Hist. Da Carochinha

4.571 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.571
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
166
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hist. Da Carochinha

  1. 1. A Carochinha e o João Ratão
  2. 2. Quando varria a cozinha Achou um euro A Carochinha Estou rica, sou milionária! Não vou ficar mais solitária!
  3. 3. A Carochinha pôs-se à janela, cheia de enfeites, para ser mais bela! - Quem quer casar com a Carochinha, que é vaidosa mas bonitinha!
  4. 4. Passou um porco e disse - Eu vou-te amar ! - Que comes tu? - O que calhar. Arreda-te, porco eu não te quero. Melhor marido tu que espero!
  5. 5. Passou um cão e disse: - Eu vou-te amar ! <ul><li>Que comes tu ? </li></ul><ul><li>O que calhar ! </li></ul><ul><li>Arreda-te, cão. </li></ul><ul><li>Eu não te quero, melhor marido que tu espero? </li></ul>
  6. 6. Passou um galo e disse: - Eu vou-te amar ! <ul><li>Que comes tu? </li></ul><ul><li>O que calhar! </li></ul><ul><li>Arreda-te, galo. Eu não te quero, melhor marido que tu espero! </li></ul>
  7. 7. Passou um boi e disse: - Eu vou-te amar ! <ul><li>- Que comes tu ? </li></ul><ul><li>O que calhar ! </li></ul><ul><li>Arreda-te, boi. </li></ul><ul><li>Eu não te quero, melhor marido que tu espero ! </li></ul>
  8. 8. Passou um rato e disse: - Eu vou-te amar ! <ul><li>- Que comes tu ? </li></ul><ul><li>Só um bom jantar! </li></ul><ul><li>A ti, ó rato a ti eu quero! </li></ul><ul><li>Melhor marido já não espero ! </li></ul>
  9. 10. Lá se casaram aqueles dois ! Só que o pior veio depois !...
  10. 11. Domingo à tarde foram passear, mas a Carochinha deixou o colar. - Falta-me o colar! O que não dirão! Vai-mo lá buscar, meu João Ratão.
  11. 12. Voltou a casa o João Ratão. Cheirou-lhe a chouriço lá no caldeirão. Muito guloso, Deitou-lhe a mão, Caiu na sopa, Ai, que aflição !
  12. 13. A Carochinha bem esperou, mas o maroto não mais voltou! Correu as ruas, Foi à procura Do maridinho Na casa escura. Procurou no quarto e no salão, Foi à cozinha ver no fogão .
  13. 14. - Ai, o meu amado João Ratão, cozido, assado no caldeirão ! <ul><li>A triste esposa pôs-se a chorar. Todos à volta foram perguntar: </li></ul><ul><li>Ó Carochinha, o que aconteceu? </li></ul><ul><li>Meu João Ratão, cozido morreu! </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Ai , que desgraça, que grande azar! O banco disse: </li></ul><ul><li>Vou-me quebrar. </li></ul><ul><li>Ai, que desgraça, que grande azar! A porta disse: </li></ul><ul><li>Vou-me fechar! </li></ul><ul><li>Ai, que desgraça, que grande azar! A fonte disse: </li></ul><ul><li>Vou-me já secar! </li></ul><ul><li>Ai, que desgraça, que grande azar! O garfo disse: </li></ul><ul><li>Vou-me espetar! </li></ul>
  15. 16. <ul><li>Aí, que desgraça que grande azar ! Disse o rei que ia a passar. </li></ul>Meteu a espada no caldeirão, e por lá subiu o João Ratão.
  16. 17. <ul><li>Que bela sopa ! Gritou contente </li></ul><ul><li>Só foi pena não estar quente ! </li></ul>Deu um abraço à Carochinha e houve um baile lá na cozinha.
  17. 18. Vitória vitória, acabou-se a história ! <ul><li>Fechou-se a gaveta. </li></ul>Amanhã há mais…
  18. 19. Fim

×