Teoria da Cor
A COR é uma percepção visual de um Fenômeno físico que é provocada pela
ação da luz sobre células especializadas da retina...
História da maquiagem
O Círculo Cromático é onde as cores são posicionadas de modo a facilitar o entendimento
de suas poss...
Gladstone Colodetti
Teoria da Cor
Gladstone Colodetti
Teoria da Cor
Gladstone ColodettiGladstone Colodetti
Teoria da Cor
As cores quentes, são associadas ao sol e ao fogo: amarelo, laranja e vermelho.
São aquelas que nos transmitem a sensação ...
Cores frias: As cores frias, são associadas à água, ao gelo, ao céu, e às arvores: violeta,
azul e verde. São aquelas que ...
1) Cores primárias: São cores que não podem ser decompostas e que através
delas são criadas todas as outras cores
Cores pr...
2) Cores secundáriasSão as cores formadas pela mistura de
duas cores primárias.
Teoria da Cor
3) Cores terciáriasSão cores obtidas pela mistura de uma primária e uma
secundária. São ao todo seis, independentes da sín...
4) Cores complementaresSão as cores opostas que, se misturadas, resultam
no ponto final de cada síntese. Ou seja, na mistu...
Teoria da Cor
5) Cores análogasSão as cores que têm uma cor base em comum, estando
lado a lado no espectro de luz, possuindo, assim, pou...
Teoria da Cor
Teoria da Cor
6) MonocromiaRefere-se a graduação em termos de saturação e
luminosidade de um único matiz.
Teoria da Cor
Teoria da Cor
8) Cores neutra: São elegantes, são aquelas que não exigem atenção para si, mas
realçam graciosamente o visual e fazem res...
Não parecem possuir cor, mas apesar de não possuírem vermelhos, amarelos e azuis
evidentes, estas cores estão lá muitas ve...
Cores neutras podem ser quentes ou frias, conforme seu subtom. Algumas chegam até bem
perto de serem neutras também em rel...
Tons mais escuros também são reconhecidos como neutros, tais quais café com leite até
marrons mais escuros, e com subtons ...
A verdade é que não há um consenso que defina uma lista de cores neutras, a definição vai no
sentido de se afirmar que cor...
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
A Psicologia das Cores é muito importante no Marketing e no Dia-a-Dia é
fundamental para entendermos o significado das cor...
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
A TEORIA DE ITTEN
A teoria das cores sazonais foi inspirada nos estudos do artista e colorista
Johannes Itten, da famosa e...
Gladstone Colodetti
OS SETE CONTRASTES DE ITTEN
Johannes Itten, é o primeiro a fazer uma teoria sobre os possíveis tipos d...
Na tabela a seguir podemos ver como muda a sensação visual de pequenos
quadrados coloridos dependendo da cor de fundo em q...
1 - O contraste de Cores Puras.
100% de saturação de cor produz um contraste visual alto.
Estas cores não contêm uma cente...
2 - Contraste entre Cores Quentes e Frias
A diferença de temperatura de cada cor aumenta o contraste visual entre os duas
...
3 – Contraste Simultânea.
O contraste simultâneo é uma conseqüência do trabalho do olho pela busca de equilíbrio. Ocorre
q...
4 – Contraste Quantitativo.
Temos duas cores, mas cada um tem uma área diferente, ou tamanho.
Esta diferença também gera u...
5 - Contraste ClaroEscuro
Justaposição de duas cores com brilho diferente ou valor tonal.
Gladstone Colodetti
Teoria da Cor
6 – Contraste Complementar.
É o contraste que se cria com duas cores opostas do círculo cromático, ou seja,
complementares...
7 – Contraste Qualitativo.
A qualidade da cor, se é mais ou menos saturadas, gera uma cor brilhante, ou uma
cor apagada. A...
Teoria da Cor
Gladstone Colodetti
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
Teoria da Cor
A importâcia da Cor na construção de uma Imagem assertiva, forte e
coerente é inquestionável. Cores que valorizam um pesso...
Teoria das cores
Teoria das cores
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teoria das cores

955 visualizações

Publicada em

Teoria das cores

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
955
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria das cores

