12º A Cultura De Massas Ii

7.989 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.989
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.401
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12º A Cultura De Massas Ii

  1. 1. A IRRADIAÇÃO DA CULTURA DE MASSAS
  2. 2. CULTURA DE MASSAS <ul><li>É multifacetada; </li></ul><ul><li>É superficial na abordagem dos temas; </li></ul><ul><li>Interessa-se pelo imediato; </li></ul><ul><li>É de duração efémera; </li></ul><ul><li>É uma cultura de evasão (fuga ao real); </li></ul><ul><li>Transmite comportamentos e valores; </li></ul><ul><li>Contribui para a estandardização dos comportamentos; </li></ul><ul><li>Tende a uniformizar as massas. </li></ul>Conjunto de manifestações culturais partilhado pela maioria da população. A cultura de massas é difundida pelos mass media e típica das sociedades industriais do século XX.
  3. 3. MÚSICA LIGEIRA <ul><li>À música clássica tradicionalmente reservada às elites juntou-se a música ligeira que se torna muito popular. </li></ul><ul><li>Características : </li></ul><ul><li>Música variada, atraente e comercial </li></ul><ul><li>Grande investimento feito pelas companhias discográficas; </li></ul><ul><li>Novos géneros: </li></ul><ul><li>- O Jazz </li></ul><ul><li>- O Rock n’ roll </li></ul><ul><li>- O Swing </li></ul><ul><li>- O Samba </li></ul><ul><li>Elvis Presley e os Beatles tornaram-se as principais estrelas </li></ul><ul><li>do rock n’ roll nos anos 60 </li></ul>
  4. 4. DESPORTO: ESPECTÁCULOS DESPORTIVOS <ul><li>O Desporto tornou-se, no século XX, o espectáculo favorito das multidões. </li></ul><ul><li>Nos finais do século XIX foi retomada a ideia dos Jogos Olímpicos com o Barão de Cobertain. </li></ul><ul><li>- os I Jogos Olímpicos da Era Moderna têm lugar em Atenas em 1896. Terão lugar quatro anos depois, em Paris, no ano de 1900 – Ano da Exposição Universal. </li></ul><ul><li>O Desporto transformou-se num escape para a canalização e libertação de tensões sociais – passou a ser, além de uma forma de lazer, uma forma de evasão. </li></ul><ul><li>A cobertura dos mass media transformou o desporto num espectáculo de massas. </li></ul>
  5. 5. Modalidades – A sua prática oferecia a possibilidade de ascensão social Cresce o número de desportistas como o número de adeptos
  6. 6. Os desportistas tornaram-se ídolos das multidões
  7. 7. DA LITERATURA POLICIAL À BANDA DESENHADA <ul><li>NOVELA POLICIAL – Explora o gosto das massas pelo “ suspense ”. </li></ul><ul><li>BANDA DESENHADA – História aos quadradinhos: junção de imagem e texto; Destinado a crianças e a um público adulto menos letrado. </li></ul><ul><li>Escritores procuram géneros literários dirigidos às grandes massas. </li></ul><ul><li>Surgem dois géneros muito diferentes na 1ª metade do século XX que ganham popularidade: </li></ul>
  8. 8. Principais Criadores De Novelas Policiais: Livros Mais Lidos De Banda Desenhada:
  9. 9. Tira de B.D de Tintim Tira de B.D de Super-Homem Tira de B.D de Tarzan Tira de B.D de Flash Gordon
  10. 10. Cinema O cinema surgiu no séc. XX, como uma criação dos irmãos Lumiére. Foi depois desenvolvido Por Édison. 1. Cinema mudo 2. Cinema sonoro Transformou-se rapidamente num poderoso meio de difusão de modelos sócio-culturais. Irmãos Lumiére Estilos de vida Modos de vestir Modos de falar Ideias e valores
  11. 12. O CINEMA Captou logo o interesse do público devido à sua utilidade: Fonte de aventura, romantismo e diversão. «O cinema é o homem imaginário» . Projecção dos espectadores A fuga ao quotidiano para viver as aventuras do écran
  12. 13. REALIZADORES
  13. 14. Mickey Mouse-1928-Steamboat Willie
  14. 15. <ul><li>As suas vidas privadas </li></ul><ul><li>tornam-se mitos </li></ul>Greta Garbo Clark Gable Marilyn Monroe Mae West Rudolfo Valentino Culto das estrelas de cinema Atraem multidões. Reforçam o imaginário.
  15. 16. O Cinema e o culto das estrelas O desejo de evasão e o imaginário mítico que o cinema permite <ul><li>Cinema </li></ul><ul><li>Forma barata de diversão; </li></ul><ul><li>Forma de escape à monotonia do dia-a-dia – desejo de evasão (histórias felizes e personagens com vidas perfeitas); </li></ul><ul><li>Estrelas de cinema (ídolos e mitos para milhões de pessoas); </li></ul><ul><li>O cinema torna-se um sonho imaginário; </li></ul><ul><li>Principais estrelas: Rudolf Valentino, Greta Garbo, Clark Gable, Mae West, Marilyn Monroe </li></ul>
  16. 17. <ul><li>O Cinema ao serviço da Propaganda Política </li></ul>O cinema foi também “arma” de propaganda ideológica Utilizado pelos Estados para difundir a sua ideologia Utilizado na II Guerra Mundial como arma de propaganda contra as potências inimigas
  17. 18. Surge no país no séc. XIX por influência de Aurélio dos Reis que apresentou no Porto os primeiros filmes mudos A pouco e pouco transforma-se numa verdadeira “ indústria cinematográfica”. Aurélio dos Reis
  18. 19. Cinema em Portugal <ul><li>Principais filmes de sucesso: </li></ul><ul><li>“ Maria do Mar” e “Douro” </li></ul><ul><li>Primeiros filmes sonoros: </li></ul><ul><li>“ A Severa” e “Canção da Lisboa” </li></ul>Também o cinema foi alvo do controle do Estado Novo, através da censura e pela transmissão dos ideais nacionalistas e conservadores do regime. A ideologia conservadora estava presente nas personagens e histórias que exaltavam a ordem, a autoridade, o papel passivo da mulher e a grandeza do império.
  19. 21. FIM

×