História do Brasil - Colônia - Expansão marítima [www.gondim.net]

10.710 visualizações

Publicada em

História do Brasil - Colônia - Expansão marítima [www.gondim.net]

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7.585
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História do Brasil - Colônia - Expansão marítima [www.gondim.net]

  1. 1. HISTÓRIA DO BRASILBrasil colônia. Expansão marítima Prof. Marco Aurélio Gondim www.gondim.net 1
  2. 2. O SURGIMENTO DE PORTUGAL 2
  3. 3. GUERRAS DE RECONQUISTA• Local: península Ibérica• Campanhas militares de cristãos (reinos do norte) contra os islâmicos (centro e sul da península)• Portugal nasceu como o condado Portucalense do reino de Leão• Ano de 1139: monarquia independente (família de Borgonha) 3
  4. 4. FORMAÇÃO DO ESTADO NACIONAL Revolução de Avis• Ano de 1383: morte de D. Fernando (último rei da casa dos Borgonha)• Disputa entre Dona Leonor Teles e D. João (Mestre da Ordem de Avis)• Dona Leonor foi acusada de favorecer o reino de Castela• Setores populares, mercadores e parte da nobreza apoiaram D. João• Nova dinastia (1385-1580): Estado lusitano 4
  5. 5. DINASTIA DE AVIS 5
  6. 6. EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA• Portugal: primeiro país a ter uma monarquia absoluta• Consolidação da burguesia mercantil• Início: 1415 – conquista de Ceuta (atual Marrocos)• Busca de novas rotas comerciais para romper o monopólio árabe e italiano sobre as especiarias orientais• Rota: contorno do continente africano (Périplo Africano) 6
  7. 7. CONQUISTA DE CEUTA - 1415 7
  8. 8. EXPANSÃO MARÍTIMA IBÉRICA 8
  9. 9. 9História do Brasil para Principiantes. Carlos Eduardo Novaes
  10. 10. CRONOLOGIA DA EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA• 1415: Ceuta• 1486-87: Cabo da Boa Esperança com Bartolomeu Dias• 1498: Índias com Vasco da Gama• 1500: Brasil com Pedro Álvares Cabral 10
  11. 11. 11História do Brasil para Principiantes. Carlos Eduardo Novaes
  12. 12. FATOS IMPORTANTES• 1480 – Tratado de Toledo: em caso de descoberta de terras, portugueses e espanhóis deveriam dividir o território• 1492 – Descoberta da América por Colombo financiado pelos espanhóis• 1493 – Bula Inter Coetera: estabelecia que de Cabo Verde até 100 léguas, o domínio pertenceria aos lusitanos e além disso, seria domínio espanhol• 1494 – Portugal reclama que nada lhe sobrara do Novo Mundo e é assinado o Tratado de Tordesilhas: ocorre a ampliação da área de domínio português de 100 léguas para 370 léguas a 12 oeste das ilhas de Cabo Verde
  13. 13. TERRA BRASILIS - 1519 13
  14. 14. PERÍODO PRÉ-COLONIAL 1500 - 1530• Monopólio sobre o ouro africano• Comércio de especiarias com as Índias• Inexistência de metais preciosos / produtos rentáveis no Brasil• Monopólio de extrativismo de pau-brasil (estanco)• Mão de obra indígena: escambo• Presença de franceses no Brasil• Expedições guarda-costas: Cristóvão Jacques em 1516 e 1526 14
  15. 15. CONTEXTO ECONÔMICO• Mercantilismo: capitalismo comercial• Pacto colonial: a função da colônia é complementar a economia da metrópole• Monopólio comercial• Intervencionismo estatal• Protecionismo alfandegário• Balança comercial favorável 15
  16. 16. COLONIZAÇÃO DE FATO (1530)• Concorrência de outros Estados modernos na exploração do Brasil• Descoberta de metais preciosos nas colônia espanholas• Decadência do comércio português no Oriente 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19História do Brasil para Principiantes. Carlos Eduardo Novaes