  1. 1. Teoria da Cor
  2. 2. A COR é uma percepção visual de um Fenômeno físico que é provocada pela ação da luz sobre células especializadas da retina. A COR é um jogo da luz, resultado da absorção e reflexão de luz nos objetos que observamos. É a reflexão que determina a cor dos objetos. Sendo um elemento básico da comunicação visual, a cor é um dos mais importantes aspetos na construção de uma imagem. A COR de um objeto é determinada pela frequência de onda que o objeto reflete. Um objeto terá determinada cor se não absorver justamente os raios correspondentes à frequência daquela cor. Assim, um objeto é vermelho quando absorve todas as outras frequências e reflete o vermelho. Teoria da Cor
  3. 3. História da maquiagem O Círculo Cromático é onde as cores são posicionadas de modo a facilitar o entendimento de suas possíveis combinações e resultados.
  4. 4. Gladstone Colodetti Teoria da Cor
  5. 5. Gladstone Colodetti Teoria da Cor
  6. 6. Gladstone ColodettiGladstone Colodetti Teoria da Cor
  7. 7. As cores quentes, são associadas ao sol e ao fogo: amarelo, laranja e vermelho. São aquelas que nos transmitem a sensação de calor. São o magenta, amarelo e todas em que essas predominem. Sugerem luz, calor, fogo, proporcionando uma sensação de atividade e dinamismo. Teoria da Cor
  8. 8. Cores frias: As cores frias, são associadas à água, ao gelo, ao céu, e às arvores: violeta, azul e verde. São aquelas que nos transmitem a sensação de frieza São o ciano, verde e todas as demais relacionadas. Transmitem sensação de tranqüilidade, associando ao frio e a água. Teoria da Cor
  9. 9. 1) Cores primárias: São cores que não podem ser decompostas e que através delas são criadas todas as outras cores Cores primárias: Azul, Vermelho e Amarelo. Teoria da Cor
  10. 10. 2) Cores secundáriasSão as cores formadas pela mistura de duas cores primárias. Teoria da Cor
  11. 11. 3) Cores terciáriasSão cores obtidas pela mistura de uma primária e uma secundária. São ao todo seis, independentes da síntese, ou seja mistura. Teoria da Cor
  12. 12. 4) Cores complementaresSão as cores opostas que, se misturadas, resultam no ponto final de cada síntese. Ou seja, na mistura de luz, branco e preta na mistura de pigmento. Teoria da Cor
  13. 13. Teoria da Cor
  14. 14. 5) Cores análogasSão as cores que têm uma cor base em comum, estando lado a lado no espectro de luz, possuindo, assim, pouquíssimo contraste entre elas. Teoria da Cor
  15. 15. Teoria da Cor
  16. 16. Teoria da Cor
  17. 17. 6) MonocromiaRefere-se a graduação em termos de saturação e luminosidade de um único matiz. Teoria da Cor
  18. 18. Teoria da Cor
  19. 19. 8) Cores neutra: São elegantes, são aquelas que não exigem atenção para si, mas realçam graciosamente o visual e fazem resplandecer a pessoa que a usa. Pense numa moldura para a beleza natural de cada um. Neutros são clássicos e atemporais, jamais saem de moda. Teoria da Cor
  20. 20. Não parecem possuir cor, mas apesar de não possuírem vermelhos, amarelos e azuis evidentes, estas cores estão lá muitas vezes como subtom. É este o caso daqueles neutros claros como: o bege, o pérola, o marfin e o creme. Não os diferenciamos pela intensidade, mas pelo subtom. Teoria da Cor
  21. 21. Cores neutras podem ser quentes ou frias, conforme seu subtom. Algumas chegam até bem perto de serem neutras também em relação à isso, mas na maioria o subtom pende, ou para frio, ou para quente. O que determina se uma cor é neutra não é aonde ela está em relação ao seu calor (presença de amarelo) ou frieza (presença de azul), mas a questão é se a cor pode ser considerada discreta ou não. Teoria da Cor
  22. 22. Tons mais escuros também são reconhecidos como neutros, tais quais café com leite até marrons mais escuros, e com subtons mais frios passando pelo taupe até chegar no cinza escuro.
  23. 23. A verdade é que não há um consenso que defina uma lista de cores neutras, a definição vai no sentido de se afirmar que cores neutras são discretas. Mas, por exemplo, o azul marinho é neutro por algumas pessoas. O rosa bebê pode ser considerado neutro uma vez que preenche o requisito de discrição. O rosa cor de pulga também considero neutro. Seu nome surgiu no séc XVIII, A Rainha Maria Antonieta mostrou para, Rei Luís XVI, um tom novo de rosa ao que ele exclamou "Mas isso é cor de pulga!". Desde então é chamado cor de pulga... Por falar em cores lindas com nomes estranhos, e o que dizer do "taupe" que vem de topeira? E o cinza cor de rato? Teoria da Cor
