Sobre as nossas ideias

162 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
162
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sobre as nossas ideias

  1. 1. Sobre as nossas ideiasWebquest<br />Trabalho realizado por:<br />Maria Helena de Castro Restivo<br />pg18069<br />
  2. 2. Introdução<br />A maioria das ideias que orientam as nossas vidas não tem origem em nós mesmos mas resultam da interacção entre o ambiente em que estamos inseridos e aquilo que constitui o percurso individual de cada um (vivências, leituras, aprendizagens).<br />
  3. 3. Assim, muitas das ideias que defendemos não resultam de uma análise e avaliação ponderadas. <br />Face a um tal cenário, é importante a construção de uma pensamento crítico que avalie as ideias dominantes da sociedade e as nossas próprias ideias. <br />
  4. 4. As tarefas propostas são:<br />1º Tarefa:<br />Pesquisa de um momento da história dominado por uma ideia ou ideias que tenham conduzido à morte de seres humanos (ex. os judeus que morreram durante a dominação da Alemanha por Hitler, que afirmava a supremacia da raça ariana); a ser realizada em grupos de 4 alunos.<br />
  5. 5. 2ª Tarefa:<br />Escrita de um texto de uma página sobre as ideias de cada um, procurando identificar uma ou mais ideias que defendem, sem terem elaborado uma reflexão aprofundada sobre elas; a ser realizado de forma individual.<br />3ª Tarefa:<br />Partilha dos resultados da pesquisa e da reflexão individual, seguida de debate sobre o poder das ideias e sobre a importância do pensamento crítico.<br />
  6. 6. Processo:<br />1ª Tarefa:<br />Pesquisa a ser realizada recorrendo à internet, livros de História, artigos de jornal ou outros.<br />O objectivo é descrever o momento histórico escolhido e identificar a ideia que lhe serviu de inspiração, cada grupo deve escolher apenas um momento histórico.<br />
  7. 7. 2ª Tarefa:<br />Trabalho reflexivo e de introspecção: tendo em conta que as ideias que absorvemos sem questionar não são apenas ideias com conotações negativas, como ideias racistas, xenófobas ou outras, mas também a crença na democracia ou no progresso constante do homem, ou mesmo ideias de cariz individual, como pensar em exercer determinada profissão no futuro, mas nunca ter pensado realmente sobre isso, e desejá-lo porque essa a profissão dos pais. <br />
  8. 8. 3ª Tarefa:<br />Apresentar o trabalho realizado em grupo do modo que o grupo entender ser mais conveniente, o que pode passar pela leitura de um texto, apresentação em PowerPoint, apresentação de imagens ou filmes.<br />De seguida, cada aluno do grupo partilhará com a turma uma das ideias que defende sem a ter sujeitado a um exame prévio. O debate passará pela reflexão acerca da informação recolhida pelos alunos.<br />
  9. 9. Recursos<br /> Cada grupo deverá informar a professora acerca dos suportes necessários para fazer a apresentação na aula (suporte digital, vídeo ou outros).<br />
  10. 10. Avaliação<br />Selecção de um momento histórico – 30%;<br />Texto reflexivo – 20%;<br />Apresentação oral e participação no debate – 30% e 20% respectivamente.<br />
  11. 11. Conclusão<br />Pretende-se que os alunos compreendam, a partir de uma reflexão pessoal acerca da sociedade e de si próprios, a importância do pensamento crítico e que desenvolvam competências que lhes permitam elaborar esse pensamento por eles mesmos. <br />
  12. 12. Uma sociedade esclarecida e preocupada com o bem comum não deve descurar a influência das ideias sobre a vida das pessoas, devendo preocupar-se com a elaboração de ideias que permitam uma convivência mais harmoniosa. <br />

×