NETNOGRAFIA 
O valor do 
qualitativo nas 
mídias sociais
ORIGENS E CONTEXTO 
Antropologia: 
Observação 
Etnografia na 
Pesquisa de 
marketing 
O consumidor no 
seu habitat 
Do off...
PILARES DA NETNOGRAFIA 
• Entreé Cultural: objetivos, público e habitat 
• Coleta e análise de dados: diversidade de 
méto...
CASO 1: CONSUMO E SUSTENTABILIDADE 
Objetivos do projeto: 
Identificar as principais 
discussões, práticas e 
tendências e...
CASO 2: PROFISSIONAIS DE SAÚDE E AS 
MÍDIAS SOCIAIS 
Objetivos do projeto: Entender 
hábitos de consumo de mídias 
sociais...
REFLEXÕES 
Aprendizados 
•Necessidade de 
entendimento do 
público para além das 
mídias sociais; 
•O valor: a variedade d...
Obrigada ;-) 
annamuniz@gmail.com 
Twitter/annamuniz 
LinkedIn/annamuniz
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Netnografia: o valor do qualitativo nas mídias sociais - Anna Muniz

655 visualizações

Publicada em

Por Anna Muniz - Ideafix
#SocialAnalyticsNaCasper

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
655
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Origem: Antropologia
    Metodologia qualitativa na pesquisa de mercado offline: observação do consumidor utilizando produtos no seu dia-a-dia;
    Do offline para o on line: as mídias sociais como extensão da vida cotidiana e do mercado;
  • - Entrée cultural: levantar quais tópicos e quais questões deseja analisar; e em que tipo de comunidades, fóruns e grupos pode obter respostas satisfatórias e pertinentes à pesquisa; Levantamento de informações individuais e específicas sobre cada participantes é também recomendado.
    - Coleta e análise de dados. Três etapas:1. coletar dados disponibilizados nas comunidades e utilizar filtros para deixar apenas informações relevantes para a pesquisa. 2. Considerações feitas pelo pesquisador, sobre o comportamento na comunidade, linguagem e simbologias da comunicação. 3. complementação dos dados por meio de entrevistas via e-mail, chat ou outros meios.
    - Ética de pesquisa. Pedir permissão para utilizar os dados e garantir o sigilo de identidade do entrevistado.
    - Feedback e checagem de informações com membros dos grupos.
  • Necessidade de entendimento do público para além das mídias sociais: Foi necessário coletar dados complementares sobre esses profissionais por meio de survey e entrevistas pessoais em profundidade.
    O valor da pesquisa qualitativa nas mídias sociais, sobretudo quando conversa com outro método qualitativo ou quantitativo: cada uma explora um universo diferente dentro do imaginário do consumidor: no GD offline o consumidor é estimulado por um roteiro e traz pontos que não expõe nas mídias. Por outro lado, nas mídias sociais compartilha e defende ideias de forma espontânea que não são levantadas ou exploradas nos GD's.
  • Netnografia: o valor do qualitativo nas mídias sociais - Anna Muniz

    1. 1. NETNOGRAFIA O valor do qualitativo nas mídias sociais
    2. 2. ORIGENS E CONTEXTO Antropologia: Observação Etnografia na Pesquisa de marketing O consumidor no seu habitat Do offline para o on line: Comunidades digitais
    3. 3. PILARES DA NETNOGRAFIA • Entreé Cultural: objetivos, público e habitat • Coleta e análise de dados: diversidade de métodos de coleta • Ética de pesquisa: sigilo da identidade • Checagem de informações Robert Kozinets. Fonte: Amaral, A. Natal, G. Viana, L. 2009. Revista Famecos PUC/RS.
    4. 4. CASO 1: CONSUMO E SUSTENTABILIDADE Objetivos do projeto: Identificar as principais discussões, práticas e tendências em torno do tema consumo sustentável, com perfilização de consumidor. Público-alvo: consumidores e especialistas/profissionais da sustentabilidade. Coleta e análise de dados: Qualitativa com Grupos de discussão com consumidores offline e Netnografia.
    5. 5. CASO 2: PROFISSIONAIS DE SAÚDE E AS MÍDIAS SOCIAIS Objetivos do projeto: Entender hábitos de consumo de mídias sociais por profissionais de saúde para a criação de canais de comunicação digital com esse público. Público-alvo: médicos, nutricionistas, educadores físicos e psicólogos. Coleta e análise de dados: Qualitativa: Netnografia + Entrevistas em Profundidade e Quantitativa on line: questionário estruturado.
    6. 6. REFLEXÕES Aprendizados •Necessidade de entendimento do público para além das mídias sociais; •O valor: a variedade de métodos de coleta para o enriquecimento dos resultados da pesquisa. Pontos de atenção •Superficialidade da abordagem dos temas pelos mesmos membros nas comunidades. •Disponibilidade da informação sobre determinados públicos.
    7. 7. Obrigada ;-) annamuniz@gmail.com Twitter/annamuniz LinkedIn/annamuniz

    ×