2. 2. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  3. 3. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  4. 4. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  5. 5. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  6. 6. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  7. 7. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  8. 8. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  9. 9. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  10. 10. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  11. 11. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  12. 12. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  13. 13. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  14. 14. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  15. 15. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  16. 16. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Sumário Tópicos Centrais da Explanação 1 Histórico, Motivação e Introdução. 2 O Conceito de Sistemas Distribuídos. O que é um Sistema Distribuído? Principais Desafios Impostos aos Sistemas Distribuídos. 3 O Conceito de Banco de Dados Distribuídos. O que é um Banco de Dados Distribuído? Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Prós e Contras dos Bancos de Dados Distribuídos. Funções Adicionais de Bancos de Dados Distribuídos. Fragmentação, Replicação e Alocação. Tipos de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos. 4 Conclusões a Respeito da Área. 5 Sugestões de Leitura: Periódicos e Livros. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  17. 17. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Antes: anos 70 e início dos anos 80 Processamento de Arquivos Tradicional Cada programa deveria possuir o conjunto de descrição física dos dados e o mecanismo de acesso e manipulação dos mesmos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  18. 18. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Antes: anos 70 e início dos anos 80 Processamento de Arquivos Tradicional Cada programa deveria possuir o conjunto de descrição física dos dados e o mecanismo de acesso e manipulação dos mesmos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  19. 19. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Antes: anos 70 e início dos anos 80 Processamento de Arquivos Tradicional Cada programa deveria possuir o conjunto de descrição física dos dados e o mecanismo de acesso e manipulação dos mesmos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  20. 20. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Final dos anos 80 Processamento de Banco de Dados Independência de Dados Mais descentralização e autonomia de processamento. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  21. 21. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Final dos anos 80 Processamento de Banco de Dados Independência de Dados Mais descentralização e autonomia de processamento. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  22. 22. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Final dos anos 80 Processamento de Banco de Dados Independência de Dados Mais descentralização e autonomia de processamento. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  23. 23. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Histórico Final dos anos 80 Processamento de Banco de Dados Independência de Dados Mais descentralização e autonomia de processamento. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  24. 24. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Motivação Atualmente Avanços no processamento e na computação distribuída ocorreram na área de sistemas operacionais. Organizações tem estado muito interessadas em maior descentralização do processamento (no nível de sistema) enquanto obtêm integração de recursos de informação (no nível lógico). Surgimento de sistemas geograficamente distribuídos de bancos de dados, aplicações e usuários. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  25. 25. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Motivação Atualmente Avanços no processamento e na computação distribuída ocorreram na área de sistemas operacionais. Organizações tem estado muito interessadas em maior descentralização do processamento (no nível de sistema) enquanto obtêm integração de recursos de informação (no nível lógico). Surgimento de sistemas geograficamente distribuídos de bancos de dados, aplicações e usuários. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  26. 26. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Motivação Atualmente Avanços no processamento e na computação distribuída ocorreram na área de sistemas operacionais. Organizações tem estado muito interessadas em maior descentralização do processamento (no nível de sistema) enquanto obtêm integração de recursos de informação (no nível lógico). Surgimento de sistemas geograficamente distribuídos de bancos de dados, aplicações e usuários. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  27. 27. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Motivação Atualmente Avanços no processamento e na computação distribuída ocorreram na área de sistemas operacionais. Organizações tem estado muito interessadas em maior descentralização do processamento (no nível de sistema) enquanto obtêm integração de recursos de informação (no nível lógico). Surgimento de sistemas geograficamente distribuídos de bancos de dados, aplicações e usuários. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  28. 28. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Introdução O que iremos discutir hoje? Iremos discutir a respeito de Banco de Dados Distribuídos. Tecnologia de Bancos de Dados + Tecnologia de Rede e Comunicação. Mas antes de discutir a respeito de Bancos de Dados Distribuídos devemos entender o que é um Sistema Distribuído. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  29. 29. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Introdução O que iremos discutir hoje? Iremos discutir a respeito de Banco de Dados Distribuídos. Tecnologia de Bancos de Dados + Tecnologia de Rede e Comunicação. Mas antes de discutir a respeito de Bancos de Dados Distribuídos devemos entender o que é um Sistema Distribuído. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  30. 30. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Introdução O que iremos discutir hoje? Iremos discutir a respeito de Banco de Dados Distribuídos. Tecnologia de Bancos de Dados + Tecnologia de Rede e Comunicação. Mas antes de discutir a respeito de Bancos de Dados Distribuídos devemos entender o que é um Sistema Distribuído. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  31. 31. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Introdução O que iremos discutir hoje? Iremos discutir a respeito de Banco de Dados Distribuídos. Tecnologia de Bancos de Dados + Tecnologia de Rede e Comunicação. Mas antes de discutir a respeito de Bancos de Dados Distribuídos devemos entender o que é um Sistema Distribuído. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  32. 32. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído O que é um Sistema Distribuído? Segundo (Coulouris, 2008): coleção de computadores autônomos interligados através de uma rede e equipados com software que permite o compartilhamento de recursos(hardware, software e dados). Comunicam e coordenam suas ações através da transferência de mensagens. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  33. 33. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído O que é um Sistema Distribuído? Segundo (Coulouris, 2008): coleção de computadores autônomos interligados através de uma rede e equipados com software que permite o compartilhamento de recursos(hardware, software e dados). Comunicam e coordenam suas ações através da transferência de mensagens. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  34. 34. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído O que é um Sistema Distribuído? Segundo (Coulouris, 2008): coleção de computadores autônomos interligados através de uma rede e equipados com software que permite o compartilhamento de recursos(hardware, software e dados). Comunicam e coordenam suas ações através da transferência de mensagens. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  35. 35. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  36. 36. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  37. 37. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  38. 38. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  39. 39. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  40. 40. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Sistema Distribuído Sistema de Computação Distribuída - Características Consiste em vários elementos de processamento: Não necessariamente homogêneos; Interconectados por um rede de computadores; Cooperam na execução de tarefas; Dividem um problema grande e intratável em partes menores; Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  41. 41. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Principais Desafios dos Sistemas Distribuídos. Desafios Relacionados a sua Implementação Heterogeneidade, Transparência, Abertura, Concorrência, Segurança, Escalabilidade, Recuperação de Falhas. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  42. 42. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões Principais Desafios dos Sistemas Distribuídos. Desafios Relacionados a sua Implementação Heterogeneidade, Transparência, Abertura, Concorrência, Segurança, Escalabilidade, Recuperação de Falhas. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  43. 43. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos O que é um Sistema de Banco de Dados Distribuído? SBDD = BDD + SGBDD Banco de Dados Distribuído (BDD) É uma coleção de diversas bases de dados, interligadas logicamente através de uma rede de computadores Sistema Gerenciador de Banco de Dados Distribuído (SGBDD) É o software que possibilita o gerenciamento do BDD e lida com aspectos de transparência para o usuário Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  44. 44. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos O que é um Sistema de Banco de Dados Distribuído? SBDD = BDD + SGBDD Banco de Dados Distribuído (BDD) É uma coleção de diversas bases de dados, interligadas logicamente através de uma rede de computadores Sistema Gerenciador de Banco de Dados Distribuído (SGBDD) É o software que possibilita o gerenciamento do BDD e lida com aspectos de transparência para o usuário Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  45. 45. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos O que é um Sistema de Banco de Dados Distribuído? SBDD = BDD + SGBDD Banco de Dados Distribuído (BDD) É uma coleção de diversas bases de dados, interligadas logicamente através de uma rede de computadores Sistema Gerenciador de Banco de Dados Distribuído (SGBDD) É o software que possibilita o gerenciamento do BDD e lida com aspectos de transparência para o usuário Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  46. 46. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos O que é um Sistema de Banco de Dados Distribuído? SBDD = BDD + SGBDD Banco de Dados Distribuído (BDD) É uma coleção de diversas bases de dados, interligadas logicamente através de uma rede de computadores Sistema Gerenciador de Banco de Dados Distribuído (SGBDD) É o software que possibilita o gerenciamento do BDD e lida com aspectos de transparência para o usuário Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  47. 47. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fusão de Tecnologias Integração = Centralização Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  48. 48. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fusão de Tecnologias Integração = Centralização Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  49. 49. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  50. 50. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  51. 51. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  52. 52. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  53. 53. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  54. 54. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  55. 55. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  56. 56. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  57. 57. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  58. 58. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  59. 59. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Principais características de um SGBDD Autonomia local(moderada ou total); Independência de um nó central; Operação contínua; Transparência e independência de localidade; Independência de fragmentação; Independência de replicação; Processamento de consultas distribuído; Gerenciamento de transações distribuídas; Independência de hardware; Independência de sistema operacional. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  60. 60. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Existem dois tipos principais de arquiteturas de sistema multiprocessador Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) e também primário(memória). Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) mas cada um possui sua memória primária. Os processadores se comunicam sem a sobrecarga da troca de mensagens em rede! Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  61. 61. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Existem dois tipos principais de arquiteturas de sistema multiprocessador Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) e também primário(memória). Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) mas cada um possui sua memória primária. Os processadores se comunicam sem a sobrecarga da troca de mensagens em rede! Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  62. 62. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Existem dois tipos principais de arquiteturas de sistema multiprocessador Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) e também primário(memória). Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) mas cada um possui sua memória primária. Os processadores se comunicam sem a sobrecarga da troca de mensagens em rede! Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  63. 63. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Existem dois tipos principais de arquiteturas de sistema multiprocessador Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) e também primário(memória). Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) mas cada um possui sua memória primária. Os processadores se comunicam sem a sobrecarga da troca de mensagens em rede! Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  64. 64. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Existem dois tipos principais de arquiteturas de sistema multiprocessador Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) e também primário(memória). Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada); Múltiplos processadores compartilham armazenamento secundário(disco) mas cada um possui sua memória primária. Os processadores se comunicam sem a sobrecarga da troca de mensagens em rede! Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  65. 65. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada) Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  66. 66. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Arquitetura de Memória Compartilhada(fortemente acoplada) Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  67. 67. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada) Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  68. 68. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Arquitetura de Disco Compartilhado(fracamente acoplada) Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  69. 69. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Sistema Paralelo Vs. Sistema Distribuído Os sistemas de gerenciamento que utilizam tão somente a tecnologia paralela são chamados sistemas paralelos de gerenciamento de banco de dados, diferente dos SGBDD, neles ocorre simetria e homogeneidade de nodos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  70. 70. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Sistema Paralelo Vs. Sistema Distribuído Os sistemas de gerenciamento que utilizam tão somente a tecnologia paralela são chamados sistemas paralelos de gerenciamento de banco de dados, diferente dos SGBDD, neles ocorre simetria e homogeneidade de nodos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  71. 71. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Comparação entre Tecnologia Paralela e Distribuída. Sistema Paralelo Vs. Sistema Distribuído Os sistemas de gerenciamento que utilizam tão somente a tecnologia paralela são chamados sistemas paralelos de gerenciamento de banco de dados, diferente dos SGBDD, neles ocorre simetria e homogeneidade de nodos. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  72. 72. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura ‘Nada Compartilhada’ Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  73. 73. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura ‘Nada Compartilhada’ Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  74. 74. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura em Rede com Banco de Dados Centralizado Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  75. 75. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura em Rede com Banco de Dados Centralizado Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  76. 76. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura de Banco de Dados Verdadeiramente Distribuída Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  77. 77. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Diferentes Arquiteturas de Sistemas de Banco de Dados. Arquitetura de Banco de Dados Verdadeiramente Distribuída Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  78. 78. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  79. 79. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  80. 80. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  81. 81. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  82. 82. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  83. 83. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  84. 84. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  85. 85. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  86. 86. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  87. 87. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  88. 88. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  89. 89. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  90. 90. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Vantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Gerenciamento de Dados Distribuídos com Diferentes Níveis de Transparência; Transparência de Distribuição ou de Rede; Transparência de Replicação; Transparência de Fragmentação (horizontal, vertical ou mista). Melhoria na Confiabilidade e na Disponibilidade; Maior probabilidade de que o sistema esteja operante; Maior probabilidade de que o sistema esteja continuamente disponível; Melhoria de Desempenho; Manter dados mais próximos de onde eles são necessários; Expansão Facilitada. Acréscimo de Dados ou de Nós; Influência Direta na Escalabilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  91. 91. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  92. 92. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  93. 93. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  94. 94. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  95. 95. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  96. 96. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  97. 97. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  98. 98. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  99. 99. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  100. 100. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  101. 101. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  102. 102. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  103. 103. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  104. 104. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Desvantagens dos Bancos de Dados Distribuídos. Aumento da Complexidade de Design dos Banco de Dados; Trabalho extra para garantir transparência de distribuição; Trabalho extra para manter múltiplos sistemas diferentes; Design das bases deve considerar: fragmentação, alocação e replicação. Maiores Investimentos em Infraestrutura; Infraestrura mais extensa significa custo extra de trabalho. Maiores Investimentos em Segurança; Proteção dos dados contra falsificação/adulteração; Proteção dos links de comunicação entre os nós. Difícil Manutenção da Integridade; Reforçar integridade em rede exige muitos recursos. Padronização Ainda Não Consolidada. Escassez de metodologias, ferramentas e grandes casos de uso. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  105. 105. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  106. 106. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  107. 107. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  108. 108. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  109. 109. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  110. 110. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  111. 111. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  112. 112. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  113. 113. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  114. 114. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  115. 115. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  116. 116. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  117. 117. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  118. 118. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  119. 119. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  120. 120. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Funções Adicionais dos Bancos de Dados Distribuídos. Rastreamento de Dados; Rastrear Distribuição; Rastrear Fragmentação; Rastrear Replicação. Processamento de Consultas Distribuídas; Acessar nós remotos e transmitir consultas e dados; Gerenciamento de Transações Distribuídas; Conceber estratégias de execução de transações, sincronizar acesso aos dados distribuídos e manter integridade global; Gerenciamento de Dados Replicados; Decidir qual cópia será acessada; Manter consistência das cópias. Segurança; Gerenciamento dos privilégios de autorização/acesso de usuários. Gerenciamento de Diretório/Catálogo Distribuído; Política de gerenciamento de metadados: global (para o BDD inteiro) ou local (para cada nó). Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  121. 121. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  122. 122. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  123. 123. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  124. 124. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  125. 125. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  126. 126. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  127. 127. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  128. 128. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados
  129. 129. Universidade Federal do Estado de Alagoas Instituto de Computação - Campus A. C. Simões O Conceito de Banco de Dados Distribuídos Fragmentação, Replicação e Alocação. Fragmentação: particionamento do banco em unidades lógicas; Fragmentaçao Horizontal: subconjunto de tuplas de uma relação Fragmentaçao Vertical: divide uma relação ‘verticalmente’ em colunas Fragmentaçao Mista: adota as duas estratégias anteriores. Replicação: armazenamento de dados em mais de um nó; Útil na melhoria da disponibilidade dos dados; Caso extremo ocorre na replicação total do banco em cada nó; Replicação total melhora desempenho de recuperação; Replicação total reduz velocidade de operações de atualização; Outro extremo é a alocação não-redundante: fragmentos disjuntos; Replicação Parcial é uma abordagem menos extremista. Alocação: processo de atribuição de um fragmento a um nó; Escolha dos nós e o grau de replicação dependem dos objetivos de desempenho e disponibilidade. Disciplina Banco de Dados II - Prof. Dr. Patrick Brito BDD: Visão Geral, Características e Conceitos Associados

×