  24. 24. Teoria da Cor
  25. 25. Teoria da Cor
  26. 26. Teoria da Cor
  27. 27. Teoria da Cor
  28. 28. A Psicologia das Cores é muito importante no Marketing e no Dia-a-Dia é fundamental para entendermos o significado das cores e como podemos usar uma determinada cor para nosso benefício. Cores são poderosas e influenciam diretamente produtores e consumidores, e a forma como somo percebidos Estudos apontam que: •84,7% dos consumidores acreditam que as cores de um produto são muito mais importantes do que outros fatores; •93% das pessoas avaliam as cores de um produto na hora de comprar; •Mais da metade dos consumidores desistem de comprar um produto porque ele não tem sua cor favorita. Teoria da Cor
  29. 29. Teoria da Cor
  30. 30. Teoria da Cor
  31. 31. Teoria da Cor
  32. 32. Teoria da Cor
  33. 33. A TEORIA DE ITTEN A teoria das cores sazonais foi inspirada nos estudos do artista e colorista Johannes Itten, da famosa escola Navhas, na Alemanha. Observou que as cores pessoais de cada um são as complementares para os seus tons de pele, cabelo e olhos, tanto em tonalidades, como em intensidade. É fato que as cores que não são apropriadas para nos, tornam nossa pele pálida, avermelhada ou esverdeada, desfavorecendo nossa imagem e causando um impacto negativo. As cores pessoais iluminam o rosto, e, em sintonia com a cor da roupa, acessórios e cabelos, favorecem a aparência como um todo, tornando-a mais interessante, harmoniosa e atraente. Teoria da Cor
  34. 34. Gladstone Colodetti OS SETE CONTRASTES DE ITTEN Johannes Itten, é o primeiro a fazer uma teoria sobre os possíveis tipos de contrastes que são produzidos pelas diferentes características de cor. Johannes distinguiu sete tipos de contraste: saturação, temperatura, simultaneidade, tamanho, brilho, posicionamento na roda de cores e qualidade de cor. Teoria da Cor
  35. 35. Na tabela a seguir podemos ver como muda a sensação visual de pequenos quadrados coloridos dependendo da cor de fundo em que são colocadas: Teoria da Cor
  36. 36. 1 - O contraste de Cores Puras. 100% de saturação de cor produz um contraste visual alto. Estas cores não contêm uma centelha de uma outra cor, branco ou preto. Teoria da Cor
  37. 37. 2 - Contraste entre Cores Quentes e Frias A diferença de temperatura de cada cor aumenta o contraste visual entre os duas cores. Teoria da Cor
  38. 38. 3 – Contraste Simultânea. O contraste simultâneo é uma conseqüência do trabalho do olho pela busca de equilíbrio. Ocorre quando o olho é sensiblizado por uma cor. Nesse instante, o olho procura o tom complementar a essa cor , para que esses tons se anulem e ele possal voltar ao seu estado de equilíbrio inicial. Quando o olho encontra esse tom complementar e consegue se anular, consegue-se a famosa “harmonia cromática”. Entretanto, quando o olho não encontra o tom complementar, ele a projeta em algum tom qualquer localizado próximo a cor original. Dessa forma, cada cor assume um pouco do tom complementar de outra. Teoria da Cor
  39. 39. 4 – Contraste Quantitativo. Temos duas cores, mas cada um tem uma área diferente, ou tamanho. Esta diferença também gera uma quantidade de contraste. Teoria da Cor
  40. 40. 5 - Contraste ClaroEscuro Justaposição de duas cores com brilho diferente ou valor tonal. Gladstone Colodetti Teoria da Cor
  41. 41. 6 – Contraste Complementar. É o contraste que se cria com duas cores opostas do círculo cromático, ou seja, complementares. Teoria da Cor
  42. 42. 7 – Contraste Qualitativo. A qualidade da cor, se é mais ou menos saturadas, gera uma cor brilhante, ou uma cor apagada. Ao colocarmos uma cor brilhante contra uma cor apagada um contraste visual é gerado. Teoria da Cor
  43. 43. Teoria da Cor
  44. 44. Gladstone Colodetti Teoria da Cor
  45. 45. Teoria da Cor
  46. 46. Teoria da Cor
  47. 47. Teoria da Cor
  48. 48. Teoria da Cor
  49. 49. Teoria da Cor
  50. 50. Teoria da Cor
  51. 51. A importâcia da Cor na construção de uma Imagem assertiva, forte e coerente é inquestionável. Cores que valorizam um pessoa podem também direcionar e dar o tom de um estratégia de imagem bem sucedida. Estudos comprovam a influência das cores no comportamento emocional e físico. Um bom ou mau uso da cor pode gerar em que nos vê uma boa ou má impressão. Logo, um boa compreensão de seu uso pode gerar um comunicação acertada com as pessoas e ser mais umas das ferramentas para uma carreira bem sucedida e também uma vida social melhor direcionada. COR: Teoria da Cor

×