  20. 20. CAPITANIAS HEREDITÁRIAS• Empreendimento particular: – 15 lotes entregues a 13 donatários• Dois documentos: – Carta de doação: legitimava a pose – Foral: direitos e deveres dos donatários• Governos locais: câmaras municipais – Vereadores: colonos chamados de homens bons• Fracasso parcial do sistema: – governo central em Salvador (Governo Geral) em 1549: centralização 20
  21. 21. CAPITANIAS HEREDITÁRIAS• Sistema de sesmarias: – A Coroa e os capitães cediam terras a particulares – Os lotes das capitanias eram chamados de sesmarias – Os donatários das sesmarias eram chamados de sesmeiros – Essas terras eram compradas a um preço relativamente baixo – O sesmeiro era nobre ou possuía influência junto à corte 21
  22. 22. 22História do Brasil para Principiantes. Carlos Eduardo Novaes
  23. 23. QUESTÃO INDÍGENA• População indígena em 1500: 3 milhões (estimativa)• Baixo grau de civilização• Domínio da agricultura itinerante• Mão de obra escrava até 1600• A guerra justa legitimava a escravidão dos índios 23
  24. 24. 24História do Brasil para Principiantes. Carlos Eduardo Novaes
  25. 25. CONFEDERAÇÃO DOS CARIRIS• Período: 1683 - 1713• Também chamada de "Guerra dos Bárbaros“• Movimento de resistência de indígenas brasileiros da nação Cariri (ou Kiriri) à dominação portuguesa• Os cariris viviam entre os rios São Francisco (Bahia) e Parnaíba (Piauí)• “Cariri” significa tristonho, calado, silencioso. Capistrano de Abreu os descreve como “valentes e de terrível resistência, talvez os de mais persistência que os portugueses encontraram” 25
  26. 26. ESTRUTURA COLONIAL Economia açucareira• Cana-de-açúcar: produto escolhido pelos portugueses, que já plantavam na ilha da Madeira e já estavam associados aos holandeses• Os holandeses ficavam com 70% da renda• Modelo: plantagem ou plantation – Grandes propriedades – Monocultura – Trabalho escravo – Exportação 26
  27. 27. Economia açucareira no Nordeste• Fatores: – Proximidade com o mercado europeu – Alta produtividade (solo massapé) – Possibilidade de organização de grandes unidades• Pernambuco: maior produção de açúcar• Ciclo do açúcar: 1532-1654• Sociedade: – rural, patriarcal, escravista e reduzida mobilidade• Casa grande x senzala 27
  28. 28. ESCRAVIDÃO NEGRA• Falta de mão de obra indígena: fugas, mortes...• 3,6 milhões de negros foram trazidos para o Brasil• Aproximadamente 1/3 morria na viagem nos navios negreiros• Os portugueses compravam os cativos de comerciantes africanos• O comércio se concentrava no Rio e em Salvador 28
  29. 29. IBGE
  30. 30. 30Fonte: HISTÓRIA GERAL DA ÁFRICA • V - África do século XVI ao XVIII – p.94
  31. 31. UNIÃO IBÉRICA E INVASÃO HOLANDESA• União Ibérica (1580-1640): Diante de uma questão dinástica, Portugal é anexado pela Espanha de Felipe II, sem poder reagir ante o poderoso vizinho.• Espanha e Holanda em guerra: embargo ao açúcar produzido pelos holandeses• 1624: a Companhia das Índias Ocidentais tomou Salvador• 1630-1654: invasão de Pernambuco• Maurício de Nassau (1637-44): – Crédito aos fazendeiros – Liberdade religiosa na colônia – Remodelou Recife – Trouxe missões artísticas e científicas 31
  32. 32. Presença dos holandeses no Brasil 32
  33. 33. EXPULSÃO DOS HOLANDESES• 1645-1654: Insurreição Pernambucana• Após a União Ibérica, os holandeses se recusam a sair do Nordeste• Guerra entre Portugal e Holanda• Os holandeses abandonam a Nova Holanda• Os batavos estabelecem a produção de cana- de-açúcar nas Antilhas holandesas• Decadência da produção açucareira brasileira 33
  34. 34. INVASÕES 34
  35. 35. Prof. Marco Aurélio Gondim www.gondim.net 35

×